Jump to content

Murundum

Usuários
  • Content Count

    3,893
  • Joined

  • Last visited

About Murundum

  • Birthday 04/07/1972

Previous Fields

  • Cidade/UF/País
    Rio Grande do Sul-RS
  • Data de Nascimento
    07/04/1972

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Caxias do Sul-RS Brasil
  • Interests
    Modelos em escala 1:400

Contact Methods

  • Website URL
    http://
  • MSN
    otavioaureoceruleo@hotmail.com
  • Yahoo
    otviosantos@yahoo.com
  1. Two e MAP devem ter pedido os slots para valorizar a empresa por certo, não vejo outra razão. Mandem alguém da Azul pra Israel no muro das lamentações para desafogar a mágoa lá. Que novela chata essa.
  2. Mês passado fiz GRU-ATL na Delta One do A330-330 e retornei na business class do A350 da LATAM na rota MCO-GRU. A poltrona da LATAM, com aquele colchão que chamaram de "duvet", em minha opinião foi muito melhor em termos de conforto e principalmente não tem aquele estreitamento do joelho pra baixo. Pode parecer bobagem mas atrapalha muito pra virar de lado e na LATAM a movimentação era livre. Apesar da configuração da DL A333 ser 1-2-1 eu achei superior a experiência LATAM A350 2-2-2. Sem falar que sou fã do profissionalismo dos(as) FA(s) da LATAM. Alguém falou em pitch de 28' da econômica da LATAM nos narrow? que horror! me lembro quando a AA lançou os 737MAX e queriam colocar 29" e deu um bafafá e acabaram não introduzindo esse pitch.
  3. A queixa é somente de uma aeronave ou outras também estão com esse problema?
  4. Isso é preocupante! Se for redução na concentração de oxigênio ou elevação do CO2 é muito grave! Ao nivel do mar temos em média 21% de oxigênio e a bordo de uma aeronave em voo de cruzeiro cerca de 18%. Mas baixo que isso é perigoso.
  5. Interessante reportagem da revista Airways sobre a Avianca Colombia ( link abaixo). Ali fala que a UAL assumiu as ações do proprietário da Avianca por não ter pago a dívida para com a UAL ( cerca de 470 milhões de obamas). Fico pensando se o proprietário em questão não se deu bem até vendendo suas ações e deliberadamente não pagando. Se ele foi removido de lá fica complicado implicar a AVA no passivo trabalhista e empresarial da AVB. Falei muita besteira? https://airwaysmag.com/airlines/avianca-board-shakeup-united-seeks-control/
  6. Avianca Colombia não é de propriedade dos irmãos? Ou parte dela? Que bagunça isso tudo na minha cabeça.
  7. USD 500 é muito caro. Eu não aceitaria.
  8. Olha não sei se há tanto problema em voar ATR. Sou passageiro regular do ATR na rota POA-PET-POA e nunca vi comissários e pilotos que não estivessem de bom humor. Percebe-se claramente quando uma pessoa trabalha sem vontade e isso em meus voos não tenho visto, pelo contrário. Um pitaco: será que pilotos não aceitaram ir pro ATR por estarem em processo de seleção em outra empresa voando o mesmo equipamento anteriormente usado por eles na AVB? Aí não seria esnobismo e sim apenas opção de carreira.
  9. Se o patrão é o mesmo seria uma atitude lógica da parte dos funcionários. Efromovich não é majoritário lá?
  10. LH está processando um passageiro que fez isso. Li no site One Mile at a Time tempos atrás.
  11. "Na manifestação, a Anac também pede que o juiz decida sobre a apropriação indevida pela Avianca de valores referentes ao repasse de tarifas de embarque de passageiros realocados em outras companhias aéreas em razão dos cancelamentos de voos da Avianca. Procurada, a empresa não comentou o assunto. Fonte: estadao.com.br" Não repassou à Infraero?
×
×
  • Create New...