Jump to content


Photo

Funções das Luzes


This topic has been archived. This means that you cannot reply to this topic.
20 replies to this topic

#1 Cláudio Oliveira

Cláudio Oliveira
  • Usuários
  • 49 posts

Posted 30 de December de 2009 - 18:26

Beleza pessoal?
gostaria muito se algum de vocês pudessem me esclarecer algumas curiosidades que tenho sobre a iluminação externa da aeronave em vôo.Concerteza elas tem um significado muito importante e por isso estão alí.Mas observando a noite percebo que as luzes vem piscando de uma determinada maneira ou posição se pode dizer assim, e derrepente elas mudam de jeito de piscar ou ate de cores.a minha curiosidade é qual o significado de algumas maneiras de piscar ou sei lá. qualquer esclarecimento a recepeito sera bem vindo! valeu abraço a todos

#2 A320 PR-MAW

A320 PR-MAW
  • Usuários
  • 6,047 posts

Posted 30 de December de 2009 - 19:34

vamos lá, o que eu sei é mais ou menos isso, se estiver errado alguém corrige:

Existem principalmente:

-Navigation Lights (luzes de navegação - conhecidas como NAV)
-Anti Collision Lights (Luzes anti colisão (esse é um termo mais recente, elas são conhecidas também como Beacon Lights, porque nos aviões beeeeem antigos era uma lâmpada acesa com um girofex, tipo um farol mesmo (beacon), hoje é uma lâmpada estroboscópica)
-Strobe Lights (vulga strobe!)
-Landing Lights
-Taxi Lights


Todo avião é obrigado a ter pelo menos as nav lights, são as luzes vermelha da ponta da asa esquerda, verde da ponta da asa direita, e branca atrás (em todo avião isso é assim, não muda as posições das asas e tal, o que pode mudar é a quantidade das brancas, os Boeings e Embraer 170 pra cima (que eu sei) possuem duas luzes brancas atrás, uma em cada ponta de asa, porém são visíveis só por trás, enquanto a vermelha e a verde são visíveis de frente e de lado.

Essas luzes ficam sempre acesas, não podem piscar, e a função delas é permitir que outra aeronave possa ver essas luzes e saber em qual direção o avião está voando, existe um certo ângulo em que elas deve ser visíveis, como eu já disse, as brancas têm que ser visíveis por trás, e a verde e vermelha pela frente e pelo lado, a angulação exata eu não lembro, mas já dá pra ter uma idéia.

Assim se você estiver em vôo noturno e ver uma luz verde, você já sabe que está vendo o lado direito do avião, então já sabe em qual direção ele está voando, se você ver as duas, você estará bem de frente pra ele, se ver apenas a verde e começar a ver uma branca, você sabe que ele está se afastando, afinal você está começando a ver a luz de trás dele, se ver só a vermelha, sabe que ele está voando em outra direção, é bom acompanhar um pouco pois pode estar vindo em sua direção, enfim, entendeu?


As Anti Collision são as estroboscópicas (ou tipo giroflex (no Bandeirante e 747-100 por exemplo é um giroflex)) de cor vermelha, em aviões pequenos normalmente tem apenas uma no topo da cauda (o aeroboero não tem nenhuna), nos maiores já tem uma em baixo e outra em cima da fuselagem, atualmente elas são lâmpadas estroboscópicas, então você vê elas piscando. Em solo, a função delas é avisar que a aeronave está com motor funcionando ou prestes a funcionar (repare que sempre ligam quando estão iniciando o pushback e acionamento e desligam depois de cortar o motor). Em vôo também serve pra chamar atenção.

As Strobe são as brancas que ficam nas pontas das asas e atrás, no mesmo esquema das navigation, alguns aviões têm duas atrás (Embraer 170 pra cima, MD-11) outros só uma (737, A320), e todos têm duas pra frente/laterais. Função dela, ninguém nunca me disse, mas no aeroporto sempre vejo que elas são ligadas assim que o avião deixa o ponto de espera e ingressa na pista, seja pra taxiar ou pra decolar, e sempre são desligadas depois que livra a pista, seja depois de um taxi ou de um pouso, logo, cheguei à conslusão que, além de chamar atenção de outras aeronaves em vôo, essa luz em solo serve pra indicar que a aeronave está na pista, assim se alguém está pousando, pode ver lá de cima que tem um avião que está entrando ou já está na pista, e pode saber também quando ele livrou a pista caso as luzes sejam apagadas


Landing Lights servem pra iluminar a pista de noite e tanto de noite quanto de dia facilitar a visuaçlização da aeronave dentro de terminais (por outra saeronaves em vôo) ou em aproximação final (por uma aeronave em solo que pretenda ingressar na pista). Fica normalmente na raiz da asa ou na fuselagem (logo abaixo da asa no A320, ou láááá na frente no caso do MD-11). Essa luz também é ligada quando o avião entra na pista para decolagem em caso de taxiamento e decolagem.


Tem também a Taxi light que normalmente fica no trem do nariz e serve pra iluminar a taxiway

Além dessas tem as luzes de inspeção, ficam na fuselagem e iluminam os motores e o bordo de ataque das asas, a TAM usa elas quando entra na terminal pra ter maaaais uma luz iluminando o avião, percebo isso aqui de casa, e servem para que os pilotos possam ver em vôo, pelas janelas do cockpit, se existe acúmulo de gelo nessas partes iluminadas, o que pode trazer SÉÉÉÉÉRIOS problemas pro vôo

Além disso acho que tem algumas luzes que servem pra iluminar próximo às áreas de saída de emergência, pra casos de pouso forçado acredito, já vi isso perto das portas e em cima das asas de Boeings 737-700 e -800

E tem também a luz da cauda, que acho que só serve pra iluminar a pintura da empresa e talvez ajudar a tornar a aeronave mais visível em terminais


A frequência com que a anti collision e strobe piscam pode variar, mas acho que existe uma regulamentação que diga a quantidade mínima de piscada por minuto, além disso cada fabricante pode fazer as firulas que desejar, as strobes de Airbus por exemplo são bem fáceis de serem identificadas, é uma piscadinha dupla, em perfeita sincronia com a anti collision, já de Boeing não tem sincronia nenhuma, a strobe de trás, a das pontas das asas e a anti collision piscam aleatóriamente, às vezes juntas, às vezes separadas... Acho que MD-11 também tem piscada dupla, o helicóptero Bell 407 tem piscada tripla ou quádrupla, é tanta piscada que fica difícil de contar quantas vezes aquilo acende em cada piscada!

Embraer também é fácil de identificar porque a strobe é MUUUUUUUUUUUITO forte, bem mais forte que a anticollision, e tanto olhando de frente como de trás você vê duas strobes nas pontas das asas, então Airbus e Embraer, mesmo que estejam no FL400, se você conseguir ver ele de noite dá pra dizer se é Airbus ou Embraer!
nav light branca atrás das duas asas com uma strobe só no meio, normalmente é Boeing também

Enfim, espero que eu tenha conseguido esclarecer alguma coisa!

Abraço

#3 Cláudio Oliveira

Cláudio Oliveira
  • Usuários
  • 49 posts

Posted 02 de January de 2010 - 13:21

QUOTE(llpilch @ Dec 30 2009, 07:34 PM) <{POST_SNAPBACK}>
vamos lá, o que eu sei é mais ou menos isso, se estiver errado alguém corrige:

Existem principalmente:

-Navigation Lights (luzes de navegação - conhecidas como NAV)
-Anti Collision Lights (Luzes anti colisão (esse é um termo mais recente, elas são conhecidas também como Beacon Lights, porque nos aviões beeeeem antigos era uma lâmpada acesa com um girofex, tipo um farol mesmo (beacon), hoje é uma lâmpada estroboscópica)
-Strobe Lights (vulga strobe!)
-Landing Lights
-Taxi Lights


Todo avião é obrigado a ter pelo menos as nav lights, são as luzes vermelha da ponta da asa esquerda, verde da ponta da asa direita, e branca atrás (em todo avião isso é assim, não muda as posições das asas e tal, o que pode mudar é a quantidade das brancas, os Boeings e Embraer 170 pra cima (que eu sei) possuem duas luzes brancas atrás, uma em cada ponta de asa, porém são visíveis só por trás, enquanto a vermelha e a verde são visíveis de frente e de lado.

Essas luzes ficam sempre acesas, não podem piscar, e a função delas é permitir que outra aeronave possa ver essas luzes e saber em qual direção o avião está voando, existe um certo ângulo em que elas deve ser visíveis, como eu já disse, as brancas têm que ser visíveis por trás, e a verde e vermelha pela frente e pelo lado, a angulação exata eu não lembro, mas já dá pra ter uma idéia.

Assim se você estiver em vôo noturno e ver uma luz verde, você já sabe que está vendo o lado direito do avião, então já sabe em qual direção ele está voando, se você ver as duas, você estará bem de frente pra ele, se ver apenas a verde e começar a ver uma branca, você sabe que ele está se afastando, afinal você está começando a ver a luz de trás dele, se ver só a vermelha, sabe que ele está voando em outra direção, é bom acompanhar um pouco pois pode estar vindo em sua direção, enfim, entendeu?


As Anti Collision são as estroboscópicas (ou tipo giroflex (no Bandeirante e 747-100 por exemplo é um giroflex)) de cor vermelha, em aviões pequenos normalmente tem apenas uma no topo da cauda (o aeroboero não tem nenhuna), nos maiores já tem uma em baixo e outra em cima da fuselagem, atualmente elas são lâmpadas estroboscópicas, então você vê elas piscando. Em solo, a função delas é avisar que a aeronave está com motor funcionando ou prestes a funcionar (repare que sempre ligam quando estão iniciando o pushback e acionamento e desligam depois de cortar o motor). Em vôo também serve pra chamar atenção.

As Strobe são as brancas que ficam nas pontas das asas e atrás, no mesmo esquema das navigation, alguns aviões têm duas atrás (Embraer 170 pra cima, MD-11) outros só uma (737, A320), e todos têm duas pra frente/laterais. Função dela, ninguém nunca me disse, mas no aeroporto sempre vejo que elas são ligadas assim que o avião deixa o ponto de espera e ingressa na pista, seja pra taxiar ou pra decolar, e sempre são desligadas depois que livra a pista, seja depois de um taxi ou de um pouso, logo, cheguei à conslusão que, além de chamar atenção de outras aeronaves em vôo, essa luz em solo serve pra indicar que a aeronave está na pista, assim se alguém está pousando, pode ver lá de cima que tem um avião que está entrando ou já está na pista, e pode saber também quando ele livrou a pista caso as luzes sejam apagadas


Landing Lights servem pra iluminar a pista de noite e tanto de noite quanto de dia facilitar a visuaçlização da aeronave dentro de terminais (por outra saeronaves em vôo) ou em aproximação final (por uma aeronave em solo que pretenda ingressar na pista). Fica normalmente na raiz da asa ou na fuselagem (logo abaixo da asa no A320, ou láááá na frente no caso do MD-11). Essa luz também é ligada quando o avião entra na pista para decolagem em caso de taxiamento e decolagem.


Tem também a Taxi light que normalmente fica no trem do nariz e serve pra iluminar a taxiway

Além dessas tem as luzes de inspeção, ficam na fuselagem e iluminam os motores e o bordo de ataque das asas, a TAM usa elas quando entra na terminal pra ter maaaais uma luz iluminando o avião, percebo isso aqui de casa, e servem para que os pilotos possam ver em vôo, pelas janelas do cockpit, se existe acúmulo de gelo nessas partes iluminadas, o que pode trazer SÉÉÉÉÉRIOS problemas pro vôo

Além disso acho que tem algumas luzes que servem pra iluminar próximo às áreas de saída de emergência, pra casos de pouso forçado acredito, já vi isso perto das portas e em cima das asas de Boeings 737-700 e -800

E tem também a luz da cauda, que acho que só serve pra iluminar a pintura da empresa e talvez ajudar a tornar a aeronave mais visível em terminais


A frequência com que a anti collision e strobe piscam pode variar, mas acho que existe uma regulamentação que diga a quantidade mínima de piscada por minuto, além disso cada fabricante pode fazer as firulas que desejar, as strobes de Airbus por exemplo são bem fáceis de serem identificadas, é uma piscadinha dupla, em perfeita sincronia com a anti collision, já de Boeing não tem sincronia nenhuma, a strobe de trás, a das pontas das asas e a anti collision piscam aleatóriamente, às vezes juntas, às vezes separadas... Acho que MD-11 também tem piscada dupla, o helicóptero Bell 407 tem piscada tripla ou quádrupla, é tanta piscada que fica difícil de contar quantas vezes aquilo acende em cada piscada!

Embraer também é fácil de identificar porque a strobe é MUUUUUUUUUUUITO forte, bem mais forte que a anticollision, e tanto olhando de frente como de trás você vê duas strobes nas pontas das asas, então Airbus e Embraer, mesmo que estejam no FL400, se você conseguir ver ele de noite dá pra dizer se é Airbus ou Embraer!
nav light branca atrás das duas asas com uma strobe só no meio, normalmente é Boeing também

Enfim, espero que eu tenha conseguido esclarecer alguma coisa!

Abraço


Nossaaaaaaa Irmão você esclareceu muita coisa, era exatamente oque gostaria de saber.!
Pode ter certeza agora já fiquei mais por dentro do assunto, vou passar a observar estas coisas nos aviões. Valeu pela atenção ficou td bem claro !!! abraços ate mais

#4 SkyLiner

SkyLiner
  • Usuários
  • 4,553 posts

Posted 03 de January de 2010 - 08:55

QUOTE(llpilch @ Dec 30 2009, 07:34 PM) <{POST_SNAPBACK}>
Todo avião é obrigado a ter pelo menos as nav lights, são as luzes vermelha da ponta da asa esquerda, verde da ponta da asa direita, e branca atrás (em todo avião isso é assim, não muda as posições das asas e tal, o que pode mudar é a quantidade das brancas, os Boeings e Embraer 170 pra cima (que eu sei) possuem duas luzes brancas atrás, uma em cada ponta de asa, porém são visíveis só por trás, enquanto a vermelha e a verde são visíveis de frente e de lado.

Nem todos. Que eu saiba só é obrigatório para vôos noturnos/IFR.


QUOTE(llpilch @ Dec 30 2009, 07:34 PM) <{POST_SNAPBACK}>
As Anti Collision são as estroboscópicas (ou tipo giroflex (no Bandeirante e 747-100 por exemplo é um giroflex)) de cor vermelha, em aviões pequenos normalmente tem apenas uma no topo da cauda (o aeroboero não tem nenhuna), nos maiores já tem uma em baixo e outra em cima da fuselagem, atualmente elas são lâmpadas estroboscópicas, então você vê elas piscando. Em solo, a função delas é avisar que a aeronave está com motor funcionando ou prestes a funcionar (repare que sempre ligam quando estão iniciando o pushback e acionamento e desligam depois de cortar o motor). Em vôo também serve pra chamar atenção.

As anti-collision também deverão estar ligadas durante qualquer movimentação da aeronave, independente de estar com o motor ligado ou não (por exemplo reboque).


QUOTE(llpilch @ Dec 30 2009, 07:34 PM) <{POST_SNAPBACK}>
As Strobe são as brancas que ficam nas pontas das asas e atrás, no mesmo esquema das navigation, alguns aviões têm duas atrás (Embraer 170 pra cima, MD-11) outros só uma (737, A320), e todos têm duas pra frente/laterais. Função dela, ninguém nunca me disse, mas no aeroporto sempre vejo que elas são ligadas assim que o avião deixa o ponto de espera e ingressa na pista, seja pra taxiar ou pra decolar, e sempre são desligadas depois que livra a pista, seja depois de um taxi ou de um pouso, logo, cheguei à conslusão que, além de chamar atenção de outras aeronaves em vôo, essa luz em solo serve pra indicar que a aeronave está na pista, assim se alguém está pousando, pode ver lá de cima que tem um avião que está entrando ou já está na pista, e pode saber também quando ele livrou a pista caso as luzes sejam apagadas

Como complemento as strobe-lights não são obrigatórias (desde que a aeronave possua anti-collision), depende do padrão de cada operador.


QUOTE(llpilch @ Dec 30 2009, 07:34 PM) <{POST_SNAPBACK}>
Além disso acho que tem algumas luzes que servem pra iluminar próximo às áreas de saída de emergência, pra casos de pouso forçado acredito, já vi isso perto das portas e em cima das asas de Boeings 737-700 e -800

Existem sim, podendo ser acionadas tanto no cockpit (posições OFF/ARMED/ON) quanto na estação de comissários. O mesmo comando que liga as emergency lights internas (corredor), liga as externas (próximas às portas e saídas das asas). Inclusive o comando do painel de comissários, pelo menos no B737, se sobrepõe ao comando do cockpit.


QUOTE(llpilch @ Dec 30 2009, 07:34 PM) <{POST_SNAPBACK}>
E tem também a luz da cauda, que acho que só serve pra iluminar a pintura da empresa e talvez ajudar a tornar a aeronave mais visível em terminais

Normalmente conhecida como Logo Light. No 737NG ela fica na ponta do estabilizador horizontal e no Classic na ponta da asa, em ambos os casos naturalmente apontada para o estabilizador vertical.

#5 A320 PR-MAW

A320 PR-MAW
  • Usuários
  • 6,047 posts

Posted 03 de January de 2010 - 10:34

QUOTE(SkyLiner @ Jan 3 2010, 09:55 AM) <{POST_SNAPBACK}>
Nem todos. Que eu saiba só é obrigatório para vôos noturnos/IFR.



As anti-collision também deverão estar ligadas durante qualquer movimentação da aeronave, independente de estar com o motor ligado ou não (por exemplo reboque).



Como complemento as strobe-lights não são obrigatórias (desde que a aeronave possua anti-collision), depende do padrão de cada operador.



Existem sim, podendo ser acionadas tanto no cockpit (posições OFF/ARMED/ON) quanto na estação de comissários. O mesmo comando que liga as emergency lights internas (corredor), liga as externas (próximas às portas e saídas das asas). Inclusive o comando do painel de comissários, pelo menos no B737, se sobrepõe ao comando do cockpit.



Normalmente conhecida como Logo Light. No 737NG ela fica na ponta do estabilizador horizontal e no Classic na ponta da asa, em ambos os casos naturalmente apontada para o estabilizador vertical.

Obrigado pelas correções e complementos!

Quanto às NAV, acho que o vôo IFR não tem muito a ver com sua obrigatoriedade, o aeroboero por exemplo tem NAV mas não faz IFR, e não é a única aeronave que eu conheço nessa situação...

E a logo light no 737NG não fica bem na ponta do estabilizador, acho que fica mais pro meio, como dá pra ver nesse self plug nessa foto hypocrite.gif
http://www.jetphotos...=...85&nseq=110

Essa foto é um dos meus xodós e dá pra ver as luzes de emergência externas e a de inspeção, na fuselagem:
http://www.jetphotos...=...16&nseq=145



Acho que outro detalhe que eu esqueci de comentar é que mesmo no trem do nariz pode existir mais de uma luz, uma que acende como landing light, e outra como taxi light, se não me engano airbuses são assim..

#6 Varig_777

Varig_777

    Varig_777

  • Usuários
  • 3,004 posts

Posted 03 de January de 2010 - 20:34

Para vôos diurnos VFR realmente as NAV lights não são obrigatórias. O paulistinha que eu voava não tinha nenhum sistema de luzes. O fato do Boero que você voa ter as luzes e não fazer IFR não tem problema nenhum, é como se ele tivesse um "opcional"...ou seja, está cumprindo algo ALÉM do que a legislação manda, o que é muito comum.

Abs

QUOTE(llpilch @ Jan 3 2010, 11:34 AM) <{POST_SNAPBACK}>
Quanto às NAV, acho que o vôo IFR não tem muito a ver com sua obrigatoriedade, o aeroboero por exemplo tem NAV mas não faz IFR, e não é a única aeronave que eu conheço nessa situação...

Edited by Varig_777, 03 de January de 2010 - 20:35 .


#7 Omykron

Omykron
  • Administrador Técnico
  • 17,343 posts

Posted 04 de January de 2010 - 03:36

QUOTE
A frequência com que a anti collision e strobe piscam pode variar, mas acho que existe uma regulamentação que diga a quantidade mínima de piscada por minuto, além disso cada fabricante pode fazer as firulas que desejar, as strobes de Airbus por exemplo são bem fáceis de serem identificadas, é uma piscadinha dupla, em perfeita sincronia com a anti collision, já de Boeing não tem sincronia nenhuma, a strobe de trás, a das pontas das asas e a anti collision piscam aleatóriamente, às vezes juntas, às vezes separadas... Acho que MD-11 também tem piscada dupla, o helicóptero Bell 407 tem piscada tripla ou quádrupla, é tanta piscada que fica difícil de contar quantas vezes aquilo acende em cada piscada!

Normalmente, as Anti Collision Beacon light(s) piscam em uma freqüência de 1 Hz, ou 60x por minuto.

#8 Carajato

Carajato
  • Usuários
  • 1,043 posts

Posted 04 de January de 2010 - 13:54

No 737 ainda temos a Wheel Well:

"Wheel Well: Illuminates the main and nose wheel wells. Normally only used during the turnaround at night for the pre-flight inspection but must also be on to see through the gear downlock viewers at night, hence they are a no-go item at night in all but the NG's. There is also a switch for the main wheel well light in the port wheel well."

