Jump to content


Photo

[SLOT GIG] Temporada S18


  • You cannot start a new topic
  • Please log in to reply
212 replies to this topic

#41 VictorHugoBrando

VictorHugoBrando
  • Usuários
  • 563 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:17/09/1989

Posted 03 de February de 2018 - 00:45

HG37721 25MAR29APR 0030507 17773H SCL2215 J
HG37721 04MAY01JUL 0000507 17773H SCL2215 J
HG37721 02JUL19OCT 1030507 17773H SCL2215 J
HG37721 21OCT26OCT 1030507 17773H SCL2215 J

 

Pelo o que entendi, de 25/mar até 29/abril roda 3x, aí vira 2x até 1/jul e depois volta 4x. 

 

Ta explicado pq a Latam vai operar mais um diário nessa temporada de inverno. 



#42 CarlosCF

CarlosCF
  • Usuários
  • 1,871 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:RJ / Brasil
  • Data de Nascimento:04/08/1995

Posted 03 de February de 2018 - 08:44

Pelo que vi a GOL deu uma ajustada na oferta dos voos pra SCL.

Em GRU também não vão ser mais 2 diários. Acho vai ficar 10 ou 11x semanais.


Pode ser efeito Avianca que entrou com mais dois voos diarios para scl!

#43 TheJoker

TheJoker
  • Usuários
  • 4,785 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:06/01/1986

Posted 03 de February de 2018 - 12:40

Joker, a discussão não é se tem mais pax indo para Europa do que vindo, afinal, Dezembro é mês que o Brasil emite mais turista do que recebe. A questão é que a diferença de fluxo dos voos que operam DIU/NOT é muito superior aos voos que operam red-eye. 

E não necessariamente teria que ter uma parceira com mais fluxo vindo do que indo, o pax tem inúmeras opções de voo para escolher e geralmente o que mais convém são as descidas noturnas, até mesmo por motivos de conexão.

 

6mil passageiros entre 53 mil transportados representa muito mais do que 7mil passageiros entre 131mil transportados, esses dados tem que ser lidos com melhor perícia, não simplesmente jogá-los aqui. 

 

Tentando analisar o floating,

 

16875dy.jpg

 

Hipótese 1, quem não volta de IB volta por GRU, não procede.

Hipótese 2, quem não volta de IB volta de TP, não procede.

 

Hipótese 3, quem foi de IB entre dez16 e nov17, voltou 1 mês após, não procede no GIG, mas se confirma em GRU. Chocado com isso! Se fosse 20/30 anos atrás eu até entenderia. A milha leitura o trafego pra Penunsula Ibérica é na maioria VFR e turismo de longa duração, excursão visitando 20 países em 30 dais, isso ainda existe?

 

Hipótese 4, no sentido inverso quem veio da Espanha entre dez16 e nov17, voltou no mês seguinte idem, se confirma e GRU no GIG não.

 

Se IB, LH e BA tem esse perfil no GIG, e as empresas não se importam com isso, na minha opinião isso é no show, e esse povo todo pagou RT. Se estivessem pagando só OW. Elas estariam tomando providências.

 

Depois, quando tiver mais tempo eu vejo o comportamento das outras...


Edited by TheJoker, 03 de February de 2018 - 12:44 .


#44 LipeGIG

LipeGIG

    Staff Contato Radar

  • Administrador
  • 22,132 posts
  • Gender:Male
  • Location:Nova York
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:30/06/1972

Posted 03 de February de 2018 - 13:49

Aí que está o problema: ela não consegue capturar muito do tráfego Europa-Brasil porque a Latam não tem uma posição dominante no GIG, ou seja, não bate a AF/KL/AZ e a parceria com a G3, assim como não bate a TP e seu excelente hub em LIS trazendo toda a Europa para se conectar lá em direção ao Brasil (às vezes 2 vezes ao dia no GIG). MAD até pode ser interessante para se conectar mas LHR não tanto. Além disso, por não ter concorrência, um yield menor nos últimos anos e a crise no Rio não incentivam a IAG a colocar um voo noturno pro GIG de nenhum de seus 2 hubs (LHR ainda tem a questão de falta de slots à noite). A IB prefere rodar mais o avião e mesmo assim não consegue consolidar um voo diário nesta rota. Complicado, né? Enfim, deixe o mercado melhorar e até 2019 devemos ter a UX e aí veremos como a IB irá reagir.

 

Pois é Boulos, mas convenhamos que durante o dia as oportunidades de conexão seriam bem superiores ao que não se oferece a noite.

 

Numa coisa eu concordo contigo, hoje do jeito que a IAG opera, ambos os voos focam quase 100% no mercado do Rio na volta por baixa conectividade da Latam no Rio. Ja na perna GIG-LHR ou MAD, a conectividade é bem superior.

 

E o mercado ja melhorou bastante, mas por enquanto ele se inter relaciona em todas as origens e destinos. Mas ainda temos que ter recuperação de renda para a melhora das tarifas de forma consistente.



#45 Geoshina

Geoshina
  • Usuários
  • 674 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:SJP
  • Data de Nascimento:01/02/1984

Posted 03 de February de 2018 - 14:52

Se a JV entre o grupo Latam e IAG for aprovada, o que vocês acham que poderia ocorrer com os vôos OW de/para GIG? Mudaria alguma coisa? 



#46 LipeGIG

LipeGIG

    Staff Contato Radar

  • Administrador
  • 22,132 posts
  • Gender:Male
  • Location:Nova York
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:30/06/1972

Posted 03 de February de 2018 - 15:29

Se o foco do Grupo IAG continuar sendo atender somente o O&D Rio nesses voos, nada vai mudar.



#47 Delmo

Delmo
  • Usuários
  • 679 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:CDG / DXB
  • Data de Nascimento:27/07/1983

Posted 03 de February de 2018 - 15:32

A maior ocupação no GIG-MAD do que no inverso não tem quer ter só um fator.

 

Pode ser a conjunção de todos estes mencionados: baixa conectividade, tarifas one-way/emigração, no-show.

 

E ainda adicionaria a possibilidade de se fazer MAD->EZE/SCL/MVD e voltar pelo GIG.

 

No fim... A tendência no Brasil num ano inteiro é de maior ocupação no sentido BR->Europa, e no GIG-MAD além de seguir essa tendência, pode ter fatores agravantes.

 

China, Japão, Marrocos, Irlanda, Grécia, Ilhas Baleares sequer conectam com o MAD-GIG.


  • boulosandre likes this

#48 TheJoker

TheJoker
  • Usuários
  • 4,785 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:06/01/1986

Posted 03 de February de 2018 - 19:48

Pelo AENA só dá pra ver o total de pax e voos, por rota ou por empresa.

 

Na JAC tem: http://www.jac.gob.c...ciembre2017.xls

 

LA 2016 MAD-SCL 108.265  SCL-MAD 108.664 dif -399

      2017                   113.782                   119.577      -5.795

 

IB 2016                   104.542                    107.168      -2.626

     2017                   111.371                    109..295   +2.076

 

PU 2017                    7.593                        8.777     -1.184

 

AZ, BA e AF/KL a dif é mínima.



#49 TheJoker

TheJoker
  • Usuários
  • 4,785 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:06/01/1986

Posted 03 de February de 2018 - 20:18

TP 12M2017

 

SP-PT   205.145  PT-SP   194.612  dif -10.533

BSB-LIS  67.937  LIS-BSB  62.330      -5.607 

CNF-LIS  68.249  LIS-CNF  63.841      -4.408

REC-LIS  85.015  LIS-REC 81.717       -3.298

SSA-LIS  72.504  SSA-LIS  65.422      -7.082

FOR-LIS  75.197  LIS-FOR  68.517     -6.680

POA-LIS  40.925  LIS-POA  37.406     -3.519

 

AD 12M2017

 

VCP-LIS 75.274  LIS-VCP  70.400     -4.874

 

UX 12M2017

 

SSA-MAD  32.929  MAD-SSA  31.328  -1.601

GRU-MAD  96.341  MAD-GRU 94.794  -1.547



#50 TheJoker

TheJoker
  • Usuários
  • 4,785 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:06/01/1986

Posted 03 de February de 2018 - 21:05

Voltando às novas rotas,

 

dez17

 

DL  GIG-JFK  1.860 / 1.968 assentos = 94,5%   8 voos

       JFK-GIG  1.534 / 1.968                = 77,9%   8   

 

AA  GIG-JFK  5.196 / 7.368                = 70,5%   31 voos  238 assentos ?

       JFK-GIG  5.275 / 7.082                = 74,5%   31          228 ?

