Jump to content


Photo

E se o Embraer 120 Brasília fosse modernizado?


  • You cannot start a new topic
  • Please log in to reply
5 replies to this topic

#1 Caravelle

Caravelle
  • Usuários
  • 3,964 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre, República Rio-Grandense, Brasil
  • Data de Nascimento:22/09/1976

Posted 13 de July de 2017 - 12:43

Eu sei que hoje em dia o mercado de turboélices novos está na faixa dos modelos com setenta lugares para cima, dominado pelos ATR 72 e Q400, com uma pequena fatia para os modelos de cinquenta lugares.

 

Mesmo sabendo que teria um mercado muito restrito, eu imagino se fosse pegar um Brasília e modernizá-lo, com interior mais moderno, telas do Embraer 145 na cabine de comando, instalando o NVSS (http://www.ultra-con...ration-control/) para diminuir o ruído e vibração, modernizado o sistema de controle de hélices e colocando hélices de seis pás.

 

Minha pergunta é que ganhos em termos de desempenho, consumo, diminuição de ruído e vibração etc. tem uma aeronave quatro pás que passa seis pás?

 

Alguns exemplos são o ATR42-300 pro 500 e o ATR72-200 pro 500, que eu lembre agora.

 

O Thiago uma vez falou que a Embraer chegou a pesquisar uma modernização para o Brasília mas desistiu. Reitero que este tópico é um "exercício de imaginação" técnica e não para discutir se haveria mercado ou não.

 



#2 Landing

Landing
  • Usuários
  • 11,480 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:br
  • Data de Nascimento:06/06/1966

Posted 13 de July de 2017 - 13:50

Eu sei que hoje em dia o mercado de turboélices novos está na faixa dos modelos com setenta lugares para cima, dominado pelos ATR 72 e Q400, com uma pequena fatia para os modelos de cinquenta lugares.

 

Mesmo sabendo que teria um mercado muito restrito, eu imagino se fosse pegar um Brasília e modernizá-lo, com interior mais moderno, telas do Embraer 145 na cabine de comando, instalando o NVSS (http://www.ultra-con...ration-control/) para diminuir o ruído e vibração, modernizado o sistema de controle de hélices e colocando hélices de seis pás.

 

Minha pergunta é que ganhos em termos de desempenho, consumo, diminuição de ruído e vibração etc. tem uma aeronave quatro pás que passa seis pás?

 

Alguns exemplos são o ATR42-300 pro 500 e o ATR72-200 pro 500, que eu lembre agora.

 

O Thiago uma vez falou que a Embraer chegou a pesquisar uma modernização para o Brasília mas desistiu. Reitero que este tópico é um "exercício de imaginação" técnica e não para discutir se haveria mercado ou não.

A area frontal menor seria uma vantagem frente ao ATR, acredito que o sucesso seria condicionado a aeronave ser alongada permitindo uma maior capacidade.

70 lugares acredito que seria difícil, agora 50 lugares factivel já que isso foi feito no erj145.

Não sei se existem motores mais modernos que pudessem gerar um ganho significativo em termos de consumo. Mas isso estaria também disponível a concorrência.

Mas a grande verdade é, qualquer fabricante que investir em uma aeronave usando materiais compostos teria uma larga vantagem com qualquer produto atual.

Mas infelizmente é muito pouco mercado para muito investimento e o ATR deve brilhar por muitos anos.



#3 PT-KTR

PT-KTR
  • Usuários
  • 8,653 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:SBSV
  • Data de Nascimento:04/11/1933

Posted 13 de July de 2017 - 19:09

O problema é a falta de conceito família... veja que operadores de Q400 que possuem o Dash 8-100/200 (37 assentos) fizeram upgrade para EFIS de forma a dar a mesma CHT para 8-100/400... mas o Brasilia ia ser util para quem? Já que o ERJ145 não é um turboprop não poderia entrar no conceito de mesmo Type Rating.

 

E também é um avião que está cada vez mais escasso, de 359 fabricados, metade disso deve estar em atividade, então acho que o custo não compensa. Então, acho que turboprop para Embraer já foi, a empresa alçou voos maiores e aí sobrou os "catavento" para ATR/Bombardier de relevância.

 

Outra coisa que deve travar uma modernização é, veja que a FAB modernizou a avionica do E110, mas nao mexeu em acustica e pás de hélice, ainda que acustica pra operação militar não faça diferença, mas... fica a pergunta, pq será?



#4 Caravelle

Caravelle
  • Usuários
  • 3,964 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre, República Rio-Grandense, Brasil
  • Data de Nascimento:22/09/1976

Posted 13 de July de 2017 - 19:33

Pessoal, eu sei que é inviável comercialmente.

 

Eu gostaria de saber tecnicamente como ficaria, sobretudo a questão das hélices.



#5 PT-KTR

PT-KTR
  • Usuários
  • 8,653 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:SBSV
  • Data de Nascimento:04/11/1933

Posted 15 de July de 2017 - 02:23

Hélice é uma boa questão, já aviônicos do 145 seria "moleza"



#6 Landing

Landing
  • Usuários
  • 11,480 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:br
  • Data de Nascimento:06/06/1966

Posted 15 de July de 2017 - 12:32

os avionicos do 145 ja tem 20 anos!