Jump to content

Bruno Holtz

Usuários
  • Content Count

    1,288
  • Joined

  • Last visited

About Bruno Holtz

Previous Fields

  • Cidade/UF/País
    Salvador/Ba/Brasil
  • Data de Nascimento
    02/03/1973

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Brasil

Recent Profile Visitors

636 profile views
  1. Um FR antigo, mas bem detalhado de um voo com o Metroliner pelo FCANTERAS.
  2. Aprovaram essa madrugada o plano de restruturação da TAP. Pelo que li, vão precisar de um total de 3 bi de euros, mas vão diminuir a força de trabalho (pessoal de voo e solo), e reduzir em 25% a remuneração. Como esperado, não tiveram estomago para liquidar a empresa, e no final das contas, a carga vai cair sobre o contribuinte português. Nossa "herança" do pai Estado esta mais que justificajustificada.
  3. Vi um vídeo de um AN 124 que saiu da pista em Minsk, após um pouso de emergência por conta de bird strike. O motor sofreu um despalhetamento que danificou a fuselagem. Os danos parecem ter sido consideráveis dada situação.
  4. Vi a matéria. Ou o cigarrinho de Piva é dos bons (me diga onde tem que quero também), ou pode ser uma jogada de marketing do tipo "fale de mim". Nao da para levar a sério uma declaração destas.
  5. Obrigado por compartilhar essas maravilhosas imagens. Interessante ver aquela pintura do 720 de Ecuatoriana. Muito a frente do seu tempo. Aguardando a continuação!
  6. Pense num absurdo! Na Bah...digo, na Bolívia tem procedentes! As coisas já são restritas por conta da altitude do aeroporto. Agora vem e constroem esse prédio bem no eixo da pista. Otávio Mangabeira (ex governador do estado, e autor da frase mais acima, claro que com Bahia ao invés de Bolivia) se vivo fosse, extrapolaria a famosa observação.
  7. Realmente o depoimento do colega de fórum mostra como deve estar o clima na Latam. Fico triste com isso. Na época da JH, todos sabiamos o que iria acontecer (absorção dos ativos pela Varig, e pe na bunda para a maioria dos funcionários), mas o clima em momento algum esteve sombrio como deu para perceber pelo escrito. O grupo de voo claramente esta incomodado. Imagino que o pessoal de solo e o administrativo devam estar na mesma vibe. Agora é torcer por dias melhores, mas como o B737-8HX bem pontuou, não se está vendo uma movimentação da Latam no doméstico para voltar a marcar território.
  8. Quando vejo essas notícias vindas da África, so lembro do que um amigo contou quando ele foi trabalhar em uma ONG voltada para qualificação profissional no continente. Isso foi por volta de 2009 (ficou lá até 2011). A base era Luanda, mas eles atuavam também em outros paises além de Angola. O batismo de fogo com a African Operations, foi em uma viagem a uma cidade menor (não lembro se em Angola ou em outro pais), mas tinha um pequeno aeroporto e pista de asfalto. Foram em um voo fretado, um turbohelice de asa alta que ele não sabia o modelo (creio ser alguma versão de Antonov, capaz de se
  9. Podem falar o que quiser, mas otimistas os caras estão. Não estou muito crente desta data (ou mesmo do surgimento da empresa com aviões voando), mas o tempo nos mostrará. Espero, como muitos aqui, estar errado, e que vejamos ainda em 2021, um A320 amarelo nos céus.
  10. O mais surreal é o tanto de gente que esta embarcando nesse "projeto" de companhia aérea, comendo toda a pilha que está sendo divulgada. Se um grupo sério como os controladores da Jet Smart sequer dão qualquer perspectiva de entrar no mercado brasileiro (creio que qualquer possibilidade só para depois de 2021), imagina se uma empresa como essa vai virar realidade, mesmo para o ano que vem. Enquanto isso, só nos resta acompanhar o "marketing" que vem sendo feito, e ver os doidos que acreditarão.
  11. Não duvide. Um amigo engenheiro trabalhou por uma ano em meio na Índia. Pelo que contou, nunca se deparou com mão de obra tão displicente. Os índices de acidentes de trabalho na obra eram surreais, tudo por conta da teimosia local em não obedecer os criterios de segurança. Sem contar com outras situações do dia a dia que ele vivia por lá que beiravam o inacreditável. Ele ja tinha trabalhado em dois outros paises africanos (um com cerca foi Moçambique), e falou que preferiu mil vezes la que na Índia no que diz respeito a mão de obra. Se os vizinhos tiverem a mesma pegada, não será nen
  12. Acho que se confirmando essa "proeza", creio que será a primeira vez que um avião comercial arremate após tocar a pista sem tem de pouso. Alguém saberia de outras situações semelhantes a essa?
  13. Situação completamente distinta da de agora. Se houver (e creio que vai) alguma intervenção pública no setor aéreo por agora, mais que justifica se. No caso citado, não havia a menor razão. A empresa fechou por incompetência da gestão,simples assim.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade