Jump to content


Photo

[MALHA GOL] Novo BSB-BUE


  • You cannot start a new topic
  • Please log in to reply
93 replies to this topic

#21 A345_Leadership

A345_Leadership
  • Moderador
  • 19,978 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Skunk Works
  • Data de Nascimento:14/05/1986

Posted 29 de August de 2018 - 14:52

Nao necessariamente devem ser diarios. Com 3 ou 4 voos por semana ja seria bom, mais ainda se resulta em uma maior reducao do imposto para combustivel

Mesmo assim não sustentam. Veja que a Amaszonas Paraguay não consegue tirar 40% do GRU-ASU, mesmo usando CRJ100.

 

São mercados diminutos, que poderiam ser atendidos com aeronaves menores e poucas frequências, mas a distância de BSB para estas cidades inviabiliza estas operações.

 

Os voos que acho mais prováveis de surgirem na GOL nos próximos 2 a 3 anos.

BSB-CUN
BSB-HAV

GRU-LIM ou BSB-LIM
GRU-BOG ou BSB-BOG

Apesar da maior demanda desses dois destinos ser a partir de GRU, essas rotas são bem estabelecidas e dominadas por LATAM e Avianca (com muitas frequências operadas por widebody, inclusive) e a entrada de um novo player geraria uma carnificina tarifária durante um bom tempo (como está acontecendo com GRU-SCL desde a entrada da Avianca, por exemplo), que não sei se a GOL está disposta a enfrentar.

De BSB a GOL não teria concorrentes diretos e poderia usar o forte hub que possui no local para alimentar o voo com conexões de todos os cantos do país com um total trip time menor de que quem precisa fazer conexão em GRU, além de contar com um O&D que não deve ser desprezível.

BSB dá um ótimo hub caribenho para quem vem do Centro-Sul: CUN, PUJ, AUA e HAV

 

 

Nesse momento a PromPeru negocia com a GOL e/ou Latam um voo entre BSB e LIM. Dado a força da Latam em LIM e BSB, esse voo faz mais sentido ser operado pela Latam, porém a GOL é muito mais ágil nas decisões. BOG eu acredito que seja rota para a Avianca e pode ser anunciado ainda esse ano. De qualquer forma acho prudente que esses voos sejam iniciados com cautela, com operações que sejam ao menos perto do breakeven dado o valor do dólar e as incertezas que pairam sobre a economia do Brasil. Se chover voos veremos uma enxurrada de cancelamentos em pouco tempo, o que não é bom para ninguém.

Não entendo como BSB-LIM foi descontinuado pela TA, tinha aeronave adequada para tal (E190) e o hub em Lima. O mesmo vale quando fez SJO-BOG-BSB.



#22 Schonarth

Schonarth
  • Usuários
  • 1,334 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:BSB/JOI
  • Data de Nascimento:03/10/1986

Posted 29 de August de 2018 - 15:59

A Gol bem que poderia colocar algumas frequências de suas bases que não tem voos diretos para BSB para alimentar esses internacionais. Algo como segunda e quinta voo da base X, terça e sábado da Y e assim por diante. 

 

Além de tornar mais atrativo para o PAX que precisaria fazer apenas uma conexão para chegar aos EUA ainda fortaleceria o HUB em BSB praticamente sem gerar custos adicionais (as bases já existem) e poderia gerar uma rota de conexão alternativa pra quem faz SUL - NORDESTE.


Edited by Schonarth, 29 de August de 2018 - 16:00 .


#23 Abel_BSB

Abel_BSB
  • Usuários
  • 2,090 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Brasilia/DF/Brasil
  • Data de Nascimento:27/03/1972

Posted 29 de August de 2018 - 16:16

A Gol bem que poderia colocar algumas frequências de suas bases que não tem voos diretos para BSB para alimentar esses internacionais. Algo como segunda e quinta voo da base X, terça e sábado da Y e assim por diante. 

 

Além de tornar mais atrativo para o PAX que precisaria fazer apenas uma conexão para chegar aos EUA ainda fortaleceria o HUB em BSB praticamente sem gerar custos adicionais (as bases já existem) e poderia gerar uma rota de conexão alternativa pra quem faz SUL - NORDESTE.

 

Faltam VIX e FLN, além de outras já atendidas por GRU/CGH (interior de SP e PR). VIX e FLN devem voltar a ter voos para BSB em 2019 pela GOL assim que chegarem novas aeronaves. De qualquer forma, GRU já atende essas localidades para voos para os EUA através da DL.



#24 Abel_BSB

Abel_BSB
  • Usuários
  • 2,090 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Brasilia/DF/Brasil
  • Data de Nascimento:27/03/1972

Posted 29 de August de 2018 - 16:19

Mesmo assim não sustentam. Veja que a Amaszonas Paraguay não consegue tirar 40% do GRU-ASU, mesmo usando CRJ100.

 

São mercados diminutos, que poderiam ser atendidos com aeronaves menores e poucas frequências, mas a distância de BSB para estas cidades inviabiliza estas operações.

 

BSB dá um ótimo hub caribenho para quem vem do Centro-Sul: CUN, PUJ, AUA e HAV

 

Não entendo como BSB-LIM foi descontinuado pela TA, tinha aeronave adequada para tal (E190) e o hub em Lima. O mesmo vale quando fez SJO-BOG-BSB.

 

LIM tinha tudo para se consolidar mas mudaram o voo para BOG e depois cancelaram. Acredito que não era rentável o suficiente para manterem ou então tinham rotas melhores para alocar os aviões. 



#25 Delmo

Delmo
  • Usuários
  • 1,043 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:CDG / DXB
  • Data de Nascimento:27/07/1983

Posted 29 de August de 2018 - 16:38

LIM-BSB da Taca tem uma história especial.

 

Do passado recente, foi o voo internacional desbravador, que impulsionou os outros. Até meados de 2007, Brasília só tinha BSB-POA-EZE e uns BSB-POA-COR/ROS da GOL.

 

Quem começou a desbravar opções internacionais em Brasília foi justamente a TACA, visando a Flórida.

 

Assim que a Taca anunciou LIM-BSB de E175, imediatamente a LAN lançou LIM-BSB com horários idênticos com A319.

 

Em seguida, entrou a Delta no ATL-BSB 3x de 757.

 

TAM lança MIA-BSB.

 

LIM ficou fraco e a Avianca troca LIM por SJO-BOG-BSB.

 

Entra American. Flórida bem fácil, dólar a R$ 1,70.

 

LAN abandona também LIM-BSB.

 

Avianca se retira de vez de Brasília, numa época em que o grupo Synergy nem integrado era.

 

Já hoje, BSB per se, sem alimentação, não sustenta LIM. Com conexões, é algo a se fomentar com bastante facilidade.


Edited by Delmo, 29 de August de 2018 - 16:41 .

  • A345_Leadership, Murundum, Abel_BSB and 1 other like this

#26 cjcsafstrand

cjcsafstrand
  • Usuários
  • 350 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:paraguay
  • Data de Nascimento:20/03/1984

Posted 29 de August de 2018 - 17:18

Mesmo assim não sustentam. Veja que a Amaszonas Paraguay não consegue tirar 40% do GRU-ASU, mesmo usando CRJ100.
 
São mercados diminutos, que poderiam ser atendidos com aeronaves menores e poucas frequências, mas a distância de BSB para estas cidades inviabiliza estas operações.
 
BSB dá um ótimo hub caribenho para quem vem do Centro-Sul: CUN, PUJ, AUA e HAV
 
Não entendo como BSB-LIM foi descontinuado pela TA, tinha aeronave adequada para tal (E190) e o hub em Lima. O mesmo vale quando fez SJO-BOG-BSB.

Lembre que Amaszonas tem competência com LATAM e Gol na rota GRU-ASU-GRU, onde as últimas oferecen destinos nacionais e internacionais além de GRU e é isso que a Amaszonas não tem. Se a Gol decidir lançar por exemplo ASU-BSB-ASU, esse voo pode levar passageiros para MIA e MCO, e também passageiros com destino final no Brasil utilizando o hub de BSB. Por dar um exemplo, a Copa airlines tem alguns dias 2 voos com só 10 minutos de diferença na saída, levando a maioria passageiros para USA. Tem dias que opera 3 voos por dia

#27 FCRO

FCRO
  • Usuários
  • 1,026 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:jacarei/sp/brasil
  • Data de Nascimento:11/06/1987

Posted 29 de August de 2018 - 20:52

LIM-BSB da Taca tem uma história especial.
 
Do passado recente, foi o voo internacional desbravador, que impulsionou os outros. Até meados de 2007, Brasília só tinha BSB-POA-EZE e uns BSB-POA-COR/ROS da GOL.
 
Quem começou a desbravar opções internacionais em Brasília foi justamente a TACA, visando a Flórida.
 
Assim que a Taca anunciou LIM-BSB de E175, imediatamente a LAN lançou LIM-BSB com horários idênticos com A319.
 
Em seguida, entrou a Delta no ATL-BSB 3x de 757.
 
TAM lança MIA-BSB.
 
LIM ficou fraco e a Avianca troca LIM por SJO-BOG-BSB.
 
Entra American. Flórida bem fácil, dólar a R$ 1,70.
 
LAN abandona também LIM-BSB.
 
Avianca se retira de vez de Brasília, numa época em que o grupo Synergy nem integrado era.
 
Já hoje, BSB per se, sem alimentação, não sustenta LIM. Com conexões, é algo a se fomentar com bastante facilidade.


Só corrigindo que o único Embraer que a taca operou foi o 190

#28 Leirbag

Leirbag
  • Membro Honorário
  • 6,157 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro/RJ/Brasil
  • Data de Nascimento:15/12/1987

Posted 29 de August de 2018 - 22:22

Eu acho que a GOL vai focar em BSB nos futuros lançamentos de suas rotas internacionais e o lançamento desse BSB-EZE parece corroborar essa minha linha de pensamento.

GRU mal ou bem está quase saturado nos horários nobres e a concorrência é muito pesada. Um novo player em qualquer rota já existente, como GRU-LIM/BOG por exemplo, vai sangrar um bocado durante um bom tempo até se estabelecer. Eu me pergunto o quanto a GOL estaria disposta a sangrar para se estabelecer nessas rotas.
O GRU-UIO foi uma boa sacada pois a empresa não terá concorrentes diretos e certamente houve incentivos por parte da Quiport.

BSB hoje é um mercado importantíssimo pra GOL, tem boa infra-estrutura, capacidade de expansão, a localização permite que o 737 MAX alcance muito mais destinos em relação a GIG/GRU e a concorrência no mercado internacional é baixa.

Fora isso, BSB tem um mercado local razoável e permite um back track menor que GRU para a maioria dos destinos nas Américas, reduzindo o tempo total de viagem dos passageiros em conexão, o que pode se tornar uma vantagem competitiva.

Acho que até o fim de 2020 a empresa pode acrescentar de 3 a 5 novos destinos internacionais em Brasília além dos já anunciados MIA/MCO/EZE. Vai depender do dólar e da nossa economia. Vejo CUN/HAV/LIM/BOG/PUJ/SCL como potenciais candidatos, nessa ordem de preferência.
  • SimpleMan, josue lana and Abel_BSB like this

#29 A345_Leadership

A345_Leadership
  • Moderador
  • 19,978 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Skunk Works
  • Data de Nascimento:14/05/1986

Posted 30 de August de 2018 - 11:05

Lembre que Amaszonas tem competência com LATAM e Gol na rota GRU-ASU-GRU, onde as últimas oferecen destinos nacionais e internacionais além de GRU e é isso que a Amaszonas não tem. Se a Gol decidir lançar por exemplo ASU-BSB-ASU, esse voo pode levar passageiros para MIA e MCO, e também passageiros com destino final no Brasil utilizando o hub de BSB. Por dar um exemplo, a Copa airlines tem alguns dias 2 voos com só 10 minutos de diferença na saída, levando a maioria passageiros para USA. Tem dias que opera 3 voos por dia

