Jump to content

BLUE - SBKP -

Usuários
  • Content Count

    1,504
  • Joined

  • Last visited

About BLUE - SBKP -

Previous Fields

  • Cidade/UF/País
    Campinas
  • Data de Nascimento
    13/01/1985

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Sao Paulo

Recent Profile Visitors

711 profile views
  1. Revolta na Air France: anúncio de mais de 7.500 demissões gera protestos A Air France confirmou que irá demitir mais de 7.500 funcionários, incluindo pessoal de sua subsidiária regional, para reduzir custos e passar pela crise do Coronavírus. A empresa emitiu uma declaração oficial afirmando que 6.560 pessoas serão desligadas na linha principal da Air France, e pouco mais de mil na subsidiária regional HOP!. Segundo a empresa, estão sendo perdidos 15 milhões de euros por dia por conta da demanda mínima contrastando com o excedente de pessoal, aeronaves e equipamentos. A expectativa da Air France é que a demanda volte para níveis pré-pandemia apenas em 2024. O governo francês já se comprometeu a dar um pacote de ajuda na ordem de €7 bilhões, como parte do programa de resgate da indústria aeroespacial francesa, que incluirá a fabricante Airbus. Revolta dos funcionários Embraer E190 da HOP! pousa em Frankfurt O anúncio das demissões, associado à ajuda bilionária do governo, está deixando os funcionários revoltados. Segundo entrevista dada à Reuters por Annick Blanchemin, funcionário de solo da empresa com 62 anos de idade, a situação é escandalosa. “O governo está pondo €7 bilhões na empresa, que está destruindo empregos”, protestou ele. “Eles querem que eu me aposente, porém, se eu fizer isso agora não irei conseguir o máximo da minha aposentadoria, e não é assim que quero sair da empresa”, conclui Annick. Funcionários da HOP! em Nantes fizeram protestos após o comunicado oficial, e greves por parte de empregados da subsidiária e da matriz são esperadas nos próximos dias. A subsidiária regional opera com aviões Bombardier e Embraer que levam até 100 passageiros, e terá seu quadro de colaboradores reduzido em quase 50%: dos atuais 2.420, um total de 1.020 serão desligados. Por enquanto, nada foi comentado sobre demissões na KLM, empresa holandesa que é irmã da Air France e controla 45% da holding que comanda as duas companhias aéreas e suas subsidiárias. Inclusive o governo holandês demandou garantias de que a sua ajuda não vá para o lado francês do grupo, e rumores de uma possível dissolução da fusão já foram ventiladas, conforme você pode conferir na matéria a seguir:
  2. Ridiculos comentarios como sempre Infelizmente as empresas foram forcadas a encolher com a conseguinte e necessaria reducao de pessoal. E uma realidade triste para garantir o futuro das empresas... O efeito Pandemia esta acontecendo ate empresas como a Emirates com Demissao em massa. Conheco varios ja demitidos
  3. A maior parte desta divida sao avioes da LA que a mesma esta renegociando/devolvendo... A industria vai reduzir de tamanho e todas as cias vao ter de se adptar Com reflexo para Lessors e Bancos. E isso nao e exclusividade da LA ai vem Grupo IAG etc etc etc etc etc etc.... A geracao de caixa virou po depois da pandemia e nao tem como manter a estrutura anterior
  4. Ja tinha lido... O unico beneficio e que o B737 MAX , com problema de projeto conhecido por todos, provocou o aterramento das 7 aeronaves e atraso nas entregas da GOL, Se nao fosse por este detalhe os avioes estariam na frota e teriam custo fixo superior ao B737 NG e o desafio seria ainda maior. O beneficio nao esta no monofleet mas no atraso da entrega dos MAX groundings, como os atuais NG ja estavam para ser subs abre uma janela para resolver o custo fixo onde o problema e de Demanda e reducao drastica de oferta, devolvendo e nao prologando leasing somente isso, o que pode ocorrer coincidindo com qualquer phase out de frota em cia aerea com encomendas em atraso. Quem diria que o problema dos MAX traria algum alivio.
  5. No outro lado temos a Alemanha com letalidade sig menor em relacao a toda Europa 0,3% Com a faixa contaminados com 47 anos a os casos de obito todos acima dos 65anos. Na Italia a media dos infectados sobe para 63 anos a letalidade sobe para 8.3% principalmente na parte Norte e rica da Italia. No Brasil em torno dos 1,2% tambem todos os casos de letalidade foram na faixa acima de 65... Torcer para que os medicamentos que estao sendo testados tenham efeito e venha logo a vacina
  6. A GOL agora vai preservar cx pra atual crise. Pra fazer uma operacao parecida ao que a Latam fez - difere pois vao pagar parte em acoes da GOL, precisa muito $$$ grana e condicao solida.
  7. Logico o valor da Outorga esta completamente fora da casinha. Como as 1a licitacoes tinham a Infraero 49% e as construtoras levaram as 1a concessoes da DIlmanta com interesse delas em ganhar com a construcao dos mesmos pra bancar o Patrimonialismo do PT. Com projecoes infladas nao confirmadas agora e largar o abacaxi Concessao Nao para gerar IMPOSTO tem de ser fonte para Investimento quando mudar passa a funcionar. Agora vao considerar bases mais realistas tanto no GIG quanto no, SGA. E GRU precisa ser estendido contrato, sem mais Outorga, para garantir novos Investimentos. Entra ai tambem VCP.
  8. Excelente noticia! Resolve na ponta do aeroporto fica faltando o prologamento da linha para alem da estacao Eng Goulart. integracao com o metro. Isso vai aumentar sig a utilizacao da linha tanto por trabalhadores do aero quanto aumentar o numero de pax que hoje nao usa a linha por ser extremamente complicado usar a mesma.
  9. Outro exemplo A AD esta finalizando a construcao de seu MRO em VCP mas em GRU falta um grande MRO para realizacao de manutencao pesada. Hoje a LA manda seus WB para AUH para realizar manutencao pesada sao muitos empregos e impostos levados para o exterior, mas se voce observar existe area proxima aos atuais hangares onde existe favela no local. O Governo deveria incentivar seja com menor burocracia/imposto, seja na liberacao de area para construcao de um grande Hangar para manutencao pesada/pintura. E com isto nova fonte de receita para o Governo, Concessionaria e menor custo para Cia Aerea alem de gerar novos empregos de maior complexidade. Ou seja todo mundo ia ganhar, mas hoje os dolares voam para AUH, junto com os empregos impostos etc etc e para o Brasil sobra a favela, o Custo maior para a cia aerea e para o Governo 0 de imposto. Alguem tem duvida do que precisa ser feito?
  10. Exatamente A inviabilidade decorre do modelo adotado visando ARRECADACAO e nao INVESTIMENTO o que demonstra claramente a falha da concessao. Outorga nao e fonte de IMPOSTO pra tapar rombo governamental, alias a carga tributaria no Brasil tem de buscar o caminho inverso o de reducao, mas fonte de Arrecadacao de novos Investimentos para alavancar o sistema como um todo. Em 1 da Infraestrutura do proprio sitio e 2 demais aeroportos secundarios e sistema aeronautico como um todo. Se esta mentalidade fosse adotada teriamos outra realidade e recursos para impulsionar investimento de vulto no sistema aeroportuario VCP, GRU, GIG ( este tem que ter vida propria e nao viver sonhando em GRU com capacidade esgotada. GRU e extremamente lucrativo e rentavel e sua geracao de cx e capaz de alavancar a ampliacao de sua capacidade para alem de 100kk PAX ano, construcao de 3 pista etc etc, e infra de acesso tanto a SP quanto a VCP basicamente TREM de velocidade/Metro para SP. Voce teria 2 pontas O investimento privado da Concessionaria que teria cx maior, com menor outorga, mas exigencia de Investimento maior e com isso mais capacidade para gerar novas receitas. Ex voce nao tem uma area para locadoras de veiculos proxima ao aeroporto poderiam usar o proprio peoplemover para acessar uma grande area propria para locadoras de veiculos e teria nova fonte de receita nova tipo MIA. Hoje voce tem locacao de espaco no estacionamento do T3 para facilitar. Ou e estacionamento ou e locadora. O investimento publico na infra de acesso e aeroportos secundarios seja via PPP seja Concessao de acesso usando como fonte a propria Outorga isso gera capacidade de ser um agente financiador e captador. ex Rodoanel Norte e estrutura logistica para Carga
  11. A Latam fechou acordo com a CX a algum tempo acho que ate por isso mudaram para o A350. Depois da SAA 123... vao tornar o voo diaro. GRUPartida às 17 Horas 55 minutos, de Guarulhos Intl. Guarulhos Intl. 8hh 45minminde duração 07:40+1JNBChegada às 07 Horas 40 minutos, a Joanesburgo Joanesburgo VooLA8058Airbus 350-900 Operado por LATAM Airlines Brasil Conexão em Joanesburgo(troca de avião) 4hh 10minminde duração Longa espera 11:50JNBPartida às 11 Horas 50 minutos, de Joanesburgo Joanesburgo 12hh 40minminde duração 06:30+1HKGChegada às 06 Horas 30 minutos, a HONG KONG INTL HONG KONG INTL VooLA5648Boeing 777-300 Operado por Cathay Pacific
  12. Pois e tem gente que reclama se voa e se nao voa, e tanto se, porem, todavia que fica dificil. toda H tem uma nova. Quer e escolher e reclamar de tudo. Impressionante!
  13. Tanto tem demanda que a AA entrou na rota... E opera sozinha. Eles tinham um fundamento que rotas leste base - hub GRU e p oeste SCL e LIM so que se existe demanda para um voo direto este fundamento cai por terra. Ex MAD a demanda e tao grande que nao faz sentido colocarem SCL- GRU MAD e sim SCL-MAD... a nao ser para aumentar captacao de forma geral nas demais pracas ou para atender mercados menores como Paraguai Bolivia etc sempre vai existir possibilidade de captar conexao
  14. Outro detalhe a ser observado, a rota e bastante longa a distancia com mais de 12k KM SCL FRA non stop. Isso deve dar mais de 15h de voo no retorno, logico tem de ser Chileno e com tripulacao Chilena, e com isso a LA vai tirando proveito da versatilidade do 787 e como muito bem observado acima, maximizando a estrutura a aproveitar a base LA Brasil em FRA. Ate hoje nao entendi porque nao fizeram o mesmo em LAX no caso partindo de GRU
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade