Jump to content


Photo

Anúncio da Real e Varig sobre a venda da Aerovias Brasil (1961)

Varig Real Aerovias Brasil Consórcio Real Real RL Varig RG VRG Aerovias Brasil Consório Real

  • You cannot start a new topic
  • Please log in to reply
4 replies to this topic

#1 A345_Leadership

A345_Leadership
  • Moderador
  • 17,396 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Skunk Works
  • Data de Nascimento:14/05/1986

Posted 07 de April de 2012 - 16:25

Publicado na Folha de SP em 7/5/61.

Posted Image

#2 Mastercaptain

Mastercaptain
  • Usuários
  • 8,949 posts
  • Gender:Male
  • Data de Nascimento:01/01/1959

Posted 07 de April de 2012 - 16:57

A Real ultrapassou sua capacidade e foi obrigada a vender metade de seus interesses na Aerovias Brasil.Logo depois Linneu Gomes entregou a Real e tudo.

#3 A345_Leadership

A345_Leadership
  • Moderador
  • 17,396 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:Skunk Works
  • Data de Nascimento:14/05/1986

Posted 01 de May de 2012 - 19:08

Posted Image

Menos de três meses depois deste anúncio, o Consórcio Real era inteiramente absorvido pela Varig.

#4 PR-GOK

PR-GOK
  • Usuários
  • 2,987 posts
  • Gender:Male
  • Location:Brasil
  • Interests:Aviação, Coritiba, comida... e Dormir :D
  • Cidade/UF/País:Maringá
  • Data de Nascimento:15/04/1983

Posted 30 de July de 2017 - 12:52

Tenho acompanhado a história da aviação brasileira ultimamente, ainda mais após a compra de um livro chamado "Cronologia da Aviação Comercial Brasileira", escrito pelo Lineu Saraiva e mais alguns historiadores da aviação nacional.
Indo atrás de documentários e filmes sobre a sombra negra que pairou sobre a aviação brasileira durante o período militar, onde a Panair teve sua falência decretada quando atravessava um momento de saúde financeira e operacional, com muitos aeroportos, sistemas de comunicação, setores de manutenção, lojas próprias em muitos lugares do mundo, dinheiro em caixa e em bancos, enfim, nesse momento, o governo decretou a falência da Panair, mudou a lei pra proibir qualquer aérea de levantar falências, evitando assim um retorno da Panair, repassando rotas, aviões e instalações pra Varig.

A pergunta que fica é, até onde a Varig poderia ter chego sem essas benesses que recebeu durante a sua história? Real, Panair, ... Além de ter absorvido a Cruzeiro, Rio Sul, Nordeste... 
Já fui Variguiano um dia, hoje vejo essa saudosa empresa com outros olhos...



#5 PT-KTR

PT-KTR
  • Usuários
  • 8,850 posts
  • Gender:Male
  • Cidade/UF/País:SBSV
  • Data de Nascimento:04/11/1933

Posted 01 de August de 2017 - 17:19

Tenho acompanhado a história da aviação brasileira ultimamente, ainda mais após a compra de um livro chamado "Cronologia da Aviação Comercial Brasileira", escrito pelo Lineu Saraiva e mais alguns historiadores da aviação nacional.
Indo atrás de documentários e filmes sobre a sombra negra que pairou sobre a aviação brasileira durante o período militar, onde a Panair teve sua falência decretada quando atravessava um momento de saúde financeira e operacional, com muitos aeroportos, sistemas de comunicação, setores de manutenção, lojas próprias em muitos lugares do mundo, dinheiro em caixa e em bancos, enfim, nesse momento, o governo decretou a falência da Panair, mudou a lei pra proibir qualquer aérea de levantar falências, evitando assim um retorno da Panair, repassando rotas, aviões e instalações pra Varig.

A pergunta que fica é, até onde a Varig poderia ter chego sem essas benesses que recebeu durante a sua história? Real, Panair, ... Além de ter absorvido a Cruzeiro, Rio Sul, Nordeste... 
Já fui Variguiano um dia, hoje vejo essa saudosa empresa com outros olhos...

 

Que bom que você se curou rs... o grande problema da vida é o "SE"... Como seria a Panair caso ela tivesse continuado? Teriamos a TABA? MAP? TRIP lá no Amazonas? RICO etc? Pois ela reinava ali... haveria fusão ou aquisição espontânea no futuro? A CRUZEIRO ganhou um pouco de terreno e folego graças a mãozinha que recebeu em 65 quando herdou 3 Caravelles e as rotas de MVD, BUE da Panair, bem como a malha amazônica. Esta se complicou em 1975, no que eu através de pesquisas acabei vendo que foi uma competição interna entre o herdeiro de um dos donos contra o CEO da companhia, ela seria vendida para VASP, mas a VARIG pagou mais pela Cruzeiro do que seu proprio valor para garantir e também havia má vontade do DAC para deixar a VASP pegar a CRUZEIRO (afinal ela chegaria as sonhadas rotas internacionais).

 

Quanto a questão RSL/NES, não sabemos sem os movimentos de 1964, como teria sido o nascimento da Embraer, afinal o SITAR nasceu para criar clientes para os Bandeirantes, já que as grandes estavam caindo fora da operação de DC3, Avro, Samurai e afins. Sem Ozires, teriamos tido essa penca de regionais? A TAM teria nascido? Eu penso que existem alguns SE que jamais saberemos são eles

 

- Se a Panair não tivesse fechado...

- Se a Cruzeiro juntasse com a Transbrasil ou VASP (o CEO da Cruzeiro no momento da venda, passou a ser diretor da Transbrasil posteriormente)

- Se o Rolim não tivesse morrido

- Se o Rubem Berta não tivesse criado a FRB...

- Se o Canhedo não tivesse colocado a mão na VASP...

- Se a TBA tivesse recebido A300

- Se a TBA tivesse trazido os 757 pro lugar dos 727 e a VASP os 9 A310...

- Se a TRIP tivesse sido gerida pela Águia Branca...

- Se não houvesse a aliança VARIG + GOV e TAM + GOV em suas épocas

 

E outros SE menores, que não impactam tanto... como

 

- Se a TRIP não tivesse contratado Paes de Barros em 2002 teria virado o que virou?

- Se a RICO não tivesse incorporado os 737-200

- Se a Passaredo tivesse uma gestão melhor a partir de 2007/2008 e não tivesse tido os ERJ145

- Se a Nordeste não tivesse sido vendida e recebido os 3 EMB120 e 2 ERJ145 planejados pelos Coelhos

- Se a TABA não tivesse partido pro BAE146 e Fokker 100

- Se a GOL não tivesse comprado a VARIG

 

E por aí vai... jamais saberemos como teria sido a história, caso o curso do barco mudasse nesses SE


  • GLK and B737-8HX like this





Also tagged with one or more of these keywords: Varig, Real, Aerovias Brasil, Consórcio Real, Real, RL, Varig, RG, VRG, Aerovias Brasil, Consório Real