Jump to content


Photo

Madri: mais dicas (um trip report express)

Madri pontos turísticos dicas

This topic has been archived. This means that you cannot reply to this topic.
6 replies to this topic

#1 alferreira

alferreira
  • Usuários
  • 618 posts

Posted 25 de November de 2012 - 19:08

Olá Pessoal!

Com o intuito de ajudar os futuros viajantes com destino a Madri, faço este trip report "express",
com o qual espero que sirva de auxílio.


Localização da hospedagem

Me hospedei na Calle Fuencarral, centro, quase esquina da Gran Via, cerca de 50 mts da estação Gran Via do metro. Excelente ponto: comércio forte, supermercados, metrô, perto da Puerta Del Sol, excelente. Fiquei no Hostel Casa Bueno: lugar muito simples, limpo e funcional: o prédio, por dentro, assusta, mas tem um ar de filme antigo. Está mais para uma pensão de luxo do que um hotel, mas muito melhor que um albergue. Sem café da manha. Diária, quarto 1 pessoa com banheiro dentro do quarto: 29 euros. Detalhe: você fica com a chave do prédio, do hotel e do quarto!

Calle Fuencarral:

Posted Image

Gran Via esquina com Fuencarral, o prédio da Telefónica:

Posted Image

Metro

Excelente. Em termos de cobertura de área, tempo entre as composições, melhor que o de São Paulo. Mas em termos de limpeza e modernidade, o de São Paulo fica melhor: meio sujo e muito pichado. Ambos tem vantagens e desvantagens... Mas é sossegado, tranqüilo. Comprei um cartão de 7 dias (compra-se no atendimento a turistas, na estação do aeroporto de Barajas). Para sair e entrar no aeroporto tem que se pagar um abono (bilhete diferenciado) de 3 euros. Não peguei uma só vez trem lotados (mesmo em horário de rush, se é que isso existiu). Ande com um mapa das linhas do metrô, pois são muitas conexões (as linhas são identificadas por número e cor) e várias alternativas para se chegar ao mesmo local. Nem precisei de ônibus. E não pague mico como eu paguei: para se abrir as portas pressiona-se um grande botão nas portas ou levanta-se uma alavanca (depende da linha, que são muito diferentes entre si).

Estação Aeroporto T1 T2:

Posted Image

Composição (linha mais antiga):

Posted Image

Estação Gran Via:

Posted Image

Pontos turísticos

Adquiri um cartão turistico - Madridcard - que valeu a pena, pois não se pega fila e não paga nada (válido por 3 dias no meu caso).
Museu do Prado: lindo, enorme. Vale a pena reservar dois dias para visitá-lo, com calma. Tem um lindo restaurante com os preços um pouco mais caro que do lado de fora;

Museu do Prado (fachada, Paseo del Prado):

Posted Image

Prado (por dentro, não é permitido fotografar as obras):

Posted Image

Museu Reina Sofia: para quem gosta de arte moderna é um prato cheio. A única coisa que compreendi lá (em minha ignorância quanto a artes) foi Guernica, de Pablo Picasso.

Museu Reina Sofia (frente):

Posted Image


Museu Thyssen Bornemisza: não tão bonito quanto o Prado, menor, mas com um acervo belíssimo. 4 horas é o suficiente para visitá-lo tranquilamente; fica do outro lado da avenida do Prado (Paseo del Prado);

Thyssen Bornemisza:

Posted Image

Palácio Real: lindo, segui um grupo com um guia e ouvi muito da história da Espanha. Belíssimo, você se sente dentro de um filme passado no século XVIII. Não pode entrar com câmera, mas tem armários, grandes, médios e pequenos, gratuitos (só precisa de uma moeda de 1 euro para abrir, devolvida no retorno);

Patio interno do Palácio Real:

Posted Image

Catedral: ao lado do palácio, vale pela vista no seu domo (haja pernas para subir tudo, pois o elevador não cobre todos os andares), de toda Madri, dos 4 cantos.

Topo da catedral (um dos 4 cantos):

Posted Image


Dentro da Catedral:

Posted Image

Real Jardim Botânico: um lugar de paz, levei um lanche e comi por lá, quase dormi de tão sossegado que era o lugar.

Jardim Botânico:

Posted Image

Templo de Debod: para quem não conhece as pirâmides do Egito, é uma pequena amostra.

Templo de Debod:

Posted Image

Casa Encendida: não vale a pena, parece um SENAC, nada demais.

