Jump to content

PT-WRT

Usuários
  • Content Count

    878
  • Joined

  • Last visited

About PT-WRT

Previous Fields

  • Cidade/UF/País
    Sao Paulo
  • Data de Nascimento
    24/01/1958

Profile Information

  • Location
    sao paulo

Recent Profile Visitors

546 profile views
  1. Então, infelizmente não se trata de uma fraude trabalhista descarada, pelo contrário teria até respaldo na Jurisprudência Trabalhista. Tudo dependeria da forma como iriam fazer, mas se houver a demissão com o pagamento dos direitos e a estruturação de fato de uma nova empresa, eles poderiam contratar por um salário menor sem direito a equiparação com os funcionários "LATAM". Ou em outras palavras, a operação não e ilegal do ponto de vista formal e poderia ser feita, o que poderia invalidar a "manobra" seria a ocorrência de apenas uma simulação "no papel" em que os funcionários fossem
  2. Tempos difíceis estes em que sequer sabemos se é certo ou não comemorar aniversário. Me lembro até hoje meu primeiro voo na Laranja (Em que quebrei o paradigma de voar na concorrente), 06 de julho de 2005, CGH - POA, para assistir a primeira final da Libertadores no Beira Rio, contra o Atlético (ainda não tinha o H) Paranaense. Com o voo lotado de São Paulinos, o speech final do Comandante foi desejando boa sorte a nação São Paulina na busca pelo caneco. No voo de volta, no dia seguinte pela manha, o 4 faixas brincou com o fato de "ultrapassarmos" um 737 "antigo" da Pioneira.
  3. Esqueci o link da reportagem: https://www.google.com/amp/s/www.cnnbrasil.com.br/amp/viagem/2020/11/22/a-linha-aerea-de-mentira-que-atraiu-milhares-de-reservas
  4. https://momair.is/ A associação com ITA (indevida ou não) foi inevitável!! A história da MOM e genial! Abraços.
  5. Uma Emenda Constitucional de 2019 (que não se aplica aos militares) mudou a pensão por morte para o INSS e Servidores Civis(antes uma MP já havia restringido) e agora existe uma tabela progressiva para definir o tempo de recebimento, de forma que para ter direito a pensão vitalícia o cônjuge precisa ter pelo menos 44 anos e ao menos 2 de relacionamento (pelo menos na União Federal). Os filhos recebem até os 21 (as vezes 24 se tiver na faculdade) quando a dependência e presumida, acima disso só comprovando a incapacidade O valor também é limitado a 50% do valor da aposentadoria que o
  6. Faz bastante tempo que isso não existe mais, apenas dependentes de servidores militares que optaram pela manutenção do regime antigo (e pagam mais por isso) ė que ainda possuem este direito, mas trata-se de algo em extinção. Aliais a integralidade não existe mais para novos funcionarios desde 2003 e no serviço público federal desde 2013 a União paga de aposentadoria apenas o teto do INSS. A única vantagem do servidor público (que eu considero uma enorme vantagem) em relação ao privado no que diz respeito a aposentadoria ou pensão ė a previdência privada patrocinada o que pouquíssimo
  7. Uma vergonha, um privilégio pago com dinheiro publico sem a menor justificativa, dentro do próprio órgão há inúmeras vozes contras. Ao contrário não STF (que também acho um absurdo a sala deles, bem mais cara) absolutamente ninguém conhece quem são os Subprocuradores da República, dizer que a segurança deles estaria ameaça da chega a ser piada de mal gosto. Além disso a gestão Aras que está se notabilizando por uma defesa intransigente do governo, sabe-se lá com que intenção, cortou recursos de forças tarefas de combate a corrupção sobre a justificativa de falta de verbas oq ué absolutamente i
  8. Agora já estão falando.em voos internacionais em 2022, a ITA vai conquistar o mundo antes de sair do chão...
  9. O que mais me assusta são os 10,2 mil inscrito para as 600 "vagas", o que para mim revela uma realidade assustadora. Abraços
  10. E muita conta para ser feita, mas eu ousaria a dizer que o custo não valeria a pena (afastando-se a hipótese de simulação) para ser feito de forma imediata e genérica. Se realmente forem fazer, provavelmente será feito de forma específica e gradual, substituindo aos poucos os voos e os maiores salários, em tese ela tem bastante tempo para isso, de forma a diluir os custos no tempo. Não diria que ela fecha os olhos, pois em tese, a Latam, ou qualquer empresa, tem o direito de demitir (desde que siga as regras da Convenção Coletiva) pagando as verbas rescisórias e posteriormente adm
  11. Simplesmente transferir não teria efeito algum, séria praticamente o mesmo que eles continuarem com a Latam, o que poderia ser feito e demitir os funcionários da Latam e recontratar na ABSA com salario menor, neste caso a JT entende que não se aplica a equiparação salarial, ainda que no mesmo grupo econômico, os aviões também teriam que ser transferidos para a ABSA e voar wetleasing para a Latam até a substituição gradual. Bem arriscado e caro...mas tecnicamente possível. A única que conseguiu por sinal!! Abracos
  12. A contribuição previdenciária e limitada ao teto do INSS ou seja, paga 20% de 6.100,00, mas outras questões tornam o CLT muito mais caro para a empresa que o PJ, mas sempre há o risco da Reclamação Trabalhista! Abraco
  13. Que eu lembre, nos moldes da LATAM, só de uma rede de farmácias do Arizona nos anos 90, mas a questão dos DIP's e sua estruturação já foi objeto de várias análises por corte de falências nos EUA, mas eu realmente não me recordo de nenhum caso de grande relevo, provavelmente o Juiz cite algum caso em sua decisão, assim que conseguir ler as 142 páginas eu comento...kkkk
  14. Decisão bem pouco comum em se tratando de chapter 11 nos EUA, o que indica (ainda não li a decisão) um evidente tentativa de deixar os prejuízos apenas com os minoritários. O tiro da LATAM de levar a RJ para os EUA por conta da baixa interferência do Judiciário daquele país no processo, acabou saindo pela culatra. Ironicamente, no Brasil, apesar de todo o resto ser mais difícil, provavelmente um Plano de Recuperação com ester termos seria rejeitado e se fosse, certamente o Juiz concederia a Recuperação mesmo sem a concordância da assembléia. O modelo dos empréstimos "DIP" de i
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade