Jump to content

vitordos

Usuários
  • Content Count

    277
  • Joined

  • Last visited

About vitordos

  • Birthday 11/25/1977

Previous Fields

  • Cidade/UF/País
    Salvador/BA/Brasil
  • Data de Nascimento
    25/11/1977

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Salvador-BA
  1. Muitas dificuldades podem ser esperadas por passageiros com destino à Franca, passando por ela por via terrestre ou por seu espaço aéreo ou mesmo em deslocamento dentro do país, como resultado de mais uma paralização convocada por sindicatos - o de aeroviários indica que a greve será apenas no dia 5 de dezembro, mas o dos ferroviários não apresentam data de término das paralizações. Para quem tenha viagens programadas como mencionado acima, entre em contato com sua companhia aérea ou tenha um plano B pronto! PS. A Air France já sinaliza enviar uma contingência de remarcações sem custos para o período em questão, como sempre se antecipando ao problema, vale a pena ficar de olho.
  2. A título de exceção comercial e para passageiros com bilhetes LATAM, está liberada a excepcional troca de destino de Santiago-CHI para Lima-PER, por conta da decisão da Conmebol de alterar a final da Libertadores deste ano, tendo em vista a situação no Chile. Passageiros com bilhetes emitidos até a data de ontem, 5 de novembro, têm direito à remarcação para Lima ou reembolso do bilhete ou dos trechos não-voados, para voos chegando à capita chilena entre 18 e 23 de novembro. Será exigida dos passageiros que queiram fazer a alteração, entretanto, a apresentação de comprovante de presença confirmada na final para a efetivação da alteração e o contato precisa ser feito no call center da empresa. Obviamente a exceção se estende aos acompanhantes, desde que no mesmo bilhete.
  3. Tomara que se concretiza, seria mais uma opção de ligação entre continentes com a Star Alliance! Melhor ainda, e talvez mais sensato/inteligente, se com uma conexão na Europa, como fazem a Turkish ou faz a própria Air China. Que tal fazer parceria com a TAP, que já teve voos diretos pra Bogotá, e fazer Shanghai or Beijing-Lisboa-Bogotá, negociando inclusive um stopover com eles e fazendo concorrência com a Capital Airlines? Seria uma jogada de mestre!
  4. https://www.flytap.com/pt-pt/alertas-e-informacoes O que fazer? Quais as providências?
  5. Mantenho a pergunta, alguém tem os detalhes: lista de voos, horários, dias?
  6. Alguém pode indicar quais são as novas rotas, com seus números, dias e horários? Não há nada ainda na página da GOL ou em qualquer outro lugar...
  7. Já sugeri à TAP várias vezes que liberem o sistema para que nós brasileiros pudéssemos usar a empresa par chegarmos nos EUA: Brasil-Lisboa-EUA! Ah, mas é mais longe, leva mais tempo... Isso é escolha do passageiro e a empresa, se for inteligente e quiser ganhar dinheiro, pelo menos disponibiliza a opção sistêmica por um período, faz uma campanha/promoção e depois reavalia! Gostaram da ideia e dizem que a estão avaliando, aguardemos...
  8. Claro que é um desejo irrealizável, mas se a GOL realmente abrisse uma base no Peru, com 5-6 aeronaves apenas, faria um bom estrago na LATAM com seu serviço e qualidade! Uma aeronave somente servindo Cusco em esquema bate-e-volta, começando 6 da manhã e terminando 10 da noite; em três horários intermediários poderia ser Lima-Cusco-Arequipa-Cusco-Lima; outra fazendo Lima-Juliaca-Arequipa-Lima duas vezes ao dia, começando umas 9 da manhã; outra fazendo Lima-Arequipa-Trujillo; quem sabe o trecho devia ser GRU-LIM-BOG-LIM-GRU, pra derrubar a LATAM e a Avianca Perú de vez... Quem gostaria muito disso seriam a KLM e Delta, que alimentariam o país com uma parceira sólida! Acho que dá mas tem tanta corrupção no Peru, não menos que aqui...
