Jump to content


Photo

Alguém aqui já se arriscou no Concurso AFA? Pra ser Cadete?

Concurso AFA

This topic has been archived. This means that you cannot reply to this topic.
27 replies to this topic

#21 liquidsky

liquidsky
  • Usuários
  • 10 posts

Posted 24 de February de 2014 - 15:29

Meu pai nasceu em Porto Alegre, mas com 1 ano se mudou para Redentora-RS, já ouviu falar?

Lá ele trabalhou em um posto de gasolina antes de ir servir em Santa Maria como soldado na Base Aérea.

Como ele não tinha dinheiro pra pagar um cursinho bom, ele pagava aulas de mat e fis em um pré-vestibular (nem militar era) 

Mesmo servindo na base ele conseguiu estudar, passou, hoje é Coronel e já faz mais de 30 anos que ele tá na FAB.

Isso foi em 85, mas as coisas são iguais até hoje.

 

Quer passar? Estude! E esqueça dos outros, pensa só em ti, faz as provas anteriores e mais uma vez estude mais ainda.

Se fosse impossível ninguém passava

 

Você passou? qual foi a sua rotina de estudo?



#22 transvasp

transvasp
  • Usuários
  • 5,199 posts

Posted 24 de February de 2014 - 23:24

Eu fiz o concurso 3 vezes.....

 

.... Mas nunca fui bom com os livros.



#23 liquidsky

liquidsky
  • Usuários
  • 10 posts

Posted 25 de February de 2014 - 14:44

Eu fiz o concurso 3 vezes.....

 

.... Mas nunca fui bom com os livros.

nossa... mas você estudou, ou foi aquele estudo meia boca  :P ?



#24 transvasp

transvasp
  • Usuários
  • 5,199 posts

Posted 25 de February de 2014 - 17:40

nossa... mas você estudou, ou foi aquele estudo meia boca  :P ?

Foi uma boca inteira.

 

Para passar na AFA o cara tem que estudar, estudar, estudar....

 

..... Estudar, estudar.



#25 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 26,509 posts

Posted 25 de February de 2014 - 18:51

Prezado liquidsky:

Veja só o que um candidato fez para conseguir classificação em diversos vestibulares, dos quais abriu mão, pois o que ele deseja, mesmo, é ingressar no ITA!

"Não sou gênio, sou esforçado", diz 1º lugar geral da Ufes aos 16 anos

Estudante também passou na UFRJ, na USP e na Unicamp. Apesar dos bons resultados, jovem espera aprovação no ITA.

Aos 16 anos, o estudante Pedro Camata Verdini já acumula várias conquistas que fazem com que ele seja o orgulho da família e dos amigos. Além de ter passado em 1º lugar geral no VestUfes 2014, para uma vaga no curso de engenharia elétrica, o jovem foi aprovado na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na Universidade de São Paulo (USP) e na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), também em São Paulo. Pedro disse, em entrevista ao G1, que preferiu não se matricular nas universidades, e optou por dedicar-se ao seu objetivo principal: estudar para conquistar uma vaga no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) no próximo ano. O jovem mudou-se recentemente para São José dos Campos, em São Paulo, para fazer um curso preparatório específico para o ITA.

Momentos após receber a notícia da classificação na Ufes, o estudante se dizia feliz, principalmente pela conquista dos amigos, também aprovados. "Fiquei muito feliz, mas acho que fiquei mais feliz por vários amigos do que por mim mesmo. Muitos dos meus resultados eu nem esperava. Tenho muito que agradecer aos professores e à minha família", falou.

O adolescente, que acabou de concluir o ensino médio, disse que a rotina de estudos era disciplinada. Ele acordava às 5h todos os dias e conciliava o ano letivo do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), com aulas em uma escola particular da Grande Vitória. "Só saía às 19h10. Chegava em casa por volta das 21 horas. Ficava praticamente o dia inteiro na escola", relatou.

Apesar do rigor, Pedro afirmou que não deixava a vida social de lado. "Nunca deixei os amigos de lado, saía aos fins de semana. Não fiquei bitolado. Sempre fui normal, nunca fui um gênio. Mas estudava o que era necessário, sou esforçado. Sabia que tinha ido bem na prova, mas não esperava o primeiro lugar, até porque a redação é sempre uma surpresa", concluiu.

Dicas de Pedro

- Estudar bastante
- Não esquecer dos momentos de lazer
- Dormir bem e descansar
- Não se desesperar
- Fazer provas antigas, para testar o conhecimento

Orgulho

Sem esconder a felicidade, a pedagoga Marta Camata, mãe de Pedro, contou que o filho sempre foi destaque na escola. "Ele sempre foi muito determinado, tem muito foco, é estudioso. Se divertia, também, porque tem muitos amigos. É um adolescente normal", disse.

Apesar de conhecer o talento do jovem, Marta disse que não esperava a classificação em primeiro lugar na Ufes. "Eu e o pai dele já estávamos preparados para a aprovação, porque ele falou que foi muito bem na prova, mas não esperávamos que fosse o primeiro lugar. Foi uma surpresa. É uma alegria, um orgulho muito grande. O telefone não para de tocar", contou.

