Jump to content


Photo

Aeroporto de Lages: voos por instrumento permanecem suspensos


  • You cannot start a new topic
  • Please log in to reply
2 replies to this topic

#1 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 24,724 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 23 de April de 2018 - 12:38

Meus prezados

Aeroporto de Lages: voos por instrumento permanecem suspensos
Continuam suspensos os voos por instrumento no Aeroporto Antônio Correia Pinto de Macedo, em Lages. Esses voos funcionam com o uso de equipamentos nas aeronaves e também em solo, a fim de orientar os aviões durante decolagens e pousos em condições meteorológicas desfavoráveis.
A previsão é que sejam liberados após vistoria técnica do Centro Integrado de Defesa e Controle do Tráfego Aéreo (Cindacta II), que aguarda o encaminhamento de documentação da Infracea, empresa que administra o aeroporto. A empresa informa que toda a documentação foi encaminhada e espera o agendamento da visita dos técnicos do órgão ao aeroporto.
Sem a possibilidade de decolar ou pousar por instrumentos, alguns voos da Azul Linhas Aéreas, que destino ao Aeroporto Viracopos, em Campinas (SP), precisaram ser cancelados e os passageiros encaminhados para o Aeroporto Hercílio Luz, em Florianópolis, para seguir ao destino final.
O sócio-diretor da Infracea, Fernando Siqueira, afirma que disponibilizaram novos equipamentos de medição de pressão atmosférica (barômetros), e equipamento de medição das condições de vento (anemômetro), todos dentro do que exige a norma, testados e com os certificados de calibração emitidos por empresa certificada pelo Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro).
Vistoria do Cindacta II à estrutura, realizada em fevereiro deste ano, foram constatadas 31 não conformidades em relação às normas vigentes. Nesse sentido, a Estação Prestadora de Serviços de Telecomunicações e Tráfego Aéreo, que compreende os aparelhos como barômetro e anemômetro, foi considerada como reprovada e a operação por instrumentos suspensa, como forma de garantir a segurança e eficiência da navegação aérea.
Fernando reafirma que a empresa cumpriu todas as exigências apresentadas e que aguarda a análise final dessa documentação. Ele acrescenta que foram enviados ofícios para o Cindacta, solicitando a liberação da operação e também solicitando uma reunião para que possam avançar na análise e obter a autorização.
“Temos recebido a resposta que o processo ainda se encontra em análise, sendo necessário aguardar para a reunião solicitada ou nova inspeção”, ressalta. De acordo com Fernando, um dos diretores da Infracea, no último dia 17, esteve na sede do Cindacta em Curitiba e, após reunião, obteve a resposta que o processo permanece em análise, aguardando uma definição por parte do órgão.
Sobre a vistoria
O Cindacta informou que os documentos passaram por uma análise preliminar, e algumas não conformidades foram resolvidas. Porém, outras continuam pendentes, seja por que a proposta de solução não foi satisfatória ou por que a documentação pertinente ainda não foi enviada para análise. Em nota, o órgão ressalta que uma nova vistoria técnica será realizada na EPTA de Lages após o recebimento da documentação pertinente, que comprove que todas as não conformidades foram solucionadas.
Fonte: Camila Paes para CORREIO LAGEANO (SC) via CECOMSAER 23 ABR 2018



#2 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 24,724 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 13 de May de 2018 - 00:45

Meus prezados

PORTAL DO BARÃO (SC) - Reunião no Cindacta define prazos para voos por instrumentos

Uma reunião em Curitiba, entre o Segundo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta II), e a empresa Infracea, que administra o aeroporto de Lages, definiu na quinta-feira (10), os passos para que os voos por instrumento voltem a funcionar.

Cindacta vai priorizar

Um dos integrantes da comissão do voo regional da Associação Empresarial de Lages (Acil), Anderson de Souza, participou da reunião e contou que o Cindacta está empenhado em resolver o problema. “Disseram que quando a Infracea resolver as últimas cinco pendências, irão fazer a vistoria o mais rápido possível. Geralmente o prazo é de 45 dias, mas disseram que farão mais rápido, que nosso aeroporto é prioridade”.

Governo do Estado

Representando o Governo Estadual, Juliano Chiodelli, também disse que o Cindacta colocou o aeroporto de Lages como prioridade. “Pelo que nos foi passado, em 10 dias, as pendências são resolvidas e uma vistoria será marcada”.

“não conformidades”

Através de nota, o Cindacta disse que apresentou as “não conformidades” pendentes a serem solucionados para o retorno das operações de voos por instrumentos no Aeroporto Federal Antônio Correia Pinto de Macedo.

Correções

“Após a correção das não conformidades críticas, a empresa Infracea poderá solicitar nova vistoria para liberação dos voos por instrumentos no aeroporto”, diz a nota, que esclarece que as medidas são para garantir a segurança e eficiência da navegação aérea no aeroporto.

Infracea

O diretor da Infracea, Fernando Siqueira, disse que a reunião foi bem satisfatória. “São cinco medidas para restabelecer a operação, quatro foram atendidas e a outra, que era a manutenção do sistema, foi feita e nesta sexta-feira enviaremos o relatório”.

Expectativas

Depois disso, ele diz que o Cindacta analisará o relatório e tem 10 dias para dar retorno. “Acredito que façam isso em menos tempo, quando eles deferirem esta última exigência, pedimos uma vistoria formal e o prazo para finalizar é 45 dias, mas estou otimista que em 20 dias se resolva tudo”. Ou seja, a expectativa da Infracea é que em maio ou início de junho, os voos por instrumento voltem a funcionar em Lages.

Fotos: Cindacta/divulgação/Juliano Chiodelli

Fonte: Correio Lageano via CECOMSAER  12 MAI 2018


Edited by jambock, 13 de May de 2018 - 00:45 .


#3 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 24,724 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 27 de May de 2018 - 11:07

Meus prezados

Voos por instrumentos são liberados no aeroporto de Lages
A medida tem efeito imediato, e qualquer avião já pode operar com auxílio dos equipamentos.

Uma notícia aguardada há mais de dois meses acaba de chegar a Lages. Na tarde desta sexta-feira, dia 25, o prefeito Antonio Ceron recebeu um telefonema do coronel aviador Marcos Kentaro Adachi, comandante do Segundo Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta 2), da Força Aérea Brasileira, confirmando a liberação do aeroporto da cidade para voos por instrumento. A medida tem efeito imediato, e qualquer avião já pode operar com o auxílio dos equipamentos.

A liberação da Aeronáutica é resultado de uma reunião realizada no último dia 7, no gabinete do prefeito, quando foram elencadas as 36 não conformidades que impediam os voos por instrumento e causavam grande transtorno aos usuários dos voos.

Na ocasião, o prefeito determinou à Infracea, empresa responsável pela administração do aeroporto, que providenciasse todas as correções com a máxima urgência. Nesta semana, os militares do Cindacta vistoriaram o aeroporto. E após grande expectativa, a boa notícia veio na tarde desta sexta-feira.

Fonte: LAGES DIÁRIO via CECOMSAER 27 MAI 2018


Edited by jambock, 27 de May de 2018 - 11:07 .