Jump to content

giuli

Usuários
  • Content Count

    1,827
  • Joined

  • Last visited

About giuli

Previous Fields

  • Cidade/UF/País
    SP/SP/Brasil
  • Data de Nascimento
    01/01/1950

Profile Information

  • Location
    Ny

Recent Profile Visitors

781 profile views
  1. Se vão cobrar só R$120,00 reais a mais e perder 6 assentos que ficarão bloqueados na aeronave, acho que a conta não fecha. Sem falar no custo de catering diferenciado. Acho que esse preço deva ser algo para testar a receptividade ao produto...
  2. Desse jeito a vida vai ser curta em POA...
  3. Não vai acontecer nada com relação aos salários. A fonte de copilotos inexperientes, que é o perfil que a Azul contrata, é praticamente infinita...
  4. As mesmas restrições meteorológicas se aplicarão no novo aeroporto, duvido que instalarão um ILS, apesar de que os procedimentos RNP hoje em dia já tem os mínimos muito próximos de um ILS CAT I. Se houvesse tanta demanda a GOL não estaria tirando voos de CXJ e a TAM voltaria a operar. Bastaria alargar um pouco a pista atual e já teríamos algo suficiente e muito mais confortável para a população. Canela e Gramado estão negociando a construção de um aeroporto mais próximo que Vila Oliva, ou seja, esse tráfego de Gramado/Canela não irá para Caxias ou na melhor das hipóteses será dividido em 3. POA/CxJ e Canela. Não é muita coisa para um raio de 130KM? My 2cents... Ainda acho que vão ficar com os mesmos voos só que agora 40km de distância com uma estrada de pista simples...
  5. CXJ tem poucos voo não por causa do aeroporto, mas sim por causa da demanda. Estão brigando por um aeroporto que será longe da cidade e continuará com os mesmos poucos voo... Vão se arrepender amargamente... Com a distância que será da cidade, fará mais sentido ir a POA em função de mais opções e preços. Continuará um aeroporto para poucos, só que agora 40km da cidade...
  6. Uma vez que a Gol não parece querer entrar com wides, poderia inicialmente tentar introduzir o 321LR/XLR nos vôos para os EUA , para depois tentar introduzir 320s nos domésticos ou não...
  7. O país oferece condições pífias para um novo entrante. Não há slots nos principais aeroportos e os custos trabalhistas e fiscais ainda altos. Por enquanto creio que não passe de um desejo do governo, muito longe de virar realidade...
  8. Existe diferença entre pouso forçado e pouso de emergência. Pouso forçado é quando a aeronave não tem mais condições de se manter em voo, como nesse caso. Passageiro passando mal é pouso de emergência, assim como panes onde o piloto ainda consegue se manter em voo e prosseguir para uma alternativa que comporte a aeronave.
  9. Para se operar os slots precisarão de aviões e pilotos seja qual for a empresa... Melhor que seja uma que cumpra com os mínimos legais da CLT do que outra que nem isso...
  10. A vida das empresas na Europa não está fácil...
  11. O pior é que tem gente que acredita...
  12. Airbus na Passaredo? Fala sério... Slots caindo no colo da Azul em 3, 2, 1...
  13. CGH não é garantia de sucesso para empresa nenhuma quando não se tem boa gestão. Se fosse, a Avianca não teria quebrado...
  14. Pelo movimento da Passaredo em pedir todos slots para RAO vejo como um sinal de que não vão receber aeronave nenhuma e vão tentar fazer o feijão com arroz no instinto da sobrevivência, para maximizar a utilização da sua operação somente em duas bases, acabando assim com gastos em bases com poucos voos....
  15. Concluímos então que essa história da Gol ser avalista da Passaredo ser mera especulação então.
×
×
  • Create New...