Jump to content

aerobronco

Usuários
  • Content Count

    595
  • Joined

  • Last visited

About aerobronco

Previous Fields

  • Cidade/UF/País
    Rio
  • Data de Nascimento
    15/05/1982

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Hell
  1. Como um colega acima falou, a aeronave em si tem capacidade de até 4 pessoas (1 piloto + 3 pax ou 2 pilotos + 2 pax). Porém, como a categoria de registro da aeronave é "PRIVADA INSTRUÇÃO", na prática a capacidade da aeronave na prática cai para 2 pessoas* (que devem necessariamente ser tripulantes, no caso, pilotos). Explicação: Aeronaves "PRIVADA INSTRUÇÃO" precisam ter seguro de responsabilidade civil apenas para as Classes II, III e IV: CLASSE I - Passageiros e respectivas bagagens de mão CLASSE II – Tripulantes CLASSE III- Pessoas e bens no solo CLASSE IV - Colisão ou abalroamento CLASSE V - Cargas e bagagens despachadas Obviamente as escolas/aeroclubes não vão pagar por um seguro maior do que o mínimo obrigatório e tenho absoluta certeza (mesmo sem consultar nada) que esse é o caso da aeronave acidentada. Classe I (passageiros e bagagem de mão) não está segurada, então se transportar alguém dessa classe, por não tem seguro, está cometendo infração ao CBA, pois deve haver seguro adequado para todas as pessoas a bordo, o que na prática impõe que apenas 2 pessoas, que devem ser necessariamente tripulantes, poderão estar a bordo da aeronave. Definição de tripulante, conforme CBA: pessoas devidamente habilitadas que exercem função a bordo de aeronaves. Como é impossível que um 3º piloto exerça função a bordo de um Piper, como não tem motivação para haver um flight/engenheiro de voo para compor tripulação de um Piper, e como mecânico de manutenção não é tripulante, é impossível ter mais que 2 pessoas a bordo sem infringir o CBA. Link sobre categorias e classes de seguro: https://www.anac.gov.br/assuntos/setor-regulado/aeronaves/rab/perguntas-frequentes#repostas25 Edit: * A única possibilidade de uma terceira pessoa a bordo seria um examinador credenciado ou checador da ANAC, pois ele seria um tripulante (exerce função a bordo), supondo um voo de cheque com 2 pilotos a bordo, por algum motivo.
  2. Sim http://www.in.gov.br/web/dou/-/portaria-n-1.590-de-24-de-maio-de-2019-133125997
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade