Jump to content


Photo

Rolls-Royce identifica mais problemas com motores de jatos da Boeing


  • You cannot start a new topic
  • Please log in to reply
5 replies to this topic

#1 leelatim

leelatim
  • Usuários
  • 9,451 posts
  • Gender:Male
  • Location:São Paulo
  • Cidade/UF/País:Sao Paulo
  • Data de Nascimento:25/01/1977

Posted 11 de June de 2018 - 23:04

Rolls-Royce identifica mais problemas com motores de jatos da Boeing

Por Dow Jones Newswires
A Rolls-Royce informou nesta segunda-feira que identificou um novo problema com seus motores Trent 1000 utilizados em alguns jatos da americana Boeing. O novo contratempo vai aumentar ainda mais os custos que a empresa está tendo que absorver para verificar e reparar vários motores usados em alguns aviões 787 Dreamliner, da Boeing, disse a fabricante de motores de aviões do Reino Unido.

A companhia afirmou que vai conduzir inspeções de 166 motores Trent 1000 do Pacote B conforme acordo acertado com a Boeing e diversas autoridades reguladoras do mundo.

Em abril último, a Rolls-Royce já havia avisado que iria realizar verificações extras em uma versão mais recente do motor Trent 1000, chamado Package C.

As companhias aéreas tiveram que deixar em solo aviões e alugar aeronaves alternativas por causa dessas inspeções. Órgãos reguladores impuseram como precaução limites a alguns aviões com motor Trent 1000 voando sobre o oceano.

A Rolls-Royce havia estimado anteriormente que seria afetada em 340 milhões de libras (US$ 455,7 milhões) em custos para inspeções adicionais e correções de motores do Dreamliner e outras turbinas que alimentam os superjumbos do A380 da Airbus neste ano.

A fabricante também afirmou que espera introduzir uma correção nos motores do Pacote C a partir do final deste ano. A empresa disse que não sabe ao certo qual correção pode ser necessária para o novo problema ou quando ele pode estar pronto. Anteriormente havia dito que poderia levar até 2021 para consertar todos os motores dos Dreamliners e dos A380.

Apesar dos custos adicionais, a empresa reiterou sua meta de 2018 para obter um fluxo de caixa livre de cerca de 450 milhões de libras esterlinas, com margens de mais ou menos 100 milhões de libras esterlinas.

Fonte: amp.valor.com.br

#2 Sandro

Sandro
  • Usuários
  • 1,617 posts
  • Gender:Male
  • Location:São Leopoldo - RS
  • Cidade/UF/País:São Leopoldo RS Brasil
  • Data de Nascimento:20/07/1973

Posted 12 de June de 2018 - 09:53

a GE nao deve estar Triste. 



#3 leelatim

leelatim
  • Usuários
  • 9,451 posts
  • Gender:Male
  • Location:São Paulo
  • Cidade/UF/País:Sao Paulo
  • Data de Nascimento:25/01/1977

Posted 12 de June de 2018 - 12:20

Que problemas seriam esses no A380? Não sabia até então de nada

#4 Schonarth

Schonarth
  • Usuários
  • 821 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:BSB/JOI
  • Data de Nascimento:03/10/1986

Posted 12 de June de 2018 - 13:53

Que problemas seriam esses no A380? Não sabia até então de nada


Foi um caso de um a380 que pedeu parte de um dos motores em vôo e fez um pouso de emergência no norte do Canadá.

#5 leelatim

leelatim
  • Usuários
  • 9,451 posts
  • Gender:Male
  • Location:São Paulo
  • Cidade/UF/País:Sao Paulo
  • Data de Nascimento:25/01/1977

Posted 12 de June de 2018 - 17:36

Foi um caso de um a380 que pedeu parte de um dos motores em vôo e fez um pouso de emergência no norte do Canadá.


Tá ,mas esse seria um caso isolado e não um problema crônico nos motores do A380, vide é com os B787

#6 Caravelle

Caravelle
  • Usuários
  • 4,085 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre, República Rio-Grandense, Brasil
  • Data de Nascimento:22/09/1976

Posted 12 de June de 2018 - 18:12

Foi um caso de um a380 que pedeu parte de um dos motores em vôo e fez um pouso de emergência no norte do Canadá.

 

Esse não era motor RR, era EA, GE com PW.