Desculpa a insistência, mas o mercado de ASU é pequeno, seu aeroporto movimentou menos que IGU ou LDB. A Amaszonas não consegue nem encher voos onde ela tem monopólio (GIG, CWB e CGR), que seriam destinos naturais para ASU. O mercado paraguaio tem muita relação econômica com SP, PR e MS. Veja que MIA só tem espaço para um voo e MAD tem que casar com COR, ainda operado 2 ou 3x por semana.

 

A Copa oferece mais de 20-30 destinos ao norte de PTY, enquanto G3 dois por enquanto. Por isso que ela consegue ter mais partidas. Quem sabe daqui 5 anos, quando (oxalá) a malha internacional da Gol em BSB seja bem robusta para justificar um BSB-ASU.



#30 TheJoker

TheJoker
  • Usuários
  • 8,217 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:06/01/1986

Posted 30 de August de 2018 - 21:16

Essa estratégia de tirar algumas frequências de outros destinos pra criar o EZE-BSB, deve-se a dificuldade da G3 em conseguir 500-600 pax por dia pra alimentar os novos voos.

 

Em jul18, GRU-MIA/MCO (AA/JJ/O6/DL)  56.914 pax

                EZE-MIA                                    36.500

                SCL-MIA/MCO                           23.129

 

Se a G3 conseguir trazer 30 a 40 pax de EZE por dia pra conectar com MIA/MCO, faz muita diferença.

 

Jul18 todas as empresas

BR-MIA       68.148 pax         jul17  74.542    -8,6%     G3 176 assentos (já descontando os bloqueados) x 2 x 31 = 10.912 assentos x 80% = 8.730 pax  +12,8%

BR-MCO     35.379               30.674   +15,3%                    idem                                                                                                                          = 8.730        +24,7%

BR-NYC      41.125               37.296   +10,3%                                          

BR-FLL       16.541                 9.199    +79,8%

BR-ATL       14.537               16.571    -12,3%

BR-IAH       11.914                12.384   -3,8%

GRU-ORD   7.571                  7.321   +3,4%

GRU-LAX    7.185                  7.523    -4,5%

GRU-DFW   6.383                  7.522    -15,1%

GRU-IAD     5.893                  6.282    -6,2%

GRU-BOS    3.429

GRU-DTW   2.627                  2.890    -9,1%

GRU-LAS    2.429

 

Total         223.161             212.204    +5,2%   G3 vai tentar +17.460 (+7,8%)       

 

E a CM     51.493                 49.801    +3,4%


Edited by TheJoker, 30 de August de 2018 - 21:17 .


#31 TheJoker

TheJoker
  • Usuários
  • 8,217 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:06/01/1986

Posted 03 de September de 2018 - 17:59

E a JJ que de jan a mar18 tinha voo diário, vai operar só 3 vps.

 

H JJ8126 01NOV02NOV 0004500 220321 0030EZEEZE J
H JJ8126 03NOV03NOV 0000060 220321 0035EZEEZE J
H JJ8126 07NOV14FEB 0034000 220321 2330EZEEZE J
H JJ8126 09NOV15FEB 0000500 220321 2335EZEEZE J
H JJ8126 21FEB29MAR 0004500 220321 0030EZEEZE J
H JJ8126 23FEB30MAR 0000060 220321 0035EZEEZE J
 
Saiu o W18 no site de BSB.


#32 leelatim

leelatim
  • Usuários
  • 9,892 posts
  • Gender:Male
  • Location:São Paulo
  • Cidade/UF/País:Sao Paulo
  • Data de Nascimento:25/01/1977

Posted 04 de September de 2018 - 11:01

E a JJ que de jan a mar18 tinha voo diário, vai operar só 3 vps.
 
H JJ8126 01NOV02NOV 0004500 220321 0030EZEEZE J
H JJ8126 03NOV03NOV 0000060 220321 0035EZEEZE J
H JJ8126 07NOV14FEB 0034000 220321 2330EZEEZE J
H JJ8126 09NOV15FEB 0000500 220321 2335EZEEZE J
H JJ8126 21FEB29MAR 0004500 220321 0030EZEEZE J
H JJ8126 23FEB30MAR 0000060 220321 0035EZEEZE J
 
Saiu o W18 no site de BSB.


Mas esse voo não é diário de A321?

#33 TheJoker

TheJoker
  • Usuários
  • 8,217 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:06/01/1986

Posted 04 de September de 2018 - 12:32

Mas esse voo não é diário de A321?

Desde abril opera com menos frequências, e alterna 320/1.

 

jan18  11.811  pax     62 voos ida+volta

fev      10.517            56

mar     10.962            57

abr       6.975             41

mai      5.993             42

jun       5.201             41

jul        6.127             35

 

ANAC


Edited by TheJoker, 04 de September de 2018 - 12:33 .


#34 Abel_BSB

Abel_BSB
  • Usuários
  • 2,090 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Brasilia/DF/Brasil
  • Data de Nascimento:27/03/1972

Posted 04 de September de 2018 - 19:00

Prezados,

 

Abaixo os slots do BSB-BUE

 

HG37688 01DEC16FEB 1034560 18673H 1150EZEEZE J
HG37688 02DEC10FEB 0000007 18673H 1150EZEEZE J
HG37688 18FEB30MAR 1034560 18673H 1250EZEEZE J
HG37688 24FEB24MAR 0000007 18673H 1250EZEEZE J
HG37689 01DEC16FEB 1034560 18673H EZEEZE1015 J
HG37689 02DEC10FEB 0000007 18673H EZEEZE1015 J
HG37689 17FEB24MAR 0000007 18673H EZEEZE1115 J
HG37689 18FEB30MAR 1034560 18673H EZEEZE1115 J

 

Em relação à operação da Latam no BSB-BUE, operou 7x até março, em abril passou a operar com 5x, depois baixou para 4x e em novembro passará a operar 3x de A321. Acredito que a TAM esteja com limitações nas frequências em função das novas rotas no NE. De qualquer forma, BSB-BUE saltará para 9x na semana, o que já será suficiente para o mercado daqui.


  • josue lana likes this

#35 Abel_BSB

Abel_BSB
  • Usuários
  • 2,090 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Brasilia/DF/Brasil
  • Data de Nascimento:27/03/1972

Posted 04 de September de 2018 - 19:08

Essa estratégia de tirar algumas frequências de outros destinos pra criar o EZE-BSB, deve-se a dificuldade da G3 em conseguir 500-600 pax por dia pra alimentar os novos voos.

 

Com o dólar na casa dos R$ 4,15, não só a Gol terá dificuldade em encher aviões para os EUA e ainda conta ao seu favor o desempenho do MAX.  E olha que R$ 4,15 poderá parecer pouco se alguns cenários se confirmarem. Portanto a estratégia de trazer algumas conexões da Argentina pode ser bem inteligente. Por outro lado, a conta da GOL em BSB certamente leva em consideração o impacto na redução do ICMS sobre o QAV, que baixará de 12% para 8%, podendo chegar a 7% caso seja adicionado mais um voo na América do sul. Dado o tamanho da malha em BSB, o impacto na rede será beeemmm interessante, principalmente nos voos em direção ao SUL (em SP o ICMS é de 25%).



#36 chico

chico
  • Usuários
  • 3,650 posts
  • Gender:Male
  • Location:Rio do Sul/SC/Brasil
  • Interests:Aviação, Automobilismo e Automóveis, Economia e Negócios
  • Cidade/UF/País:Rio do Sul/SC/Brasil
  • Data de Nascimento:22/05/1980

Posted 04 de September de 2018 - 19:21

 

E olha que R$ 4,15 poderá parecer pouco se alguns cenários se confirmarem. Portanto a estratégia de trazer algumas conexões da Argentina pode ser bem inteligente.

 

Não sei se dá pra contar muito com passageiros argentinos - o pessoal está achando ruim R$ 4,10-4,20 pra US$ 1, o que dirá do Peso argentino, que está na base de 40 pesos pra US$ 1 ??

 

A moeda deles se desvalorizou MUITO desde que o Macri assumiu...

 

Me lembro que viajei a poucos anos atrás (acho que 3 anos), e conseguíamos cerca de 3,0 - 3,50 pesos pra R$ 1,00 (e no câmbio "paralelo" até 4 pesos), agora a cotação oficial é de quase 10 pesos pra R$ 1,00, e isso que o Real deu uma boa desvalorizada frente ao dólar também...

 

Se a demanda aqui está caindo devido ao câmbio, na Argentina deve estar despencando...só se as companhias conseguiram captar turistas que vão pra Argentina, senão tá complicado...



#37 B737-8EH

B737-8EH
  • Usuários
  • 6,732 posts
  • Gender:Male
  • Location:São Paulo - São Paulo
  • Interests:Aviação
  • Cidade/UF/País:Campina Grande - Paraíba - Brasil
  • Data de Nascimento:01/09/1900

Posted 12 de September de 2018 - 04:27

Lembre que Amaszonas tem competência com LATAM e Gol na rota GRU-ASU-GRU, onde as últimas oferecen destinos nacionais e internacionais além de GRU e é isso que a Amaszonas não tem. Se a Gol decidir lançar por exemplo ASU-BSB-ASU, esse voo pode levar passageiros para MIA e MCO, e também passageiros com destino final no Brasil utilizando o hub de BSB. Por dar um exemplo, a Copa airlines tem alguns dias 2 voos com só 10 minutos de diferença na saída, levando a maioria passageiros para USA. Tem dias que opera 3 voos por dia


ASU precisa primeiro resolver seus graves problemas de infraestrutura....


BSB precisa primeiro voltar a dar resultado... Nem so de conexao vive o homem...

#38 thgsr08

thgsr08
  • Usuários
  • 936 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:BH/MG/BR
  • Data de Nascimento:18/02/1989

Posted 12 de September de 2018 - 09:52

Curioso pra saber como andam as vendas de BSB-MIA/MCO e FOR-MIA/MCO da G3. 



#39 LipeGIG

LipeGIG

    Staff Contato Radar

  • Administrador
  • 22,776 posts
  • Gender:Male
  • Location:Nova York
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:30/06/1972

Posted 12 de September de 2018 - 21:04

BSB para o Cone Sul enfrenta a dificuldade de que pra grande parte do Brasil é um desvio. BSB é bom pra Brasilia, Belem, Manaus, Campo Grande e Cuiaba. Não funciona nem para o Sul, nem para o Sudeste e nem para o Nordeste.

 

E pra complicar, não é destino turistico então vive de conexões e origem Brasil (de uma area restrita)



#40 boulosandre

boulosandre
  • Usuários
  • 7,971 posts
  • Gender:Male
  • Location:Sao Paulo - Lisbon
  • Interests:Travels, sports, culture, workout, airports, finance.
  • Cidade/UF/País:Sao Paulo- SP - Brasil
  • Data de Nascimento:08/10/1974

Posted 12 de September de 2018 - 21:22

BSB para o Cone Sul enfrenta a dificuldade de que pra grande parte do Brasil é um desvio. BSB é bom pra Brasilia, Belem, Manaus, Campo Grande e Cuiaba. Não funciona nem para o Sul, nem para o Sudeste e nem para o Nordeste.
 
E pra complicar, não é destino turistico então vive de conexões e origem Brasil (de uma area restrita)


Na verdade, pra CGR via GRU é 400mi mais próximo que via BSB e mesmo CGB é 100mi mais próximo via GRU
que BSB, ou seja, funciona mesmo somente para a Região Norte.