Jump to content


Photo

A-4M da Marinha do Brasil


  • You cannot start a new topic
  • Please log in to reply
53 replies to this topic

#41 Cougar_PH

Cougar_PH
  • Usuários
  • 619 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Parnamirim/RN/Brasil
  • Data de Nascimento:07/06/1971

Posted 30 de May de 2015 - 10:43

AF-1B modernizado em Natal.

Vejam mais em Spotter Brasil RN,

http://www.spotterbr...l-com-o-af.html

 

_DSC3588.jpg


  • BlackAce likes this

#42 Jonathan_Bauru

Jonathan_Bauru
  • Usuários
  • 289 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Bauru/SP/Brasil
  • Data de Nascimento:09/04/1998

Posted 30 de May de 2015 - 14:51

Dia 14 de junho vai ter um show aéreo aqui em Bauru-SP e um A4 Skyhawk vai fazer rasantes, quem sabe seja o modernizado... pelo menos na ultima vez usaram o da pintura comemorativa dos 15 anos. Aproveitando, ainda estão usando no A4 o esquema dos 15 anos da VF-1?

 

Edit: acabei de ver que ainda estão usando.


Edited by Jonathan_Bauru, 30 de May de 2015 - 14:52 .


#43 Cougar_PH

Cougar_PH
  • Usuários
  • 619 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Parnamirim/RN/Brasil
  • Data de Nascimento:07/06/1971

Posted 31 de May de 2015 - 10:26

Bom Dia!

Jonathan,

Não sei quanto tempo eles irão ficar por aqui, normalmente quando eles vem ficam em torno de 15 dias, contudo com o modernizado não sei.



#44 transvasp

transvasp
  • Usuários
  • 5,142 posts
  • Gender:Male
  • Location:Salvador
  • Cidade/UF/País:Salvador - Bahia - Brasil
  • Data de Nascimento:04/02/1974

Posted 03 de June de 2015 - 17:15

 

AF-1M-580x384.jpg

Roberto Lopes

Editor de Opinião da Revista Forças de Defesa

As restrições orçamentárias que se abateram sobre a Marinha do Brasil também estão causando impacto negativo no programa de modernização de 12 caças AF-1 (ex-A-4KU e TA-4KU) da Força Aeronaval, que serão modificados por um pool de empresas liderado pela Embraer Defesa & Segurança, para o padrão AF-1B.

A primeira aeronave remodelada, de numeral 1001, foi entregue à Marinha nesta terça-feira (26.05) – com um ano de atraso em relação ao previsto em 2013 pela própria corporação –, durante cerimônia que contou com a presença do almirante-de-esquadra Eduardo Leal Ferreira, comandante da Força, e do presidente da Embraer Defesa, Jackson Schneider. Mas o segundo avião a ser modernizado não ficará pronto antes do primeiro (ou do segundo) semestre de 2016.

Isso não é, necessariamente, ruim, já que o próprio programa de modernização precisa ser reavaliado, e ter os seus conceitos confirmados (ou ratificados).

E isso só será obtido com o AF-1B 1001 em voo, por meio da validação das várias alterações introduzidas na aviônica do jato, que recebeu sistemas de navegação, RWR (Receptor de Alerta Radar na sigla em inglês), gerador de energia, computadores, comunicação tática e um radar multimodo Elta 2032, de procedência israelense (leia o texto O novo radar dos AF-1, publicado pelo Poder Naval em 29 de abril de 2011).

E, sobretudo, ainda é preciso fazer com que todos os novos equipamentos instalados nocockpit do AF-1B “conversem” entre si. Uma das principais dificuldades é estabelecer a compatibilidade do radar Elta, de controle de tiro, com os demais sensores da aeronave (como o RWR).

AF-1M-Cockpit-580x679.jpg

Novo cockpit do AF-1 modernizado

Limitações – Os novos equipamentos permitirão aos pilotos de caça da Marinha se familiarizar com recursos técnicos (sensores e tecnologias) muito mais avançados que os instalados no A-4KU durante as décadas de 1970 e 1980. A partir de agora, os aviadores brasileiros poderão detectar e engajar possíveis ameaças aéreas e de superfície em consideravelmente distâncias maiores do que faziam (ou fazem atualmente).

