Jump to content


Photo

Endividada, Avianca Brasil pode perder aviões na Justiça


  • This topic is locked This topic is locked
227 replies to this topic

#1 Dinämica da Operação

Dinämica da Operação
  • Usuários
  • 1,190 posts
  • Gender:Male
  • Location:Sampa/Rio
  • Interests:Navios.
  • Cidade/UF/País:RIO/SAMPA
  • Data de Nascimento:30/05/1980

Posted 06 de December de 2018 - 06:37

Endividada, Avianca Brasil pode perder aviões na Justiça Empresa tinha R$ 1,168 bilhão em dívidas com vencimento no prazo de até um ano em junho

 

6.dez.2018 às 2h30

 

Maria Cristina Frias

 

Ao menos duas empresas que arrendam aeronaves para a Avianca Brasil entraram na Justiça contra a companhia aérea para pedir a retomada dos aviões por falta de pagamento.

No caso mais recente, a subsidiária irlandesa da BOC Aviation venceu, em primeira instância, processo contra a aérea para reaver dois Airbus A320-351N. A Avianca recorreu da sentença.

O despacho da decisão, de 26 de novembro, autoriza “a requisição de reforço policial e ordem de arrombamento, se necessário”.

15312629495b4537e56aa1f_1531262949_3x2_m
Avião da companhia aérea Avianca Brasil no aeroporto de Cumbica, em Guarulhos. - Amanda Perobelli - 7.mai.17/UOL

 

 

O juiz Cesar Augusto Vieira Macedo negou pedido da Avianca para que o processo tramite em segredo de Justiça.

A coluna apurou com pessoas familiarizadas com a ação judicial que o pagamento não era feito havia pelo menos dois meses. O valor da causa é de R$ 3,5 milhões.

A empresa tinha, em junho, R$ 1,168 bilhão em dívidas com vencimento no prazo de até um ano, segundo as demonstrações contábeis apresentadas à Anac (órgão regulador do setor aéreo).

O capital circulante líquido na época era negativo. “Isso significa que a companhia tinha mais a pagar que a receber no período de um ano. O valor devido em empréstimos financeiros era alto”, diz Michael Viriato, professor do Insper.

“Parte dos R$ 306 milhões de financiamentos a pagar tinha juros de 7,2% ao ano mais o CDI [Certificado de Depósito Interbancário]. É uma taxa bastante elevada”, observa.

“Os arrendamentos se tornaram mais volumosos no último ano, e a dívida é elevada se comparada com o fluxo de caixa [até o segundo trimestre de 2018]”, afirma Marcos Piellusch, da FIA. Pelos seus cálculos, o Ebitda da empresa no segundo trimestre estava negativo em R$ 240,49 milhões.

Pessoas ligadas ao setor aeronáutico disseram à coluna que a companhia aérea cogita pedir RJ (recuperação judicial) nos próximos dias.

Procurada, a Avianca Brasil negou que entrará em RJ. A empresa afirma que “negociações fazem parte da rotina de qualquer empresa para otimização de resultados e [...] que os processos estão evoluindo dentro das expectativas.”

 

https://www1.folha.u...l?loggedpaywall


Edited by Dinämica da Operação, 06 de December de 2018 - 06:37 .

  • jsilva7e7 likes this

#2 C010T3

C010T3
  • Moderador
  • 9,538 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:14/06/1984

Posted 06 de December de 2018 - 06:43

Eu não torço à toa por uma fusão com a Azul.
  • JJúNiORG and vfman like this

#3 GILMARM

GILMARM
  • Usuários
  • 851 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:SP/BRASIL
  • Data de Nascimento:06/09/1992

Posted 06 de December de 2018 - 07:20

Não sou a favor de uma fusão da Avianca Brasil com a Azul, o mercado ficará mais restrito a competição. 

 

Falando um pouco das tarifas da Avianca Brasil, para uma empresa que tende a se destacar com um serviço mais primoroso comparado com as concorrentes, as atuais tarifas cobradas teriam que ser superior das outras, mas não é sempre que acontece. 

 

A Azul tem uma ótima estratégia, foca nos clientes corporativos que vão as cidades médias e regionais, e cobra o que quiser, afinal, praticamente não há concorrência em muitos mercados. No mercado brasileiro soube aproveitar os hubs.


  • Andre Stark likes this

#4 LPS Hobby

LPS Hobby
  • Usuários
  • 142 posts
  • Cidade/UF/País:Belo Horizonte/MG/Brasil
  • Data de Nascimento:24/11/1973

Posted 06 de December de 2018 - 07:38

desse jeito eu só desanimo de criar a LPS Airlines



#5 José Castro

José Castro
  • Usuários
  • 1,684 posts
  • Gender:Male
  • Location:PR
  • Cidade/UF/País:PI
  • Data de Nascimento:29/03/1980

Posted 06 de December de 2018 - 08:39

Eu não torço à toa por uma fusão com a Azul.


Em que a AVB poderia somar à Azul numa possível fusão??
O que ela faz a AD faz também e com uma capilaridade maior chegando a mercados em que atua só. A única diferença é uma serviço de melhor padrão que a AD, que não é o perfil desejado por implicar em custos maiores.
Antes torcia ela fusão, mas vejo como inviável por falta de sinergias. a AD está em outro patamar almejando FL maiores. A fusão do seria vantagem pra AVB.

#6 FCRO

FCRO
  • Usuários
  • 709 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:jacarei/sp/brasil
  • Data de Nascimento:11/06/1987

Posted 06 de December de 2018 - 08:42

Em que a AVB poderia somar à Azul numa possível fusão??
O que ela faz a AD faz também e com uma capilaridade maior chegando a mercados em que atua só. A única diferença é uma serviço de melhor padrão que a AD, que não é o perfil desejado por implicar em custos maiores.
Antes torcia ela fusão, mas vejo como inviável por falta de sinergias. a AD está em outro patamar almejando FL maiores. A fusão do seria vantagem pra AVB.


Ponte aerea e outros slots em cgh e slots em gru
  • Leto likes this

#7 Antonio (CENI)

Antonio (CENI)
  • Usuários
  • 718 posts
  • Location:Rio de Janeiro
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:14/05/1984

Posted 06 de December de 2018 - 08:50

Bem que um parça meu de Avianca falou que o bicho estava pegando. A cia. está com dificuldade de pagar a credencial aeroportuária dos funcionários. Vamos torcer pelo melhor para a Avianca.

#8 SOUSA CPV

SOUSA CPV
  • Usuários
  • 3,977 posts
  • Gender:Male
  • Location:Campina Grande
  • Interests:Conhecimento e troca de informações
  • Cidade/UF/País:Campina Grande / Paraíba / Brasil
  • Data de Nascimento:02/04/1975

Posted 06 de December de 2018 - 09:03

A coisa mais estranha de tudo é que o Germán Efromovich tem grana.
Isso tá cheirando a forçada de barra para fundir Avianca Brasil com a Colombiana, até pq se isso demora muito suja o nome da empresa como todo.

  • Leto, RGomes and barelyleogal like this

#9 SOUSA CPV

SOUSA CPV
  • Usuários
  • 3,977 posts
  • Gender:Male
  • Location:Campina Grande
  • Interests:Conhecimento e troca de informações
  • Cidade/UF/País:Campina Grande / Paraíba / Brasil
  • Data de Nascimento:02/04/1975

Posted 06 de December de 2018 - 09:11

Também pode ser uma forma de pressionar o Governo brasileiro a aumentar o capital estrangeiro em empresas brasileiras.

Tudo muito estranho, repito o German tem grana... 



#10 VictorHugoBrando

VictorHugoBrando
  • Usuários
  • 594 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:17/09/1989

Posted 06 de December de 2018 - 09:18

Tenho emitido 8 JFK pela O6 em Abril, será que devo me preocupar? A situação parece bastante tensa e estou pensando em entrar em contato com a agência pra começar a montar um plano B. 



#11 Pessoa 1985

Pessoa 1985
  • Usuários
  • 774 posts
  • Gender:Male
  • Location:Purgatório da Beleza e do Caos!
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro RJ Brasil
  • Data de Nascimento:02/09/1985

Posted 06 de December de 2018 - 09:28

Que legal, uma semana depois que comprei passagem pra voar nela em fevereiro essas notícias aparecem...



#12 leelatim

leelatim
  • Usuários
  • 9,870 posts
  • Gender:Male
  • Location:São Paulo
  • Cidade/UF/País:Sao Paulo
  • Data de Nascimento:25/01/1977

Posted 06 de December de 2018 - 09:28

A coisa mais estranha de tudo é que o Germán Efromovich tem grana.
Isso tá cheirando a forçada de barra para fundir Avianca Brasil com a Colombiana, até pq se isso demora muito suja o nome da empresa como todo.


Mas o grande problema da fusão das duas é justamente esse, a Colombiana não quer se unir a brasileira porque comprometeria às margens da irmã rica, deveria simular bons números

#13 JJúNiORG

JJúNiORG
  • Usuários
  • 285 posts
  • Gender:Male
  • Location:São Paulo
  • Cidade/UF/País:São Paulo/SP/Brasil
  • Data de Nascimento:20/11/1988

Posted 06 de December de 2018 - 09:28

 

A coisa mais estranha de tudo é que o Germán Efromovich tem grana.
Isso tá cheirando a forçada de barra para fundir Avianca Brasil com a Colombiana, até pq se isso demora muito suja o nome da empresa como todo.

 

 

Grana? Tem dívidas e muitas!



#14 leelatim

leelatim
  • Usuários
  • 9,870 posts
  • Gender:Male
  • Location:São Paulo
  • Cidade/UF/País:Sao Paulo
  • Data de Nascimento:25/01/1977

Posted 06 de December de 2018 - 09:32

Também pode ser uma forma de pressionar o Governo brasileiro a aumentar o capital estrangeiro em empresas brasileiras.
Tudo muito estranho, repito o German tem grana...


É o governo está preocupado com uma empresa que, embora é a melhor, não fará falta se sumir pois não cobre nenhuma rota que as demais já não cobrem com folga......já se fosse a Azul, cliente vip da Embraer, voa para mais de 100 destinos, 60% onde ela é a única operadora, aí sim o bixo iria pegar

#15 JJúNiORG

JJúNiORG
  • Usuários
  • 285 posts
  • Gender:Male
  • Location:São Paulo
  • Cidade/UF/País:São Paulo/SP/Brasil
  • Data de Nascimento:20/11/1988

Posted 06 de December de 2018 - 09:36

Em que a AVB poderia somar à Azul numa possível fusão??
O que ela faz a AD faz também e com uma capilaridade maior chegando a mercados em que atua só. A única diferença é uma serviço de melhor padrão que a AD, que não é o perfil desejado por implicar em custos maiores.
Antes torcia ela fusão, mas vejo como inviável por falta de sinergias. a AD está em outro patamar almejando FL maiores. A fusão do seria vantagem pra AVB.

 

Tem sinergia de custos administrativos e de equipe de terra, as malhas são bastante complementares e utilizam os mesmos tipos de aviões (incluindo motores), a empresa combinada já estaria na Star Alliance e ainda poderia entrar na JV com a United/Avianca Colombia/Copa.

 

Com certeza o CADE demandaria algumas medidas protetivas, mas o mercado ficaria mais concentrado, o que pode abrir espaço também para entrada de novos players.

 

A Latam provavelmente se tornaria a 3º no mercado domestico. 

 

Eu prefiro um mercado mais saudável (mesmo com poucas empresas) do que com varias empresas combalidas, pre-falimentares.


  • Leto, Mayday and thgsr08 like this

#16 C010T3

C010T3
  • Moderador
  • 9,538 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento:14/06/1984

Posted 06 de December de 2018 - 09:56

Infelizmente, o Brasil ainda não tem mercado para sustentar quatro grandes.
Uma fusão Azul-Avianca daria alguma participação dos Efromovich na Azul, possibilitaria uma maior parceria com as Aviancas na América Espanhola etc. É win-win.
Infelizmente, os únicos que saem perdendo são os funcionários da sede da O6, mas diante do potencial maior da empresa consolida-se, vejo maior segurança para todo o operacional da companhia.
  • LipeGIG, Murundum, Rafaelguimaraes and 1 other like this

#17 Schonarth

Schonarth
  • Usuários
  • 969 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:BSB/JOI
  • Data de Nascimento:03/10/1986

Posted 06 de December de 2018 - 10:04

Cresceu mais que as pernas, não focou em fazer algo diferente (só voa onde todos voam) e quis por que quis ter WB no meio de uma crise. Aí complica dar certo.


  • PTN4769 likes this

#18 A345_Leadership

A345_Leadership
  • Moderador
  • 18,757 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Skunk Works
  • Data de Nascimento:14/05/1986

Posted 06 de December de 2018 - 10:16

A Avianca Brasil sempre foi uma caixa-preta, ao ponto de alguns falarem que é uma big laundry. 

 

Do ponto de vista da concorrência é péssimo, um player a menos. Nem nos anos 70 e 80 chegamos a tal situação.

 

Porém no longo prazo, se a situação se deteriorar, a ONE terá que buscar saídas, seja com aporte dos sócios, por venda a outro investidor ou até mesmo fusão com a Azul.

 

Uma eventual fusão com a AD teria sinergias interessantes no tocante à frota e manutenção. Os A318 sairiam de vez, substituídos pelos E-Jets, alguns A330 e A320 também sairiam. 

 

Nas bases domésticas, parte dos funcionários seriam dispensados, na internacional poderia ter realocações: GRU-JFK pode virar VCP-JFK e um dos SCL serem transferidos para VCP. Como a ONE é dona da Avianca Argentina, podem usar ela para alimentar tanto MIA via GRU quanto FLL. MCO e JFK via VCP.

 

Agora como seria a relação entre a Avianca Holdings e a AD+ONE não sei dizer.

 

E tem que ver se a Azul está disposta a assumir dívida, R$ 1,7 bi a vencer é muito dinheiro. É o empréstimo que a UA está fazendo para a Synergy.



#19 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 25,025 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 06 de December de 2018 - 10:22

Tem sinergia de custos administrativos e de equipe de terra, as malhas são bastante complementares e utilizam os mesmos tipos de aviões (incluindo motores), a empresa combinada já estaria na Star Alliance e ainda poderia entrar na JV com a United/Avianca Colombia/Copa.

 

Com certeza o CADE demandaria algumas medidas protetivas, mas o mercado ficaria mais concentrado, o que pode abrir espaço também para entrada de novos players.

 

A Latam provavelmente se tornaria a 3º no mercado domestico. 

 

Eu prefiro um mercado mais saudável (mesmo com poucas empresas) do que com varias empresas combalidas, pre-falimentares.

Prezado JJúNiORG

Mesmos tipos de aviões? Não entendi...


Edited by jambock, 06 de December de 2018 - 10:22 .


#20 andregomesoliveira

andregomesoliveira
  • Usuários
  • 31 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Recife/PE/Brasil
  • Data de Nascimento:06/04/1987

Posted 06 de December de 2018 - 10:57

Prezado JJúNiORG

Mesmos tipos de aviões? Não entendi...

Eu entendi em relação aos A320neo (motores CFM LEAP) e A330 (motores RR Trent 700). Só os A318 e A319 que seriam incompatíveis... Como o amigo A345 falou, seriam substituídos por E-Jets nas rotas que operam. Só discordo que alguns A330 sairiam da frota, acredito que todos seriam aproveitados.

 

Somando todos os pontos positivos e negativos acho que seria bom essa fusão. Não sei se tem a ver, mas o fato dessa demora toda da fusão com a AV Holdings, inércia da Azul em se juntar a Star Alliance, JV da United/Copa e dívidas da AV Brasil são indícios. Onde há fumaça há fogo.

 

Agora uma pergunta. A separação do programa Amigo da AVB tem a ver? Ou não?