Jump to content


Photo

IP.Airlines - Administração de companhias aéreas, alianças e bancos

game admin web browser companhia aerea alianca

This topic has been archived. This means that you cannot reply to this topic.
405 replies to this topic

#21 GLK

GLK
  • Moderador
  • 5,318 posts

Posted 24 de August de 2013 - 11:23

Iniciei aqui, abri companhia, comprei avião, comprei base, slot, mas não entendi uma coisa. É possível montar um "time-table", um RPL, ou tenho que mandar voar cada vôo da empresa. Por exemplo, comprei base em PLU, slot em Juiz de Fora, Barbacena e Santos Dumont, e queria fazer essa rota, bate e volta, 2x por dia. É possível ou tenho que mandar o avião decolar manualmente para cada voo?

#22 Bernardo_SSA

Bernardo_SSA
  • Usuários
  • 116 posts

Posted 24 de August de 2013 - 13:28

Thales,
Pelo que entendi o Fernando está planejando essa possibilidade de planejamento de vôos sim, será uma atualização em breve!

#23 GLK

GLK
  • Moderador
  • 5,318 posts

Posted 24 de August de 2013 - 14:10

Bacana!

Outra coisa... essa medida de consumo está errada. O ideal era que fosse em Kg ou L por hora, e não por KM. Um exemplo, fiz um voo de Belo Horizonte para Juiz de fora, com um Caravan e depois com um ATR-72. Claro que proporcionalmente o Caravan seria mais caro em "custo x assento x km" que o ATR. Mas no jogo, ele está mais caro em valores absolutos!

Voo com o Caravan:
Duração: 00:42
Consumo: 725,16l
Passageiros: 9
Carga: 114kg
Receitas: R$521,10
Despesas: R$951,80
Saldo: -R$430,70

Voo com o ATR-72
Duração: 00:27
Consumo: 551,04l
Passageiros: 53
Carga: 707kg
Receitas: R$3074,05
Despesas: R$918,31
Saldo: R$2155,74

Então, analisando rapidinho aqui, com o consumo do ATR-72 a 2,46L/Km e o do ERJ-145 a 1,20L/km, uma Passaredo, American Eagle, ExpressJet na IP.Airlines estariam trocando os ATR-72 pelo ERJ, e não o contrário!

O ATR-72 tem custo semelhante a um DC-9-40, que tem consumo MUITO inferior a um Bombardier CS300 e semelhante a um 737-700!

É claro que na vida real, é bem provável que, com o mesmo preço da passagem (no caso, o jogo coloca o assento a R$56,00) o Caravan realmente desse prejuízo, não pelo auto custo, mas pela baixa capacidade de geração de receita, ou seja, custo proporcional à capacidade, e não custos absolutos.

Sugiro que a questão do consumo seja revista. Estabelecendo um consumo em Kg ou Lt/Hora (que é o padrão usado na real) e que pode ser convertido para Km pela velocidade que a aeronave desenvolve. Outra questão é a elasticidade da precificação, se não for possível criar várias tarifas em um mesmo voo, ao menos que o usuário possa estabelecer a tarifa que entende necessária para aquela operação. Na vida real, pode reparar como os voos operados com Caravan, Brasilia, ATR-42, sempre são mais caros, proporcionalmente à distância percorrida, que um voo São Paulo - Salvador de A320 por exemplo...[/right]

Edited by Thales Coelho, 24 de August de 2013 - 14:15 .


#24 GLK

GLK
  • Moderador
  • 5,318 posts

Posted 24 de August de 2013 - 14:49

Outra coisa, se entendi bem, não posso mandar meu ATR-72 para o Santos Dumont por comprimento de pista?

#25 GLK

GLK
  • Moderador
  • 5,318 posts

Posted 24 de August de 2013 - 14:59

Outra coisa, os valores dos aviões estão bastante errados. Por exemplo, um 707 é mais caro que um 757-200 e quase a mesma coisa de um A310... sendo que na real, um 707 era para ser quase de graça, rs...

Outra, fiz um voo de PLU para CNF com um A310, e tive lucro! Depois fiz um CNF-MCO com o A310 e o retorno foi excepcional, R$172 mil de lucro!

#26 frlnando

frlnando
  • Usuários
  • 164 posts

Posted 24 de August de 2013 - 18:31

Iniciei aqui, abri companhia, comprei avião, comprei base, slot, mas não entendi uma coisa. É possível montar um "time-table", um RPL, ou tenho que mandar voar cada vôo da empresa. Por exemplo, comprei base em PLU, slot em Juiz de Fora, Barbacena e Santos Dumont, e queria fazer essa rota, bate e volta, 2x por dia. É possível ou tenho que mandar o avião decolar manualmente para cada voo?

Thales,
Pelo que entendi o Fernando está planejando essa possibilidade de planejamento de vôos sim, será uma atualização em breve!

Isto mesmo! Em breve estará pronto.

#27 frlnando

frlnando
  • Usuários
  • 164 posts

Posted 24 de August de 2013 - 18:52

Sugiro que a questão do consumo seja revista. Estabelecendo um consumo em Kg ou Lt/Hora (que é o padrão usado na real) e que pode ser convertido para Km pela velocidade que a aeronave desenvolve. Outra questão é a elasticidade da precificação, se não for possível criar várias tarifas em um mesmo voo, ao menos que o usuário possa estabelecer a tarifa que entende necessária para aquela operação. Na vida real, pode reparar como os voos operados com Caravan, Brasilia, ATR-42, sempre são mais caros, proporcionalmente à distância percorrida, que um voo São Paulo - Salvador de A320 por exemplo...[/right]

Muito interessante o ponto de vista técnico! Vou considerar esta mudança no cálculo do consumo, mas preciso de detalhes para poder pensar as mudanças a nível de programação. Poderia me contatar por e-mail ou skype?

Quanto a estabelecer preços de tarifas e variar a ocupação dos voos pela concorrência de preços (menor preço = mais ocupação a cada voo) é algo inviável há este ponto do desenvolvimento. Mas! Mas! Mas! Não descarto a possibilidade: sugestão anotada para avaliação futura junto com outra interessante, do tipo, que recebi: a possibilidade de configurar os assentos do avião.

Outra coisa, se entendi bem, não posso mandar meu ATR-72 para o Santos Dumont por comprimento de pista?

Sim, uma das limitações dos aviões, no contexto atual, é o tamanho da pista de que necessitam para um pouso seguro.
Até cogitei remover este limite e adicionar a possibilidade de acidentes em consequência de pousos feitos fora das especificações de segurança, mas acabei por abandonar a ideia por outras prioridades. Talvez queiram discutir isto aqui ou ajudar na troca dos requerimentos por informações mais exatas, no futuro, em nosso fórum.

Outra coisa, os valores dos aviões estão bastante errados. Por exemplo, um 707 é mais caro que um 757-200 e quase a mesma coisa de um A310... sendo que na real, um 707 era para ser quase de graça, rs...

Outra, fiz um voo de PLU para CNF com um A310, e tive lucro! Depois fiz um CNF-MCO com o A310 e o retorno foi excepcional, R$172 mil de lucro!

Este é outro ponto que vai ser revisto quando o jogo estiver funcional em versão Beta: com a colaboração de todos os conhecedores da área (sou leigo) vamos aproximar todos estes detalhes, como preço e consumo de aviões, tamanho de aeroportos, pistas e etc.. da realidade, isto tudo, no futuro, na versão Beta.

Quanto a variação nos ganhos de cada voo, são sempre variados pela ocupação (também aleatoriamente geradas com base em diversos fatores do jogo, como tamanho dos aeroportos e tipo de suas bases) dos mesmos, o que pode ser melhorado através da aquisição de melhorias da companhia.
Observe que se fosse fixo, ficaria monótono e chato.
Na página de voos é possível ver a ocupação em cada um deles, gerada aleatoriamente no momento da decolagem.

Muito obrigado pelas críticas e sugestões Thales!!! Show.

Agora vamos as novidades...

=======================================================================================
ATUALIZAÇÃO DIA 25.08.2013
=======================================================================================

Boa noite a todos.
Passando para avisar sobre a próxima atualização do IP.Airlines.
A atualização está sendo finalizada e após a integração com o módulo de voos e testes será liberada, provavelmente, dia 25.08 à noite.

Sistema de contratos:

Este módulo consiste na oferta diária de contratos para as companhais aéreas com generosas recompensas.
Existem dois tipos de contratos, longos e expressos, para carga e para passageiros.

Contratos longos:

Não está 100% definido ainda, em breve eu edito aqui!

Contratos expressos:

Diariamente, às 1h00 e 13h00, o jogo gerará novos x (inicialmente 100) contratos expressos para os aviões em cada classificação de alcance (nacional, continental e mundial) partindo de cada continente (exceto Antártica), portanto: 100 x 3 x 5 = 900 de carga + 900 de passageiros.

O sistema aleatoriamente escolherá x origens e, baseado no mínimo e máximo de alcance (km), capacidade de carga e passageiros de cada classificação, escolherá os destinos apropriados (respeitando o alcance dos aviões) também aleatoriamente, o que possibilitará voos expressos entre todo o planeta! :)

Os expressos, basicamente, funcionarão assim:

Contratos expressos devem ser cumpridos em um único voo, portanto, antes de aceitar o contrato observe e avalie:
* a companhia deve possuir bases nos aeroportos de origem e de destino, independente do tipo;
* o avião usado deve ter a classificação de alcance exigida pelo contrato e capacidade igualmente elegível;
* a ocupação dos voos é sempre variável e depende de muitos fatores (melhorias de ocupação, tamanho e tipos das suas bases nos aeroportos);
* se concluir o contrato a companhia receberá, além dos lucros normais do voo, o valor da recompensa prevista no contrato;
* se não conseguir cumprir o contrato, a cada tentativa, a companhia receberá os lucros normais do voo mas terá de pagar a multa prevista no contrato.

Recompensas e multas:

Supondo que o objetivo seja transportar 200 passageiros e que, normalmente (ao transportar esta quantidade), a companhia lucraria $300.000, se cumprir o contrato (200 + passageiros no voo) receberá o lucro normal do voo + uma recompensa que será, inicialmente, calculada pela fórmula: valor do voo (com 200 passageiros) + (de 50 à 100%).

São ótimas recompensas, porém, se não cumprir o contrato (voar com 199 passageiros) está sujeito a uma multa que será calculada usando a mesma fórmula da recompensa, podendo ser maior ou menor que ela.
Então: cuidado! Avaliem bem a vossa capacidade de cumprir os contratos. :)

Contratação:

Para aceitar os contratos será simples, no menu Contratos haverá quatro listas, por tipo de contrato, nesta mesma lista há um botão indicando se o contrato ainda está disponível, basta escolher a companhia (se tiver mais de uma) e aceitar.

Quando você voar entre os aeroportos previstos no contrato ativo da companhia, os sistema identificará o voo como referente ao contrato e ao pousar, verificá o status de contratos longos, e avaliará a conclusão, tudo automático.

Na página inicial do módulo você poderá ver seus contratos ativos. ^^

Conclusão:

Espero que gostem da novidade e, claro, aguardo críticas e sugestões!
Abraço à todos e divirtam-se!

Edited by frlnando, 24 de August de 2013 - 18:53 .


#28 richardsbfz

richardsbfz
  • Usuários
  • 1,293 posts

Posted 25 de August de 2013 - 20:26

Gostei do jogo! Bem simples de jogar, as mudanças ou sugestões, já foram citadas.

 

Coloquei os aviões para voar, preciso mexer em alguma coisa ou ele pousa sozinho:(tem o botão "pousar")?



#29 frlnando

frlnando
  • Usuários
  • 164 posts

Posted 26 de August de 2013 - 15:09

Gostei do jogo! Bem simples de jogar, as mudanças ou sugestões, já foram citadas.

 

Coloquei os aviões para voar, preciso mexer em alguma coisa ou ele pousa sozinho:(tem o botão "pousar")?

Opa! 

Assim que o tempo de voo passar, antes disto só acelerando com ouro, você pode pousar o avião clicando no botão pousar. ^^

Abraço.



#30 richardsbfz

richardsbfz
  • Usuários
  • 1,293 posts

Posted 26 de August de 2013 - 15:29

Opa! 

Assim que o tempo de voo passar, antes disto só acelerando com ouro, você pode pousar o avião clicando no botão pousar. ^^

Abraço.

Já fiz!

 

A necessidade disso, deverá sumir quando o timetable for possível de fazer?



#31 HB-IWI

HB-IWI
  • Usuários
  • 917 posts

Posted 26 de August de 2013 - 18:26

Cade as aeronaves regionais ?



#32 frlnando

frlnando
  • Usuários
  • 164 posts

Posted 26 de August de 2013 - 18:40

Já fiz!

 

A necessidade disso, deverá sumir quando o timetable for possível de fazer?

 

Sim, com a automatização dos voos, o sistema cuidará dos pousos e decolagens enquanto os voos estiverem dentro do programa.

A ideia ai é por um tempo (há princípio pequeno e variável) entre cada pouso decolagem, digamos, um tempo para taxiar, aguardar embarque, desembarque, etc... Mas em suma, seria tudo automático dentro do programa.

 

Cade as aeronaves regionais ?

Os aviões regionais muito raramente dão lucros e, devido ao seu baixo custo, podem trazer grandes transtornos a novos jogadores que caírem na "armadilha" (diga-se despropositada) de comprarem muitos deles no começo. Isto traria uma péssima impressão inicial de dificuldade extrema, que não deve ser regra, no jogo e, conseguinte, causaria abandono do mesmo.

 

Assim sendo, até que eu consiga adequar as fórmulas (ou criar uma regra específica para eles, estou avaliando isto) de rendimento dos voos aos parâmetros deles e assim os consiga torná-los um mínimo rentável não operaremos eles.

 

Espero contar com a compreensão de todos. ^^



#33 GLK

GLK
  • Moderador
  • 5,318 posts

Posted 26 de August de 2013 - 19:15

frlnando, 

 

Acho que a melhor forma de você fazer isso, seria colocando algo como custo direto de combustível x 3,5 = custo direto da operação, algo nesse sentido. O custo direto do combustível, de forma grosseira, consegue-se um valor médio de consumo de uma aeronave, por hora, seja em litros ou em Kg (o que dá para converter, grosseiramente também). Esse valor total, tem que ser dividido pelo número de assentos da aeronave, para achar seu custo x assento x km. Obviamente, tem que ter um número X de assentos ocupados para atingir o break-even da operação, e ai, eu não sei como, mas você coloca um "gerador de capacidade", realmente não sei como, algo que, medindo perfil da Origem e do Destino, distância, preço e concorrência na rota, defina a demanda na rota e com isso, a ocupação do(s) voo e, com essa ocupação x tarifa, o resultado final da operação. O interessante seria que você teria, assim, valores mais reais tanto dos custos de aquisição quanto de operação das aeronaves, permitiria uma elasticidade tarifária, fazendo com que o jogador tenha que ter uma estratégia de preços para atrair passageiros ou competir contra outros jogadores na mesma rota. Outra questão é que assim, qualquer aeronave poderia ser rentável, de um Cessna 206 a um A380, desde que cobrando a tarifa correta.

 

Mais interessante ainda seria se, no perfil de cada cidade, fosse possível colocar demanda para diferentes perfis de cliente, possibilitando, por exemplo, que alguém tente operar low fare com vários A321 entre São Paulo e Salvador e, ao mesmo tempo, alguém faça um taxi aéreo com poucos Learjet 35, operando o mesmo São Paulo - Salvador, mas em busca de um segmento totalmente diferente do mercado.

 

Talvez seja complicar demais, de começo, rs.

 

No mais, parabéns pelo trabalho. Aguardo ansiosamente a possibilidade de criar um schedule.



#34 frlnando

frlnando
  • Usuários
  • 164 posts

Posted 26 de August de 2013 - 19:57

frlnando, 

 

Acho que a melhor forma de você fazer isso, seria colocando algo como custo direto de combustível x 3,5 = custo direto da operação, algo nesse sentido. O custo direto do combustível, de forma grosseira, consegue-se um valor médio de consumo de uma aeronave, por hora, seja em litros ou em Kg (o que dá para converter, grosseiramente também). Esse valor total, tem que ser dividido pelo número de assentos da aeronave, para achar seu custo x assento x km. Obviamente, tem que ter um número X de assentos ocupados para atingir o break-even da operação, e ai, eu não sei como, mas você coloca um "gerador de capacidade", realmente não sei como, algo que, medindo perfil da Origem e do Destino, distância, preço e concorrência na rota, defina a demanda na rota e com isso, a ocupação do(s) voo e, com essa ocupação x tarifa, o resultado final da operação. O interessante seria que você teria, assim, valores mais reais tanto dos custos de aquisição quanto de operação das aeronaves, permitiria uma elasticidade tarifária, fazendo com que o jogador tenha que ter uma estratégia de preços para atrair passageiros ou competir contra outros jogadores na mesma rota. Outra questão é que assim, qualquer aeronave poderia ser rentável, de um Cessna 206 a um A380, desde que cobrando a tarifa correta.

 

Mais interessante ainda seria se, no perfil de cada cidade, fosse possível colocar demanda para diferentes perfis de cliente, possibilitando, por exemplo, que alguém tente operar low fare com vários A321 entre São Paulo e Salvador e, ao mesmo tempo, alguém faça um taxi aéreo com poucos Learjet 35, operando o mesmo São Paulo - Salvador, mas em busca de um segmento totalmente diferente do mercado.

 

Talvez seja complicar demais, de começo, rs.

 

No mais, parabéns pelo trabalho. Aguardo ansiosamente a possibilidade de criar um schedule.

Realmente agora você quase queimou meu processador! Huahauhauahuauhaua.  :anta:

 

Claro, isto se deve ao fato de eu desconhecer o cálculo real deste consumo que, admito (e é perceptível a todos nos detalhes dos voos), é o grande problema da minha fórmula atual devido à baixa capacidade de transporte dos regionais. 

 

Mas eu percebi a lógica da sua sugestão, resumindo, teria de achar uma fórmula que, ao mesmo tempo que é mais próxima da realidade, possibilitaria a redução de custos com combustível em todos os níveis, equiparando-os proporcionalmente.

 

De fato, está e uma questão a ser alterada em breve! Logo após a conclusão das prioridades aqui eu estudarei a fundo as fórmulas corretas e, tenham como certo, as adaptarei ao sistema.

 

Quanto ao programa de voos automatizado: está perto!

 

Estou concluindo as fórmulas dos contratos de longo duração (serão necessários vários voos ao mesmo destino, independente da origem, para concluí-los) que tem uma lógica bem diferente dos de voo simples (já disponíveis no jogo, porém ainda passíveis de ajustes).

 

Assim que isto esteja pronto para testes online eu vou revisar o módulo voos e adicionar o recurso!

 

Aproveito para adiantar que serão adicionadas 2 novas melhorias as companhais (Companhias -> Gestão -> Melhorias):

 

 

1) Limite de contratos: permitirá aumentar, proporcionalmente ao nível da companhais, a quantidade de contratos que cada companhia poderá aceitar simultaneamente. Isto evitará que jogadores que não tem muita disponibilidade de tempo sejam prejudicados em relação aos contratos, por não poderem estar muito tempo online, além de, claro, manter as companhias niveladas em todos os aspectos do jogo.

 

2) Piloto automático: com bases nas ideias supracitadas de manter o nivelamento e a competição justa para todos, a cada x níveis uma porcentagem maior da frota poderá ser posta em modo automático, inicialmente, variando de 40% à 100%! isto também vai permitir que, ao atingir nível máximo da 1ª companhia possam automatizá-la em100% e se dedicar a uma segunda companhia ou outras empresas.  :cool:

 

Relembro que, inicialmente, o jogo está preparado para suportar até 3 companhias por jogador.

 

É isto, aguardem novos updates em breve.

A partir de amanhã os contratos já devem estar finalizados! Divirtam-se.



#35 frlnando

frlnando
  • Usuários
  • 164 posts

Posted 27 de August de 2013 - 15:34

Boa tarde!

 

Passando para avisar que conclui os contratos! As duas modalidades estão prontas.

 

Agora, preciso de vocês todos para pegar os contratos, executá-los e verificar se há bugs.

Leiam atentamente as regras e tentem pegar o máximo possível de contratos e concluí-los pois é uma ótima forma de evoluir e ganhar dinheiro.

O sistema não deve verificar antes se você possui bases e aviões elegíveis ao contrato que deseja, além de, se tiver, ele deve indicar a melhor aeronave para usar, 

Na página inicial do módulo poderão ver os contratos ativos e seus respectivos progressos e, após aceitar algum, ao voar nos parâmetros do contrato o sistema deve identificar o voo como referente ao contrato, ao concluir o voo deve verificar a conclusão e resolver as recompensas ou multas cabíveis.

Contratos do tipo Entrega expressa e Transporte expresso são melhores recompensas proporcionais a carga porém são mais difíceis de pegar pois precisam de origem e destino, os demais é só mandar as cargas para o destino, mas fáceis = menor recompensa.  

Qualquer erro, favor me avisar!

 

E agora?

 

Agora vou por as duas novas melhorias (isto é rápido), resolver umas pendências nos empréstimos (e liberá-los amanhã, com limite baseado no valor da companhia, para todos) e iniciar a revisão do módulo de voos. Terminando, creio que amanhã começo o piloto automático.

 

Próxima grande atualização marcada, sábado dia 31/08: piloto automático!

 

Abraço a todos e divirtam-se com os contratos.



#36 frlnando

frlnando
  • Usuários
  • 164 posts

Posted 27 de August de 2013 - 22:03

Desculpem os três posts seguidos, mas não há como editar o anterior... :(

 

Os empréstimos estão ativos e funcionais, o limite será atualizado diariamente (se não houver empréstimo ativo na conta) logo após o ranking.

Limite = x% do valor da empresa.

 

Atenção! Na data do vencimento o banco vai cobrar o empréstimo e, se cabível, os juros diários.

 

Também mandei mais 5k de ouro pra todos, assim pode acelerar voos e testar contratos, tentem pegar mais de 1 ao mesmo tempo, preciso ter certeza que o sistema está identificando corretamente os contratos baseado nas origens/destinos dos voos.

 

As melhorias já foram atualizadas, só falta fazer uma adaptação pro limite de contratos (atualmente 5 mas vai passar pra 2 - nível 1 da melhoria) que só farei amanhã à noite, assim vocês tem mais tempo pra testar os contratos com mais voos simultâneos.

 

Lembrem-se que contratos longos vencem às 23h59, se não concluir até lá os ativos que pegou: multa. ^^

 

Boa noite a todos.



#37 anderson010

anderson010
  • Usuários
  • 1 posts

Posted 27 de August de 2013 - 22:36

Parabéns pelo jogo!!!!!

Cada vez melhor.



#38 frlnando

frlnando
  • Usuários
  • 164 posts

Posted 27 de August de 2013 - 23:21

Parabéns pelo jogo!!!!!

Cada vez melhor.

 

Obrigado Anderson! Vou avaliar as ideias que me passou por e-mail sobre a página de especificações dos aviões.

Quanto as que mandou antes sobre os aeroportos, com certeza vou usar!

 

:ohyes:



#39 frlnando

frlnando
  • Usuários
  • 164 posts

Posted 28 de August de 2013 - 21:28

Boa noite turma!

Trabalhando no piloto automático... Uma dúvida:

 

Quantas escalas pode ter um voo comercial?

Existe um limite de tempo (máximo da rota) ou limitação na quantidade de escalas entre a origem e o destino final do voo?


Edited by frlnando, 28 de August de 2013 - 21:28 .


#40 HB-IWI

HB-IWI
  • Usuários
  • 917 posts

Posted 28 de August de 2013 - 21:47

Boa noite turma!

Trabalhando no piloto automático... Uma dúvida:

 

Quantas escalas pode ter um voo comercial?

Existe um limite de tempo (máximo da rota) ou limitação na quantidade de escalas entre a origem e o destino final do voo?

Eu acho que é ilimitada , pq a TRIP e a GOL tem um pinga pinga que Fruta que caiu ...