Jump to content


Photo

NASA oferece US$ 55.000 para quem melhorar seu software


  • You cannot start a new topic
  • Please log in to reply
No replies to this topic

#1 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 24,717 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 24 de May de 2017 - 19:51

Meus prezados

NASA oferece US$ 55.000 para quem melhorar seu software
O desafio é fazê-lo “rodar” 10.000 vezes mais rápido do que os computadores existentes
Por Ernesto Klotzel em 10 de Maio de 2017 às 12:34

 

A NASA anunciou um prêmio de US$55.000 para quem conseguir "incrementar" seu software de projetos de aeronaves para ser cerca de 10.000 vezes mais rápido do que os supercomputadores mais potentes do mundo. A concorrência, com o nome “Desafio de Alto Desempenho em Computadores Rápidos (HPFCC), convida participantes qualificados a manipular o software de projeto FUN3D da NASA para torná-lo mais rápido do que o supercomputador Pleiades.

Trata-se do sonho máximo para os fanáticos da computação: ajudar a NASA a acelerar seus computadores, em benefício da pesquisa em aviação.

A pesquisa aeronáutica da NASA se apoia sobre o que é chamado de “tripé”:

1) Projetos iniciais, testados pela dinâmica computacional dos fluidos (CFD), que depende de um supercomputador para a análise numérica e dados para resolver e analisar os problemas.

2) Refere à construção de modelos em escala para testes em túneis de vento para (como se espera), validar os resultados prévios do CFD.

3) Fase das pesquisas no ar, como em aviões experimentais – a Série X – que podem voar com ou sem pilotos, para analisar e demonstrar o potencial de uma tecnologia especifica. 

O desafio tem como alvo específico a parte CFD das pesquisas aeroespaciais da NASA. O software FUN3D é escrito, quase exclusivamente, em linguagem em “Fortran modern”.

A NASA procura pessoas qualificadas que possam fazer o download do código FUN3D, analisar os “gargalos” de desempenho e identificar possíveis modificações que possam levar a uma drástica redução no tempo de computação. 

O prémio de US$ 55.000 será distribuído entre o primeiro e  segundo colocados em duas categorias. As propostas serão recebidas até 29 de junho e os resultados, anunciados até 9 de agosto.

 

Original: http://aeromagazine....l#ixzz4i2UYH2kE
Follow us: aeromagazine on Facebook