Jump to content

Rodrigo_A32F

Usuários
  • Content Count

    328
  • Joined

  • Last visited

About Rodrigo_A32F

Previous Fields

  • Cidade/UF/País
    SAO
  • Data de Nascimento
    15/12/1900

Profile Information

  • Gender
    Male

Recent Profile Visitors

905 profile views
  1. A questão da responsabilidade pelas mortes: O RF não tem como objeto (e nem pode) embasar imputações penais, mas sabemos que nos dois casos os órgãos competentes de cada Estado instaurou procedimentos investigatórios. Uma bela hora tantos os RFs qto as investigações vão apresenta seus resultados. Se ficar claro que um sistema autônomo de controle foi incorporado ao produto sem que nenhuma informação técnica tenha sido divulgada ao operador e isso resultou em perdas de vidas humanas, eu não quero estar na pele dos responsáveis por esse absurdo.
  2. E se a CFM56 de um CL ingerir um quero-quero durante uma decolagem no AD de Cacimbinhas da Serra ? CULPA DO MAX!
  3. A expectativa é a melhor possível. É que até agora a conversa se deu exclusivamente entre Azul e a Avianca, e isso não se trata de uma negociação de mercado. Não podemos nos esquecer que estamos diante de uma RJ que em envolve um passivo vultoso, um rol de credores amplo e uma atividade fim extremamente complexa, submetida a uma normativa altamente burocratizada, dependente de certificados e um infinito de outras coisas. Torçamos juntos pelo bem dos colegas da O6, mas com os pés no chão!
  4. O planos para o produto da UPI parecem bons! Será que a assembleia vai aprovar o atual plano - tal como ele é? Esse momento exige pés no chão.
  5. A data inicial proposta para a primeira assembleia era 04/04 (10/04 a 2ª), sendo antecipada para 29/03 (05/04 a 2º). Ainda é incerto o momento exato. Depende da aprovação do plano de recuperação proposto. Se for aprovado, a O6 deverá dar publicidade à disponibilidade da UPI, que é para dar inicio ao processo competitivo de alienação entre os demais interessados. Até lá, partindo da premissa que o plano tenha sido aprovado sob os termos atuais, a Azul goza de exclusividade (acordada com a O6) na fase de negociação que antecede a publicação legal. Se a alienação da UPI ocorrer, considerando as modalidade legais de alienação de ativos, não necessariamente o método utilizado será o leilão. Tudo vai depender da proposta da azul, que será fechada, e de outros inúmeros fatores ainda não conhecidos que são: a aprovação do plano de recuperação (que é o o principal); a conversa com a Azul prosperar; o eventual aparecimento de outros interessados (a vermelha que não é mais vermelha, por ex.); a discricionariedade do juiz e do comitê de credores em face tudo que está por vir; et cætera, ou se preferir, a boa e velha etc. Tem muita coisa para acontecer, a maioria delas incertas.
  6. Capacidade técnica se atesta, horas de voo se mede e se registra e a experiência se presume conjugando as duas primeiras. O conhecimento a posteriori é o único método capaz de revelar se um profissional com 200 horas, em face de uma dada emergência, se sairá melhor do que o profissional com 2000 horas. Até lá, apenas presumiremos que este se sairá melhor que aquele. As vezes aqueles 10 minutos sob alguma condição anormal, em que tudo que se almeja é alcançar a cabeceira, agrega muito mais experiência ao profissional, do que 1000 horas de cruzeiro com os glúteos confortavelmente depositados sobre a pele de carneiro e um dos olhos sobre a linha magenta. Eu penso que, embora valorada com base em dados objetivos, a experiência seja "um valor" tão subjetivo que se aqueles 3 guerreiros do JAL123 tivessem logrado êxito ao tentar levar aquele 747SR para pouso, eles teriam agregado à suas carreiras uma experiência tão valiosa que o método advindo da simples conjugação do tempo jamais seria capaz de mensurar.
  7. Exatamente, o prática do hidden city ticketing. A intensão era averiguar esses detalhes da emissão no caso concreto da LH para averiguar se houve elementos objetivos / subjetivos comuns na prática. Sabemos que a prática é dotada de animus e corpus (portanto é costume - restando aferir se contra legem) e se populariza ao redor do mundo. Ao que parece as cias buscam uma forma de firmar algum precedente favorável nesse sentido.
  8. Com base no que li na sentença, estou tentando retrodizer alguns "possíveis" aspectos da tese de ataque da LH. O que se sabe sobre esse tkt para Berlim? Quando foi emitido, por qual cia e o tipo de emissão (pontos / dinheiro). Esses dados são conhecidos?
  9. Nesse caso da LH, alguém entendeu exatamente o que o pax fez? Eu entendi que no ponto onde haveria conexão, ele deu um perdidão na LH embarcou em um outro voo para outro destino. No entanto, euu não entendi bem como ele procedeu no tocante ao outro voo. Requisito vetores aos colegas para compreender o que de fato ocorreu. Edit: Eu li umas três matérias sobre o caso e também li a decisão da justiça chucrute. Mesmo assim não ganhei a fita referente ao "modus operandi" do pax.
  10. A Embraer poderia homologar o kit Brazil LG para operações radicais.
  11. Sim. O papel aceita tudo e eu não sei de nenhum caso em que as cias tenham prosperado. Creio que é por isso ele demandem em alguns poucos casos apenas, só para causar dor de cabeça ao pax com o processo e mostrar que estão de olho neles. Quem sabe isso desencoraje um pouco a prática, devem pensar.
  12. No caso concreto da LH houve violão de cláusula contratual, o que não é o caso do seu exemplo. No exemplo por ti dado, a opção do X-egg + bacon é contratualmente lícita. Veja que o próprio fornecedor publicou a hipótese no banner da lanchonete. Você, no papel de um consumidor consciente, apenas optou pela hipótese menos onerosa de obter uma mesma combinação final ofertada por valores distintos. Não houve ardil, violão ou coisa que o valha da sua parte. Apenas relembrando: no caso da LH houve violação (no-show intencional na ultima perna), algo que não dá para ilustrar muito bem no seu exemplo da dupla hipótese. Apenas tentando (pois os elemento de cada caso são bem diferentes): Digamos que você contrate a compra do X-Egg 9,00 + Bacon 3,00 e após montado e servido o lanche você remove manualmente o bacon e só consome o X-egg. Na hora de pagar você tenta obrigar a lanchonete a cobrar apenas os R$9,00 alegando que não consumiu o bacon. Enfim, para as cias a institucionalização e popularização desse costume representa riscos de diversas ordens, por isso lançam mão da judicialização de alguns casos para tentar exercer algum tipo de coerção sobre os demais pax.
  13. Tudo bem, mas saibam que o tal Andreas Lubitz estava com o salário em dia.
  14. E o placar da rodada foi: PIC 31 X 0 Grim Reaper Tks, God.
  15. Em conversa com gente da casa, me pareceu claro: o ponto de não retorno já passou. Creio que uma parcela de resignação e foco em recolocação aos técnicos e comerciais principalmente é o melhor a se trabalhar.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade