Jump to content


Photo

Novos voos: Latam vai expandir operação inter no Nordeste

LATAM Nordeste Fortaleza Recife Salvador FOR SSA REC Panrotas

  • You cannot start a new topic
  • Please log in to reply
71 replies to this topic

#41 TheJoker

TheJoker
  • Usuários
  • 3,895 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:06/01/1986

Posted 06 de December de 2017 - 11:13

 

Hub é somente da CIA nacional, as internacionais não têm nada a ver, apenas são parceiras das operantes nacionais. Não é Hub da AF/KLM nem da TAP, é da Gol e da Azul.

 

Com ou sem elas, o Hub da Gol e Azul vão existir. A única diferença é que a TAP chegou posteriormente, e foi somente por reação à AF/KLM, e que a AF/KLM e Gol quiseram criar o Hub em parceria desde o começo com foco no internacional, mas obviamente haverá expansão no doméstico, por parte da Gol.

 

Os voos domésticos ocorrerão nos horários definidos independente de haver voos da AF/KLM ou não nos dias.

No caso da AD até pode ser, mas a G3 só está estruturando o seu em função dos novos voos do AF-KL.


  • piloto likes this

#42 fel486

fel486
  • Usuários
  • 74 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Pudong District
  • Data de Nascimento:00/00/0000

Posted 06 de December de 2017 - 11:13

Sim, isso é fato, no momento não há mesmo. Mas isso vão resolver o mais breve possível, e se precisar, vão além do edital. Logo logo as operações em conjunto serão diárias!



#43 FlyerOne

FlyerOne
  • Desligados
  • 8,180 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Porto Seguro - BA
  • Data de Nascimento:22/04/1500

Posted 06 de December de 2017 - 11:33

Meu Deus... Basta ter a intenção de botar meia dúzia de voos que a galera viaja na maionese... Surta! Entusiasta realmente é um bicho pra ser estudado!

#44 FlyerOne

FlyerOne
  • Desligados
  • 8,180 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Porto Seguro - BA
  • Data de Nascimento:22/04/1500

Posted 06 de December de 2017 - 12:02

 
Pode achar o que quiser, já foi dito que aumentarão à medida da demanda.
 
Queria que a Latam retomasse esse projeto para cá, aí sim vão obrigatoriamente fazer algo maior, já foi falado que não há limite para gastos. Difícil entender?


Não, não é difícil entender. Difícil é acreditar que você está se agarrando a uma informação como se fosse a cura do câncer. Toda essa questão de hub ou não foi levantada pela LATAM anos atrás como um belo leilão onde quem perdeu foi ela. E os governos, por uma questão meramente de marketing, pegaram a idéia para mostrar que está sendo feito investimento nos Estados, como se fosse algo "grande", nem mesmo a própria Azul admitia a ideia de hub em Recife no início! A GOL vendo toda a repercussão em torno disso resolveu também vender o peixe com o investimento através da AF/KL... Mais uma vez, puro marketing! GRU tem 2 voos diários da AFR e 1 da KLM... É hub delas? O problema é que os entusiastas de FOR/REC/SSA parecem eleitores iludidos por políticos que estão fazendo muito certo seu trabalho: vender a idéia. Compra quem quer!

Se ao invés de falar de hubs, falarem de bancos de conexões, veremos o seguinte:
 
Recife, com a Azul, tem 4 bancos de conexões de voos já montados e operante.
 
Fortaleza, com a Gol, tem 2 bancos de conexões de voos já planejados, com início de operações para maio de 2018.
 
Se a Latam monta mais outros 2 bancos de conexões de voos em Fortaleza, FOR ficaria com 4 bancos de conexões, no total, igual a Recife.


Você só esqueceu de ter uma visão estratégica! Não é só uma questão matemática, você viu a faixa dos horários que a GOL escolheu? 07:00-08:00 e 17:00-19:00, os melhores para a proposta que tem. O que te faz pensar que a LATAM buscaria outras faixas? Somente em voos no sentido Europa > EUA os voos saem por volta das 12h, no Brasil, voos nesta faixa, só Argentina e Chile.

Edited by FlyerOne, 06 de December de 2017 - 12:05 .


#45 TheJoker

TheJoker
  • Usuários
  • 3,895 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:06/01/1986

Posted 06 de December de 2017 - 12:42

No Skyscrapecity, o BR_Cearense pediu pra me avisar.

 

Mas alguem tem que avisar pro TheJoker que a Fraport ja avisou que vai super bastante o que esta no edital nos dois primeiros anos, em SSA, com o novo pier internacional, tambem acredito que essa situacao vai mudar drasticamente.

 

Como eu não tenho conta lá, vejamos:

 

Até outubro de 2019

 

7.16. Para a Fase I-B do Contrato, com prazo máximo de duração de 26 (vinte e seis) meses a partir da data de eficácia do Contrato, a Concessionária deverá realizar os investimentos necessários para disponibilizar os sistemas permanentes, que possibilitem a prestação de serviço adequado aos Usuários, conforme abaixo:

 

7.16.1          Ampliar a capacidade de processamento de passageiros e bagagens no Aeroporto, incluindo terminal de passageiros, estacionamento de veículos e vias terrestres associadas, com área e equipamentos equivalentes aos adequados para processar simultaneamente no Aeroporto pelo menos:

 

7.16.1.1      1.300 (hum mil e trezentos) passageiros domésticos em hora pico durante o embarque;

7.16.1.2      1.380 (hum mil trezentos e oitenta) passageiros domésticos em hora pico durante o desembarque;

7.16.1.3      340 (trezentos e quarenta) passageiros internacionais em hora pico durante o embarque;

7.16.1.4      340 (trezentos e quarenta) passageiros internacionais na hora pico durante o desembarque;

7.16.1.5      12 (doze) pontes de embarque e respectivas posições de pátio, com área equivalente à adequada para atender, de forma simultânea e independente, a 9 (nove) aeronaves Código “C”, 2 (duas) aeronaves Código “D” e 1 (uma) aeronave Código “E”.

 

7.16.2 As instalações construídas com vistas à ampliação de capacidade de que trata o item 7.16.1 deverão ser fisicamente conectadas ao terminal existente e estar organizados em dois ou mais níveis operacionais. 

 

7.16.3 Disponibilizar pátio de aeronaves com área equivalente à adequada para acomodar, pelo menos, de forma simultânea e independente, 14 (quatorze) aeronaves código “C”, 2 (duas) aeronaves código “D” e 1 (uma) aeronave código “E” entre posições atendidas pelas pontes de embarque referidas no item anterior e posições remotas.

 

 

 

Realmente, pra 2018 já vão aumentar a capacidade de processamento em relação ao edital, mas o número de posições com pontes de embarque permanece o mesmo, 12 em 2019.

 

captura-de-tela-2017-10-23-c3a0s-19-46-1

 

Até outubro de 2021

 

7.17.               Para a Fase I-C do Contrato, no prazo máximo de 24 meses, contados após o término da Fase IB, a Concessionária deverá realizar os investimentos necessários para o atendimento da Demanda Prevista no PGI vigente, com o nível de serviço estabelecido pelos Parâmetros Mínimos de Dimensionamento, para todas as instalações do Aeroporto, conforme abaixo:

 

7.17.1             Ampliar a capacidade de processamento de passageiros e bagagens no Aeroporto, incluindo terminal de passageiros organizado em dois ou mais níveis operacionais, estacionamento de veículos e vias terrestres associadas, com área e equipamentos equivalentes aos adequados para processar simultaneamente no Aeroporto pelo menos:

 

7.17.1.1         1.580 (hum mil, quinhentos e oitenta) passageiros domésticos em hora pico durante o embarque;

7.17.1.2         1.680 (hum mil seiscentos e oitenta) passageiros domésticos em hora pico durante o desembarque; 

7.17.1.3         410 (quatrocentos e dez) passageiros internacionais em hora pico durante o embarque;

7.17.1.4         420 (quatrocentos e vinte) passageiros internacionais na hora pico durante o desembarque;

7.17.1.5         14 (quatorze) pontes de embarque e respectivas posições de pátio, com área equivalente à adequada para atender, de forma simultânea e independente, a 9 (nove) aeronaves Código “C”, 2 (dois) aeronaves Código “D” e 3 (três) aeronave Código “E”.

 

 

aero2.jpg

 

 

Entre colocar essas duas pontes extras (nas extremidades) em 2019 ou 2021, não deve fazer grande diferença.



#46 fel486

fel486
  • Usuários
  • 74 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Pudong District
  • Data de Nascimento:00/00/0000

Posted 06 de December de 2017 - 12:54

No caso da AD até pode ser, mas a G3 só está estruturando o seu em função dos novos voos do AF-KL.

 

Na verdade, são ambos. Quem quiser ir de RBR/MAO ou BEL para NAT, SSA, REC e futuramente MCZ, AJU, JPA, THE e SLZ passará por FOR, o mesmo parece quem quer ir do Nordeste para o Norte. Só porque as conexões se encaixam para voar no internacional, não significa que não possa haver fluxo entre essas duas regiões, a princípio.

 

O diferencial da AD é basicamente o regional, fator que a Gol vai iniciar com a Two com aeronaves pequenas (deixou de lado a Passaredo por não ter mais praticamente nenhum jeito de recuperá-la), e pode posteriormente solicitar ATRs.para rotas regionais com mais demanda. Munícipios daqui que irão operar inicialmente: Sobral, Jericoacoara, Aracati, São Benedito, Crateús e Iguatu. Já foi citado também Mossoró-RN.

 

 

Não, não é difícil entender. Difícil é acreditar que você está se agarrando a uma informação como se fosse a cura do câncer. Toda essa questão de hub ou não foi levantada pela LATAM anos atrás como um belo leilão onde quem perdeu foi ela. E os governos, por uma questão meramente de marketing, pegaram a idéia para mostrar que está sendo feito investimento nos Estados, como se fosse algo "grande", nem mesmo a própria Azul admitia a ideia de hub em Recife no início! A GOL vendo toda a repercussão em torno disso resolveu também vender o peixe com o investimento através da AF/KL... Mais uma vez, puro marketing! GRU tem 2 voos diários da AFR e 1 da KLM... É hub delas? O problema é que os entusiastas de FOR/REC/SSA parecem eleitores iludidos por políticos que estão fazendo muito certo seu trabalho: vender a idéia. Compra quem quer!


Você só esqueceu de ter uma visão estratégica! Não é só uma questão matemática, você viu a faixa dos horários que a GOL escolheu? 07:00-08:00 e 17:00-19:00, os melhores para a proposta que tem. O que te faz pensar que a LATAM buscaria outras faixas? Somente em voos no sentido Europa > EUA os voos saem por volta das 12h, no Brasil, voos nesta faixa, só Argentina e Chile.

 

Não entendo seu desespero, sinceramente.

 

Te garanto que se a cidade fosse outra, você não falaria esse tipo de coisa.

 

Qual o problema em político vender essa idéia de Hub? Eu escuto o que a empresa fala, e não político. Desde o começo foi proposto Hub pela Gol/Latam, e não por governadores estaduais. A questão da Latam não foi marketing, foi apenas falta de inteligência. Revelou toda a estratégia e não fez nada, não sabe-se foi pela mudança de administração ou desistiram.

 

E mais uma vez digo, a questão da Gol não tem nada a ver com a AF/KLM, apenas vão operar em parceria. O hub é da Gol e sempre vai ser da Gol. O passageiro pode vir para FOR e ir para Europa e EUA (em breve) ou ir para outras cidades no fluxo Norte/Nordeste/Norte como falei acima. Se isso não for Hub para você, então paciência.

 

Em relação a GRU ter voos pela AF, logicamente não é Hub da AF, é Hub da Gol. A Gol apenas faz as conexões lá do Sul/Sudeste/Centro-Oeste (zzzzzzz.....).


  • boulosandre likes this

#47 TheJoker

TheJoker
  • Usuários
  • 3,895 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:06/01/1986

Posted 06 de December de 2017 - 12:57

Agora como se faz um edital pedindo 5 posições simultâneas pra WB, com processamento internacional de 680 pax/hora?

 

Imaginando, AF e KL aumentando voos e operando nos mesmos dias 2 x 270 = 540 pax desembarque + TP 330 (270) + JJ 76W (220) + IG 76W (270) embarcando = 1.300 pax/hora.

 

E se a JJ utilizar um 359 ou 77W, AF operando 359, KL despejando 400 pax num 77W....


Edited by TheJoker, 06 de December de 2017 - 12:58 .


#48 Dortin

Dortin
  • Usuários
  • 109 posts
  • Cidade/UF/País:Brasília/DF/Brasil
  • Data de Nascimento:10/01/1980

Posted 06 de December de 2017 - 13:01

Melhor que essa discussão boba de hub é deixar o tempo falar por si só. A princípio existem muitas informações midiáticas e pouco de concreto, mas também foi assim em outros lugares. Deixa o tempo fazer o seu serviço, pois lembro dessa discussão com Recife e tá aí o Centro de operações em pleno funcionamento.
  • fel486 likes this

#49 Dortin

Dortin
  • Usuários
  • 109 posts
  • Cidade/UF/País:Brasília/DF/Brasil
  • Data de Nascimento:10/01/1980

Posted 06 de December de 2017 - 13:06

Agora como se faz um edital pedindo 5 posições simultâneas pra WB, com processamento internacional de 680 pax/hora?
 
Imaginando, AF e KL aumentando voos e operando nos mesmos dias 2 x 270 = 540 pax desembarque + TP 330 (270) + JJ 76W (220) + IG 76W (270) embarcando = 1.300 pax/hora.
 
E se a JJ utilizar um 359 ou 77W, AF operando 359, KL despejando 400 pax num 77W....


Foi exatamente o que falei. A curto e médio prazo não há estrutura operacional e nem demanda local, nem conectividade em nenhum aeroporto do Nordeste. Exemplo mais real pra mim é Recife, com o hub da azul a todo vapor e a TAP não chegou a dois diários ainda. Vai além da vontade, o problema é operacional.

#50 FlyerOne

FlyerOne
  • Desligados
  • 8,180 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Porto Seguro - BA
  • Data de Nascimento:22/04/1500

Posted 06 de December de 2017 - 13:26

 

Não entendo seu desespero, sinceramente.

 

Te garanto que se a cidade fosse outra, você não falaria esse tipo de coisa.

 

Qual o problema em político vender essa idéia de Hub? Eu escuto o que a empresa fala, e não político. Desde o começo foi proposto Hub pela Gol/Latam, e não por governadores estaduais. A questão da Latam não foi marketing, foi apenas falta de inteligência. Revelou toda a estratégia e não fez nada, não sabe-se foi pela mudança de administração ou desistiram.

 

E mais uma vez digo, a questão da Gol não tem nada a ver com a AF/KLM, apenas vão operar em parceria. O hub é da Gol e sempre vai ser da Gol. O passageiro pode vir para FOR e ir para Europa e EUA (em breve) ou ir para outras cidades no fluxo Norte/Nordeste/Norte como falei acima. Se isso não for Hub para você, então paciência.

 

Em relação a GRU ter voos pela AF, logicamente não é Hub da AF, é Hub da Gol. A Gol apenas faz as conexões lá do Sul/Sudeste/Centro-Oeste (zzzzzzz.....).

 

Desespero? Como um fórum de discussão estou tentando te trazer pro chão numa visão fora realidade que está tendo. A empresa mal pede slots e você já tá metendo JFK e MAD no meio. E eu falaria se fosse qualquer outra cidade, fosse Salvador ou Recife. Eu, particularmente, vi com descrédito o investimento da Azul em REC no início e achei muita festa para pouca coisa! Na verdade, eu vejo esse boom de voos no Nordeste com bastante receio. Na primeira crise, a AA saiu de SSA e REC após 8 anos de operação. Há alguns anos atrás, a TAP tinha de triangular os voos pelo NE para mantê-los! Por mim, que a Avianca coloque SSA-MAD, que a AF/KL torne a operação diária, que a LATAM aumente sua presença no NE, mas que seja algo estruturado! É muito bom ver uma penca de 767 e A330 pousando e decolando ao chegar no aeroporto, mas melhor ainda é ver que a operação é sustentável.

 

O que eu falei sobre política foi uma analogia que você não entendeu. E quanto à G3/AF/KL, busque suas postagens mais antigas e veja como você mesmo defendia que era um "hub Air France/KLM" porque esta era a idéia vendida e hoje sua opinião é outra.

 

Eu já trabalhei em uma cia aérea e hoje estou em outra, vejo essas defesas ferrenhas/bairristas e só lembro do que uma vez um colega me falou: "a aviação só é bonita quando vista de fora".



#51 Schonarth

Schonarth
  • Usuários
  • 736 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:BSB/JOI
  • Data de Nascimento:03/10/1986

Posted 06 de December de 2017 - 14:18

Só torço para que não cometam o erro de outrora e iniciem uma guerra tarifária onde todos saem perdendo.

 

Nem todos, o PAX sai ganhando ao menos por um tempo.



#52 Approach-Air

Approach-Air
  • Usuários
  • 3,775 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Brasil
  • Data de Nascimento:26/05/0000

Posted 06 de December de 2017 - 14:47

Curioso é a LATAM entrar na briga pelo Nordeste com voos para os EUA, ao invés de para a Europa.

 

Estranhei também, uma vez que o Ceará possui uma posição sólida e menos volátil no mercado Europeu. Rodaria fácil um FOR-MAD com A320Neo diário; já FOR-EUA se rodar muito na baixa, será com 3 vps com conexões para NAT, THE e SLZ.

 

É uma tentativa clara de barrar a Azul e um futuro FOR-EUA com o B737MAX que a GOL deixou claro semana passada na mídia.


Edited by Approach-Air, 06 de December de 2017 - 14:50 .


#53 falcaobr

falcaobr
  • Usuários
  • 727 posts
  • Cidade/UF/País:sao paulo
  • Data de Nascimento:01/01/1974

Posted 06 de December de 2017 - 19:26

Engraçado ver o estardalhaço que se faz por uma notícia.
Se vai ser hub ou não, isto só tem de positivo em caso de concreto, se não sair paciência, voce já está no "zero".
Torço pelo hub pelo país acima de tudo, que na situação atual parece uma república de bananas com vôos atolando GRU, e olha que sou de SP!
Temos o 5o maior território do mundo, uma mega espaço aéreo e o gringo desce até o SE para conhecer a Amazonia...
  • fel486 likes this

#54 piloto

piloto
  • Usuários
  • 13 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Brasília-DF, Brasil
  • Data de Nascimento:19/08/1997

Posted 06 de December de 2017 - 19:38

Quanto ao suposto "hub" da Gol em FOR, como cidades de menor demanda, mas ainda assim de grande importância para a consolidação de uma malha de conexões - isto é, MCZ, JPA, SLZ e THE serão atendidas satisfatoriamente?

Com os caravans da TWO?

#55 Igor Pires

Igor Pires
  • Usuários
  • 127 posts
  • Cidade/UF/País:São José dos Campos
  • Data de Nascimento:20/07/1988

Posted 06 de December de 2017 - 20:28

Vou tentar propor algo para MCZ e AJU baseado na demanda histórica dos voos dessas capitais para SSA. Poderiam fazer voos separados três vezes por semana MCZ e AJU para SSA que se conectassem ao SSA-FOR da tarde. SLZ e Teresina um voo SLZ-Ter-For e volta ao banco da noite.

Uma coisa q observei na planilha de slots é q já há previsão de CNF-FOR direto a partir. De. Março, mas de madrugada.

JPA, é um problema mais desafiador ate de ATR
  • fel486 likes this

#56 Itallo Torres

Itallo Torres
  • Usuários
  • 175 posts
  • Cidade/UF/País:Recife - PE
  • Data de Nascimento:26/05/1992

Posted 06 de December de 2017 - 20:35

Caraca, só tem mitagem nesse tópico. Kkkkkkkk

E ainda não mencionaram a compra da TWO pela G3.
COOL

Edited by Itallo Torres, 06 de December de 2017 - 20:36 .

  • Delmo likes this

#57 giuli

giuli
  • Usuários
  • 1,647 posts
  • Cidade/UF/País:SP/SP/Brasil
  • Data de Nascimento:01/01/1950

Posted 07 de December de 2017 - 10:50

 
Estranhei também, uma vez que o Ceará possui uma posição sólida e menos volátil no mercado Europeu. Rodaria fácil um FOR-MAD com A320Neo diário; já FOR-EUA se rodar muito na baixa, será com 3 vps com conexões para NAT, THE e SLZ.
 
É uma tentativa clara de barrar a Azul e um futuro FOR-EUA com o B737MAX que a GOL deixou claro semana passada na mídia.


Acho muito improvável que um A320 NEO consiga alcançar MAD com um payload viável economicamente.

#58 Red_Tail

Red_Tail
  • Usuários
  • 79 posts
  • Cidade/UF/País:SP
  • Data de Nascimento:25/06/1981

Posted 07 de December de 2017 - 12:08

É so a reforma da previdência nao ser aprovada e o Lula continuar em primeiro nas pesquisas que todo esse plano vai por agua abaixo. Dolar dispara, economia entra em recessao novamente.
  • Delmo, Nos-767, FlyerOne and 3 others like this

#59 fabrisbsb

fabrisbsb
  • Usuários
  • 157 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:BsB
  • Data de Nascimento:11/09/1978

Posted 07 de December de 2017 - 16:37

O pessoal tá alucinando igualzinho ao que aconteceu em Brasília uns anos atrás. Daqui a pouco vai ter gente falando de voo pro Oriente Médio! Rsrsrsrrs

A estratégia de hub and spoke no Brasil é insustentável, é predatória. Diferentemente do que acontece nos USA, as empresas brasileiras trabalham muito mais em sabotar umas às outras do que escolher uma cidade e desenvolvem a partir de lá a sua política de captação e distribuição de passageiros.

Cito exemplo de Brasília, que além da crise econômica, teve também a sobreoferta de voos da JJ para a Flórida. Fizeram aqui o quê está se desenhando para FOR, SSA e REC. A JJ empanturrou Brasília de voos até a Delta não aguentar mais e sair ( a DL também cometeu os erros grosseiros de trocar o 757 pelo 67 e trocar ATL por MCO). Após isso a TAM retira todos os seus voos de Brasília para os USA e hoje, temos somente a AA operando uma das mais surradas aeronaves da frota e a COPA.

Então, vamos mais devagar com o andor. A princípio, é fodástico ter voos internacionais saindo pelo ladrão, achar que virá MAD, alucinar que DOH, DXB sao possibilidades reais, mas o buraco é bem mais embaixo.

Edited by fabrisbsb, 07 de December de 2017 - 16:41 .

  • Delmo, piloto and FlyerOne like this

#60 FlyerOne

FlyerOne
  • Desligados
  • 8,180 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Porto Seguro - BA
  • Data de Nascimento:22/04/1500

Posted 07 de December de 2017 - 17:08

BSB é o maior exemplo do meu receio por este excesso de voos no NE, a princípio é tudo muito bonito, complicado é conseguir manter. Isso porque BSB é hub da LATAM e GOL.

Com os planos da GOL em FOR e a possibilidade de retorno da Delta, uma boa saída para a JJ seria investir mais em SSA onde não haveria concorrência. Com o futuro voo diário da AD em REC para a Flórida fica em xeque a sustentabilidade dos REC-MIA. Hoje a oferta de assentos em REC para os EUA já é maior do que quando havia a American.





Also tagged with one or more of these keywords: LATAM, Nordeste, Fortaleza, Recife, Salvador, FOR, SSA, REC, Panrotas