Jump to content


Photo

DECEA presta auxílio no aprimoramento do controle do espaço aéreo uruguaio


  • You cannot start a new topic
  • Please log in to reply
No replies to this topic

#1 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 24,864 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 10 de September de 2018 - 13:58

Meus prezados
DECEA presta auxílio no aprimoramento do controle do espaço aéreo uruguaio
A equipe adequou o sistema aos padrões exigidos pela Organização de Aviação Civil Internacional
41252_resize_620_380_true_false_null.jpg
Daisy Meireles, Tenente João Elias e Major Alle

Departamento de Controle do Espaço Aéreo (DECEA), localizado no Rio de Janeiro (RJ), auxiliou o Uruguai em relação à atualização do seu Sistema de Informação Aeronavegante (SISNOTAM). A solicitação foi feita pela Direção Nacional de Aviação Civil e Infraestrutura Aeronáutica (DINACIA) do país.

A Organização Militar brasileira disponibilizou uma equipe de profissionais especializados em Tecnologia da Informação e em Informações Aeronáuticas que, na semana de 6 a 10 de agosto, aperfeiçoaram o banco de dados de informação ao aeronavegante (NOTAM, do inglês Notice to Airmen) uruguaio.

A equipe do DECEA observou os padrões exigidos pela Organização de Aviação Civil Internacional (OACI), contribuindo para que o sistema uruguaio se torne ainda mais seguro, confiável e prático.
1536592387_i18824141408149548.jpg

Ao final da missão, o Diretor Nacional da DINACIA, Brigadeiro General de Aviação Antonio Alarcón, e o Diretor de Circulação Aérea, Tenente-Coronel Gabriel Falco, agradeceram toda a equipe do DECEA pelos serviços prestados e se dispuseram à cooperar com o Sistema de Controle do Espaço Aéreo Brasileiro (SISCEAB), sempre que for preciso.

Referência O SISCEAB é referência entre os países da América do Sul. Brasil, Paraguai, Uruguai e Argentina assinaram, em abril de 2017, uma Declaração de Interesse Fundacional, que promove uma iniciativa de trabalho conjunto, visando maior segurança operacional, qualidade de serviço e eficiência em nível regional, seja na capacitação do pessoal ou no aprimoramento dos sistemas relacionados ao controle do espaço aéreo.
Fonte: Agência Força Aérea via Defesanet 10 set 2018