Jump to content

diasfly

Usuários
  • Content Count

    953
  • Joined

  • Last visited

About diasfly

Previous Fields

  • Cidade/UF/País
    BR
  • Data de Nascimento
    26/07/1994

Profile Information

  • Location
    MG

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. São Gabriel DC tem uma demanda bem robusta, reprimida por conta da falta de investimento na infraestrutura do aeroporto de lá. Lembro-me que a Azul já voava la mtos anos atrás e teve que parar por falta de infra.
  2. Imagino que o projeto não seja assim, mas acho que o ideal seria a saída rápida da 34 ser colocada de forma a entroncar com a twy E, criando um design espelhado com o da saída F1 + twy F2. Com isso o fluxo de aviões atravessando o pátio 1 poderá ser mantido em apenas uma direção assim como quando é a cabeceira 16 que está em uso. Pra simplificar o que quero dizer, aviões ingressando facilmente o pátio 1 pela twy E vão permitir que não haja conflito no cruzamento das twys A, F1 e F2, e ao mesmo tempo não exigir que aviões deem a volta pela saída C1 e demorem mais pra livrar a pista e para chega
  3. À título de curiosidade, aos entendedores, em CNF que é onde pretendem operar um HUB, o pouso pela pista 16 para livrar pela saída rápida num dia quente de verão costuma levar os freios à uma temperatura que impeça um turn around de 40 min sem o brake fan? Pergunto isso porque sempre que embarco num A320neo da Azul em CNF, é possível ouvir o brake fan funcionando escandalosamente durante praticamente todo o tempo do processo de embarque.
  4. Antes de cutucar, a Boeing deveria era aprender com a Embraer como se faz para colocar um motor maior embaixo da asa de um jato baixo sem fazer uma gambiarra de software.
  5. Aeroporto investe $3,4 milhões em taxiway, mas ela não pode ser usada pelos aviões Por Murilo Basseto - 6 de março de 2021 Receba essa e outras notícias em seu celular, clique para acessar o canal AEROIN no Telegram e nosso perfil no Instagram. Imagem: Aeroporto de Victoria Uma nova taxiway (via de taxiamento) concluída em 2020 como parte dos investimentos da expansão do term
  6. É justamente por isso que estranhei, se tivessem dito que não iria ser low fare (apesar de eu tbm não achar uma boa tacada afirmar isso logo de cara) tudo bem, o problema é falar que não será low cost, o que é quase impossível hoje em dia, em qualquer lugar do mundo, no BR então, piorou.
  7. Excelente o seu resumo, entre todas as informações, a que para mim é mais decisiva é a de que não pretendem avançar sobre o mercado aéreo regional, deixando a malha rodoviária encarregada disso. Vai ser interessante ver como a demanda vai reagir à isso em função do valor das tarifas, em muitos destinos vai ser uma concorrência direta no setor regional com a Azul que opera no modal aéreo, formará uma briga interessante ônibus x avião pra assistirmos nos próximos anos. Estranhei a informação de que não serão Low Cost, pois no meu ponto de vista, à menos que a ITA rodoviária gere
  8. Acho que aí perde o suspense e não prende a audiência. Qdo vejo alguém fazendo isso sempre lembro dos animes que eu assistia qdo era pequeno... "QUEM FOI DEMITIDO? O QUE FOI QUE ACONTECEU? NÃO PERCA, NO PRÓXIMO EPISÓDIO DEEE... ITAPEMIRIM TRANSPORTES AÉREOS!"
  9. É o que todos esperam, mas eu já estou com meu banquinho preparado aqui pra sentar esperar mais uma década, diante do histórico
  10. "Etapa 05: Ampliação da Pista - 600m. Prazo de execução 465 dias"
  11. O caso da rota Rodoviária de BH <> CNF é uma aberração sob qualquer aspecto de análise. Uma metrópole do nível que é BH estar refém de se conectar ao aeroporto única e exclusivamente por meio de uma empresa de ônibus que só opera essa única linha, com horários mal planejados e preço de passagem superfaturado, não podendo haver nem mesmo uma mera linha de move que chegue ao aeroporto. Entra governo e sai governo, de esquerda, de direita, de centro, de cima, de baixo, e nenhum tem a audácia de dar um pitaco sobre esse monopólio, daí da pra ter uma noção do poder que a máfia que dita as reg
  12. Um dos motivos de o transporte rodoviário no BR ser inexplicavelmente caro, chegando a perder em preço para passagens aéreas em muitos casos, é justamente essa burocracia enorme para abertura de linhas ou entrada de concorrência. Monopólios e cartéis ditam as regras e dão as cartas, fazendo ser impossível que o zé das couves consiga entrar no páreo, msm com um marcopolo de primeira mão.
  13. https://www.aeroin.net/azul-vai-voar-para-8-novas-cidades-gauchas-a-partir-de-maio/ 8 cidades conectadas no RS de uma vez só, a Conecta só surpreendendo positivamente desde que surgiu.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade