Jump to content


Photo

História 1952 (02)


  • You cannot start a new topic
  • Please log in to reply
No replies to this topic

#1 PP-CJC

PP-CJC
  • Membro Honorário
  • 6,557 posts
  • Cidade/UF/País:São Paulo- Capital
  • Data de Nascimento:01/07/1937

Posted 22 de January de 2018 - 14:21

Boa tarde amigos forenses.

 

Quase concluídas as obras do Galeão (C. da manhã 08/01/1952) (*)

As obras da nova estação de passageiros, do aeroporto do Galeão a cargo da Diretoria

de Engenharia do Ministério da Aeronáutica estão quase concluídas devendo ser inaugura em 1º de fevereiro, esse novo e importante  melhoramento de nosso principal aeroporto internacional.

 

Terceiro do mundo o aeroporto de Congonhas (C. da manhã 09/01/1952)

São Paulo 09 (Asp) segundo dados agora levantados, o movimento de passageiros no aeroporto de Congonhas, no ano de 1951, foi de 1.025.786 num total de 78.401 operações, quando as expectativas eram, respectivamente de 1.040.000 passageiros e 79 mil operações. Teoricamente, esses números foram superados, tendo-se em vista que o aeroporto de Congonhas passou oito dias sem operações de espécie alguma, devido à recente greve dos aeroviários e aeronautas. De qualquer maneira, porém, mesmo considerando os números absolutos o aeroporto de Congonhas, figura em terceiro lugar em todo o mundo, só superado pelos aeroportos de Nova York e Chicago.

N.R.  Devido ao adiantado da hora não nos foi possível obter do DAC o movimento do aeroporto Santo Dumont, que em, 1950 apresentou movimento maior que Congonhas.

 

Serviço de categoria “mista” serão prestados pela VASP (C. da manhã 12/01/1952)

São Paulo, 11 (A.N.) A partir de hoje, os aviões da “VASP”, que operam na linha São Paulo / Goiânia passarão fazer o serviço denominado “mista” para o qual preço da passagem tem um desconte de 25%.

Foi atendida a “Panair do Brasil”

“Sim” foi o despacho exarado pelo presidente da República no processo do Ministério da Aeronáutica, relativo ao pedido em que a Panair do Brasil, solicitava ser incluída no regime de subvenção em que trata o artigo 3º da lei nº 1181/50, a linha aérea Rio de Janeiro /Assunção e Santiago, que a referida empresa vem executando desde 26 de janeiro de 1951 e o pagamento das importâncias de Cr$ 3.069.000,00 da subvenção da linha do Chile, e de Cr$ 9.074,000,00 da diferença de quilometragem relativas às linhas para o Velho Continente e o Rio da Prata em 1951

 

Novo alfabeto fonético (C. da manhã 13/01/1952)

Os radio amadores que escutam as conversações entre os pilotos e o pessoal de terra nas torres de controle dos aeroportos, ficam perplexos quando ouvem a nova linguagem, cheias de palavras estranhas, mas não é nada demais, porque estão ouvindo um novo alfabeto fonético. As palavras “Alfa”, “Bravo”, e “Coca”, por exemplo, representam as três primeiras letras A, B, C para que sejam soletradas as palavras difíceis de serem entendidas pelo rádio. Esse novo alfabeto foi elaborado pela Divisão de Comunicações da ICAO (Organização Internacional da Aviação Civil) e aprovado oficialmente por esse organismo, controlador das atividades internacionais aérea em quase todo mundo. Dois professores de língua um francês e outro americano, foram os encarregados de selecionar várias palavras. E o resultado obtido surgiu depois de muito tempo de trabalho. A palavra escolhida tem significado universal, com quase mesma pronuncia, ao contrário do que sucedia como alfabeto anterior, que continha palavras tipicamente “ianques” alfabeto antigo, utilizados pelas forças armadas durante a última guerra, foi organizada por um elemento da aviação comercial. Embora de largo uso, algumas de suas palavras eram difíceis de ser pronunciada por pessoas que falem espanhol, francês, ou outras línguas, somente a palavra “Victor”, para o “V” conseguiu ficar.

 

Rio / Hamburgo (C. da manhã 14/01/1952)

A “Panair do Brasil” estendeu um de seus dois voos semanais Rio / Lisboa / Paris / Londres até Hamburgo, na Alemanha.

 

Concedido um milhão de Cruzeiro (C. da manhã 18/01/1952)

Florianópolis, 17 – (A.N.) foi aprovado ontem, pela Assembleia Legislativa do Estado, em votação secreta, o projeto de lei que concede o auxílio de um milhão de cruzeiros para a Companhia Catarinense de Transportes Aéreos, pelo prazo de cinco anos.

 

Capotou um avião da “Aerovias Brasil” (C. da manhã 20/01/1952)

Ferido o comandante e rádio operador passageiros nada sofreram

Belo Horizonte, 19 (Asp) Notícias de Araguari, relatam o espetacular desastre verificado na manhã de hoje com um avião “PP-AXX” da “Aerovias Brasil”, que procedia de São Luiz do Maranhão. O avião momentos antes da aterrisagem capotou espetacularmente destruindo completamente uma residência e danificando um caminhão que se encontrava nas proximidades do aeroporto local. Embora tenha ficado quase totalmente destruída a aeronave, não houve mortes a lamentar. Apesar do comandante do avião e o rádio telegrafista ficarem seriamente feridos. O morador da casa destruídas também sofreu graves ferimentos. No momento do desastre, foram tomadas urgentes providencias que evitaram o incêndio, apesar do vazamento de gasolina. As autoridades policiais, como medida de segurança, fizeram completo isolamento do aeroporto e comunicaram o fato aos fiscais do DAC. Os nove passageiros, que viajavam procedentes de São Luiz do Maranhão para São Paulo, nada sofreram. Obs. Acredito que o prefixo está errado, pois, o PP-AXX, era um Consolidated PBY-5A “Catalina” e, a Aerovias Brasil, nunca operou com esse tipo de avião.

 

Para segurança das aeronaves em voo (C. da manhã 24/01/1952)

Aprovando as exposições de motivos do ministro Souza Lima, o presidente Getúlio Vargas autorizou as instalações de um transmissor de 400 Wattss e três de 200 Wattss para atender os serviços da “Aerovias Brasil”, em Belo Horizonte: uma estação radiotelegráfica e outra de radiofarol, em Caxias, para servir a “VARIG”; estações radiotelegráficas à bordo das aeronaves de prefixos  PT-AFI, PT-AFF e PT-AHI todas da (“Caman****) não dá para ler o restante – estação radiotelegráfica-telefônica, no escritório da “Aerovias”, em São Paulo; três estações radiotelegráficas em Aracaju, Recife e Vitoria, para servir a Aero Geral e uma estação radiotelegráfica-telefônica, e outra rádio farol em Alfenas (Minas Gerais), e outra estação radiotelegráfica-telefônica, e rádio farol em Paulo Afonso (Bahia) para servir a companhia “Santos Dumont”

 

Abs. Cursio


Edited by PP-CJC, 22 de January de 2018 - 14:24 .

  • Bonotto likes this