Jump to content


Photo

IATA lança plataforma para permitir que aéreas compartilhem dados de turbulência

Turbulence Aware

  • You cannot start a new topic
  • Please log in to reply
No replies to this topic

#1 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 25,207 posts
  • Gender:Male
  • Location:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Interests:aeronáutica, militar em geral, informática, fotografia
  • Cidade/UF/País:Porto Alegre/RS/Brasil
  • Data de Nascimento:13/10/1941

Posted 09 de January de 2019 - 01:52

Meus prezados

IATA lança plataforma para permitir que companhias aéreas compartilhem dados de turbulência
A Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA) lançou uma solução para ajudar as companhias aéreas a evitar a turbulência ao planejar rotas em voo. A ferramenta denominada Turbulence Aware aumenta a capacidade de uma transportadora de prever e evitar o fenômeno agrupando e compartilhando (em tempo real) dados gerados pelas empresas participantes. Atualmente, as operadoras dependem de relatórios e alertas meteorológicos para mitigar o impacto da turbulência em suas operações.
Essas ferramentas têm limitações devido à fragmentação da fonte de dados, inconsistências no nível e na qualidade das informações disponíveis e a imprecisão e a subjetividade das observações. Por exemplo, não há uma escala padronizada para a gravidade da turbulência que um piloto pode reportar além de leve, moderada ou severa, que se torna muito subjetiva entre aeronaves de diferentes tamanhos e experiência piloto.
A solução melhora a capacidade da indústria, coletando dados de várias companhias aéreas contribuintes, seguidas de um rigoroso controle de qualidade. Em seguida, os dados são consolidados em um único banco de dados objetivo e anônimo, acessível aos participantes. Os dados são transformados em informações acionáveis quando inseridos nos sistemas de alerta de expedição ou de transmissão aérea.
O resultado é a primeira informação global, em tempo real, detalhada e objetiva para pilotos e profissionais de operações gerenciarem a ocorrência. A primeira versão operacional da plataforma já foi desenvolvida e os testes operacionais serão realizados ao longo deste ano, com coleta de feedback das companhias participantes. O produto final será lançado no início de 2020.
Fonte: FLAPInternacional