Jump to content


Photo

Histórias 1951 (08)


  • You cannot start a new topic
  • Please log in to reply
No replies to this topic

#1 PP-CJC

PP-CJC
  • Membro Honorário
  • 6,349 posts
  • Cidade/UF/País:São Paulo- Capital
  • Data de Nascimento:01/07/1937

Posted 03 de January de 2018 - 13:41

Boa tarde amigos Forenses.

 

Feliz Ano Novo, que possamos estar juntos nesse e em outros anos......

 

 

Contrabando aéreo (Correio da manhã 06/05/1951)

São Paulo, 05 (Asp) Foi apreendido a bordo de um avião procedente de Nova York, no aeroporto de Congonhas, vultoso contrabando de meias, pulseiras para senhoras e artigos de pequeno porte, avaliados em cerca de 600 mil cruzeiros. O contrabandista, o comerciante Manoel Sytejan, que foi preso quando já se encontrava no automóvel que o conduziria ao centro da cidade, tentou subornar os funcionários da Policia Marítima e Aérea que o prenderam, oferecendo-lhes metade do valor da mercadoria.

 

15º aniversário do “Burro de Carga” (Correio da manhã 08/05/1951)

Nova York, 07 (por Lereoy Pope) da U.P. – O famoso avião DC-3, denominado o “Burro de carga” na guerra e na paz, comemorará no mês entrante seu 15º aniversário de serviço nas linhas aéreas.

Obs. A reportagem e um tanto longa e, em algum trecho de difícil leitura.

 

La Paz / Rio – nova linha da “Cruzeiro do Sul” (Correio da manhã 09/05/1951)

La Paz, 08 (do correspondente) encontram-se nesta cidade os engs. Alberto de Mello Flores e Trajano Reis, da Diretoria da Aeronáutica Civil que vieram estudar um acordo aéreo a Bolívia e o Brasil para o estabelecimento de uma linha aérea regular. Com a chegada, hoje, do Sr. José Bento Ribeiro Dantas, presidente da companhia “Cruzeiro do Sul” consta que foi assinado o convenio e que essa companhia irá fazer a linha regular com as escalas estabelecidas pelo DAC, no Brasil, em acordo com o governo Boliviano. Enviaremos detalhes amanhã.

 

DAC – Despachos do diretor geral (Correio da manhã 10/05/1951)

Panair do Brasil, requer matricula no Registro Aeronáutico Brasileiro, de sua aeronave tipo Lockheed Constellation, nº 2056, de marcas PP-PDC, - Matricula-se essa aeronave com 45 lugares para passageiros, ficando permitida a sua utilização com 50 passageiros condicionada a utilização desses 5 lugares localizados no compartimento da frente, à previa aquiescência dos respectivos passageiros, tanto nas viagens de curto como de longo percurso, dado apouco conforto oferecidos nesses referido lugares.

 

Serviços Aéreos Cruzeiro do Sul Limitada, solicita seja cancelada no Registro Aeronáutico Brasileiro, a matricula da aeronave de tipo Douglas DC-3, serie 7341 de marca PP-CCX “Deferido”

Obs. Esse DC-3 sofreu acidente em FLN no dia 22/03/1951 com 3 vítimas fatais e 11 sobreviventes, aeronave W/O perda total.

 

As empresas Serviços Aéreos Cruzeiro do Sul Ltda, LAP, Aerovias Brasil, Aero Geral, ITAU Transportes Aéreos, Panair do Brasil e Linhas Aéreas Transcontinental, recorrendo do pronunciamento da CECLA (Comissão de Estudos e Concessões de Linhas Aéreas), sob o aumento de frequência da linha Belo Horizonte / Salvados a ser concedida a Transportes Aéreos Nacional Ltda. “Julgo improcedente o recurso coletivo

das companhias e, defiro o pedido da Nacional”

 

Autorizada a funcionar no Brasil (Correio da manhã 11/05/1951)

O presidente da República assinou decreto concedendo autorização a “Frota Aérea Mercante Argentina” com sede em Buenos Aires, para funcionar no Brasil, sob a denominação “Aerolineas Argentinas”

 

DAC – Despachos do diretor geral (Correio da manhã 13/05/1951)

O brigadeiro Henrique Fontenelle, diretor geral do DAC, nos requerimentos e processos abaixo deu o seguinte despacho: Viação Aérea São Paulo S.A. “VASP” recorrendo do pronunciamento da CECLA, sob o prolongamento da linha aérea provisória Curitiba / Mandaguari, até as cidades de Maringá e São Paulo, a ser concedida a REAL S.A. Transportes Aéreos. “Julgo procedente o recurso apresentado pela “VASP” e indefiro o pedido da REAL S.A., para executar em caráter provisório a linha Mandaguari, Maringá / São Paulo” DC-1. 339-51

Companhia ITAU de Transportes Aéreos, requer matricula no Registro Aeronáutico Brasileiro (RAB), a matricula da aeronave do tipo “Curtiss Comando” C-46 série 430

da marca PP-ITH -  “Deferido”

 

Atitude estranha do gov. Brasileiro.

OSLO, 12 (U.P.) O sr. Ramon Cortez, diretor do jorna Chileno “La Nacion” comentando a decisão do governo brasileiro que negou a “SAS” autorização para estabelecer uma nova rota através do Brasil, com destino ao Chile, declarou: “Esta atitude é muito estranha, uma vez que as relações entre o Brasil e o Chile é das mais amistosas” Disse que o Chile acredita na livre concorrência no transporte aéreo, “Meu país deseja ter todas as companhias que pretendem voar no Chile, a fim de trazer negócios para nossa pátria”.

 

Desastre em Rancharia com um avião da VASP – sete mortos (Correio da manhã 20/05/1951)

São Paulo, 19 (do correspondente) Ocorreu ontem, por volta da 18h00 um desastre com um “DC-3” da “VASP”, o avião prefixo PP-SPL perto do aeroporto de Rancharia, informaram de que o avião decolou de Congonhas as 16h38 rumo a Presidente Prudente, para fazer a viagem do horário, e fez escala em Santa Cruz do Rio Pardo, prosseguindo viagem e, teve que enfrentar um forte temporal que obrigou poucos quilômetros do aeroporto o comandante a desviar a rota para fazer um pouso em Rancharia, e caiu na fazenda Santa Maria, não sabendo ainda o motivo. A “VASP” a despeito dos esforços despendidos não tem elementos para prestar maiores esclarecimentos sobre o desastre tendo enviado um avião especial para o local a pesar do mau tempo reinante na região, com técnicos, médicos e etc. Disse que todos passageiros e tripulantes faleceram.

 

Abs. Cursio


  • Bonotto likes this