Abs

#9 Clipper

Clipper
  • Desligados
  • 1,464 posts

Posted 05 de January de 2010 - 11:04

Apenas complementando a detalhada e boa explicação do IIpich ...

Existem também as runway turnoff lights, que servem de auxílio na execução de curvas durante o táxi noturno ... no caso do B737 e B777, elas ficam próximas da junção das asas com a fuselagem, e no B747 e A330/40, no trem de pouso do nariz. No MD-11, elas estão na lateral da fuselagem, nas proximidades do bordo de ataque das asas.

QUOTE
Landing Lights ... Fica normalmente na raiz da asa ou na fuselagem


Existem algumas variações, como aquela do B777 e A330/40, onde há uma distribuição entre o trem de pouso do nariz e a junção das asas com a fuselagem. No MD-11, além daquela na lateral da fuselagem, elas ficam no trem de pouso do nariz (e servem também como luz de táxi, conforme seleção).

QUOTE
As Anti Collision são as estroboscópicas (ou tipo giroflex (no Bandeirante e 747-100 por exemplo é um giroflex)) de cor vermelha, em aviões pequenos normalmente tem apenas uma no topo da cauda


Como curiosidade, as beacon lights do B747 podem ser ativadas em conjunto, superior e inferior, ou somente a inferior.

#10 LV-LEO

LV-LEO
  • Desligados
  • 1,395 posts

Posted 07 de January de 2010 - 11:18

Ao menos na linha 737 sempre observei duas luzes posicionadas nos extensores dos flaps, voltadas para a frente e utilizadas quando estes estão configurados para pouso ou decolagem. São também consideradas landing lights?

Edited by LV-LEO, 07 de January de 2010 - 11:19 .


#11 Airborn1982

Airborn1982
  • Usuários
  • 1,169 posts

Posted 08 de January de 2010 - 13:37

Para a regulamentação aeronáutica não existe diferença se o voo é VFR ou IFR. Entre o por e o nascer do sol , independente da regra de voo aeronaves deverão apresentar e manter ligadas suas luzes de navegação para a indicação de sua trajetória e rumo. As anti-collision lights deverão se manter acesas independente do horário , desde o pré-acionamento da aeronave até o corte de motores , lembrando que para reboques e movimentação nas áreas de movimento as mesmas deverão se manter acesas , mesmo com o motor inop.

Eugênio.


#12 Landing

Landing
  • Usuários
  • 11,656 posts

Posted 08 de January de 2010 - 16:54

QUOTE(Cláudio Oliveira @ Dec 30 2009, 07:26 PM) <{POST_SNAPBACK}>
qual o significado de algumas maneiras de piscar ou sei lá. qualquer esclarecimento a recepeito sera bem vindo! valeu abraço a todos


[ironia] confundir equipes de TV do acre [/ironia]

#13 Fellipe Carneiro

Fellipe Carneiro
  • Usuários
  • 4,307 posts

Posted 08 de January de 2010 - 17:13

QUOTE(Landing @ Jan 8 2010, 05:54 PM) <{POST_SNAPBACK}>
[ironia] confundir equipes de TV do acre [/ironia]

Ótima lembrança!!!! laugh.gif

#14 Varig_777

Varig_777

    Varig_777

  • Usuários
  • 3,004 posts

Posted 08 de January de 2010 - 19:33

QUOTE(Eugênio @ Jan 8 2010, 02:37 PM) <{POST_SNAPBACK}>
Para a regulamentação aeronáutica não existe diferença se o voo é VFR ou IFR. Entre o por e o nascer do sol , independente da regra de voo aeronaves deverão apresentar e manter ligadas suas luzes de navegação para a indicação de sua trajetória e rumo. As anti-collision lights deverão se manter acesas independente do horário , desde o pré-acionamento da aeronave até o corte de motores , lembrando que para reboques e movimentação nas áreas de movimento as mesmas deverão se manter acesas , mesmo com o motor inop.

Eugênio.

Não acho que seja assim, como eu falei anteriormente: Paulistinhas (pelo menos os que eu voava) não tinham NENHUMA luz...

Tudo bem que acredito que o interesse do colega que abriu o tópico seja sobre aeronaves maiores e tudo mais, mas vale o comentário como curiosidade. thumbsup.gif

#15 SkyLiner

SkyLiner
  • Usuários
  • 4,553 posts

Posted 08 de January de 2010 - 19:38

As anti-collision deverão necessariamente estar sempre acesas durante qualquer movimentação. Obviamente nas aeronaves que a tenham.

Quanto à diferença para vôos IFR, grato pela correção de minha informação.

QUOTE(Landing @ Jan 8 2010, 04:54 PM) <{POST_SNAPBACK}>
[ironia] confundir equipes de TV do acre [/ironia]

Hahahahahaha!! BEST ANSWER EVER!

#16 Airborn1982

Airborn1982
  • Usuários
  • 1,169 posts

Posted 09 de January de 2010 - 12:10

QUOTE(Varig_777 @ Jan 8 2010, 08:33 PM) <{POST_SNAPBACK}>
Não acho que seja assim, como eu falei anteriormente: Paulistinhas (pelo menos os que eu voava) não tinham NENHUMA luz...

Tudo bem que acredito que o interesse do colega que abriu o tópico seja sobre aeronaves maiores e tudo mais, mas vale o comentário como curiosidade. thumbsup.gif


Eu volto a repetir , independente da regra de voo , se VFR ou IFR , aeronaves voando entre o por e o nascer do sol deverão manter suas luzes de navegação acesas para indicar sua trajetória e rumo , se o paulistinha do seu aero faz voos compreendidos entre o por e o nascer do sol , que é chamado de período noturno , sem as luzes de navegação seu aeroclube está em discordância com o regulamento de tráfego aéreo vigente.

Eugênio.

Edited by Eugênio, 09 de January de 2010 - 12:11 .


#17 Varig_777

Varig_777

    Varig_777

  • Usuários
  • 3,004 posts

Posted 09 de January de 2010 - 14:49

QUOTE(Eugênio @ Jan 9 2010, 01:10 PM) <{POST_SNAPBACK}>
Eu volto a repetir , independente da regra de voo , se VFR ou IFR , aeronaves voando entre o por e o nascer do sol deverão manter suas luzes de navegação acesas para indicar sua trajetória e rumo , se o paulistinha do seu aero faz voos compreendidos entre o por e o nascer do sol , que é chamado de período noturno , sem as luzes de navegação seu aeroclube está em discordância com o regulamento de tráfego aéreo vigente.

Eugênio.

Ops, agora sim...não tinha lido direito seu post anterior...de fato, apenas voos diurnos thumbsup.gif

#18 A320 PR-MAW

A320 PR-MAW
  • Usuários
  • 6,047 posts

Posted 09 de January de 2010 - 16:05

QUOTE(Landing @ Jan 8 2010, 05:54 PM) <{POST_SNAPBACK}>
[ironia] confundir equipes de TV do acre [/ironia]

HIEUauiehAUIEHAiuehaUIEHAuiehuiaEHIUaeha EXCELENTE!

#19 Islander

Islander
  • Membro Honorário
  • 3,790 posts

Posted 17 de January de 2010 - 12:44

QUOTE(LV-LEO @ Jan 7 2010, 12:18 PM) <{POST_SNAPBACK}>
Ao menos na linha 737 sempre observei duas luzes posicionadas nos extensores dos flaps, voltadas para a frente e utilizadas quando estes estão configurados para pouso ou decolagem. São também consideradas landing lights?

Essas são as retractable landing lights, ou luzes de pouso retráteis. Nos 737-200/300/400/500 realmente ficam na carenagem do trilho do flap, sendo que descem e se posicionam de acordo com a posição do flap. Já nos NGs, estas luzes foram reposicionadas na barriga da aeronave, sendo também retráteis. Ficou mais simples pois agora é posição recolhida e extendida, já nso classics e jurassics, a luz tinha que se ajustar a posição do flap. Era automátco, ou seja, o piloto não precisava se preocupar com isso, mas é uma coisa a menos pra dar problema.... Ambas as posições funcionam muito bem. O 707 também tem as tais luzes retráteis. No F-100 é só retrátil, nas pontas de asa.... Nos A-320, as alnding lights também são retráteis na barriga da aeronave.

No voo do 787, a strobo light me chamou atenção. A treaseira parecia ser um LED..... e é duplo, um de cada lado do tail fin....

Edited by Islander, 17 de January de 2010 - 12:46 .


#20 Mastercaptain

Mastercaptain
  • Usuários
  • 8,949 posts

Posted 07 de February de 2010 - 22:37

Foto ilustrativa das luzes de ponta de asa b737 .By saboneteira.