Estádio Santiago Bernabeu: mesmo para quem não gosta de futebol, vale a visita. Lindo museu, conhece-se todo o estádio, vai até o gramado, realmente, muito legal. Loja oficial com preços pra lá de oficiais...

Santiago Bernabeu:

Posted Image

Plaza de Toros: meio depressivo o lugar, mas diferente. Chega-se até a entrar na arena (sem os touros). Vale pela arquitetura, para quem gosta.

Arena da Plaza de Toros:

Posted Image

Museu Naval: perto do Prado, um lugar diferente, pequeno e aconchegante, com muitas coisas interessantes sobre a marinha espanhola. Há até uma cópia do tratado de Tordesilhas. Parece parte do filme "Os piratas do Caribe"...

Museo Naval:

Posted Image

Puerta Del Sol: uma praça muito agitada, a qualquer hora do dia, com muita gente, de todos os pontos do planeta.

Puerta del Sol ( no cantinho dela):

Posted Image

Plaza Mayor: em termos de praça, algo bem diferente. A dica é ficar nas mesas dos restaurantes/bares apreciando o movimento. Bem perto da Puerta Del Sol.

Plaza Mayor:

Posted Image

Museu de Aviação: não consegui achar. Desci no meio de uma estrada, segui as indicações e caminhei por 15 minutos na beira da estrada (imaginem a cena). Desisti. Quando cheguei ao hotel, vi que estava a pouquíssimos metros da entrada, quando desisti... Melhor é descer na estação de metro mais próxima (a que fica no meio da estrada), andar até um conjunto residencial e comercial bem próximo e pegar um táxi.

E andar pelas ruas... como diz o ditado: “De Madrid ao céu.” Com um mapa em mãos é fácil. No mapa as coisas parecem muito longes, mas andando você percebe que são muito próximas. Muitas vezes peguei trechos de metro (com o bilhete 7 dias podia pegar quantas vezes quisesse) quando poderia andar pouco (só me apercebi depois).

Um cartão postal (perto do Thysen, ao fundo, o prédio da Telefónica, próximo do hotel, 2 estações de metro para andar esse pedacinho):

Posted Image

Ônibus:

Posted Image

Ainda faltaram alguns pontos: a porta de Alcalá, o museu de cera, o parque Real (passei por todos estes, mas só de passeio), fica para a próxima...


Comida

Não estava fazendo turismo gastronômico, então não fui em nenhum grade restaurante. Nem experimentei Paeja, pois não sou fã de frutos do mar (em todo lugar tinha). Mas também evitei MacDonalds (tem perto de casa, então esquece). Por vários lugares há o Museo Del Jamon, o presunto cru deles. Há vários lanches, sendo o preferido um pão Frances grande como fatias de presunto cru (o tal jamon): 1 euro, no balcão ou para viagem. Cerveja e copa (copo) de vinho: 1 euro. Foi o que mais consumi... O 100 Montaditos também é ótimo: minisanduiches, dezenas de recheios, à um 1 euro cada. Muito cheio e badalado. Cerveja, caneca enorme, ótima. O sorvete deles, parece o Eskibon achei muito duro, com uma capa que parecia sola de sapato (ta, nunca experimentei, mas visualmente parecia). Experimentei um fast-food chamado “All4you”: 9,99 euros e você come a vontade, incluindo a sobremesa. As costelinhas de cordeiro, o macarrão e o pudim já valem. E o arroz não é quente... E tinha café da manhã também, com iogurte e flocos de cereais, também come-o-quanto-puder, acho que era 4,99 euros se não me engano... Uma noite fui ao tal Faena, pois fazia parte do congresso: devia ser muito caro, porque a comida era de rico: chique e bem pouca. Valeu pelo show de dança flamenca.

Dois lugares interessantes a ir e nem próximos da Puerta Del Sol: o café San Gines, um lugar “novo”, aberto desde 1894, tem um ar lindo de antigo e um excelente chocolate com churros; eo mercado São Miguel, com uma arquitetura diferente e lojas de comida, bares, etc, muito movimentados e diferentes. Esses dois valem a visita.

Mercado de San Miguel:

Posted Image

Chocolateria San Gines:

Posted Image

Segurança

Polícia para tudo quanto era lado: de moto, de carro, de cavalo, de caminhão, de van, de helicóptero. E 3 tipos de polícia. E sempre em dupla ou trio. Mesmo de noite. Tranquilo. Estranhei que em uma rua bem larga, em direção a Puerta Del Sol, tinham prostitutas, famílias, crianças e polícia, tudo na maior harmonia... Depois que vi na televisão para ter cuidado com batedores de carteira no metro.

Compras

Não fui a nenhum shopping. Tem o El Corte Inglês, uma espécie de Mesbla/Mappin (ops, reveli minha idade), ta, uma espécie de Extra, pois tem até supermercado. Completa, vários andares, com um prédio separado só para eletrônicos, e no subsolo, um supermercado lindo, com muita variedade e preços bons: são os mesmos do Brasil, com a diferença que lá tudo é importado (rsrsrs). Se você paga uma mussarela R$ 20, o kilo, lá vocÊ paga 8 euros o kilo de um
Queijo suíço ou francês... Vinhos? Tinha de 2 euros até 200...
Mas comprei tudo o que me pediram (perfumes, bolsas, cremes, etc), nas lojas ao redor, um pouco mais barato que no El Corte Inglês. Muitas lojas na região, no entorno da Puerta Del Sol.

Calle de Preciados, próxima a Puerta del Sol (ao fundo, o El Corte Inglés):

Posted Image

Fuencarral e cercanias também tem muitas lojas e mercados pequenos: Dia e Carrefour Express, sendo o Dia, mais barato (onde comprava as coisas para o café da manhã no quarto, economizando assim vários euros). Em Fuencarral tem um minishopping com moda alternativa, para quem gosta.

Mercado alternativo na Calle Fuencarral:

Posted Image

Para a mulherada: há uns africanos (sem preconceito, é que conversei com eles e provêem mesmo da África), que vendem “réplicas” de bolsas de grife. A mulherada diz que é perfeita. Começa em 25 euros, mas se você sair andando, cai, chegando a 15 euros. É só ficar experto, dinheiro separado (não abrir a carteira) e ver se a polícia não está chegando pois eles saem correndo à chegada da policia (que pareceu nem ligar para eles). Se encontram na Puerta Del Sol, no começo da noite.

Tempo e temperatura
Em final de outubro, nada que um casaco leve não resolva (sou encalorado). Acho que de noite fazia uns 18 graus. Só peguei um dia de chuva, dos 9 que passei por lá, mesmo assim, tava mais para garoa. De resto, um céu azul lindíssimo. De manhã faz um pouco mais de frio e até 9 horas da manhã é tudo fechado. 8 horas da manhã ainda está escuro. Em compensação, comércio aberto até as 22h ou 21h (depende da loja). Me pareceu que no outono cai umas chuvinhas no final da tarde, bem rápidas, mas o sol volta a brilhar logo. Vendem muito paraguas (guardachuvas) nas ruas.



Obrigado pela lida do trip report. Qualquer dúvida, postem aqui ou mandem uma mensagem: terei prazer
em ajudar!

Um abraço a todos.

Alberto

#2 Adriano!

Adriano!
  • Usuários
  • 86 posts

Posted 28 de November de 2012 - 17:31

genial suas dicas... vou pra la em Janeiro e ja favoritei ! valeu por compartilhar =)

#3 DpsTr

DpsTr
  • Usuários
  • 1,699 posts

Posted 29 de November de 2012 - 15:04

Show!

E quantos contrails nessa foto no topo da catedral

#4 alferreira

alferreira
  • Usuários
  • 618 posts

Posted 29 de November de 2012 - 16:07

genial suas dicas... vou pra la em Janeiro e ja favoritei ! valeu por compartilhar =)

Adriano:

precisando de mais alguma informação, não hesite em mandar uma mensagem direta ou postar aqui.
Fico feliz por ter ajudado: creio que esta é a finalidade desta seção!

Boa viagem.

#5 alferreira

alferreira
  • Usuários
  • 618 posts

Posted 29 de November de 2012 - 16:08

Show!

E quantos contrails nessa foto no topo da catedral


Era direto: só olhar para o céu que se viam vários...
Ou Madri tem um movimento enorme, ou é uma referência nas rotas...

Acho que tenho até fotos com mais contrails. Se tiver, posto aqui.

#6 kerindehilario

kerindehilario
  • Usuários
  • 115 posts

Posted 18 de December de 2012 - 18:36

Bom!

#7 Adriano!

Adriano!
  • Usuários
  • 86 posts

Posted 21 de February de 2013 - 18:19

amei essa cidade. Suas dicas foram super valiosas ! ahhh, skytrax em Madri é uma coisa de louco.