Jump to content


Photo

[MALHA EMIRATES] Reduções temporárias GIG e GRU


  • This topic is locked This topic is locked
44 replies to this topic

#41 TheJoker

TheJoker
  • Usuários
  • 8,722 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:06/01/1986

Posted 20 de December de 2018 - 17:46

Novembro parece que foi mais fraco do que outubro, pra todas as empresas.  Até LX que teve 91,4% de LF médio nos 10M18, caiu pra 84% em novembro. BA fez 36 voos GRU-LHR com LF de 62,1%, na volta foram 37 voos com 70%  :jawdrop:



#42 boulosandre

boulosandre
  • Usuários
  • 8,016 posts
  • Gender:Male
  • Location:Sao Paulo - Lisbon
  • Interests:Travels, sports, culture, workout, airports, finance.
  • Cidade/UF/País:Sao Paulo- SP - Brasil
  • Data de Nascimento:08/10/1974

Posted 20 de December de 2018 - 18:56

Novembro parece que foi mais fraco do que outubro, pra todas as empresas.  Até LX que teve 91,4% de LF médio nos 10M18, caiu pra 84% em novembro. BA fez 36 voos GRU-LHR com LF de 62,1%, na volta foram 37 voos com 70%  :jawdrop:


Olhando outros números, vê-se mesmo que novembro foi fraco. Dezembro começa a alta temporada e os números devem melhorar novamente. 84% para a LX é um excelente resultado, lembrando do grande aumento da capacidade substituindo o 340 pelo 773. A BA já tinha começado os voos extras com os 789 em novembro? Destes 62/70%, seria interessante ver as ocupações nas classes C e P dos 773 e 789 que servem GRU. Encher Y com promoções na baixa estação é bem mais fácil e menos lucrativo.

#43 rbullara

rbullara
  • Usuários
  • 2,414 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Rio/Niterói
  • Data de Nascimento:14/08/1979

Posted 31 de December de 2018 - 09:26

Tem um cenário se desenhando por aí, que não vi ninguém falando.
A aproximação do novo governo com Tel Aviv deve diminuir consideravelmente os negócios entre BR e países árabes.
O que pode causar uma queda de Pax principalmente para a QR e a EK.
  • Landing likes this

#44 Delmo

Delmo
  • Usuários
  • 1,091 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:CDG / DXB
  • Data de Nascimento:27/07/1983

Posted 31 de December de 2018 - 11:03

Tem um cenário se desenhando por aí, que não vi ninguém falando.
A aproximação do novo governo com Tel Aviv deve diminuir consideravelmente os negócios entre BR e países árabes.
O que pode causar uma queda de Pax principalmente para a QR e a EK.

 

Só haverá atrito se transferirem a capital pra Jerusalém, o que é consenso geral ser uma atitude que não gera ganho nenhum pro Brasil, puramente ideológica.

Se o novo presidente for coerente, não fará a transferência, pois critica sempre que as relações exteriores têm seguido viés ideológico.

 

Pois bem, Emirados e Catar são extremamente abertos a ter relações com Israel. O xeque de Dubai já declarou em entrevista que deseja estabelecer relações com o Estado judeu, desde que cheguem a um senso comum.

Até o governo saudita já sinalizou neste sentido.

 

Então se aproximar de Israel não é mais problema pra relações diplomáticas. Discordo de vc.

 

Quanto à Emirates (e aí se encaixa a QR), elas vivem de conexão, apenas 20% têm DXB / DOH como destino. Então mesmo se abalasse o comércio, não abalaria estas duas.


  • Landing, emmerich, Murundum and 1 other like this

#45 FCRO

FCRO
  • Usuários
  • 1,091 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:jacarei/sp/brasil
  • Data de Nascimento:11/06/1987

Posted 06 de January de 2019 - 22:54

Tem um cenário se desenhando por aí, que não vi ninguém falando.
A aproximação do novo governo com Tel Aviv deve diminuir consideravelmente os negócios entre BR e países árabes.
O que pode causar uma queda de Pax principalmente para a QR e a EK.


Se alguém tiver os dados pra ilustrar
Mas acho que a maior parte dos passgeiros provenientes do brasil sao conexões para Índia,sudoeste asiático e extremo Oriente e não para os países arabes