Jump to content


Photo

vale a pena comprar um avião?


This topic has been archived. This means that you cannot reply to this topic.
57 replies to this topic

#21 CaioPici

CaioPici
  • Usuários
  • 89 posts

Posted 06 de November de 2013 - 13:05

A planilha que o Omykron compartilhou é excelente.

Basta o empresário fazer uma breve pesquisa de quantos quilômetros seus funcionários voam em 1 ano ou mais, qual o custo de hangaragem e salário de Piloto na localidade e tomar a decisão.


Sent from my iPad using Tapatalk

#22 Felipe Marques

Felipe Marques
  • Usuários
  • 800 posts

Posted 07 de November de 2013 - 09:37

Estive dando uma olhada nessa tabela que o omykron postou, mas fiquei com uma dúvida em umas coisas.

 

O que seria esse valor que é multiplicado em cada revisão. Por exemplo, no seneca 50hs 6.000x3.0?

 

Valew.

 

Abraços



#23 LLG

LLG
  • Usuários
  • 47 posts

Posted 07 de November de 2013 - 10:32

Vou dar minha opinião...

Sinceramente avião é luxo... só vale a pena comprar um avião se ele for "trazer dinheiro" para sua empresa caso contrário quem tem é porque gosta e quer... a grosso modo não vale a pena...

A planilha do omykron é bem interessante mas tem alguns dados bem fora da realidade (não entendam como crítica e sim como ajuda)... por exemplo... o querosene na planilha está R$3,85 porem hoje você não paga menos que R$4,70 por litro (isso em Curitiba que é um dos lugares mais baratos)... o valor do hangar também está bem abaixo para os turbo-hélices de uma maneira geral... 



#24 V2+15

V2+15
  • Usuários
  • 197 posts

Posted 07 de November de 2013 - 11:15

Para um empresário não considero um luxo se ele usa bastante como é o caso citado neste tópico. 16 passagens por mês compradas em cima da hora, sem contar que tem que enfrentar fila de check-in, chegar uma hora antes, as vezes o aeroporto de destino não é a cidade de destino do cara, tem que ir de carro, etc etc. 



#25 LLG

LLG
  • Usuários
  • 47 posts

Posted 08 de November de 2013 - 08:21

Para um empresário não considero um luxo se ele usa bastante como é o caso citado neste tópico. 16 passagens por mês compradas em cima da hora, sem contar que tem que enfrentar fila de check-in, chegar uma hora antes, as vezes o aeroporto de destino não é a cidade de destino do cara, tem que ir de carro, etc etc. 

 

Mas ai que entra exatamente o "x" da questão que o empresário precisa analisar...

Quem vai utilizar o avião? O empresário? Os funcionários? Será que o custo do investimento é revertido em dinheiro para empresa no que vão ganhar no tempo e/ou dinheiro que na teoria vão economizar? Qual o custo hora dos funcionários que vão utilizar a aeronave? Será que realmente se você economizar (utopicamente falando) 4 horas entre check-in, deslocamento de carro etc do teu custo/hora compensa frente ao real custo de uma aeronave? 

E a pior pergunta que eu garanto que 90% dos que pensam em comprar avião e desistem fazem...

"Se eu investir o dinheiro de um avião no meu negócio não vai dar maior retorno financeiro?"

Ai normalmente os empresários desistem...

Só um exemplo prático... um empresário do ramo dos transportes terrestres... comprando um Seneca não zero e não tão voado... custo... um milhão de reais... com esse valor ele bota na empresa dele umas 3 carretas que vão trazer bem mais rendimentos que um avião...

E por ai vai...



#26 rodsvin

rodsvin
  • Usuários
  • 527 posts

Posted 08 de November de 2013 - 09:46

 

Mas ai que entra exatamente o "x" da questão que o empresário precisa analisar...

Quem vai utilizar o avião? O empresário? Os funcionários? Será que o custo do investimento é revertido em dinheiro para empresa no que vão ganhar no tempo e/ou dinheiro que na teoria vão economizar? Qual o custo hora dos funcionários que vão utilizar a aeronave? Será que realmente se você economizar (utopicamente falando) 4 horas entre check-in, deslocamento de carro etc do teu custo/hora compensa frente ao real custo de uma aeronave? 

E a pior pergunta que eu garanto que 90% dos que pensam em comprar avião e desistem fazem...

"Se eu investir o dinheiro de um avião no meu negócio não vai dar maior retorno financeiro?"

Ai normalmente os empresários desistem...

Só um exemplo prático... um empresário do ramo dos transportes terrestres... comprando um Seneca não zero e não tão voado... custo... um milhão de reais... com esse valor ele bota na empresa dele umas 3 carretas que vão trazer bem mais rendimentos que um avião...

E por ai vai...

 

Concordo com vc ! Realmente não é uma decisão simples !



#27 MBedin

MBedin
  • Usuários
  • 45 posts

Posted 08 de November de 2013 - 09:55

A grosso modo.

Quem tem $$$ anda de carro e quem não tem anda de ônibus. Mesma lógica para avião e sabemos quais as vantagens e as desvantagens na pele.



#28 PTN4769

PTN4769
  • Usuários
  • 5,583 posts

Posted 08 de November de 2013 - 11:41

É impossível definir se vale a pena ou não com gráficos ou fórmulas matemáticas sem saber qual a operação da aeronave, para onde vai, como é o acesso a tais cidades e etc.

 

No meu caso a empresa voa muito para Resende (RJ), cidade que não possui voos comerciais.

 

As opções para chegar lá seriam:

 

- Carro: entre 8 e 9 horas na estrada

- Avião: voar até São Paulo e pegar um táxi até lá (mais 3h na rodovia) ou voar até o Rio de Janeiro e pegar um táxi (mais 2h30 na rodovia)

- Avião particular: 1h40

 

Agora vamos aos custos (de modo grosseiro para efeito de comparação):

 

- Carro: R$ 250 com pedágios e combustível, sem contar manutenção, alimentação nas paradas e etc

- Avião: indo via SP seriam R$ 400 de passagem aérea + táxi, indo via RJ seriam aproximadamente R$ 500 de passagem + táxi (outra fortuna)

- Avião particular: R$ 1000 de custo operacional total + salário do piloto diluído

 

Em muitos casos meu patrão continua indo de voo comercial, deixo ele geralmente em SP ou VCP e de lá ele pega um voo direto para um destino longe (Manaus, Porto Velho, Maceió e Palmas são os mais frequentes), ir com o avião dele para esses destinos seria economicamente inviável.

 

Já em outras oportunidades, mesmo tendo um voo comercial a disposição ele prefere gastar um pouco a mais para usar seu próprio avião com conforto, economia de tempo e principalmente flexibilidade de horário. Já foram inúmeras as vezes que ele teria perdido o voo para retornar para casa porque a reunião atrasou ou o cliente não chegou a tempo, em todos esses casos bastou passar uma DLA, continuar sentado no aeroporto, esperar ele chegar, colocar a mala no avião e em 1h estar em casa denovo.

 

Cada caso tem que ser analisado com muito cuidado e com muitos detalhes, mas pode ter certeza que nenhum empresário bem sucedido é bobo, se a iniciativa de ter uma aeronave partir dele pode ter certeza que ele já está pesquisando modelos, preços, taxas, velocidade, autonomia e só está precisando de uma "consultoria" nesse aspecto.

 

Abraços!!



#29 José Castro

José Castro
  • Usuários
  • 1,659 posts

Posted 09 de November de 2013 - 09:59

Nessa conta inicial das 2 viagens semanais x 2 pax, nem foi citada uma variante importantíssima nessa conta, e que é subetivo, o fator ganho de tempo x produtividade.

Mesmo o avião gastando mais que a linha comercial, o ganho de tempo sem estresse em aeroportos, deslocamentos rodoviários, permitiriam a empresa um ganho de receitas superior a essa diferença gasta com o avião próprio.

E os funcionários que poderiam ir e voltar no mesmo dia?

Essa tranquilidade não tem preço.

 

Mesmo tendo resistência ao Cirrus, eu ainda insistiria mostrando o modelo para as pessoas que voariam nele, seus equipamentos de segurança e etc etc, porque esse é O AVIÃO. Barato de manter, rápido, econômico na medida pra essa aplicação a que vc intenciona.



#30 FBOAVENTURA

FBOAVENTURA
  • Usuários
  • 123 posts

Posted 09 de November de 2013 - 17:52

Um fator mais importante do que o custo da 'hora-homem' é a produtividade da 'hora-homem'. Nenhum empresário compra um avião pensando em economizar dinheiro, mas sim pensando em otimizar o próprio tempo e os resultados. Se o tempo de sobra puder ser usado na prospecção ou na condução de novos negócios, o avião se paga, se não, é luxo.

#31 Omykron

Omykron
  • Administrador Técnico
  • 17,348 posts

Posted 12 de November de 2013 - 16:09

Vou dar minha opinião...

Sinceramente avião é luxo... só vale a pena comprar um avião se ele for "trazer dinheiro" para sua empresa

Esse é o problema no brasil.

Poucas empresas veem o potencial agregado em usar o avião para fechar negócio ou até mesmo fazer auditorias para reduzir sangria de custos.

empresários que aprendem a usar o avião (seja ele um cirrus ou um pilatus) para o uso da empresa, não voltam atrás.

O ganho de produtividade é muito maior que o avião de carreira.

 

Para um empresário não considero um luxo se ele usa bastante como é o caso citado neste tópico. 16 passagens por mês compradas em cima da hora, sem contar que tem que enfrentar fila de check-in, chegar uma hora antes, as vezes o aeroporto de destino não é a cidade de destino do cara, tem que ir de carro, etc etc. 

16 idas ao aeroporto (assume-se ai 15 minutos), chegando 30 minutos antes da decolagem porque usou webcheck-in, 20 minutos para desembarque, você tem garantido 60 minutos inativo só para ir e sair do aeroporto. isso sem contar deslocamentos de 60 a 120 minutos por carro nas estradas.

um empresário que precisa estar "online" e ir rápidamente permite ele chegar antes e melhor preparado para qualquer reunião que o empresário que foi de empresa aérea. Isso sem contar a possibilidade de levar alguém para uma pré-reunião durante o voo de ida.

 

 

Mas ai que entra exatamente o "x" da questão que o empresário precisa analisar...

Quem vai utilizar o avião? O empresário? Os funcionários? Será que o custo do investimento é revertido em dinheiro para empresa no que vão ganhar no tempo e/ou dinheiro que na teoria vão economizar? Qual o custo hora dos funcionários que vão utilizar a aeronave? Será que realmente se você economizar (utopicamente falando) 4 horas entre check-in, deslocamento de carro etc do teu custo/hora compensa frente ao real custo de uma aeronave? 

E a pior pergunta que eu garanto que 90% dos que pensam em comprar avião e desistem fazem...

"Se eu investir o dinheiro de um avião no meu negócio não vai dar maior retorno financeiro?"

Ai normalmente os empresários desistem...

Só um exemplo prático... um empresário do ramo dos transportes terrestres... comprando um Seneca não zero e não tão voado... custo... um milhão de reais... com esse valor ele bota na empresa dele umas 3 carretas que vão trazer bem mais rendimentos que um avião...

E por ai vai...

o problema do brasil é o empresário que quer ter avião para brincar de ir para fazenda e quando muito, voa 10- 15 horas por mês, em trechos de 60 a 90 minutos. ai não compensa.

o avião tem de se pagar ou permitir que ocorram mais investimentos. se não é draga de dinheiro.



#32 wassall

wassall
  • Usuários
  • 150 posts

Posted 12 de November de 2013 - 16:59

A categoria dos "malucos" é bem mais real, gostamos de aviação, de voar, e ponto final.

#33 P.Augusto

P.Augusto
  • Usuários
  • 57 posts

Posted 13 de November de 2013 - 15:38

Estou com a mesma duvida do Felipe Marques sobre a tabela.  Alguém saberia explicar o que seria esse
valor q esta sendo multiplicado na tabela de custo de manutenção - considerando 96000 km/ano.

 

grato!



#34 LLG

LLG
  • Usuários
  • 47 posts

Posted 14 de November de 2013 - 10:38

Esse é o problema no brasil.

Poucas empresas veem o potencial agregado em usar o avião para fechar negócio ou até mesmo fazer auditorias para reduzir sangria de custos.

empresários que aprendem a usar o avião (seja ele um cirrus ou um pilatus) para o uso da empresa, não voltam atrás.

O ganho de produtividade é muito maior que o avião de carreira.

 

 

Esse é o problema e o que acontece na prática...

A questão é que no Brasil você não consegue diluir o investimento de um avião nos seus negócios nem a curto e nem a médio prazo... e detalhe... me diga que planejamento realizado no Brasil que você colocar em prática? Nenhum... tudo muda muito rápido... 

Empresários que aprendem a usar avião e não voltam atrás são os que realmente conseguem ganhar muito dinheiro com isso... o resto... todos sabem...



#35 Omykron

Omykron
  • Administrador Técnico
  • 17,348 posts

Posted 14 de November de 2013 - 18:31

Esse é o problema e o que acontece na prática...
A questão é que no Brasil você não consegue diluir o investimento de um avião nos seus negócios nem a curto e nem a médio prazo... e detalhe... me diga que planejamento realizado no Brasil que você colocar em prática? Nenhum... tudo muda muito rápido...

um avião não é investimento, da mesma forma que um carro não é investimento.
Avião não valoriza, deprecia.
avião não gera receita, apenas custo (estamos falando de operação particular - rbha 91)
Avião não faz reunião. avião não assina contrato. Avião não faz auditoria surpresa. Avião é uma ferramenta que permite o empresário atuar de forma mais eficiente com a sua empresa, dada a natureza da empresa.
 
Dependendo do modelo de avião selecionado para atender os deslocamentos da empresa, o avião pode estar equipado com sistema de comunicação via satélite, internet via satélite, tudo permitindo que a empresa envie um funcionário a um local e retornar minimizando o custo (ou a perda de receita) gerada pela inatividade do funcionário durante o deslocamento.
 

Empresários que aprendem a usar avião e não voltam atrás são os que realmente conseguem ganhar muito dinheiro com isso... o resto... todos sabem...

acham que avião é investimento.

Normalmente investindo no ego dele...



#36 raphok

raphok
  • Usuários
  • 183 posts

Posted 16 de November de 2013 - 09:19

Tem que pensar que economia de tempo gera ganho em produtividade. Quanto vale a hora do executivo pra ele perder X horas no transito, filas etc?

Quase ninguem considera isso.


Sent from my iPad using Tapatalk

#37 andrefoppa

andrefoppa
  • Usuários
  • 66 posts

Posted 19 de November de 2013 - 20:28

Concordo com as opiniões emitidas até agora, realmente, avião no Brasil, é luxo. Vez ou outra, conseguimos otimizar os negócios, lucros etc. mas ainda continua sendo luxo.

 

Ao contrário dos EUA, onde li uma reportagem em uma Aeromagazine antiga, comentando, como o país cresceu, junto com a aviação, aeroportos etc. Os investimentos feitos no país no que se refere a logistica, seja no ar, terra, trilhos, ajudaram o país a ser a economia que é hoje.

 

Diferente do Brasil, onde não existe incentivo nem investimento no setor aéreo, ter um avião, continua ser um luxo.



#38 KING

KING
  • Usuários
  • 32 posts

Posted 21 de November de 2013 - 01:05

Eu só compro um avião no dia que eu ganhar sozinho na mega-sena acumulada 8 vezes.

Acho que assim dará para manter o bichinho.



#39 rgusso

rgusso
  • Usuários
  • 153 posts

Posted 21 de November de 2013 - 14:05

bom só retomando, voltando ao assunto do topico, esse aviao seria para trabalho,

hj estou em Londrina/PR, semana q vem vou pra Belem com mais um funcionario.

Tem um pessoal no Mato Grosso e no Amazonas.

Também tem um pessoal em SC

Tudo isso voando de linha, com passagem comprada em cima da hora.

Essa viagem minha pra Belem semana que vem saiu aprox R$2000(ida e volta) pra cada um.

O unico prob é que um aviao pra ir pra Belem nao é qqer equipamento  :cry:

é isso que pretendo por no papel para apresentar.

 

Valeuu



#40 José Castro

José Castro
  • Usuários
  • 1,659 posts

Posted 21 de November de 2013 - 14:35

bom só retomando, voltando ao assunto do topico, esse aviao seria para trabalho,

hj estou em Londrina/PR, semana q vem vou pra Belem com mais um funcionario.

Tem um pessoal no Mato Grosso e no Amazonas.

Também tem um pessoal em SC

Tudo isso voando de linha, com passagem comprada em cima da hora.

Essa viagem minha pra Belem semana que vem saiu aprox R$2000(ida e volta) pra cada um.

O unico prob é que um aviao pra ir pra Belem nao é qqer equipamento  :cry:

é isso que pretendo por no papel para apresentar.

 

Valeuu

 

Aí são outros 1000 (e não 500).

Se vc quer um avião pra vôo curto, regional é coisa, um custo.

Agora vôos longos aí pra BEL, a coisa muda completamente.

Não dá pra vc querer avião barato, acessível de manter e com desempenho pra tiro longo.

A brincadeira agora parte dos Kin Air pra frente.

Vc tem que ver qual a frequência que faz esses vôos longos. Se for eventual, compensa ter o avião pra vôos mais curtos e que te atenda bem com viagens frequentes pra diluir seus custos, e voar em linha comercial nos vôos pro Norte.