Jump to content


Photo

Saab amplia a consciência situacional no Aeroporto de San Francisco


  • You cannot start a new topic
  • Please log in to reply
No replies to this topic

#1 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 21,557 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 20 de March de 2017 - 21:00

Meus prezados
Saab amplia a consciência situacional no Aeroporto de San Francisco
34333_resize_620_380_true_false_null.jpg
A Saab, empresa de defesa e segurança, anunciou a implantação de sua plataforma ASSC (Airport Surface Surveillance Capability) no Aeroporto Internacional de San Francisco (SFO), pelo FAA (Federal Aviation Administration).

O Aeroporto de San Francisco é o 36º do Sistema do Espaço Aéreo Norte-americano - NAS (National Airspace System) a implantar a plataforma ASSC, fornecida pela Saab, que oferece aos controladores de tráfego aéreo operando na torre de controle, ampla consciência situacional na superfície do aeroporto, contribuindo para o aumento dos níveis de segurança e da eficiência na movimentação das aeronaves e dos veículos no aeroporto. 

“A Saab está comprometida com a permanente melhoria da segurança e da eficiência na aviação. Vemos, na implantação da plataforma ASSC no Aeroporto de San Francisco, mais um grande passo na direção deste objetivo e estamos ansiosos para ampliar este programa a outros aeroportos do Sistema do Espaço Aéreo Norte-americano”, afirmou Mike Gerry, executivo da divisão de Produtos de Gestão de Tráfego Aéreo da Saab.

O Aeroporto de San Francisco é o primeiro de oito aeroportos a receber a plataforma ASSC, conforme planejamento do FAA, e engloba diferentes sistemas fornecidos pela Saab - multilateração, lógica de segurança para detecção e alerta de conflito, estações de trabalho para os controladores de tráfego aéreo e funcionalidades de gravação e reprodução. A plataforma ASSC processa dados gerados com a tecnologia ADS-B (Automatic Dependent Surveillance - Broadcast), bem como informações fornecidas por outros sensores, de forma a produzir uma visão global e integrada das pistas de pouso e de táxi do aeroporto.

Adicionalmente, a flexibilidade inerente à arquitetura da plataforma ASSC permite sua futura integração a outros recursos dedicados ao aumento da segurança na superfície do aeroporto, como o RWSL (Runway Status Lights), além da distribuição de suas informações sobre os movimentos na superfície do aeroporto a outros sistemas e usuários aprovados.
Fonte: Defesanet