 

total                13.865  (-21,5%)

 

dez16

 

AA GIG-JFK  6.490  LF 85,1%  29 voos

JJ  GIG-JFK  2.383       82,9%   13 voos

 

 

AA JFK-GIG  6.446  LF  79,1% 31 voos

JJ  JFK-GIG  2.347         81,7% 13

 
Total            17.666    

 

 

 

dez17

 

AA GIG-DFW  1.222 / 1.632               = 74,9%    8 voos  204 assentos

      DFW-GIG    967 / 1.632                = 59,3%


Edited by TheJoker, 03 de February de 2018 - 21:06 .


#51 VictorHugoBrando

VictorHugoBrando
  • Usuários
  • 563 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:17/09/1989

Posted 03 de February de 2018 - 21:27

Não é melhor criar um outro tópico para a discussão dos load factor? 



#52 LipeGIG

LipeGIG

    Staff Contato Radar

  • Administrador
  • 22,132 posts
  • Gender:Male
  • Location:Nova York
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:30/06/1972

Posted 04 de February de 2018 - 00:18

Voltando às novas rotas,

 

dez17

 

DL  GIG-JFK  1.860 / 1.968 assentos = 94,5%   8 voos

       JFK-GIG  1.534 / 1.968                = 77,9%   8   

 

AA  GIG-JFK  5.196 / 7.368                = 70,5%   31 voos  238 assentos ?

       JFK-GIG  5.275 / 7.082                = 74,5%   31          228 ?

 

total                13.865  (-21,5%)

 

dez16

 

AA GIG-JFK  6.490  LF 85,1%  29 voos

JJ  GIG-JFK  2.383       82,9%   13 voos

 

 

AA JFK-GIG  6.446  LF  79,1% 31 voos

JJ  JFK-GIG  2.347         81,7% 13

 
Total            17.666    

 

 

 

dez17

 

AA GIG-DFW  1.222 / 1.632               = 74,9%    8 voos  204 assentos

      DFW-GIG    967 / 1.632                = 59,3%

 

JFK da AA rodou boa parte do mes com 767



#53 TheJoker

TheJoker
  • Usuários
  • 4,785 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:06/01/1986

Posted 04 de February de 2018 - 08:23

Não é melhor criar um outro tópico para a discussão dos load factor? 

Foi só pra registrar o primeiro mês de operação, e acompanhar se esses voos têm chance de ficar ou voltar no final do ano.



#54 TheJoker

TheJoker
  • Usuários
  • 4,785 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:06/01/1986

Posted 04 de February de 2018 - 08:38

Outra coisa que esqueci de comentar, nos voos da JJ para MIA e MCO está aparecendo a configuração 238 no 76R, igual aos voos do nordeste. Será que a LTM vai mandar todos os 767 com essa configuração pra cá ou a JJ vai reconfigurar parte dos seus? por enquanto todos os voos de GRU com 763 seguem com 221.


  • 777-300ER likes this

#55 boulosandre

boulosandre
  • Usuários
  • 7,364 posts
  • Gender:Male
  • Location:Sao Paulo - Lisbon
  • Interests:Travels, sports, culture, workout, airports, finance.
  • Cidade/UF/País:Sao Paulo- SP - Brasil
  • Data de Nascimento:08/10/1974

Posted 04 de February de 2018 - 09:08

Outra coisa que esqueci de comentar, nos voos da JJ para MIA e MCO está aparecendo a configuração 238 no 76R, igual aos voos do nordeste. Será que a LTM vai mandar todos os 767 com essa configuração pra cá ou a JJ vai reconfigurar parte dos seus? por enquanto todos os voos de GRU com 763 seguem com 221.


Qual a diferença destas 2 configurações?

#56 VictorHugoBrando

VictorHugoBrando
  • Usuários
  • 563 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:17/09/1989

Posted 04 de February de 2018 - 09:53

Foi só pra registrar o primeiro mês de operação, e acompanhar se esses voos têm chance de ficar ou voltar no final do ano.

 

Tudo bem... Dezembro foram poucos voos, é difícil afirmar muita coisa com esses números dos sazonais.

 

A AA parece estar extremamente confortável com a estratégia de tarifação alta (tentativa de forçar o yield?) deles, tanto que o 777 fica pra baixa no JFK. Se a DL ficar, isso vai começar a incomodar... 



#57 TheJoker

TheJoker
  • Usuários
  • 4,785 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:06/01/1986

Posted 04 de February de 2018 - 10:33

Qual a diferença destas 2 configurações?

 

221 = 30J 191Y

238 = 18J  220Y se for a LA com interior antigo.

 

LAN_Argentina_Business_Class01.jpg


Edited by TheJoker, 04 de February de 2018 - 10:35 .


