Jump to content


Photo

US Marines desdobram primeiros caças F-35B no Oriente Médio


  • You cannot start a new topic
  • Please log in to reply
2 replies to this topic

#1 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 24,857 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 14 de September de 2018 - 08:53

Meus prezados
US Marines desdobram primeiros caças F-35B no Oriente Médio
F-35B-no-Oriente-M%C3%A9dio-1-1024x682.j
F-35B Lightning II decolando do USS Essex (LHD 2)

 

Os Fuzileiros Navais dos EUA (USMC) que estão treinando no Chifre da África verão um novo conjunto de asas realizando a clássica missão de apoio aéreo: o caça F-35B Lightning II Joint Strike Fighter.
Os F-35Bs são atribuídos ao Marine Fighter Attack Squadron (VMFA) 211 “Wake Island Avengers” e parte do elemento de combate aéreo desdobrado com a 13th Marine Expeditionary Unit (MEU). A 13th MEU e o Amphibious Ready Group (ARG) do USS Essex, com sede em San Diego, Califórnia, chegaram à área da 5ª Frota dos EUA e lançaram os F-35Bs a partir do convés do navio de assalto anfíbio USS Essex (LHD-2).
“Vamos exercitar toda a capacidade da aeronave sem priorizar uma específica. Tudo estará relacionado ao apoio dos Marines em terra”, disse o coronel Chandler Nelms, que comanda o 13º MEU, em Camp Pendleton, Califórnia, ao USNI News por telefone do Essex no sábado, quando o navio estava operando ao largo de Djibouti. “Temos a oportunidade de percorrer toda a gama de nossas capacidades enquanto estamos aqui.”
Durante duas semanas, os F-35B e o restante do poder de fogo de combate da 13th MEU irão treinar em áreas militares em Djibouti e nas águas internacionais ao largo da costa. Cerca de 4.500 fuzileiros navais e marinheiros com a 13th MEU e o Essex ARG – Essex,  USS Anchorage (LPD-23) e USS Rushmore (LSD-47) – estão participando do exercício TACR, que começou sábado, para Naval Amphibious Force, Task Force 51/5th Marine Expeditionary Brigade.
F-35B-no-Oriente-M%C3%A9dio-2-1024x683.j

 

USS-Essex.png

 

F-35B-Lightning-II-pousando-a-bordo-do-U
F-35B Lightning II pousando a bordo do USS Essex (LHD-2)
Fonte: FONTE: USNI / FOTOS: US Navy via site Poder Aéreo 12 set 2018


  • Murundum likes this

#2 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 24,857 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 27 de September de 2018 - 16:43

Meus prezados
Caças F-35B do USMC realizam primeiro ataque aéreo
F-35B-no-Oriente-M%C3%A9dio-1-1024x682.j
Caça F-35B Lightning II pronto para decolar do navio de assalto anfíbio USS Essex (LHD 2)

 

O caça F-35B Joint Strike Fighter dos EUA fez seu primeiro ataque aéreo nas últimas 24 horas, de acordo com três autoridades de defesa dos EUA.
O ataque ocorreu no Afeganistão contra um alvo fixo do Talibã. A aeronave envolvida era a variante do Corpo de Fuzileiros dos EUA (USMC) que voa a partir do navio de assalto anfíbio USS Essex.
O jato furtivo F-35 é considerado o sistema de armas mais caro da história, e seu desenvolvimento foi atingido por vários atrasos antes de ser considerado pronto para combate.
Ele é apontado como o futuro da aviação militar: uma aeronave letal e versátil que combina capacidades furtivas, velocidade supersônica, extrema agilidade e tecnologia de ponta de fusão de sensores, de acordo com a Lockheed Martin, principal fabricante do avião.
O F-35B é uma das três variantes do avião F-35 e o único com a capacidade de pousar verticalmente como um helicóptero. Ele também pode decolar de um espaço muito mais curto do que outros jatos de combate. A variante do Corpo de Fuzileiros Navais foi a primeira a ser designada como pronta para combate.
O F-35 tem sido o favorito do presidente Donald Trump, que elogiou a aeronave várias vezes por ser “invisível”. A aeronave tem capacidade reduzida para ser vista por radares adversários, mas não é invisível.
F-35B-Lightning-II-pousando-a-bordo-do-U

F-35B-landing-1024x503.jpg
Fonte: CNN via site Poder Aéreo 27 set 2018



#3 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 24,857 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 29 de September de 2018 - 12:07

Meus prezados
Acidente com caça F-35B do USMC nos EUA

F-35B-Yuma-1024x683.jpg
Lockheed Martin F-35B Lightning II

 

Um caça F-35B Lightning II Joint Strike Fighter do Corpo de Fuzileiros Navais dos EUA caiu nesta sexta-feira na Carolina do Sul, perto da Marine Corps Air Station (MCAS), em Beaufort, segundo a ABC News e outros meios de comunicação, citando autoridades militares.
O piloto ejetou e seu estado está sob observação, segundo o informe de um oficial. A aeronave militar, reconhecida como a arma mais cara dos Estados Unidos, caiu pouco antes do meio-dia em um acidente de Classe A a apenas oito quilômetros da estação aérea, informou o Gabinete do Xerife do Condado de Beaufort ao jornal The Herald.
Um acidente de Classe A é um incidente grave envolvendo mais de US$ 2 milhões em danos ou a destruição total da aeronave.
O MCAS na Carolina do Sul é o lar de cinco esquadrões de F/A-18 e um esquadrão de F-35B.
O acidente acontece apenas um dia depois que o F-35B do USMC atingiu um importante marco no Afeganistão, onde a aeronave fez sua estreia em combate na quinta-feira contra alvos do Talibã.
Embora tenham ocorrido acidentes, incêndios e incidentes, como quando um F-35B pegou fogo há dois anos, isso marca o primeiro acidente do F-35, informou o Corpo de Fuzileiros Navais.
Fonte:  site Poder Aéreo 28 set 2018