  9. Acabo de ligar pra GOL e reclamar sobre isso e outros pontos, deixando também algumas sugestões. Como o voo é apenas em dezembro, há tempo para muitos ajustes, nem número tem ainda! O que acho bem engraçado é o fato de não haver qualquer parceria da GOL com outra empresa no Peru, pois quem vai pra lá quer basicamente fazer turismo e vai se deslocar com a maior concorrente, a LATAM, com uma malha ampla e consolidada no país! Não sei se é uma boa ideia alimentar a concorrente dessa forma, com mais de 100 passageiros por dia!! Seria absurdo fazer acordo de compartilhamento com a Avianca Perú? Com as low-cost não dá, não são confiáveis e não respeitam regras, não dão assistência as passageiros, voos sempre atrasados e cancelados com frequência! O que os colegas, com absurdamente mais bagagem que eu, pensam a respeito?
  10. Se ela for, vai destruir o LifeMiles como fez com o Fidelidade!
  11. Olá Murundum, De fato ninguém sabe o que vai acontecer no futuro. O que fiz foi mencionar uma experiência a título de informação, e aí cada um faz como quer, mas seu questionamento é pertinente. Vejamos o que acontece em uma semana!
  12. Quem tinha trecho O6 em bilhete de parceiras e foi remarcado para fazer o trecho doméstico com outra empresa pode receber a pontuação original do trecho comprado no Amigo - acabo de resolver isso com eles! O passageiro deve entrar em contato com o SAC do Amigo e registrar protocolo, informando os números de bilhetes original e remarcado. No momento do check-in, o cartão de embarque do trecho doméstico com a outra empresa NÃO deve ter qualquer outro programa de fidelidade. Após 4 horas do novo voo feito, pode ser tentado o crédito online pelo Amigo com todos os dados de voo originais. Se não funcionar, basta ligar pro SAC e mencionar o protocolo. Em isso não sendo possível, que se envie o cartão de embarque para o e-mail do amigo para o crédito, desde que não haja crédito no programa da empresa remarcada, ou pelo menos que isso não conste no cartão de embarque a ser escaneado. De todas as perdas que todos os lados têm, pelo menos o cliente acaba tendo um prejuízo menor. O que acham?
  13. Olá HammerHead, não tenho o conhecimento interno ou específico para ver nas entrelinhas o que essa ação quer dizer, isso cabe a vocês com mais gabarito, só quis dividir a informação. No caso das outras empresas, vejo somente a Azul se mexendo com abertura de rotas claramente para cobrir acunas da O6. Veja o exemplo dos quatro voos diários partindo de GRU para FOR e SSA. A questão é que eles tê, horários esdrúxulos e não se encaixam para conexões nas chegadas dos voos da Star Alliance nas manhãs; quem pousa por volta de 6 da manhã com TP/UA/LH/LX ou qualquer outra teria de esperar até 14:40h para seguir em conexão pra Salvador, por exemplo! Isso também imaginando a esperada entrada da Azul na aliança; alguém tem novidades? Perfeito seria se a GOL entrasse, mas suas ligações umbilicais com AF/KL/DL não o permitiriam. O que acham?
  14. Informação simplória diante daquelas às quais vocês mais gabaritados têm acesso porém pode ser útil a alguém: A O6 tem planejamento de voos até outubro e somente vai voar para os quatro destinos já sabidos: SSA, CGH, SDU e BSB. Partindo de Salvador, por exemplo, só existirá um voo Avianca, o SSA-CGH com saída às 4:50h. A página da empresa na internet encontra-se em manutenção, nada pode ser acessado. Como disse, informação simplória porém pode ser útil a alguém ou dar indicativos.
  15. Parece que não é só aqui e com a nossa Avianca que a coisa está braba: O sindicato dos aeronautas da Argentina (Asociación Argentina de Aeronavegantes) disse que a situação da Avianca Argentina está causando uma profunda preocupação em todo o país. Segundo a entidade, a diminuição de rotas e os atrasos nas diárias e pagamentos dos funcionários são coisas recorrentes dentro da companhia nos últimos meses. “Das cinco rotas que a Avianca Argentina realizava em janeiro deste ano, hoje efetua apenas duas. Esta situação nos põe em alerta pelo perigo que isso acarreta na conservação dos postos de trabalho”, afirmou a associação, em comunicado postado em sua página oficial do Facebook. Ainda de acordo com o comunicado, houve uma diminuição do investimento para o crescimento da Avianca Argentina após a piora na situação econômica da “irmã” Avianca Brasil.
×
×
  • Create New...