#58 TheJoker

TheJoker
  • Usuários
  • 4,785 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:06/01/1986

Posted 04 de February de 2018 - 10:38

A Y é quase igual.

 

LA

3059352899_dd518fd4c9_b.jpg

 

JJ

maxresdefault.jpg


Edited by TheJoker, 04 de February de 2018 - 10:41 .


#59 qazwsx

qazwsx
  • Usuários
  • 21 posts
  • Cidade/UF/País:curitiba
  • Data de Nascimento:05/05/1980

Posted 04 de February de 2018 - 10:47

 

Tentando analisar o floating,

 

16875dy.jpg

 

Hipótese 1, quem não volta de IB volta por GRU, não procede.

Hipótese 2, quem não volta de IB volta de TP, não procede.

 

Hipótese 3, quem foi de IB entre dez16 e nov17, voltou 1 mês após, não procede no GIG, mas se confirma em GRU. Chocado com isso! Se fosse 20/30 anos atrás eu até entenderia. A milha leitura o trafego pra Penunsula Ibérica é na maioria VFR e turismo de longa duração, excursão visitando 20 países em 30 dais, isso ainda existe?

 

Hipótese 4, no sentido inverso quem veio da Espanha entre dez16 e nov17, voltou no mês seguinte idem, se confirma e GRU no GIG não.

 

Se IB, LH e BA tem esse perfil no GIG, e as empresas não se importam com isso, na minha opinião isso é no show, e esse povo todo pagou RT. Se estivessem pagando só OW. Elas estariam tomando providências.

 

Depois, quando tiver mais tempo eu vejo o comportamento das outras...

 

Durante alguns meses de 2017 a Ibéria estava vendendo trechos só de ida ou só de volta sem cobrar o dobro do valor. Mas agora a IB já acabou com esta politica, e passagens só de "ida" estão novamente mais caras do que uma de ida e volta.

 

Eu mesmo peguei 2 voos assim, GIG x MAD x MUC pela Ibéria e na volta MUC x LIS X GRU pela TAP, com os trechos nacionais até CWB comprados separados. 

 

Pois comprando separado estava muito, mas muito mais barato do que comprar ida e volta pela mesma empresa, coisa de R$ 4.000 indo e voltando pela mesma empresa e R$ 2.500 indo e voltando por empresas diferentes.

 

Lembro que nos voos que eu peguei, conversando com algumas pessoas no aeroporto e durante os voos, todos passageiros de turismo, fazendo um tour por 2 ou 3 países, a maioria tinha comprado voos assim, indo pela IB para Madrid e voltando com a TP, Marroc, Latam em passagens avulsas.

 

A maioria dos que conversei, também eram de passageiros de fora do Rio e SP, e o principal motivo de eles não trem pego o voo da IB para o GIG era o voo diurno com horário de chegada ruim no GIG para quem precisa fazer conexão para outra cidade com outra empresa e geralmente em tickets separados.

 

Não sei se isto explica toda esta discrepância, e nem o que motivou a IB e TAP adotarem esta política de venderem só ida sem cobrar bem mais caro, mas pode explicar uma parte da discrepância.

 

Edit: faltou uma palavra que tinha deixado sem sentido a frase


Edited by qazwsx, 04 de February de 2018 - 10:50 .


#60 qazwsx

qazwsx
  • Usuários
  • 21 posts
  • Cidade/UF/País:curitiba
  • Data de Nascimento:05/05/1980

Posted 04 de February de 2018 - 11:14

Mas eu eu também acho que no meio deste monte de passageiro saindo do GIG pela IB, havia um grande número de passageiro que não voltou mais, era só prestar atenção no perfil de muitos dos passeiros.

 

Nas viagens que eu fiz ano passado pela IB, tinha muito passeiro que não "encaixava" muito bem no perfil normal de turista ou de passeiro viajando a trabalho, sendo frequent flyer em voos internacionais, você percebe quando alguém é turista ou corporativo, ou nenhum deles..

 

E como as passagens saindo do GIG estavam em liquidação permanente, sempre muito mais baratas do que saindo via GRU, acho que uma boa parte do pessoal que foi para não voltar mais e ficar ilegal, o fez com a IB saindo pelo GIG aproveitando que a IB estava vendendo só ida sem cobrar muito mais caro.

 

Colabora com esta "teoria" o grande aumento no número de brasileiros barrados e deportados nso aeroportos europeus, pois acho que a cada 1 que é barrado, 8 ou 9 conseguem passar:

 

http://brasil.estada...9-5,70001924146