Jump to content


Photo

Estou de saco cheio!

cansado padrão acidentes

  • You cannot start a new topic
  • Please log in to reply
25 replies to this topic

#1 pilotoKAL

pilotoKAL
  • Membro Honorário
  • 1,760 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:sao paulo
  • Data de Nascimento:10/01/1963

Posted 29 de April de 2017 - 20:40

Estou de saco cheio, muito , mas muito cheio mesmo, mais um acidente e duas vidas que foram perdidas, um menino de 22 e um de 28 partiram para voar e viraram estrelas no céu, vidas perdidas e muitas vezes a toa, este é o custo deste sistema de qualidade lamentável , que como tudo, se instalou no Brasil. A formação básica de um piloto é a parte mais importante da vida profissional do mesmo, ali esta se desenhando e construindo o piloto de amanha, seja ele piloto recreativo, agrícola, da aviação executiva e da linha aérea, ali a fundação e o alicerce do prédio estão sendo construídos, e de que forma? Com faculdades preocupadas em faturar , com um Curriculum do curso ridículo, muitas vezes(em sua maioria) , aplicados por profissionais que NUNCA sentaram em um avião na vida, é cara dando aula de fadiga sendo que o mais fadigado foi indo de turística fazer compras na Disney, outro infeliz dando aula de CRM , sendo que a formação do bicho é psicologia clinica(?) e por ai vamos, é o tilintar das moedinhas entrando no cofre, formar base académica solida e com uso futuro para que se podemos discutir a logística das caixas de papelão , ou as formigas saúva  do amazonas. Apos este deleite de imbecis , ensinado coisas sem sentido (em sua maioria) o infeliz piloto ingressa em uma escola de aviação , onde seu poderoso INVA possui 250 horas de voo(TOTAIS), esta la porque fez os cursos na escola e comprou o direito de la estar, com 500 horas o cara vira uma fera, ja voa noturno, IFR, MULTI, e assim se tornam dois imbecis na cabine, um ensinando e outro pagando para se matar. Padrão? mais ou menos, tem um tal de Safety , mas o que este outro  infeliz faz? coloca alguma ferramenta de gerenciamento de risco? alguma arvore de decisão ( checklist ) de risco? Institui critérios claros para aproximações não estabilizadas? Cria briefings card, adiciona self callouts a operação da escola? Que nada, vai vender curso de manobra acrobática , como se o que matasse é recuperação de parafuso. Nosso potente piloto sobrevive e ai entra para voar de copiloto na executiva, sem treinamento, sem simulador , com uma copia xerox( se houver) do manual e tasca pau, seu comandante é uma fera, checklist é frescura, treinamento coisa de baitola, mínimos? so se for do tamanho da calca e procedimento é coisa de corintiano, pois este ser alado que senta na esquerda possui seus mínimos pessoais e seus procedimentos ,sempre  baseados em um GPS., organizados em belíssimos guardanapos copiados para seu IPAD, ai  toca cair avião fazendo pelada, desorientação espacial em mau tempo, perda de controle em voo e vamos matando mais gente, afinal patrão feliz é patrão  que quase morreu mas nunca ficou sabendo, e a desculpa? se eu não fizer alguém faz! E vamos para a linha aérea? Top agora, não é? Aquele processo seletivo para a NASA, uma avaliação psicologia feita pela namorada de algum piloto da chefia, mas mesmo assim ele chega o nirvana. Não vai ouvir falar de coisas básicas , padrão de voo, técnicas e procedimentos atuais, vai tudo na base tupiniquim, alias quem ai faz altitude awareness procedure? pratica monitoramento ativo voando na função de PM(não se trata de polícia militar não), afinal estamos em crise, a empresa tem que crescer, pagar salário de motorista( sem desmerecer a classe honrada dos mesmos)de ônibus, para nosso belo piloto poder postar no insta ou no face seus feitos , sempre com aquele belo celular que foi comprado e 12 vezes pois o salário não da, mas este ícaro não desiste, entra de NEM  em alguma empresa e depois expatria dizendo que era comandante SEM nunca ter comandado nada alem de sua bela maquina de lavar em casa, ai tomamos fama de safados, sem vergonhas , enrolados, mentir em C.V. e por ai vai, claro que esta fama TOTALMENTE injusta. Estou de saco cheio mesmo, os bons profissionais, dedicados e competentes, que tenho certeza são a minoria neste cenário, simplesmente sentem , tenho certeza, seus corações  apertados ao se deparar com mais e mais mortes, que tal trocar tudo? ajustar a faculdade com profissionais experientes e competentes? as escolas com pilotos com experiência de voo comprovada para dar a formação básica e essencial? o patrão demitir o peladeiro e que faz pano preto apenas para se manter roubando( isso mesmo quem é profissional incompetente rouba) o salário do mês? Que tal a linha área ter padrão e controle de nível internacional? custa caro? SIM! porem menos caro que um monte de absurdos administrativos e de falta de planejamento que acontecem todos os dias. Agencias reguladoras e órgão de investigação  e prevenção? Melhor não falar pois o cômico vira trágico, os  especialistas tem formação em contabilidade pois passaram em concurso publico e por ai segue esta peca teatral de final trágico, trágico para dois meninos hoje nos deus do interior de Sao Paulo, seroa os únicos? NADA, semana que vem, mas que vem tem mais...so esperar! 

 

extraído de posto publicado no fórum da N-R

 

  • Leirbag, Forgiven722, Lll and 25 others like this

#2 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 24,711 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 30 de April de 2017 - 18:53

Prezado pilotoKAL

:rev:  :rev:  :rev:  :rev:  :rev:  :rev:  :rev:  :rev:  :rev:  :rev:  :rev:  :rev:  :rev:  :rev:  :rev:  :rev:  :rev:


Edited by jambock, 30 de April de 2017 - 18:54 .

  • pilotoKAL likes this

#3 pilotoKAL

pilotoKAL
  • Membro Honorário
  • 1,760 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:sao paulo
  • Data de Nascimento:10/01/1963

Posted 30 de April de 2017 - 20:00

Gostaria apenas de acrescentar algo ao meu post, a culpa não é do piloto que vai ser INVA, do co-piloto da executiva nem mesmo do F/O da comercial, a culpa sim é do sistema, a rotatividade deveria existir , assim o antigo poderia se aposentar com dignidade e ir dar instrução básica , o piloto iniciante teria seu lugar na geral e depois na linha aérea e assim sucessivamente, o sistema simplesmente emperrou, com a tonelada de profissionais despejados por ano no mercado e a ja conhecida voracidade de muitos empresários em todas as áreas, acaba virando uma selva, onde matar o do lado se justifica. Se agrega a isso a cultura de atualmente onde ATR é uma bicheira e o cara ja quer começar voando no mínimo 787 ou A 350 e a coisa complica de vez. 


  • Thiago, Forgiven722, SkyLiner and 9 others like this

#4 Delta Wing

Delta Wing
  • Usuários
  • 478 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:SP Brasil
  • Data de Nascimento:00/00/0000

Posted 30 de April de 2017 - 22:49

É um alívio para quem vive de coração apertado com toda essa situação que o senhor descreveu saber que ao menos alguém com o seu gabarito enxerga e denuncia isso.

Tenho certeza que muitos sentem o mesmo alívio.


  • Bonotto and pilotoKAL like this

#5 Murundum

Murundum
  • Usuários
  • 3,742 posts
  • Gender:Male
  • Location:Caxias do Sul-RS Brasil
  • Interests:Modelos em escala 1:400
  • Cidade/UF/País:Rio Grande do Sul-RS
  • Data de Nascimento:07/04/1972

Posted 01 de May de 2017 - 10:51

Essa postagem deveria servir de alerta e ser difundida e discutida em foruns especializados de aviação nos quais participem autoridades da aviação nacional pois a realidade nua e crua ali está exposta. Graças ao pilotoKAL, se isso for adiante pode salvar muitas vidas.

 

Sem falar na Síndrome de "Burnout" que deve ocorrer em aviação agricola e executiva que é o esgotamento / cansaço causando problemas aos pilotos e demais.


Edited by Murundum, 01 de May de 2017 - 10:52 .

  • SkyLiner, Bonotto and pilotoKAL like this

#6 Gustavo C.

Gustavo C.
  • Usuários
  • 70 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Brasil
  • Data de Nascimento:28/04/1991

Posted 24 de May de 2017 - 19:16

Por isso é importante a autonomia profissional. Quando tiver a lei que concede isso (Projeto de Lei do Aviador (a)) isso poderá ser levantado e até mesmo implantado caso estudos do Conselho Federal demonstrarem ser fonte de aumento na seguridade da aviação....



#7 SkyLiner

SkyLiner
  • Usuários
  • 4,586 posts
  • Gender:Male
  • Location:Belo Horizonte
  • Cidade/UF/País:Brasil
  • Data de Nascimento:01/01/1980

Posted 24 de May de 2017 - 22:25

Por isso é importante a autonomia profissional. Quando tiver a lei que concede isso (Projeto de Lei do Aviador (a)) isso poderá ser levantado e até mesmo implantado caso estudos do Conselho Federal demonstrarem ser fonte de aumento na seguridade da aviação....

Sério, esse cara conversa com um amigo imaginário.
  • Thiago, PT-KTR, JThielen and 2 others like this

#8 B737-8HX

B737-8HX
  • Usuários
  • 1,016 posts
  • Gender:Male
  • Location:Campinas/SP/Brasil
  • Interests:Aviação Comercial/Segurança de Voo/Boeing 737NG
  • Cidade/UF/País:Campinas/SP/Brasil
  • Data de Nascimento:07/03/1982

Posted 25 de May de 2017 - 00:01

Por isso é importante a autonomia profissional. Quando tiver a lei que concede isso (Projeto de Lei do Aviador (a)) isso poderá ser levantado e até mesmo implantado caso estudos do Conselho Federal demonstrarem ser fonte de aumento na seguridade da aviação....

 

Você deveria ouvir a categoria como um todo e não só seus amiguinhos. 

 

Quando seu projeto é unanimemente rejeitado pela categoria - aí eu incluo os que realmente voam, seja na 121, na 135 ou 91, e não quem nunca sequer sentou a bunda num Aeroboero - a atitude mais sensata é largar mão da ideia e tentar algo melhor. 

 

As vezes eu tenho a sensação de que você é um menino esquizofrênico, completamente sem estudo a respeito da profissão de aeronauta ou um troll desocupado da internet que só quer irritar um pessoal. E aí eu me incluo, pois mesmo sem te conhecer pessoalmente tuas ideias me torram a paciência. 

 

Foi necessária muita luta para que muitos dos direitos conquistados junto às empresas aéreas se tornassem realidade. E mesmo com muita coisa defasada, a luta continua para mudarmos nossa regulamentação e torná-la um pouco mais justa. 

 

Para que seu PL se torne realidade (eu acho mais fácil o mundo acabar antes disso, mas vamos supor pra deixar você animadinho) ele precisa derrubar o que está sendo tramitado agora - e, esse sim, será uma realidade - e que tem apoio unânime da categoria. 

 

Se você realmente acredita que os aeronautas são tão burros em achar que a sua proposta é equivalente às necessidades, acho interessante você se inteirar melhor da realidade. Peça um espaço em algum seminário de aviação e, após apresentar seu "método de aumento da seguridade (sic) da aviação", peça opiniões dos presentes. Cuidado para não passar vergonha... 

 

Tenho certeza que você vai solenemente ignorar minhas palavras (afinal, esquizofrenia não se cura com palavras, mas sim, com gardenal ou prozac intravenoso) mas fica aqui o registro. Desiste dessa palhaçada, arruma uma namorada(o), sai pra tomar uma cerveja ou um Dolly Guaraná hoje de noite com seus amigos... Mas, por favor, não tenta te intrometer onde você desconhece. Ou você quer ensinar um médico cardiologista a operar coronárias? 

 

No mais, procure um psiquiatra. Talvez você precise (apesar de achar que, do jeito que é seu comportamento, até o psiquiatra vai precisar de ansiolítico...) 


  • JThielen, raverbashing and diasfly like this

#9 Gustavo C.

Gustavo C.
  • Usuários
  • 70 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Brasil
  • Data de Nascimento:28/04/1991

Posted 25 de May de 2017 - 20:24

 

Você deveria ouvir a categoria como um todo e não só seus amiguinhos. 

 

Quando seu projeto é unanimemente rejeitado pela categoria - aí eu incluo os que realmente voam, seja na 121, na 135 ou 91, e não quem nunca sequer sentou a bunda num Aeroboero - a atitude mais sensata é largar mão da ideia e tentar algo melhor. 

 

As vezes eu tenho a sensação de que você é um menino esquizofrênico, completamente sem estudo a respeito da profissão de aeronauta ou um troll desocupado da internet que só quer irritar um pessoal. E aí eu me incluo, pois mesmo sem te conhecer pessoalmente tuas ideias me torram a paciência. 

 

Foi necessária muita luta para que muitos dos direitos conquistados junto às empresas aéreas se tornassem realidade. E mesmo com muita coisa defasada, a luta continua para mudarmos nossa regulamentação e torná-la um pouco mais justa. 

 

Para que seu PL se torne realidade (eu acho mais fácil o mundo acabar antes disso, mas vamos supor pra deixar você animadinho) ele precisa derrubar o que está sendo tramitado agora - e, esse sim, será uma realidade - e que tem apoio unânime da categoria. 

 

Se você realmente acredita que os aeronautas são tão burros em achar que a sua proposta é equivalente às necessidades, acho interessante você se inteirar melhor da realidade. Peça um espaço em algum seminário de aviação e, após apresentar seu "método de aumento da seguridade (sic) da aviação", peça opiniões dos presentes. Cuidado para não passar vergonha... 

 

Tenho certeza que você vai solenemente ignorar minhas palavras (afinal, esquizofrenia não se cura com palavras, mas sim, com gardenal ou prozac intravenoso) mas fica aqui o registro. Desiste dessa palhaçada, arruma uma namorada(o), sai pra tomar uma cerveja ou um Dolly Guaraná hoje de noite com seus amigos... Mas, por favor, não tenta te intrometer onde você desconhece. Ou você quer ensinar um médico cardiologista a operar coronárias? 

 

No mais, procure um psiquiatra. Talvez você precise (apesar de achar que, do jeito que é seu comportamento, até o psiquiatra vai precisar de ansiolítico...) 


Derrubar o PL 8255???? 

Senhor, nós conferimos apoio a este PL. Um não interfere nos efeitos legislativos do outro.

Mas, enfim, o assunto necessita de maiores cuidados para entendê-lo corretamente.

E sim, com o projeto de Lei do Aviador aprovado a sua profissão seria sim alinhada às profissões como às dos médicos, engenheiros etc.

 



#10 Override

Override
  • Usuários
  • 878 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:CGH
  • Data de Nascimento:00/00/0000

Posted 26 de May de 2017 - 15:02

Derrubar o PL 8255???? 
Senhor, nós conferimos apoio a este PL. Um não interfere nos efeitos legislativos do outro.
Mas, enfim, o assunto necessita de maiores cuidados para entendê-lo corretamente.
E sim, com o projeto de Lei do Aviador aprovado a sua profissão seria sim alinhada às profissões como às dos médicos, engenheiros etc.

Ja está até falando como político! Kkkkkkkkk

#11 Dr. Zoidberg

Dr. Zoidberg
  • Usuários
  • 313 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Wenger
  • Data de Nascimento:24/08/1983

Posted 26 de May de 2017 - 15:22

No Facebook dele ele é mais tímido na epifania de como ganhar a vida mamando...

#12 SkyLiner

SkyLiner
  • Usuários
  • 4,586 posts
  • Gender:Male
  • Location:Belo Horizonte
  • Cidade/UF/País:Brasil
  • Data de Nascimento:01/01/1980

Posted 27 de May de 2017 - 16:52

2MaSFvL.jpg


  • Leirbag, 737-200 Advanced, Kripuna and 2 others like this

#13 diasfly

diasfly
  • Usuários
  • 407 posts
  • Cidade/UF/País:BH/MG/BR
  • Data de Nascimento:26/07/1994

Posted 28 de May de 2017 - 17:38

E sim, com o projeto de Lei do Aviador aprovado a sua profissão seria sim alinhada às profissões como às dos médicos, engenheiros etc.
 

 

Com o projeto de Lei do Aviador aprovado, o meu sonho de me tornar piloto de avião vai pelo ralo. Mesmo sendo de família pobre e não tendo ninguém para pagar por tudo para mim (que também é o caso de ao menos 25% dos pilotos alunos que frequentam as escolas de aviação no meio dessa crise) eu comecei a trabalhar aos 15 anos de idade para conseguir algum dinheiro para começar a pagar este sonho.

Hoje aos 22 anos dia idade já no meio das aulas do PC, quase conseguindo ver uma luz no fim do túnel após investir 7 anos da minha vida trabalhando sem poder gastar 1 real em noitadas, viagens ou festas, para pagar cada hora de voo, cada taxa abusiva da Anac, cada exame, aí depois de tudo isso chega o bonachão aí querendo implantar um projeto de lei que vai simplesmente fechar a porta criando uma reserva de mercado com a desculpa de que ser reconhecido como piloto comercial apenas não basta, pra poder trabalhar nisso tem que ser "aviador", e pra ser aviador tem que carregar um diploma de cientista aeronáutico porque o que define se o piloto não vai sofrer acidentes é um diploma.

 

Diploma este conquistado exatamente em uma faculdade onde existe o problema citado pelo próprio texto de abertura do post, abre aspas:

 

 

faculdades preocupadas em faturar , com um Curriculum do curso ridículo, muitas vezes(em sua maioria) , aplicados por profissionais que NUNCA sentaram em um avião na vida, é cara dando aula de fadiga sendo que o mais fadigado foi indo de turística fazer compras na Disney, outro infeliz dando aula de CRM , sendo que a formação do bicho é psicologia clinica(?)

 

Sr. Gustavo, eu só lhe digo uma coisa: Se você está chateado com a possibilidade de alguém sem um diploma de cientista aeronáutico igual ao seu consiga a vaga de emprego que você desejava, ao invés de tentar criar uma reserva de mercado e lucrar cobrando uma espécie de imposto sindical de todos os aeronautas, você deveria é observar o que falta para que você consiga seu sucesso, e correr atrás disso para que seja selecionado quando chegar a hora certa. Seria muito mais nobre do que eliminar a concorrência criando uma reserva de mercado fantasiada de .

 

É o que tenho a dizer. Provavelmente não vai fazer diferença para você saber que eu sou só mais um entre as centenas de pilotos em formação que veriam o sonho de infância desmoronar com essa palhaçada, mas gasto o meu precioso tempo digitando isso nesse tópico assim mesmo, para que pelo menos isso fique registrado aqui e todos vejam. Tenha uma boa noite.


Edited by diasfly, 28 de May de 2017 - 17:40 .

  • Bonotto, Shamrock, Up Speed and 4 others like this

#14 Gustavo C.

Gustavo C.
  • Usuários
  • 70 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Brasil
  • Data de Nascimento:28/04/1991

Posted 29 de May de 2017 - 14:20

 

Com o projeto de Lei do Aviador aprovado, o meu sonho de me tornar piloto de avião vai pelo ralo. Mesmo sendo de família pobre e não tendo ninguém para pagar por tudo para mim (que também é o caso de ao menos 25% dos pilotos alunos que frequentam as escolas de aviação no meio dessa crise) eu comecei a trabalhar aos 15 anos de idade para conseguir algum dinheiro para começar a pagar este sonho.

Hoje aos 22 anos dia idade já no meio das aulas do PC, quase conseguindo ver uma luz no fim do túnel após investir 7 anos da minha vida trabalhando sem poder gastar 1 real em noitadas, viagens ou festas, para pagar cada hora de voo, cada taxa abusiva da Anac, cada exame, aí depois de tudo isso chega o bonachão aí querendo implantar um projeto de lei que vai simplesmente fechar a porta criando uma reserva de mercado com a desculpa de que ser reconhecido como piloto comercial apenas não basta, pra poder trabalhar nisso tem que ser "aviador", e pra ser aviador tem que carregar um diploma de cientista aeronáutico porque o que define se o piloto não vai sofrer acidentes é um diploma.

 

Diploma este conquistado exatamente em uma faculdade onde existe o problema citado pelo próprio texto de abertura do post, abre aspas:

 

 

Sr. Gustavo, eu só lhe digo uma coisa: Se você está chateado com a possibilidade de alguém sem um diploma de cientista aeronáutico igual ao seu consiga a vaga de emprego que você desejava, ao invés de tentar criar uma reserva de mercado e lucrar cobrando uma espécie de imposto sindical de todos os aeronautas, você deveria é observar o que falta para que você consiga seu sucesso, e correr atrás disso para que seja selecionado quando chegar a hora certa. Seria muito mais nobre do que eliminar a concorrência criando uma reserva de mercado fantasiada de .

 

É o que tenho a dizer. Provavelmente não vai fazer diferença para você saber que eu sou só mais um entre as centenas de pilotos em formação que veriam o sonho de infância desmoronar com essa palhaçada, mas gasto o meu precioso tempo digitando isso nesse tópico assim mesmo, para que pelo menos isso fique registrado aqui e todos vejam. Tenha uma boa noite.


Se estiver parecendo que o objetivo é prejudizer outrem, de forma alguma, sim? Vou explicar: Segue abaixo;



#15 Gustavo C.

Gustavo C.
  • Usuários
  • 70 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Brasil
  • Data de Nascimento:28/04/1991

Posted 29 de May de 2017 - 14:28

Infelizmente, da forma como a formação básica é feita hoje, há este problema do custo, como uma dificuldade de acessar as aulas em voo.

Mas, oficializando a profissão de aviador (a), o aluno que pretenda praticar aviação profissionalmente poderá dispor de recursos que antes não poderia ter com a formação somente a nível médio, como acesso a programas como o FIES e ProUni.

Também, é um passo importante para possibilitar organizar a formação civil na rede pública de ensino.

Quando o projeto diz exigir a formação em nível superior - o que é muito importante para as profissões liberais - isso inclui a formação prática també. Isso é, a formação básica seria completa (aulas teóricas, estágios operacionais, estágio fisiológico, horas de voo/simulador...).

O interessante é que o projeto que busca oficializar a profissão de aviador (a) cria um conselho ético profissional... que é um orgão autorregulamentador que dá aos próprios aviadores autoridade sobre os assuntos de aviação, e na criação de suas próprias leis e normas.

Assim, os próprios profissionais - titulares da profissão - poderão melhorar continuamente a forma de praticar aviação, os cursos de formação e a ética exigida.
-----------------------------

Espero que eu tenha conseguido explicar melhor.
O projeto não vem para prejudicar ninguém. Mas, sim, para melhorar o sistema de aviação, fortalecendo-o e elevando o bem - estar social dos trabalhadores.


Abraço,

Gustavo

 



#16 Gustavo C.

Gustavo C.
  • Usuários
  • 70 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Brasil
  • Data de Nascimento:28/04/1991

Posted 29 de May de 2017 - 14:31

PS.:

1) No FIES o governo concede através de um Banco, um financiamento a ser pago quando estiver trabalhando, por exemplo, sem grandes juros.
2) No ProUni o governo custeia sua formação em instituição privada e depois nada fica em dívida. Esse programa auxilia muito quem demonstrar baixa renda para frequentar determinados cursos.

Todavia, precisamos pleitar que tenha em pelo menos uma instituição pública, a formação pública gratuita, para quem fazer jus a vaga. O que é possível mensurar através de concursos vestibulares.
 



#17 raverbashing

raverbashing
  • Usuários
  • 2,691 posts
  • Gender:Male
  • Location:SBCT - KOTOL
  • Cidade/UF/País:Curitiba PR
  • Data de Nascimento:01/05/1981

Posted 29 de May de 2017 - 15:14

O projeto não vem para prejudicar ninguém.
 

Realmente já está falando igualzinho como político.

 

Ah sim eu realmente achei engraçado alguém falando sério em governo brasileiro tendo uma escola de aviação gratuita. Galera não vai chegar viva no PC


Edited by raverbashing, 29 de May de 2017 - 15:15 .

  • Up Speed and diasfly like this

#18 Muttley

Muttley
  • Usuários
  • 142 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:São Paulo/SP/Brasil
  • Data de Nascimento:29/03/1988

Posted 29 de May de 2017 - 16:41

Por isso é importante a autonomia profissional. Quando tiver a lei que concede isso (Projeto de Lei do Aviador (a)) isso poderá ser levantado e até mesmo implantado caso estudos do Conselho Federal demonstrarem ser fonte de aumento na seguridade da aviação....


Que coisa boa! Só serviria para criar reserva de mercado.
Me formei em Eng. da Computação e tirei meu CREA. Queria fazer uma especialização em georreferenciamento. Apesar de ter um dois semestres de georreferenciamento na minha grade curricular fui surpreendido pelo CREA. Mesmo que realizasse a especialização não poderia assinar projetos, pois não era formado em Eng. Civil, Agronomia ,Arquitetura ou em um curso tecnico de Agrimensura. Imagina como ficaria a nossa profissão. Seriamos dividos em classes pra realizar as funções? Claro também teria uma taxa camarada pra exercer a profissão de "Aviador".
  • JThielen, Up Speed, raverbashing and 2 others like this

#19 B737-8HX

B737-8HX
  • Usuários
  • 1,016 posts
  • Gender:Male
  • Location:Campinas/SP/Brasil
  • Interests:Aviação Comercial/Segurança de Voo/Boeing 737NG
  • Cidade/UF/País:Campinas/SP/Brasil
  • Data de Nascimento:07/03/1982

Posted 30 de May de 2017 - 21:01

O projeto não tem pé nem cabeça.

As vantagens são só para os "conselhos" e para os idealizadores, que vão encher o bolso de dinheiro em cima dessa história toda.

A única coisa que isso aí prevê é um inchaço da máquina pública e mais um item que infla a já desestimulante cobrança de impostos em cima dos serviços.

Ao invés do cara brigar para termos uma aviação que forme gente qualificada a nível FAA/EASA, ele briga para criar um protecionismo em cima das faculdades (que também vão lucrar horrores) e manter o ensino dependente da instabilidade do Estado brasileiro.

Me apresento para voar vestido de Carmen Miranda quando isso aí se tornar realidade.

Aliás, por que eu ainda tô procurando falar nesse tópico? Argumentar com o idealizador disso é igual falar com um boneco de posto.

Ideia de jerico, como dizia minha saudosa avó.
  • Bagrim, Up Speed, raverbashing and 2 others like this

#20 GLK

GLK
  • Moderador
  • 5,428 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Brasil
  • Data de Nascimento:29/09/1959

Posted 30 de May de 2017 - 21:29

Passando só para lembrar que, concordem ou não com o projeto, este fórum tem regras de devem ser seguidas, ok? Como sabemos que o assunto é controverso e já deu problema no passado, esse tópico segue sob constante moderação. Vamos debater, dentro das regras.

 

A quem não concorda, peço que dêem sugestões de como podemos melhorar nossa aviação e seus N problemas (ou tudo está perfeito?). A quem concorda, peço que debata, que tenha a mente aberta para acatar sugestões e aprender com a visão de quem milita no mercado.

 

Vamos seguir com um debate sadio. Quem sabe daqui não pode sair algo realmente capaz de trazer melhorias?


  • Murundum likes this





Also tagged with one or more of these keywords: cansado, padrão, acidentes