Jump to content

Bruno Holtz

Usuários
  • Content Count

    1,270
  • Joined

  • Last visited

About Bruno Holtz

Previous Fields

  • Cidade/UF/País
    Salvador/Ba/Brasil
  • Data de Nascimento
    02/03/1973

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Brasil

Recent Profile Visitors

491 profile views
  1. Não duvide. Um amigo engenheiro trabalhou por uma ano em meio na Índia. Pelo que contou, nunca se deparou com mão de obra tão displicente. Os índices de acidentes de trabalho na obra eram surreais, tudo por conta da teimosia local em não obedecer os criterios de segurança. Sem contar com outras situações do dia a dia que ele vivia por lá que beiravam o inacreditável. Ele ja tinha trabalhado em dois outros paises africanos (um com cerca foi Moçambique), e falou que preferiu mil vezes la que na Índia no que diz respeito a mão de obra. Se os vizinhos tiverem a mesma pegada, não será nenhuma surpresa esquecerem de baixar o trem de pouso, e ignorar qualquer alarme.
  2. Acho que se confirmando essa "proeza", creio que será a primeira vez que um avião comercial arremate após tocar a pista sem tem de pouso. Alguém saberia de outras situações semelhantes a essa?
  3. Situação completamente distinta da de agora. Se houver (e creio que vai) alguma intervenção pública no setor aéreo por agora, mais que justifica se. No caso citado, não havia a menor razão. A empresa fechou por incompetência da gestão,simples assim.
  4. Triste mesmo. Infelizmente virão outras em breve. Candidatas ao fechamento não faltam, ainda mais com o "efeito corona" que está neste momento dando uma chacoalhada na economia mundial.
  5. Fumaram uma da boa para dizer que vão operar o A380. Ainda que tenham dito que é marketing, fica feio depois, se começar a operar, e aparecer um 737-300
  6. O concorde voava de Paris ao Rio. Via Dakar, pois não tinha autonomia para fazer direto. Não saberia dizer o tempo de voo de cada perna.
  7. Nao será A220. Será ah! São 22:20. Vamos deixar a Abaeté quieta com seus Caravan voando para Morro. Para quem tiver bala na agulha, será melhor que o catamarã, ou ferry+atracadouro em Valença.
  8. Típico dele. Na época, quando trabalhava na JH, e se introduziu o banheiro exclusivo para mulheres, era só elogios para o pioneirismo da empresa. Publicidade farta na revista. Quando o caldo azedou na RG, e as empresas filiadas tiveram de cortar na carne (e o pessoal da Pioneira quase nada de sacrifício, mas isso é outro papo), a publicidade acabou, e ai foi madeirada seguida na empresa por umas três ou quatro edições. Até desfazer do pioneirismo do banheiro feminino rolou. Hoje é bem verdade que a linha editorial esta bem mais light quanto à isso, temos de admitir. Mas também é fato que o mercado editorial e os costumes ligados a informacão estão muito diferentes daquele período.
  9. Ou seja, será mesmo uma Sistemática. Apenas cogitei a possibilidade de dinheiro de terceiros para se valer da certificação, e quem sabe, crescer. Mas ficando na mão dos atuais donos, ficará no Caravan ad eterno.
  10. Esta com cheiro de dinheiro novo por trás desta certificação. Quem???
  11. RPG nunca teria precisão para acertar um avião onde ele se encontrava. Acho que é ainda cedo para se saber de algo em definitivo, embora a tese do avião ter sido abatido (por quem e com que armamento seria uma outra longa história) seja bem plausível.
  12. Seria a Low Coast o litoral holandês? Abaixo do nível do mar, tendo que fazer diques...
  13. Pois é... Não fica óbvio para quem tem o mínimo de senso crítico, que tem muito mais coisa que uma mera uma birra por parte da agência, que está com novo diretor, e este ficou ofendido pois a FAA foi citada pela Boeing como tendo alguma responsabilidade pelos acidentes? Acho também que estas justificativas dadas no vídeo simplificam sobremaneira as coisas. Me lembrou da fase áurea de nosso ex presidente molusco, que achava que poderia solucionar o problema árabe - israelense com uma boa conversa no churrasco de fim de semana. A complexidade da situação está muito além do que nós aqui de fora possamos compreender.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade