Jump to content


Photo

Helicóptero cai e deixa dois feridos em Contagem/MG


  • You cannot start a new topic
  • Please log in to reply
1 reply to this topic

#1 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 21,308 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 17 de September de 2016 - 14:40

Meus prezados
Helicóptero cai e deixa dois feridos em Contagem
A aeronave da Efai Escola de Aviação Civil fazia voo de instrução quando problemas de estabilização levou à tentativa de pouso de emergência, porém, depois de tocar em duas árvores, caiu de lado no solo

A queda de um helicóptero de instrução deixou duas pessoas feridas no começo da noite desta sexta-feira, em Contagem, na Região Metropolitana de Belo Horizonte. A aeronave, modelo Cabri G2, que pertence à Efai Escola de Aviação Civil, apresentou problemas pouco depois da decolagem, às 19h20, realizada pelo aluno Pedro Moraes, de 29 anos, que já soma cerca de 90 horas de voo. A instrutora Fernanda Polesca, de 28, ao perceber a pane, assumiu o comando e tentou o pouso de emergência, mas como estava escuro, acabou atingindo duas árvores.
Fernanda foi levada para o Hospital de Pronto-Socorro João XXIII, com um corte na cabeça e luxação na mão esquerda. Pedro escapou ileso e chegou acompanhar os trabalhos de levantamentos de técnicos da Polícia Civil. Ele contou que a decolagem foi normal, até que instrutora percebeu um problema e assumiu o comando. Segundo o aluno, a aeronave começou a girar e perder altitude até bater nas árvores, para em seguida cair. Com luxação no pescoço, ele buscou atendimento num hospital particular.
O coronel-aviador João Bosco Ferreira, sócio-proprietário da Efai, disse que o helicóptero é novo, com apenas 60 horas de voo. “Não dá para falar sobre causas do acidente até que investigadores da Aeronáutica façam uma avaliação. É um helicóptero de origem francesa, o mais moderno na sua categoria, destinado para instrução”, destacou Ferreira. Para ele, nas condições de voo, noturno, a instrutora demonstrou toda capacidade, evitando um desfecho trágico.
O chefe do Núcleo de Operações Aérea da Polícia Civil, delegado Eduardo Roberto, explicou que sua equipe foi ao local para adotar as primeiras medidas de preservação do local visando as investigações das causas do acidente. De acordo com ele, técnicos da aeronáutica vão fazer os levantamentos no local, antes da liberação da aeronave. O policial diz que, além da perícia no ambiente do pouso, serão checados outros detalhes, como as características técnicas do fabricante e manutenção do helicóptero.
O estofador David de Sá, de 20 anos, mora num imóvel no terreno da queda da aeronave. Ele foi o primeiro a chegar no local da queda. “Estávamos em casa assistindo televisão, quando houve um estrondo. Corremos com uma lanterna até o lugar de onde veio o barulho e quando chegamos as duas pessoas que estavam no helicóptero já tinham saído. Foi só um grande susto, pois se caí aqui em casa, seria pior”, contou David.
Fonte: Estado de Minas via CECOMSAER 17 SET 2016

Helicóptero francês Guimbal Cabri G2

300px-Cabri_G2.JPG


Edited by jambock, 17 de September de 2016 - 14:43 .

  • Marcel Piola likes this

#2 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 21,308 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 18 de September de 2016 - 12:33

Meus prezados
Helicóptero cai em Contagem e deixa duas pessoas feridas
A instrutora de voo que chegou a ser atendida no Hospital de Pronto Socorro João XXIII após a queda de um helicóptero em Contagem, região metropolitana de Belo Horizonte, recebeu alta durante a madrugada deste sábado (17). Fernanda Polesca, de 28 anos, estava acompanhada de um aluno quando ocorreu o acidente nas proximidades da avenida vereador Joaquim Costa, no bairro Campina Verde, próximo à portaria do Palácio dos Leilões. A aeronave – Cabri G2 (PR-EFC) – apresentou problemas logo após decolar do pátio da EFAI (Escola de Aviação Civil).
“Sem ganhar altura como esperado, a instrutora assumiu os comandos. A aeronave, no entanto, apresentou uma queda de rotação e, em seguida, entrou em giro pela esquerda vindo a colidir com algumas árvores antes de atingir o solo”, informou a empresa por meio de nota.
A direção da EFAI ainda ressaltou que o helicóptero sofreu danos graves, mas, devido às suas características anti-crash, foi capaz de proteger a integridade física dos ocupantes. Fernanda e o aluno Pedro Moraes, de 29 anos, conseguiram sair da aeronave logo após a queda. Os dois tiveram ferimentos leves.
A instrutora foi levada para o HPS João XXIII pelo helicóptero do Corpo de Bombeiros. Ela sofreu um corte na cabeça e luxação na mão esquerda. Fernanda é bacharel em Ciências Aeronáuticas e atua como piloto desde 2008, acumulando aproximadamente 1.200 horas de voo.
Já Pedro seguiu para um hospital particular de BH para fazer exames complementares após ser liberado pela equipe médica que realizou o atendimento inicial. O aluno acumula cerca de 90 horas de voo.
“O Terceiro Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos – SERIPA III foi informado [sobre o acidente] e acionou um oficial do CIAAR (Centro de Instrução e Adaptação da Aeronáutica) para efetuar a ação inicial no local do acidente, atividade que deverá ser realizada na manhã deste sábado. A EFAI providenciou a guarda do local como forma de preservar indícios que certamente irão auxiliar na investigação”, destacou o comunicado divulgado pela empresa.
3.jpg
Fonte: BHAZ (BLOGUE) via CECOMSAER 18 SET 20126


  • Marcel Piola likes this