Fonte: G1 via Agência Força Aérea 25 fev 2014



#26 transvasp

transvasp
  • Usuários
  • 5,199 posts

Posted 26 de February de 2014 - 08:20

Provas AFA

 

http://www.futuromil...-anteriores-afa



#27 liquidsky

liquidsky
  • Usuários
  • 10 posts

Posted 26 de February de 2014 - 14:44

Prezado liquidsky:

Veja só o que um candidato fez para conseguir classificação em diversos vestibulares, dos quais abriu mão, pois o que ele deseja, mesmo, é ingressar no ITA!

"Não sou gênio, sou esforçado", diz 1º lugar geral da Ufes aos 16 anos

Estudante também passou na UFRJ, na USP e na Unicamp. Apesar dos bons resultados, jovem espera aprovação no ITA.

Aos 16 anos, o estudante Pedro Camata Verdini já acumula várias conquistas que fazem com que ele seja o orgulho da família e dos amigos. Além de ter passado em 1º lugar geral no VestUfes 2014, para uma vaga no curso de engenharia elétrica, o jovem foi aprovado na Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), na Universidade de São Paulo (USP) e na Universidade Estadual de Campinas (Unicamp), também em São Paulo. Pedro disse, em entrevista ao G1, que preferiu não se matricular nas universidades, e optou por dedicar-se ao seu objetivo principal: estudar para conquistar uma vaga no Instituto Tecnológico de Aeronáutica (ITA) no próximo ano. O jovem mudou-se recentemente para São José dos Campos, em São Paulo, para fazer um curso preparatório específico para o ITA.

Momentos após receber a notícia da classificação na Ufes, o estudante se dizia feliz, principalmente pela conquista dos amigos, também aprovados. "Fiquei muito feliz, mas acho que fiquei mais feliz por vários amigos do que por mim mesmo. Muitos dos meus resultados eu nem esperava. Tenho muito que agradecer aos professores e à minha família", falou.

O adolescente, que acabou de concluir o ensino médio, disse que a rotina de estudos era disciplinada. Ele acordava às 5h todos os dias e conciliava o ano letivo do Instituto Federal do Espírito Santo (Ifes), com aulas em uma escola particular da Grande Vitória. "Só saía às 19h10. Chegava em casa por volta das 21 horas. Ficava praticamente o dia inteiro na escola", relatou.

Apesar do rigor, Pedro afirmou que não deixava a vida social de lado. "Nunca deixei os amigos de lado, saía aos fins de semana. Não fiquei bitolado. Sempre fui normal, nunca fui um gênio. Mas estudava o que era necessário, sou esforçado. Sabia que tinha ido bem na prova, mas não esperava o primeiro lugar, até porque a redação é sempre uma surpresa", concluiu.

Dicas de Pedro

- Estudar bastante
- Não esquecer dos momentos de lazer
- Dormir bem e descansar
- Não se desesperar
- Fazer provas antigas, para testar o conhecimento

Orgulho

Sem esconder a felicidade, a pedagoga Marta Camata, mãe de Pedro, contou que o filho sempre foi destaque na escola. "Ele sempre foi muito determinado, tem muito foco, é estudioso. Se divertia, também, porque tem muitos amigos. É um adolescente normal", disse.

Apesar de conhecer o talento do jovem, Marta disse que não esperava a classificação em primeiro lugar na Ufes. "Eu e o pai dele já estávamos preparados para a aprovação, porque ele falou que foi muito bem na prova, mas não esperávamos que fosse o primeiro lugar. Foi uma surpresa. É uma alegria, um orgulho muito grande. O telefone não para de tocar", contou.

Fonte: G1 via Agência Força Aérea 25 fev 2014

 

Nossa, incrível mesmo. Ele aproveitou tudo o que a vida lhe deu, com certeza esse garoto vai ser bem sucedido no que ele escolher. Mas vale ressaltar que ele teve muita influência da família, condição financeira, para estudar. Como disse, não tive oportunidade de estudar em colégios particulares e afins.

Ontem mesmo eu fui atrás de um cursinho pre-vestibular que é totalmente focado nos vestibulares do ITA, AFA etc... é bem famosos aqui em São Paulo, tem fama de passar vários vestibulandos para ingressar no ITA, não duvido nada que ele foi fazer lá  :P ... e o preço... meu deus, se for pra pagar um cursinho pra entrar nisso é melhor pagar uma faculdade mesmo  XD .



#28 jambock

jambock
  • Membro Honorário
  • 26,509 posts

Posted 26 de February de 2014 - 22:05

Prezado liquidisky:

Creio que a melhor faculdade, paga, não atinge o mesmo nível do ITA, pois o modelo seguido por este Instituto, exceção dos Institutos militares, não tem igual no Brasil.

Acredito teres ido até o Poliedro. Smj, compensa pagar caro por um curso que te possibilitará frequentar, gratuitamente, um excepcional curso superior.  


Edited by jambock, 26 de February de 2014 - 22:07 .