Jump to content


Photo

Caça de quinta geração russo conhecido como PAK FA (T-50) foi batizado de Su-57


  • You cannot start a new topic
  • Please log in to reply
2 replies to this topic

#1 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 22,791 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 12 de August de 2017 - 01:43

Meus prezados
Caça de quinta geração russo conhecido como PAK FA (T-50) foi batizado de Su-57
1501473060_ya.jpg
O protótipo do avião de combate russo conhecido como PAK FA (T-50) foi batizado de Su-57 após sua nova fuselagem passar nos testes.
Segundo seus criadores, o armamento e os motores do caça ainda serão testados antes de se iniciar a produção em série.
O 9° protótipo do PAK FA recebeu motor Izdelie-30, de quinta geração, versão modernizada do motor Al-31 do Su-27, que será testado no final do ano.
Com o novo motor o Su-57 poderá manter velocidade de cruzeiro supersônica, ou seja, voar a 2 mil km/h.
Os novos materiais compósitos da fuselagem também melhorarão as habilidades furtivas do caça, dificultando a detecção por radares de possíveis inimigos.
Mas os primeiros oito Su-57 “provavelmente terão motores velhos”, segundo o editor-chefe da revista Arsenal Otêtchestva, Víktor Muralhôvski.
Segundo ele, é pouco provável que os produtores consigam finalizar os testes dos novos motores de quinta geração até 2019 ou 2020.
Segunda fase de testes
Ao contrário dos protótipos anteriores, o 9° protótipo do Su-57 está equipado com um conjunto completo de equipamentos radioelétricos que serão instalados na versão final do caça.
Segundo Murakhôvski, os sistemas evitarão quase todos os sistemas de defesa antiaérea.
Os primeiros testes do Su-57 demonstraram habilidades impressionantes de controle ao viajar a velocidades subsônicas e supersônicas.
A produção em massa começará após a conclusão da segunda fase de testes, entre eles, os dos armamentos do avião, segundo o presidente da United Aircraft Corporation, Iúri Sliúsar.
Ele afirma que as Forças Aeroespaciais russas receberão as 12 primeiras aeronaves Su-57 já em 2019.
Concorrentes
Os principais concorrentes do Su-57 são o F-22 Raptor e o F-35 Lightning, ambos produzidos pelos Estados Unidos.
Mas o Su-57 será consideravelmente mais barato que seus homólogos norte-americanos, de acordo com o professor da Academia das Ciências Militares da Rússia, Vadim Koziúlin.
“O caça de quinta geração russo começará a ser produzido em massa muito depois do F-22 Raptor americano, que já está em serviço nas Forças Aéreas dos EUA há seis anos”, diz.
Mas, segundo ele, o atraso não é ruim para os militares russos, que ganham mais tempo para avaliar outros aviões de combate de quinta geração antes de finalizar sua própria aeronave.
Fonte: BORIS EGOROV para Gazeta Russa via Konner – site Plano Brasil 9 AGO 2017



#2 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 22,791 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 21 de August de 2017 - 13:32

Meus prezados
Equipamento de comunicação do Sukhoi Su-57 deve estar pronto em 2017
Sukhoi-Su-57-1.jpg
Sukhoi Su-57

 

MOSCOU, 16 de agosto. / TASS /. Os testes de certificação do sistema de comunicação S-111 para o caça de quinta geração Sukhoi 57 (PAK FA) acabarão no final deste ano, disse na quarta-feira um porta-voz da holding Roselektronika.
“O S-111 fornece comunicação de rádio e troca de dados criptografados entre várias aeronaves e também centros de comando (terrestre e marítimo e aéreo). Seu alcance efetivo de operação é de até 1.500 quilômetros”, disse o funcionário. “A confiabilidade do sistema é garantida pela redundância múltipla das principais funções e soluções técnicas de ponta, bem como uma ampla gama de canais de rádio”.
O S-111 é capaz de transmitir uma grande quantidade de informações através de canais de rádio de comprimento de onda centimétrica dentro de um grupo de planos.
O sistema baseia-se no princípio modular, que permite aumentar o número de canais e a gama de funções executadas e pode ser usado em qualquer aeronave, incluindo helicópteros Ka-52 Alligator, Mi-28NM, Ka-50, PSV, aviões militares de transporte (Ilyushin-76, Ilyushin-112, Antonov-124, PAK VTA), aviões a jato e aviões de linha de frente (T-50, MiG-31, Sukhoi-34), aviões de longo alcance (Tupolev-22M3M, Tupolev- 160M, PAK DA) e drones.
O PAK FA (T-50) realizou seu primeiro voo em 2010. Inicialmente, foi anunciado que os trabalhos de pesquisa e desenvolvimento deveriam ser concluídos em 2019 e os primeiros aviões providenciados para as forças armadas imediatamente depois disso.
O chefe da United Aircraft Corporation, Yuri Slyusar, disse que o primeiro lote consistiria em 12 aviões. Em agosto, o comandante da Força Aeroespacial da Rússia, coronel general Viktor Bondarev, disse que o T-50 da quinta geração tinha sido renomeado para Sukhoi Su-57.
Su-57-1.png
Fonte: TASS via site Poder Aéreo 18 AGO 2017



#3 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 22,791 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 29 de September de 2017 - 17:05

Meus prezados
Com o novo motor, caça Sukhoi Su-57 será capaz de supercruzeiro
Su-57-8-768x450.jpg
Su-57
No outono de 2017, o novo caça da Força Aeroespacial russa Su-57 realizará seu primeiro voo com o novo motor, afirmou o vice-ministro da Defesa russo, Yury Borisov.
O vice-ministro destacou que o Su-57 “já está praticamente pronto para a produção em série”, pois durante a primeira fase de testes estatais correspondeu às características exigidas pelo Ministério da Defensa russo.
Ao mesmo tempo, antes de pôr o caça em produção em série, “falta a segunda fase dos testes estatais”.
“Neste outono, o Su-57 voará pela primeira vez com os novos motores, que lhe darão a capacidade de supercruzeiro [velocidade supersônica sem usar pós-combustão]”, afirmou o vice-ministro em entrevista ao jornal militar russo Voenno-Promyshlenny Kurier (Correio Industrial-Militar).
A primeira série de aeronaves Su-57 com o motor inicial deverá ser produzida até 2019 e depois fazer a transição para a fabricação em série dos caças com o novo motor, caso os testes sejam realizados com êxito.
Fonte: Sputnik via site Poder Aéreo 29 SET 2017


Edited by jambock, 29 de September de 2017 - 17:05 .