Jump to content

Thiago

Usuários
  • Content Count

    5,931
  • Joined

  • Last visited

About Thiago

  • Birthday 12/07/1976

Previous Fields

  • Cidade/UF/País
    Pirassununga / São Paulo / Brasil
  • Data de Nascimento
    07/12/1976

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Pirassununga

Recent Profile Visitors

2,910 profile views
  1. Resumindo o Spagat: - Fez muito, manteve a flap enquanto única publicação perene, enquanto várias outras nasceram e estolaram pelo meio do caminho. - Só que, se ele criasse birra com alguém, ou alguma empresa, não fazia a menor cerimônia de disfarçar isso. NES que o diga... - De mesma forma que, se alguém granjeasse da simpatia dele, poderia contar com lautos almoços na sede da flap. - Tem história, tem trajetória, e isso merece respeito.
  2. Não vou entrar no mérito aqui da sua labuta em pescar N posts sobre quem duvidava da nascença da ITA. Eu empenharia tal energia em coisas mais produtivas, como pescar , ou aprender a tocar piano, por exemplo. Entretanto, já que tenhas feito isso, no intuito de expor quem duvidava, lhe adianto de antemão, face ao ócio que o impeliu a tal: - Se leres no meu post, eu digo que "torcia muito para que fosse adiante", tendo em vista N colegas desempregados - Tinha as minhas razões pra desconfiar, pois trabalhei numa empresa, cujo dono que foi por 60 dias - o agora festejado Sidnei Piva -
  3. Beber menos de 500kg/h...... Olha.... essa eu quero ver. Tomara que quem esteja bebendo menos nessa estória seja o avião mesmo, porque..... sei não.
  4. Ele não opera mais com a matrícula PT-KZG, desde que foi reformado. Ele é o PP-VBN mesmo, pois o antigo detentor desta matrícula (o VBN que voava na Varig), já não a tinha mais, o que permitia a sua reutilização. Pelo jeito está à venda, e se o andar da carruagem continuar assim, (preço convidativo, dois motores com muita hora disponível, célula em ótimas condições) já já algum gringo leva, pinta nas cores whatever do dia D, e pronto, mais um tanto de história se vai, e nada vai mudar nestes tristes trópicos.
  5. Eu sinceramente não sei o que passa na cabeça desses mexicanos em operar o SSJ.... juro. Tanto Airbus por aí, Embraer, Bombardier, o que for.... aviões já provados comercialmente como viáveis, e toda a cadeia estrutural por trás deles... E eles foram atrás de sarna pra se coçar. Também não sei se houve alguma forma de incentivo para operarem esses aviões. Sei lá... Porém, acho que mesmo se os aviões fossem operados hipoteticamente sem leasing, ainda assim, seria sarna. Me atenho apenas ao lance do SSJ com eles. Talvez seja autoexplicativo para muita coisa lá.
  6. Tudo isso muito lindo com a aviação que dá ibope... Enquanto isso, com a aviação experimental estão complicando até não poder mais... Fora o tal processo pra todo aeroclube virar "CIAC"... Enfim...
  7. Parece um aeródromo de MS, em que uma política foi fazendo seu prédio até um determinado ponto, em que o DECEA falou: se não parar ali, não tem aproximação por instrumentos, ou vamos deslocar a cabeceira. A política deu de ombros. O prédio continuou a ser feito, e a pista tem quase metade de seu comprimento original com cabeceira deslocada. Bolívia sendo Brasil.
  8. Ali pertinho em Mimoso do Oeste, cidade que mudaram o nome para "Luis Eduardo Magalhães" pra adular o painho....
  9. Risos. Sempre que os fabricantes querem mostrar algo de "vanguarda", usam a carta do super trunfo "asa voadora". Enquanto banco de provas, pesquisa, ok. Legal demais. Mas daí, até a aplicabilidade na prática, e toda a logística adjacente a isto, resultando num ativo chamado viabilidade econômica.....sei não.
  10. Com todo o respeito - e já postei sobre o tema em ocasiões pretéritas - dar o mínimo de seriedade nesta hipótese , e suas possibilidades (configurações de aeronave, rotas, aeronaves, etc, etc ) é um tanto quanto demais, não acham? Torceria muito para que tudo isto acontecesse , ainda mais porque haverá bastante gente desempregada no período, mas o bom senso, e a racionalidade me impedem de viajar na maionese sobre o tema. Sério... apenas uma opinião sobre o que é desdobrado quando o assunto em voga envolve os termos " itapemirim " e " aviação".
  11. Se esse projeto do Turboélice for adiante, certamente será um produto muito bem feito. Disso, eu não tenho dúvidas.
  12. Galera.... Esquece... Picaretagem, saca.... Oxalá isso desse certo. Mas , diante do atual contexto, diante de quem se trata , diante de quem está por trás, diante de tudo... é uma piada de péssimo gosto. Se a Globalia, que tinha um grupo forte por trás, papelada já rodando na ANAC, etc e tal , se fué, imagina essa. Pra ilustrar: esse plano deles de Q400 e A220 , já existe desde a época em que o tal Sidnei Piva apareceu lá pelos lados de RAO e achou que administrar uma cia aérea, é a mesma coisa que encomendar ônibus na Marcopolo e sair rodando por aí. A Bombardier que
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade