Jump to content


Photo

Foz do Iguaçu busca novos voos na Routes Americas 2018


  • You cannot start a new topic
  • Please log in to reply
9 replies to this topic

#1 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 23,083 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 13 de February de 2018 - 09:36

Meus prezados

Foz do Iguaçu busca novos voos na Routes Americas 2018

Em pleno feriado de Carnaval, o secretário de Turismo, Indústria, Comércio e Projetos Estratégicos, Gilmar Piolla, participa da 11ª edição da Routes Americas 2018, a mais importante feira da indústria da aviação civil do continente americano, que acontecerá entre os dias 13 e 15 de fevereiro, em Quito, capital do Equador. Evento reunirá representantes de 80 companhias aéreas, 150 aeroportos e 35 destinos turísticos.

De acordo com o secretário, que estará acompanhado de representantes da Infraero e da Promo Inteligência Turística, consultoria contratada pela Gestão Integrada do Turismo, participação na Routes Américas será "uma oportunidade de estreitar relacionamento com as companhias aéreas, negociar acordos de codeshare e captar novos voos para o destino".

Foz do Iguaçu é o único destino turístico brasileiro a marcar presença no evento.

"Temos 14 reuniões marcadas com companhias aéreas que demonstram interesse em conhecer o nosso potencial", afirma Piolla.

Atrair mais voos de países da América do Sul e América Central para o Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu é um dos maiores desafios para incrementar o fluxo de turistas estrangeiros. Segundo Piolla, a ampliação da oferta de assentos resultará na diminuição do custo das passagens aéreas e, consequentemente, possibilitará a vinda de mais turistas estrangeiros para o destino. Com o aumento do fluxo turístico, haverá impacto positivo na economia local.

"Foco é melhorar nossa conectividade aérea com países da América do Sul e da América Central. É o que a pista atual do nosso aeroporto nos permite neste momento. Mas já iniciaremos contatos de prospecção de voos para América do Norte e países europeus, pois temos a perspectiva de ampliação da pista do aeroporto de 2.195 para 3 mil metros", afirma.

Piolla está otimista com as negociações envolvendo a Copa Airlines para lançamento, ainda este ano, de voo direto ligando Foz do Iguaçu à Cidade do Panamá. "Hub da Copa no Panamá nos conectará diretamente com Canadá, Estados Unidos, México e o Caribe. Com a implantação do visto eletrônico para os turistas dos Estados Unidos e do Canadá, será um importante elo de ligação para esses mercados", acredita.

Potencial

De acordo com a Infraero, o Aeroporto Internacional de Foz do Iguaçu registrou movimentação recorde no ano passado, com crescimento de 17,64% do número de embarques e desembarques em relação a 2016, sendo o maior dentre os 30 principais aeroportos do Brasil. Foram 2,1 milhões de passageiros em 2017. Este número mostra um crescimento acima da média entre os aeroportos brasileiros, que registraram crescimento de 2% a 5%.

Atualmente o terminal opera com uma média de 27 voos diários e possui capacidade para receber até 2,8 milhões de passageiros por ano. Terminal de passageiros será repaginado este ano e vai receber os tão esperados fingers.

Fonte: FOZ DO IGUAÇU DESTINO DO MUNDO (PR) via CECOMSAER 13 FEV 2018


  • Ariel and fabionpfc like this

#2 vitordos

vitordos
  • Usuários
  • 206 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Salvador/BA/Brasil
  • Data de Nascimento:25/11/1977

Posted 13 de February de 2018 - 10:04

Tomara que logre êxito!
Entretanto, sem melhorar e muito o produto, no caso o acanhado e desconfortável aeroporto, que nem wifi de graça tem, com o volume de estrangeiros visitando o destino, duvido que saia algo de fato deste encontro...



#3 SA280

SA280
  • Usuários
  • 4,960 posts
  • Gender:Male
  • Location:São Paulo
  • Cidade/UF/País:São Paulo/SP/Brasil
  • Data de Nascimento:31/05/1989

Posted 13 de February de 2018 - 11:01

Até parece que uma pessoa, ao avaliar um potencial destino de viagem, vai pesquisar e tomar como um dos fatores de sua decisão, o tamanho e a disponibilidade de wi-fi do terminal de passageiros.

Companhias aéreas olham demanda e existência de infraestrutura. E embora IGU tenha um terminal de passageiros que está longe de ser um exemplo, o aeroporto tem sim todas as condições de receber um voo da Copa a médio prazo, da mesma forma que já recebe o da Latam vindo de LIM.
  • Ariel and Hirondelle like this

#4 vitordos

vitordos
  • Usuários
  • 206 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Salvador/BA/Brasil
  • Data de Nascimento:25/11/1977

Posted 13 de February de 2018 - 12:02

Quando vai tomar uma decisão de compra qualquer, caro SA280, você não avalia uma série de aspectos com pesos diferentes para cada um deles embasando sua decisão final?
Os que mencionei, como mero passageiro-frequente e leigo em aviação, diferente de muitos aqui no fórum, são apenas alguns deles, que terão peso maior ou menos na decisão de quem fizer o investimento - da mesma forma que todos nós, e você também, avalia fatores para basear decisões.
Não se precisa nunca desqualificar o argumento do outro para reforçar o seu próprio; pra dizer o mínimo, não é democrático, principalmente num lugar que se chama de "fórum", não é??



#5 frcanhete

frcanhete
  • Usuários
  • 690 posts
  • Gender:Male
  • Location:Foz do Iguaçu - Paraná - Brasil
  • Cidade/UF/País:Foz do Iguaçu/PR/BR
  • Data de Nascimento:24/01/1986

Posted 13 de February de 2018 - 13:28

Bom, com o pacotão no Congresso ele conseguiu verba para a reforma do aeroporto, vamos ver se consegue também ampliar a pista. 

 

https://foz.portalda...ril-diz-giacobo

 

Falei com o Piolla semana passada sobre a ida para este evento, ele me disse que a Copa iniciará sim ou sim em Foz com 737 Max que podem pousar em IGU mesmo com a atual pista. Eu não sei tecnicamente se pode mesmo mas ele estava bem esperançoso. 

 

Vamos esperar e ver né, o ideal que saia esta ampliação da pista, abraços. 



#6 ErickCF

ErickCF
  • Usuários
  • 187 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Brasil
  • Data de Nascimento:00/00/0000

Posted 13 de February de 2018 - 13:46

Quando vai tomar uma decisão de compra qualquer, caro SA280, você não avalia uma série de aspectos com pesos diferentes para cada um deles embasando sua decisão final?
Os que mencionei, como mero passageiro-frequente e leigo em aviação, diferente de muitos aqui no fórum, são apenas alguns deles, que terão peso maior ou menos na decisão de quem fizer o investimento - da mesma forma que todos nós, e você também, avalia fatores para basear decisões.
Não se precisa nunca desqualificar o argumento do outro para reforçar o seu próprio; pra dizer o mínimo, não é democrático, principalmente num lugar que se chama de "fórum", não é??

Concordo com você quanto a qualidade da infraestrutura aeroportuária, mas como um adendo. Não acredito que certos 'problemas' (como falta de conexão WiFi) possam afetar o potencial turístico do local, pois seguindo esta lógica, não haveriam dezenas de vôos de ócio para destinos na América Latina como Cuba, onde há cidades com belas praias, luxuosos hotéis mas o aeroporto possui um 'barracão' como terminal. Recentemente um amigo cubanoamericano postou uma foto de um aeroporto, não recordo de qual cidade, onde haviam no mínimo uns três widebody no pátio e a fila de passageiros esperando embaixo do sol para passar pela imigração, já que o 'terminal' (nem sei se posso chamar aquilo de terminal) não cabe mais que trinta pessoas. E o que eu acho mais engraçado é que quando o brasileiro sai de férias por estes locais exóticos, não reclamam de aeroporto. Mas quando chega pisa na 'terra brasilis', invoca o espírito 'lady aeropuerto'. 


  • Ariel likes this

#7 A345_Leadership

A345_Leadership
  • Moderador
  • 17,112 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Skunk Works
  • Data de Nascimento:14/05/1986

Posted 13 de February de 2018 - 14:06

Copa operando uns 2-3 semanais já é um bom começo, sem falar nas ligações do Cone Sul.



#8 qazwsx

qazwsx
  • Usuários
  • 13 posts
  • Cidade/UF/País:curitiba
  • Data de Nascimento:05/05/1980

Posted 13 de February de 2018 - 15:12

IGU é um destino quase que unicamente leisure, com uma demanda corporativa muito pequena, e para o passageiro turista, não importa muito se o aeroporto tem wi-fi gratuita, se é confortável, se tem duty-free, se tem cadeiras para todo mundo, se a fila do raio-x é demorada, se o horário do voo é horrível, etc...

 

Para este passageiro o que importa é que tenha voo e que ele seja barato.

 

O colega citou o exemplo de Cuba, mas eu posso citar uma experiencia pessoal minha em DBV(Dubrovnik), o terminal é pequeno, apertado, não tem wi-fi, tem poucas lojas, não tem cadeira para todo mundo, o ar-condicionado fraco, quando eu peguei voo lá, o sala de check-in e embarque estavas todos lotados, um monte de gente sentada no chão por que não tinha cadeira para todo mundo, gente sentada no meio-fio da rua na frente do aeroporto esperando abrir o check-in por que não tinha espaço dentro do terminal, eu fiquei sentado no chão da sala de embarque uns 45 minutos esperando o meu embarque.

 

Até comentei com o atendente do check-in: "Dia movimentado hoje?" e ele respondeu: "Hoje até que está calmo".

 

Ou seja, se o destino tem potencial turístico, segurança e infraestrutura para receber os turistas, ele vai atrais voos, não importa o conforto do terminal, basta ter ma pista decente e agilidade para embarcar e desembarcar todo mundo.



#9 LipeGIG

LipeGIG

    Staff Contato Radar

  • Administrador
  • 21,847 posts
  • Gender:Male
  • Location:Nova York
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:30/06/1972

Posted 15 de February de 2018 - 22:38

O que elas levam em consideração:

 

Pré: Acordo bilateral e slot no aeroporto

 

1) Demanda de origem - e para onde vai (não adianta em uma empresa que tem um hub "tesoura" que toda a demanda seja por exemplo para um ou dois destinos, o ideal é que seja pulverizada em toda a malha)

2) Demanda de destino - e de onde vem (não adianta em uma empresa que tem um hub "tesoura" que toda a demanda seja por exemplo de uma ou duas origens, o ideal é que seja pulverizada em toda a malha)

3) Custo da Operação vs Análise Demanda/Oferta

4) Custos Aeroportuárias (em função do layover de aeronave)

5) Local para tripulação (quando não for possível o turn-around do avião e tripulação) e sua segurança

6) Disponibilidade de Combustivel , Catering e Serviço de manutenção básico para a aeronave

7) Custos da montagem de estrutura comercial e administrativa (custo fixo) - Mão de obra

8) Horários compatíveis & Análise de aeroporto alternativo

9) Competição Existente e potencial competidores no futuro

10) Reação de outros concorrentes (mesmo que não sejam diretos)

11) Estrutura para passageiros (sala vip, etc)

 

E tem mais 2 que não lembrei agora de cabeça.



#10 Landing

Landing
  • Usuários
  • 11,578 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:br
  • Data de Nascimento:06/06/1966

Posted 16 de February de 2018 - 01:51

E tem mais 2 que não lembrei agora de cabeça.

Faltaram basicamente os fatores operacionais e de security.

 

Operacional temos:

Capacidade de manutenção, handling, catering, alfandega e imigração;

Qual é o cenário meteorológico predominante da localidade e os equipamentos e procedimentos disponíveis no aeroporto.

Performance da aeronave (qual aeronave é possível operar, e qual disponibilidade de assentos e carga);

Safety (os riscos da localidade e como mitiga-los).


  • LipeGIG likes this