Jump to content

andregomesoliveira

Usuários
  • Content Count

    74
  • Joined

  • Last visited

Previous Fields

  • Cidade/UF/País
    Recife/PE/Brasil
  • Data de Nascimento
    06/04/1987

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Recife, PE
  1. Já estão falando, principalmente por conta da LATAM Brasil não ter entrado na RJ... Já já vão aparecer montagens dos A350 da LATAM nas cores da Azul vai vendo... Business são business e nada mais.
  2. Uma dúvida. Os A359 que foram pra SAA poderão entrar nessa conta da LA também? De correr o risco de voltar? Ou não, esses ela já se livrou?
  3. Não saiu o resultado da distribuição ontem não? Edit: Agora vi que a data da divulgação será hoje.
  4. O G37465 SCL-REC vôou direto, sem escalas. Desde o anúncio desse vôo sempre informaram que seria direto e operado com o 737-800. Não entendi essa parada técnica no caminho... Mas enfim, quem sou eu pra contestar o que foi informado no vôo. O que importa é que cheguei bem.
  5. Estava no vôo REC-SCL de ontem. Além de todo o atraso causado no embarque por causa da cerimônia política no portão, foi necessária uma parada técnica em BSB para reabastecimento. A tripulação alegou que devido a um nevoeiro em SCL seria necessário a parada por questões de segurança...
  6. No vídeo do Aviões e Músicas que conta a história da United, ele falou que o boato do vôo GRU-SFO pela UA sempre existiu, mas agora está bem mais forte e próximo de acontecer. Lembrei na hora dessa discurssão aqui. Será que agora vai? https://www.youtube.com/watch?v=Em6pfSkpsTA
  7. Gol e Elliott pedem à Justiça para não atender pedido da Azul A Gol afirmou que é “descabida” a proposta apresentada pela Azul à Justiça para constituir uma nova Unidade Produtiva Isolada (UPI) com os ativos da Avianca Brasil, que está em recuperação judicial desde dezembro de 2018. A Gol se contrapôs à estratégia da rival em documento enviado ao juiz Tiago Limongi, da 1ª Vara de Falências e Recuperações Judiciais do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo. O pedido da Gol é para que o magistrado indefira “todos os pedidos formulados pela Azul para que a alienação dos ativos das recuperandas seja realizada por meio de UPI única e pelo heterodoxo procedimento híbrido fundamentado, de maneira equivocada", conforme a legislação, argumentou a companhia aérea, representada pelo escritório Lefosse Advogados. Segundo o documento, John Rodgerson, presidente da Azul, havia se manifestado publicamente que a empresa teria desistido de comprar parte das operações da Avianca por não concordar com o modelo proposto em acordo estabelecido entre o fundo Elliott Management, Gol e Latam. “A Azul surpreende informando, agora, ter interesse na aquisição desta nova UPI”, diz o documento. Os advogados da Gol — credora da Avianca porque ter feito empréstimos DIP (sigla para “Debtor In Possession”, empréstimo com caráter de investimento prévio) à recuperanda, assim como a Latam — afirmaram que a Azul “pretende de uma forma inusitada, para dizer o mínimo, modificar o procedimento de alienação das unidades produtivas isoladas, aprovado pela expressiva maioria dos credores em 5 de abril”. Esta proposta da Azul exigiria a alteração do plano de recuperação homologado pelo juiz Tiago Limongi e a Gol considera que a concorrente não tem legitimidade e interesse para pleitear essas alterações. Por fim, a companhia aérea afirmou no documento enviado à Justiça que “nunca é demais destacar que a Azul tem total liberdade e poderá comparecer ao leilão das sete UPIs, apresentar lances para todas e se sagrar vencedora”. Da mesma forma que a Gol, o fundo de hedge Elliott Management, principal credor da Avianca Brasil, é contrário à proposta apresentada na semana passada pela Azul. Ontem, o fundo protocolou documento pedindo que o juiz Tiago Limongi “não tome qualquer medida que seja conflitante com o plano aprovado”, considerando também a proximidade do julgamento sobre a suspensão do plano e leilão das UPIs pelo desembargador Ricardo Negrão, do Tribunal de Justiça de São Paulo. “Com uma simples e rápida análise do plano da Azul, pode-se concluir [que esta proposta] assegurava de forma clara que apenas a Azul participaria do leilão dada a estrutura adotada que tornava virtualmente impossível que qualquer outro competidor adquirisse tais ativos de uma maneira considerada aceitável às autoridades regulatórias, em virtude de restrições concorrenciais”, afirmou o escritório Pinheiro Guimarães, que representa os interesses do Elliott. Segundo o fundo, a perspectiva de retorno dos credores foi ainda mais reduzida pela falta de vontade da Azul de se comprometer a limitar o volume de financiamentos DIP (sigla para “Debtor In Possession”, empréstimo com caráter de investimento prévio) à recuperanda, que seria potencialmente injetado na operação durante o período entre a assinatura e o fechamento ou ao menos o volume passível de utilização como moeda de pagamento no certame. O Elliott argumentou que, dada a possibilidade de demora para obter aprovações regulatórias no Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) e as contínuas necessidades de caixa das UPIs, era razoável acreditar que financiamentos prioritários significativos e ilimitados poderiam ser injetados na empresa antes do fechamento da venda. https://www.valor.com.br/empresas/6266621/gol-e-elliott-pedem-justica-para-nao-atender-pedido-da-azul
  8. Enquanto o A339 teve vários atrasos seguidos... parece até privilégio do launch customer...
  9. Acho que os outros 2 (OBF e OBI) vão pra Azul também, já que é o mesmo dono de outros 8 que já foram... (GECAS)
  10. Lembrei na hora dessa matéria https://www.panrotas.com.br/aviacao/empresas/2019/01/postura-da-avianca-tranquiliza-abracorp-alagev-e-air-tkt_161504.html Tranquiliza né? Sei...
  11. Devem estar indo pra TEV, destino que os outros foram para depois serem pintados em SNN.
  12. Obrigado Joker pelos dados e informações. Em relação a LAS não vingar, nesse caso não seria por LAS ser um destino com perfil mais turístico? Acredito que SFO tem mais demanda pois agrega os dois perfis de passageiros, turístico e business.
  13. É verdade. Um GRU-SFO faz sentido faz tempo mas infelizmente ainda não o temos. Só do ano passado pra cá fiz 4 vezes o trajeto REC-SFO, sempre REC-GRU-(LAX, DFW, MIA)-SFO via AA/JJ ou REC-PTY-SFO via CM. Não sei se alguém tem esses dados de tráfego GRU-SFO que poderiam justificar a operação...
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade