Jump to content


Photo

URGENTE: Justiça determina alteração do Programa Multiplus da TAM

tam multiplus fidelidade milhas

This topic has been archived. This means that you cannot reply to this topic.
16 replies to this topic

#1 Carlos Zahlouth

Carlos Zahlouth
  • Usuários
  • 190 posts

Posted 25 de April de 2014 - 16:55

Após um processo iniciado pela organização Proteste, que foi inclusive material de reportagem que foi veiculada na Band, onde nosso site foi mencionado, a Justiça, em sua primeira instância determinou que a TAM altere algumas regras do seu programa de fidelidade.

Com isso estabelece-se uma precedência para a regulação dos programas de fidelidade no Brasil. A partir de agora, caso a TAM não apele da decisão, a mesma devera alterar seu programa para que os pontos obtidos não tenham mais expiração, o que antes era de 1 ano por atividade qualificadora, e além disso, também determinou que os pontos de um pessoa que venha a falecer seja transferido para seus herdeiros.

Também que seja feita comunicacão prévia 90 dias antes de qualquer alteração nas regras do programa, bem como, se a TAM decidir encerrar o Multiplus, que os pontos sejam convertidos em moeda e pagos aos seus clientes.

Com essa decisão, dá-se um passo importante para melhorar em favor do consumidor a utilização do Programa de Fidelidade, e também foi uma decisão prejudicial para aqueles que decidiram abrir capital na Bolsa, como o Multiplus, e o Smiles, pois a nao expiração dos pontos e posterior transferencia deixa um passivo enorme na mãos dessas empresas. 

images+(1).jpeg

A TAM disse que nao se pronuncia, exceto nos autos do processo. Vamos ver se eles vão apelar da decisão, o que eu tenho certeza de que vai acontecer, porem se não apelarem com efeito suspensivo, terão de atualizar o programa conforme decisão da juíza em primeira instância após a publicação da recurso. Boa Viagem!

 

 



#2 raverbashing

raverbashing
  • Usuários
  • 2,700 posts

Posted 25 de April de 2014 - 16:59

O que vai acabar acontecendo é simples: dobra-se o número de pontos necessários ao resgate, bem como a promoção de troca de pontos por outros prêmios (eletrodomésticos e outras tranqueiras)

#3 Carlos Zahlouth

Carlos Zahlouth
  • Usuários
  • 190 posts

Posted 25 de April de 2014 - 17:00

Duvido que a decisão se sustente.



#4 Carlos Zahlouth

Carlos Zahlouth
  • Usuários
  • 190 posts

Posted 25 de April de 2014 - 17:01

Justiça determina que TAM altere programa de milhagem; saiba o que muda O prazo para utilização dos pontos acumulados, anteriormente de dois anos, será prolongado indeterminadamente; e, em caso de falecimento do titular, os pontos deverão ser repassados aos herdeiros
economia-aviacao-aeroporto-congonhas-sao

Caso não altere as regras, TAM levará multa de 50 mil reais por dia (Reinaldo Canato )

A TAM terá de pagar uma multa diária de 50 mil reais caso se recuse a alterar algums regras de seu programa de fidelidade Multiplus em até 30 dias. A decisão foi tomada, na quinta-feira, pela juíza Priscila Buso Faccinetto, depois da Proteste Associação de Consumidores entrar com uma ação contra a companhia aérea. Segundo a entidade, a falta de clareza e de informação nos contratos da Multiplus desrespeitava o Código de Defesa do Consumidor. Procurada pela reportagem, a TAM informou que apenas de manifestará nos autos do processo.

Com a resolução, as passagens aéreas emitidas por meio do programa de fidelidade Multiplus terão validade de um ano, a partir da data de emissão. Até então, a validade era de três a seis meses, o que viola o artigo 228 do Código Brasileiro de Aeronáutica. O prazo para utilização dos pontos acumulados, anteriormente de dois anos, também será prolongado indeterminadamente. Em caso de falecimento do titular, os pontos ainda deverão ser repassados aos herdeiros.

Sobre o direito à informação, as alterações no regulamento do Multiplus passarão a ser comunicadas com 90 dias de antecedência. Isso porque as companhias aéreas têm o hábito de aumentar o número de pontos necessários para emitir uma passagem aérea sem antes avisar os consumidores. Caso a TAM decida cancelar o Multiplus, no entanto, a Proteste defende que os pontos sejam transferidos para outro programa de benefícios, ou que o cliente receba seu dinheiro de volta, conforme a quantidade de pontos acumulados.



#5 SQ-GRU

SQ-GRU
  • Usuários
  • 2,480 posts

Posted 25 de April de 2014 - 18:43

A validade do bilhete prêmio e o aviso prévio ao cliente das mudanças do programa acho válido e, inclusive, já vem sendo feito ultimamente.

Agora o resto é um pouco utópico, acredito.

#6 FabioGIG

FabioGIG
  • Usuários
  • 1,192 posts

Posted 25 de April de 2014 - 18:44

Mas quando a pessoa se inscreve no programa ela lê as regras e as aceita, a justiça pode mudar assim?



#7 SQ-GRU

SQ-GRU
  • Usuários
  • 2,480 posts

Posted 25 de April de 2014 - 18:52

Mas quando a pessoa se inscreve no programa ela lê as regras e as aceita, a justiça pode mudar assim?


Sim! É um contrato de adesão, e não um contrato assinado em comum acordo após a discussão das cláusulas entre as partes....

#8 Cmte Garcia

Cmte Garcia
  • Usuários
  • 2,214 posts

Posted 25 de April de 2014 - 20:10

Será que valerá retroativo? Eu mesmo perdi 90k de milhas ano passado. Seria legal revê-las :D

 

De qualquer forma estava já na hora de uma regulamentação, pois os programas de milhagens estão uma piada. É difícil acumular milhas, e muito mais resgatar, principalmente com o valor ridículo que querem por uma torradeira vagabunda no ponto frio.



#9 Thiago Lenzi

Thiago Lenzi
  • Usuários
  • 442 posts

Posted 25 de April de 2014 - 21:09

Jesus, vão piorar o que já está ruim. Juiz querendo regular atitudes econômicas geralmente dá um único resultado: o inverso ao pretendido.

#10 diegocmro

diegocmro
  • Usuários
  • 361 posts

Posted 25 de April de 2014 - 22:53

Meu deus! Ta difícil ser dono de empresa aérea neste país

#11 Carlos Zahlouth

Carlos Zahlouth
  • Usuários
  • 190 posts

Posted 26 de April de 2014 - 07:56

Essa liminar não deve durar muito tempo


Enviado do meu iPad usando o Tapatalk

#12 Comte Curtiss

Comte Curtiss
  • Usuários
  • 1,336 posts

Posted 26 de April de 2014 - 09:27

A Tam de alguns anos para ca tem feito tanta lambança com seu (in)Fidelidade,mudando regras a todo momento, colocando premios com numeros absurdos de milhas,enfim dificultando de todas as formas seus passageiros para nao fornecer assentos com milhas,alem de sistematicamente desrespeitar seus clientes e apresentar serviço pessimo,que vejo com muita simpatia qualquer tentativa de enquadra-los



#13 Carlos Zahlouth

Carlos Zahlouth
  • Usuários
  • 190 posts

Posted 26 de April de 2014 - 09:55

Bem, a associação requereu e a juíza deferiu. O Judiciário só age quando provocado. De fato o setor é uma bagunça no Brasil, pontos que expiram, aumento no uso de milhas, regras não são claras, nunca se sabe os assentos disponíveis. Mas o capital nunca perde se tiver controle vai buscar forma de compensar.



#14 PR-GTJ

PR-GTJ
  • Usuários
  • 1,530 posts

Posted 29 de April de 2014 - 17:02

aqui em Manaus fracionaram o valor do estacionamento dos shoppings em minutos: em vez de pagar 6,00 por até 3 horas, paga-se 1 real por 30min, 1,50 por 45min, e por aí vai.

 

A ideia era boa, até alguns shoppings aumentarem o valor da hora pra 6,00.

 

Resolveu?



#15 Darlan

Darlan
  • Usuários
  • 844 posts

Posted 06 de May de 2014 - 11:53

E se a TAM cancelar o Fidelidade e passar a adotar o LANPass?
Por ter sede no Chile não estaria regido por nossas leis, certo?
O mesmo valeria para a Avianca (Amigo x LifeMiles) e as extrangeiras..
Só o Smiles e o Tudo Azul teriam que respeitar?
Ou qualquer cliente residente no Brasil de qualquer programa, mesmo das extrangeiras, teria esse benefício, como é com a questão das 2 malas de 32kg para vôos originados do Brasil?
A tendência é aumentarem o preço e ponto.

#16 Juan Garcia

Juan Garcia
  • Usuários
  • 690 posts

Posted 11 de May de 2014 - 15:13

Caramba daqui a pouco até o cafezinho de graça de buteco vai ter regulamentação! Se o café tiver frio processo neles! 



#17 DanielVS

DanielVS
  • Usuários
  • 2,032 posts

Posted 17 de May de 2014 - 16:25

 

Com isso estabelece-se uma precedência para a regulação dos programas de fidelidade no Brasil. A partir de agora, caso a TAM não apele da decisão, a mesma devera alterar seu programa para que os pontos obtidos não tenham mais expiração, o que antes era de 1 ano por atividade qualificadora, (...)

 

 

 

De fato o setor é uma bagunça no Brasil, pontos que expiram, (...)

 

Se for ilegal o fato da milha ter prazo de expiração, então como ficam Gol, Avianca, LAN, Tap, Air France/KLM, Lufthansa, Alitalia, British Airways, Iberia, SAA etc etc?