Contudo, a grande crítica ao programa de modernização repousa no fato de que, por uma estrita falta de recursos da Marinha, ele não inclui os equipamentos que permitiriam a integração à aeronave de mísseis BVR (Beyond Visual Range) ou mesmo de vetores ar-superfície.

Com o modelo AF-1B da maneira que está, a Força Aeronaval terá, portanto, uma aeronave somente capacitada a disparar mísseis para o chamado dogfight – combate aéreo a curta distância.

De forma resumida pode-se dizer que faltam aos AF-1 equipamentos como os pods de designação/reconhecimento de alvos tipo LANTIRN (Low Altitude Navigation and Targeting Infrared for Night) e LITENING III, de 206 kg e projeto americano-israelense.

Também estão ausentes no AF-1B sistemas de guiagem de bombas como LIZARD (LaserGuided Bomb Adapter) ou o Rafael SPICE (Israel).

AF-1A-N-1023-580x386.jpg

Células de AF-1 separadas para o programa de modernização nas instalações da Embraer em Gavião Peixoto (SP)

Ou seja, os caças da Marinha vão detectar o possível alvo, mas não poderão combate-lo além do alcance visual, e nem na superfície do mar…

Para que não haja dúvidas: no que se refere ao combate (função principal de qualquer equipamento militar), apesar da festejada modernização conduzida pela Embraer e da notável ampliação de sua acuracidade (precisão de informações), o avião fará exatamente o mesmo que já fazia antes de ser modernizado…

Os aviadores navais poderão empregar seu aparelho para treinar a aproximação e o ataque a um barco na superfície, por exemplo, mas não irão dispor das tecnologias que lhes permitiriam conferir o resultado dos seus procedimentos. E isso nada tem a ver com a competência técnica da Embraer ou de suas associadas no projeto, mas, tão somente, com a falta de fundos na Força Naval.

Estudo – A partir de 2010 a Marinha começou a preparar laudos técnicos sobre o estado de conservação de 20 dos 23 caças recebidos, no final da década de 1990, da Força Aérea do Kuwait. O objetivo era selecionar o primeiro lote de aviões que seria submetido ao programa de modernização contratado à Embraer Defesa e Segurança.

a-4ku-12-1280x842-580x381.jpg

A-4KU em uma base do Golfo Pérsico

Em 2013, o então comandante da Marinha, almirante Moura Neto, encomendou um estudo de viabilidade para a modernização de outras células de Skyhawk.

A conclusão foi de que havia oito, ainda, merecedoras de atualização. Mas antevendo as limitações financeiras de sua corporação – e a necessidade de recursos para os programas de renovação e modernização das unidades de asas rotativas da Força Aeronaval –, Moura Neto achou mais prudente, de início, tentar viabilizar o serviço em apenas uma dúzia dessas aeronaves.

Hoje, essa postura cautelosa não mudou. Mergulhada em uma dramática escassez de verbas, a Marinha não mandará novas células de AF-1 ao programa de modernização.

 

Via: http://www.naval.com.br/blog/2015/05/28/crise-derruba-verbas-e-cronograma-do-projeto-af-1b-2a-aeronave-so-em-2016/ 



#45 ricardoferreomodelismo

ricardoferreomodelismo
  • Expulsos
  • 1,000 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:São Paulo
  • Data de Nascimento:21/08/1962

Posted 03 de June de 2015 - 22:27

Sobre o texto postado acima pelo colega transvap: 

 

Porque será que notícias como essas não mais me causam estranheza.

Governo inePTo ...



#46 transvasp

transvasp
  • Usuários
  • 5,142 posts
  • Gender:Male
  • Location:Salvador
  • Cidade/UF/País:Salvador - Bahia - Brasil
  • Data de Nascimento:04/02/1974

Posted 08 de June de 2015 - 08:44

EDS entrega jato AF-1 Falcão modernizado a Marinha
mai 28, 2015
904
1_LUCIANE_TUCCI_EMBRAER-1.jpgO presidente da Embraer Defesa & Segurança, Jackson Schneider, entrega maquete do AF-1B modernizado ao comandante da Marinha, almirante-de-esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira. (Imagem: Embraer)

A Embraer Defesa & Segurança entregou o primeiro caça AF-1 modernizado (AF-1B) para a Marinha do Brasil na sua planta industrial em Gavião Peixoto, no interior paulista, na presença do comandante da Marinha, almirante-de-esquadra Eduardo Bacellar Leal Ferreira, e de oficiais do Alto Comando.

O programa AF-1(designação no Brasil do McDonnell Douglas A-4 Skyhawk) prevê a revitalização e a modernização de nove AF-1 monopostos e três AF-1A bipostos. As aeronaves modernizadas receberam novos sistemas de navegação, armamentos, geração de energia, computadores, comunicação tática e sensores, incluindo um radar multímodo de última geração.

Os equipamentos, aliados ao trabalho estrutural realizado, permitirão a estes caças operar até o ano de 2025. O programa de modernização da Embraer prevê ainda o fornecimento de estações de briefing e debriefing que já estão sendo empregadas no treinamento e na proficiência dos pilotos do Esquadrão VF-1 Falcão, possibilitando um melhor aproveitamento, redução de custos e maior eficácia no planejamento e execução das missões.

1_LUCIANE_TUCCI3_EMBRAER-1.jpgRepresentantes do comando da Marinha do Brasil e da Embraer Defesa & Segurança celebram a entrega. (Imagem: Embraer)

Entre os armamentos a serem integrados e operados pelo AF-1 e AF-1A, encontram-se os mísseis ar-superfície antinavio MANSUP, da Avibras Aeroespacial, e os mísseis de combate ar-ar de 5ª geração Mectron\Denel A-Darter e de 3ª geração MAA-1B Piranha II. Também será possível usar bombas “burras” adaptadas com kits de planeio (stand-off), lançadores de foguetes de 70 mm e, especialmente, o míssil antiradiação Mectron MAR-1, capaz de incapacitar os sensores de uma fragata ou corveta após voar mais de 100 km até o alvo, dependendo da altitude de lançamento.

Os jatos AF-1 Falcão operam a partir de terra na Base Aérea de São Pedro da Aldeia (RJ), ou embarcados a bordo do NAe São Paulo A-12, que segue passando por uma lenta e extensa avaliação para determinar os trabalhos de reforma a serem executados na belonave.

Roberto Caiafa

 

Via: http://tecnodefesa.c...zado-a-marinha/



#47 transvasp

transvasp
  • Usuários
  • 5,142 posts
  • Gender:Male
  • Location:Salvador
  • Cidade/UF/País:Salvador - Bahia - Brasil
  • Data de Nascimento:04/02/1974

Posted 08 de June de 2015 - 08:46

Um belo caça !!

 

Uma pena o programa de modernização se arrastar desse jeito !!

 

Brasil !!!

 

Fazer o que ....



#48 transvasp

transvasp
  • Usuários
  • 5,142 posts
  • Gender:Male
  • Location:Salvador
  • Cidade/UF/País:Salvador - Bahia - Brasil
  • Data de Nascimento:04/02/1974

Posted 08 de June de 2015 - 08:52

Mais informações

 

http://www.seguranca...od_Entrega.html



#49 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 22,688 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 13 de July de 2015 - 17:02

Meus prezados
Marinha - AF-1B realizou primeira missão de reabastecimento em voo
Aeronave AF-1B realizou primeira missão de reabastecimento em voo com aeronave KC-130 da FAB
O Esquadrão VF-1 efetuou a primeira missão de Reabastecimento em Voo com a aeronave AF-1B N-1001 no dia 29 de junho. A manobra foi realizada nas áreas de instrução da Marinha do Brasil ao sul da Ilha de Cabo Frio (RJ) e envolveu o 1° Esquadrão do 1° Grupo de Transporte da Força Aérea Brasileira (FAB) e as aeronaves AF-1/1A/1B N-1001, N-1004 e N-1021.
As três aeronaves do Esquadrão VF-1 efetuaram dois exercícios de transferência de combustível usando como aeronave reabastecedora o KC-130 “Hércules” da FAB. A missão de reabastecimento em voo (REVO) visa prolongar a autonomia e o alcance das aeronaves de combate, dando maior flexibilidade no cumprimento das missões e permitindo que os vetores aéreos aumentem sua carga bélica e sua distância de incursão em território inimigo.
O reabastecimento em voo com a N-1001, primeira aeronave modernizada recebida pela Marinha do Brasil, reafirma o crescente aprestamento do Esquadrão VF-1 e a ascensão operacional da Força Aeronaval.
26554_resize_620_380_true_false_null.jpg
Fonte: NOMAR via Defesanet 9 JUL 2015



#50 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 22,688 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 23 de January de 2016 - 21:22

Meus prezados
CIAAN conseguiu! Depois de quase três anos (!) simulador de voo do caça A-4 volta a funcionar…

SimulapilotosorrindonosimuladorABREABREA

Piloto da Marinha no simulador da aeronave A-4 instalado no CIAAN
O simulador de voo do caça A-4 Skyhawk instalado no Centro de Instrução e Adestramento Aeronaval José Maria do Amaral Oliveira (CIAAN), em São Pedro da Aldeia (RJ), está completando o seu segundo mês de funcionamento, depois ter passado cerca de dois anos e nove meses (!) inoperante…
O serviço de formatação e restauração do sistema operacional do simulador foi, pela primeira vez em 13 anos, totalmente realizado por pessoal da Marinha, o que representou demonstração de independência tecnológica – indispensável à manutenção do equipamento.
Simulapessoalposadonafrentedoequipamento
Equipe que participou do trabalho de recuperação do simulador
A participação do Centro de Apoio a Sistemas Operativos (CASOP) junto à equipe de manutenção do CIAAN foi fundamental para que o trabalho chegasse a bom termo.
Entre as aptidões do CASOP está, efetivamente, a realização de manutenções (correções e modificações) dos softwares de Sistemas Digitais Operativos (SDO) dos simuladores de centros de instrução da Marinha.
Simulapessoalolhandoteladocomputador.jpg
Assistência do pessoal do CASOP foi de grande valia para que o trabalho chegasse a bom termo
Mas nestes dias de severas restrições orçamentárias a reativação do simulador constitui uma conquista, porque ela permitirá a economia de recursos tanto na manutenção do equipamento quanto na qualificação dos pilotos do Esquadrão VF-1 Falcão, que emprega as aeronaves A-4 – na Marinha rebatizada como AF-1.
AF-1C – Entretanto, é preciso dizer que o simulador do CIAAN serve apenas ao aperfeiçoamento dos pilotos de caça da Marinha.
Simula%C2%B4pilotosposadosnafrentedoequi
Reativação do simulador representa uma conquista da Força Aeronaval, mas o equipamento não está formatado com as mudanças que vem sendo executadas, sob a responsabilidade da Embraer, no programa de modernização dos jatos AF-1
Ele não incorpora a arquitetura de aviônica, os sistemas integradores de armamento e os garantidores das novas capacidades operacionais previstos no programa de modernização dos jatos AF-1, a cargo da empresa Embraer Defesa, de São José dos Campos (SP).
Estruturada sobre a compra, no final da década de 1990, de um punhado de caças-bombardeiros A-4KU, de fabricação americana, operados pela Força Aérea do Kuait, a aviação de asa fixa da Marinha – voltada para o combate – persegue uma sofrida trajetória de busca pela operacionalidade.
O programa de modernização dos caças da Força Aeronaval, coordenado pela Embraer, não vai bem.
No ano de 2015 a empresa chegou a entregar ao Comando da Marinha uma aeronave monoplace modernizada, mas logo depois recebeu uma multa da Diretoria de Aeronáutica da Força, porque a integração dos diferentes sistemas da aviônica da aeronave não funcionavam a contento. O jato ganhara apenas um upgrade (de substituição de sistemas analógicos por digitais) como plataforma de voo.
Uma promessa de que outros dois AF-1 seriam aprontados em 2015 não foi cumprida, e está, agora, sendo reapresentada, com previsão de entrega em 2016.
Nesta quarta-feira (20.01), aconteceu, na instalação da Embraer no município paulista de Gavião Peixoto, o primeiro voo de ensaio do protótipo biposto modernizado AF-1C (numeral N-1022).
Fonte:  Roberto Lopes via Plano Brasil  23 JAN 2016



#51 transvasp

transvasp
  • Usuários
  • 5,142 posts
  • Gender:Male
  • Location:Salvador
  • Cidade/UF/País:Salvador - Bahia - Brasil
  • Data de Nascimento:04/02/1974

Posted 26 de January de 2016 - 08:57

AF-1C Falcão biplace realiza primeiro voo

122
AF-1C_falcao_MB.jpgO AF-1C N-1022 voa somente no prime, em Gavião Peixoto (SP). (Imagem: DAerM)

No último dia 20 de janeiro, e a partir das instalações da Embraer Defesa & Segurança de Gavião Peixoto, unidade de Defesa do grupo, realizou seu primeiro voo-teste o modelo blipace AF-1C modernizado pela EDS em conjunto com empresas israelenses.

O Falcão de dois assentos deverá se unir à campanha de ensaios com o modelo monaplace já entregue, avançando o programa dos protótipos mesmo apesar dos óbices registrados pela EDS e pela Marinha do Brasil com relação aos repasses de verbas por parte do Governo Federal.

N-1022_antes.jpgO N-1022 antes da modernização tinha essa aparência (Imagem: Roberto Caiafa)

Esses aviões dispõem de aviônica digital atualizada compatível com NVG, novos computadores de missão, radar talhado para missões ar-mar e ar-ar, e empregarão novas armas produzidas no Brasil, entre elas a versão lançada do ar do MANSUP e o míssil MAR-1 antiradiação, capaz de “cegar” navios inimigos atingindo suas antenas eletrônicas.

Apesar de não ocorrer a troca de motor, o atual em uso está sendo revisado em Israel para a condição de novo. O aparelho conta com novo sistema elétrico, hidráulico, ar-condicionado e piloto automático, uma avançada suíte de comunicações para emprego em ambiente naval.

Espera-se a entrega desses dois aparelhos modernizados ainda em 2016, para que o treinamento dos aviadores navais possa ser iniciado no novo modelo.

Roberto Caiafa

Fonte: DAerM

Via: http://tecnodefesa.c...a-primeiro-voo/

 



#52 transvasp

transvasp
  • Usuários
  • 5,142 posts
  • Gender:Male
  • Location:Salvador
  • Cidade/UF/País:Salvador - Bahia - Brasil
  • Data de Nascimento:04/02/1974

Posted 05 de April de 2016 - 17:52

http://www.cavok.com...e-af-1b-n-1011/

 

http://www.defesaaer...e-af-1b-n-1011/

 

:joinha:  :joinha:



#53 Rafa Engenheiro

Rafa Engenheiro
  • Usuários
  • 350 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:SP/SP/Brasil
  • Data de Nascimento:05/01/1981

Posted 14 de February de 2017 - 21:56

Esses ai só pousam em terra daqui pra frente.

 

http://airway.uol.co...ioes-sao-paulo/

 

Cara compra um fusca e não tem dinheiro pra por gasolina, fica na bicicleta que não passa vergonha.



#54 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 22,688 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 06 de October de 2017 - 14:28

Meus prezados

Esquadrão VF-1: 19 anos de problemas?

http://tecnodefesa.c...s-de-problemas/


  • BlackAce likes this