Jump to content


Photo

PAPI em Sinop, ainda não homologado, prejudica pousos por inoperante


  • You cannot start a new topic
  • Please log in to reply
11 replies to this topic

#1 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 22,696 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 20 de December de 2016 - 09:41

Meus prezados

Passageiros são prejudicados com mais um cancelamento de voo em Sinop
Cerca de 50 passageiros foram prejudicados devido ao cancelamento do pouso de uma aeronave de uma companhia área, no último sábado. O avião decolou do aeroporto Marechal Rondon, às 12h45 e a previsão era de que pousasse, em Sinop, às 13h45. No entanto, devido ao mau tempo a aeronave teve que retornar e descer novamente em Várzea Grande.

Esta foi a quinta aeronave que precisou cancelar o voo devido ao mau tempo e a falta de equipamentos para auxiliar no pouso em Sinop. Na quinta-feira, um avião modelo ATR 72-600, da mesma empresa, não conseguiu pousar no aeroporto municipal João Batista Figueiredo. No site Flightradar24, que disponibiliza a visualização de aviões pelo mundo em tempo real e através de mapas, mostra a aproximação da aeronave no aeroporto sinopense. O avião circula em baixa altitude pelo menos dez vezes e retorna ao aeroporto Marechal Rondon.

O supervisor do aeroporto, Lindomar Costa, explicou anteriormente, ao Só Notícias, que os Indicadores de Precisão de Trajetória de Aproximação (PAPI - Precision Approach Path Indicator) foram instalados, mas ainda não foram homologados e liberados pelo Departamento de Controle de Espaço Aéreo (Decea). “Os equipamentos estão instalados, mas só podem ser utilizados quando estiverem homologados. O prazo é definido pelo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta). O processo está tramitando e não existe um prazo exato para que eles façam essa liberação”.

Conforme Só Notícias já informou, estes equipamentos foram doados pela Colonizadora Sinop para o município, em março deste ano. Se estivessem funcionando ajudariam na navegação e boa parcela dos voos não seria cancelada.

Nesta segunda-feira pela manhã, com chuva, a aeronave pousou e decolou.

Fonte: Só Notícias (MT) via CECOMSAER 20 DEZ 2016



#2 Override

Override
  • Usuários
  • 877 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:CGH
  • Data de Nascimento:00/00/0000

Posted 22 de December de 2016 - 18:43

O papi não vai mudar em nada, vai continuar havendo cancelamentos por mau tempo! Os moradores estão achando q o papi a salvação da lavoura.
Alguem sabe se estão homologando procedimento Rnav em sinop?

#3 rodsvin

rodsvin
  • Usuários
  • 523 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Br
  • Data de Nascimento:01/01/1800

Posted 22 de December de 2016 - 19:17

nao tem nem radio (afis) la.... swsi

Edited by rodsvin, 22 de December de 2016 - 19:17 .


#4 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 22,696 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 27 de February de 2017 - 14:06

Meus prezados
Prefeitura se reúne com DECEA para esclarecer dúvidas sobre melhorias no Aeroporto Municipal
A secretária de Finanças Ivete Mallmann também esteve reunida com representantes da empresa instaladora dos equipamentos.
A Prefeitura de Sinop, por meio da secretária de Finanças Ivete Mallmann, esteve no Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), no Rio de Janeiro (RJ), em reunião com o coronel Aviador Paulo Eduardo Albuquerque Magella, e com os engenheiros da RSA Engenharia, que é a entidade instaladora dos aparelhos no Aeroporto Municipal João Batista de Figueiredo.
Os encontros tiveram como objetivo esclarecer dúvidas e discutir qual o “próximo passo” após a homologação da Estação Prestadora de Serviço de Telecomunicações e de Tráfego Aéreo (EPTA) e dos Indicadores de Precisão de Trajetória de Aproximação (PAPI), que está sob análise do Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta IV), em Manaus.
“A homologação desses equipamentos é fundamental para Sinop e esse processo está em andamento como previsto no Cindacta IV, mas nós sabemos que precisamos melhorar ainda mais as condições do nosso aeroporto, por isso é importante sabermos quais os próximos passos para que essas outras melhorias aconteçam de forma mais célere”, explicou a secretária.
Conforme a RSA Engenharia, após a análise dos documentos pelo Cindacta IV, é feita a emissão do Certificado de Aprovação de Projeto (CAP) e, com isso, inicia-se o processo de instalação da parte final do EPTA. Após essa finalização, é emitido um aviso de conclusão de instalação e o Cindacta IV inicia o preparo da equipe para a vistoria técnica no aeroporto de Sinop.
Feita a vistoria a equipe técnica do Cindacta IV emite uma Autorização Provisória de Operação (APO), que permite o uso dos equipamentos até que seja feita a publicação oficial da homologação da operação por instrumentos, pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC).
Segundo a secretária, mesmo a homologação do EPTA e PAPI ainda estando na fase de análise, o Município já pode dar andamento a outros projetos para a melhoria do aeroporto, como é o caso do RNAV e das questões de segurança, que devem ser analisadas pela ANAC.
“A prefeita colocou essa questão do aeroporto como prioridade. Então, estamos verificando o que podemos adiantar de outros projetos e vamos nos adiantar. São procedimentos extremamente técnicos e nós temos acompanhar cada um com atenção. Além disso, já queremos nos preparar para a implantação do RNAV”, explicou Ivete.
O RNAV é um método de navegação que permite a operação da aeronave em qualquer curso desejado dentro da cobertura de sinais de navegação referenciados por estações ou dentro dos limites de uma capacidade de sistema auto-contido, ou uma combinação destes.
Reuniões
As duas reuniões foram realizadas na quinta-feira (23). No período da manhã a secretária conversou com o subdiretor de engenharia da RSA, Rafael Côrrea Alves, que acompanha o processo de Sinop no Cindata IV, e com o diretor da empresa, Rivaldo da Silva Alves Júnior.
Em seguida, a secretária esteve acompanhada do subdiretor da RSA em reunião com o coronel Magella e com o tenente Tiago Luís Oliveira Marques, especialista em Controle de Tráfego Aéreo do Subdepartamento de Operações do Decea.
Fonte: Informa News (MT) via CECOMSAER 27 FEV 2017



#5 vynysto

vynysto
  • Usuários
  • 91 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Campo Grande/MS/Brasil
  • Data de Nascimento:17/06/1998

Posted 03 de March de 2017 - 01:10

Qual o motivo de tamanha demora ? Agora que a água bateu nos joelhos (Sorriso entrou em operação) parece querer agilizar as homologações.



#6 Eduardo Mello

Eduardo Mello
  • Usuários
  • 1,480 posts
  • Gender:Male
  • Location:SBAT
  • Cidade/UF/País:SBAT
  • Data de Nascimento:25/07/1990

Posted 03 de March de 2017 - 01:26

Não sei o motivo da demora. Em Rondonópolis é a mesma coisa. O procedimento RNAV está pronto, as cartas estão disponíveis desde setembro/2016, mas o procedimento ainda não está homologado devido a uma burocracia pra mudar a classificação de operação VFR para IFR.

 

Infelizmente, conhecendo o funcionamento do Brasil, talvez falte uma $$$ para "agilizar" as etapas, ou para "indicar as portas certas" em que devem bater. Mas isso é apenas uma especulação por minha parte.



#7 teiacontabil

teiacontabil
  • Usuários
  • 2,653 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Feira de Santana/BA/Brasil
  • Data de Nascimento:18/05/1977

Posted 27 de August de 2017 - 00:05

A propósito, qual o custo estimado para se implantar um RNAV em um aeroporto?



#8 Air Force One

Air Force One
  • Usuários
  • 3,542 posts
  • Gender:Male
  • Location:Daytona Beach, FL
  • Cidade/UF/País:Curitiba/Paraná/Brasil
  • Data de Nascimento:14/02/1992

Posted 27 de August de 2017 - 13:24

A propósito, qual o custo estimado para se implantar um RNAV em um aeroporto?

 

https://www.aopa.org...rument-approach


  • teiacontabil likes this

#9 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 22,696 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 06 de September de 2017 - 10:04

Meus prezados

Aeronáutica inicia vistoria dos instrumentos no Aeroporto de Sinop
Equipe do Cindacta 4 realiza procedimento prévio para homologação dos equipamentos
Técnicos do Cindacta 4 (Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo) – departamento subordinado ao Comando da Aeronáutica – iniciaram na tarde desta terça-feira (9), a vistoria técnica dos instrumentos instalados no Aeroporto de Sinop. O trabalho terá duração de 3 dias, quando um relatório final com os apontamentos deverá ser apresentado.
O objetivo do Cindacta é específico. Os técnicos irão avaliar as instalações que compõem a EPTA (Estação Prestadora de Serviços de Telecomunicações e de Tráfego Aéreo). A estrutura oferece melhores condições de pouso e decolagem em situações meteorológicas desfavoráveis, aumentando assim a capacidade de operação do aeroporto.
De acordo com o capitão da Aeronáutica, Frederico Silva, a vistoria foi dividida em 3 etapas. Primeiro, os agentes do Cindacta verificam a parte técnica, checando se as instalações conferem com o projeto que foi apresentado pela prefeitura de Sinop. É basicamente uma conferência dos instrumentos instalados, das condições dos equipamentos e a forma como foi planejada sua operação. Se a execução estiver de acordo com o projeto, os técnicos avançam para a próxima etapa, que é a vistoria operacional.
Nessa fase, os agentes do Cindacta 4 ligam os instrumentos e fazem uma operação simulada. Cada ponto do funcionamento dos equipamentos é verificado. Após o teste, na última etapa, os vistoriadores se reúnem e expedem um parecer, fazendo os apontamentos (caso seja necessário), ou relatando a sua avaliação, que resultará na homologação.
Para o especialista em aviação contratado para dar assessoria no projeto do aeroporto de Sinop, Clayrton Hammer, a homologação da EPTA traz melhorias imediatas para operação. “Hoje, o aeroporto de Sinop opera somente no visual, com [índices] mínimos muito grandes de 5 mil metros de visibilidade e 450 metros de teto. Com o EPTA em funcionamento, esses índices reduzem pelo menos metade, permitindo o pouso de aeronaves em condições de chuvas ou nevoeiros. É um ganho imediato de pelo menos 80% na capacidade de operação”, pontuou.
A secretária de Finanças e Orçamento de Sinop, Ivete Mallmann ressaltou a pressa do município para a homologação antes do início do período das chuvas. “Por meio desses instrumentos nós teremos uma segurança maior de voo que nos auxiliará nos dias de condições meteorológicas adversas. É importante porque teremos uma segurança maior nos voos e também dos passageiros que fizeram a compra das passagens e terão certeza que irão pousar no nosso aeroporto”, comenta Ivete.
Com a homologação, o Aeroporto de Sinop poderá colocar em operação os PAPI’s (Indicador de Precisão de Trajetória de Aproximação), que auxiliam no pouso. O próximo passo será o desenvolvimento da RNAV (Navegação de Área), que auxilia nos pousos com condições de baixa visibilidade. O RNAV funciona como uma carta de voo com uma rota de aproximação do aeroporto traçada, lida com sinal de GPS, que guia o piloto para o procedimento de pouso em condições pouco favoráveis.
Também acompanham a vistoria técnica do Cindacta os representantes das entidades de classe que colaboram no processo de instrumentalização do aeroporto de Sinop.
Fonte: GC NOTÍCIAS (MT) via CECOMSAER 6 SET 2017



#10 Eduardo Mello

Eduardo Mello
  • Usuários
  • 1,480 posts
  • Gender:Male
  • Location:SBAT
  • Cidade/UF/País:SBAT
  • Data de Nascimento:25/07/1990

Posted 08 de September de 2017 - 16:00

Possivelmente, após a homologação da EPTA, o ICAO de Sinop deverá ser SBSI (estou chutando, já que esse ICAO está livre).



#11 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 22,696 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 25 de October de 2017 - 10:46

Meus prezados

Sinop: data para homologar equipamentos e melhorar segurança do aeroporto ainda não foi definida
O representaste da União das Entidades de Sinop (Unesin), Nilson Ribeiro, disse, em entrevista, ao Só Notícias, que haverá uma reunião na prefeitura, esta semana, para definir a data da última inspeção no aeroporto municipal presidente João Figueiredo, que será feita pelo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta IV), de Manaus, para aprovação da instalação dos equipamentos do EPTA, que vão garantir maior segurança nos pousos e decolagens principalmente em período chuvoso. A inspeção deve ocorrer em novembro. Já a homologação do PAPI (que já está instalado) deve ser feita, posteriormente, pelo Instituto de Cartografia Aeronáutica (ICA).

Conforme Só Notícias já informou, uma equipe do ICA fez, no último dia 5, diversos levantamentos no aeroporto para dar continuidade no processo de homologação do EPTA e na confecção das cartas de procedimentos de navegação aérea, como o nivelamento de pista e dados de coordenada de cabeceira. Segundo o tenente Luiz Felipe Ochotorena Fartura, da Aeronáutica, também foram feitos todos os levantamento de dados para a conclusão das Rotas de Navegação Área (RNAV).

A Unesin (União das Entidades de Sinop) que tem sido muito atuante para resolver as pendências do aeroporto e proporcionar maior estrutura acompanha todo os trabalhos do ICA e do Cindacta.

Fonte: SÓ NOTÍCIAS (MT) via CECOMSAER 25 OUT 2017



#12 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 22,696 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 09 de November de 2017 - 08:42

Meus prezados

Aparelhos de auxílio para decolagens e pousos devem começar a operar em Sinop

Os laudos emitidos pela Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), após a vistoria realizada em setembro, da Estação Prestadora de Serviço de Telecomunicações e de Tráfego Aéreo (EPTA), no aeroporto João Batista Figueiredo, em Sinop, foram favoráveis à homologação. “O referido processo encontra-se devidamente instruído e o interessado atende todos os requisitos previstos na legislação vigente”, aponta o documento.

Com isso, nos próximos dias os pousos e decolagens devem acontecer com o auxílio da estação que contribui com os pilotos quanto a situações adversas, como o tempo, por exemplo.

No entanto, é necessária outra vistoria pelo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta IV), de Manaus, para que a homologação final seja emitida. Também foi determinada a emissão da licença para funcionamento da estação e das taxas referentes ao serviço. Após isso, começa operação das aeronaves através dos equipamentos”, explica a secretária de Planejamento Finanças e Orçamento, Ivete Mallmann.

Os passageiros que necessitam utilizar o aeroporto da cidade sofrem principalmente quando chove, pois há vários cancelamentos, como acontece corriqueiramente. A preocupação maior era pelo fato de o período chuvoso ter iniciado, mas com o parecer da Anatel o problema será resolvido.

Melhorias

Esta não é a única mazela encontrada no aeroporto de Sinop. Outros procedimentos seguem no Departamento de Controle do espaço Aéreo (DECEA), no Rio de Janeiro. Cartas cartográficas para o RNAV, que funciona como uma carta de voo com uma rota de aproximação do aeroporto traçada, lida com sinal de GPS, que guia o piloto para o procedimento de pouso em condições pouco favoráveis, também estão em andamento para que comecem a ser utilizadas.

Concessão

O governo federal confirmou a inclusão de Sinop, dos três regionais de Rondonópolis, Alta Floresta e Barra do Garças, além do Marechal Rondon, em Várzea Grande, no Programa Nacional de Desestatização (PND). A medida faz parte do processo de concessão à iniciativa privada, que busca contribuir com a modernização da infraestrutura das unidades aeroportuárias.

A Agência Nacional de Aviação Civil (Anac) ficará responsável pela realização e pelo acompanhamento das medidas de desestatização. Já o Ministério dos Transportes, Portos e Aviação Civil vai acompanhar a condução e aprovação dos estudos, projetos, levantamentos e pelas investigações que subsidiarão a modelagem das medidas de desestatização qualificados no âmbito do Programa de Parcerias de Investimentos (PPI).

Fonte: RD NEWS (MT) via CECOMSAER 9 NOV 2017