Jump to content

PedroVidal

Usuários
  • Content Count

    65
  • Joined

  • Last visited

About PedroVidal

Previous Fields

  • Cidade/UF/País
    Rio de Janeiro/RJ/Brasil
  • Data de Nascimento
    18/12/1991

Profile Information

  • Location
    Rio de Janeiro

Recent Profile Visitors

157 profile views
  1. Também entendo que com o retorno do MAX aos céus a prioridade vai ser mandar pra longe os NGs. Movimento semelhante ao que está acontecendo lá fora: antecipação da baixa nos 757, 767, 744... A frota não será mais aquela que estava planejada em relação a quantidade, pois a aviação vai demorar a se recuperar desse baque, mas em questão de qualidade e eficiência, os equipamentos mais eficientes terão um share maior do que era esperado anteriormente. Tudo, lógico, dependendo da Boeing conseguir aproveitar que não é mais o foco das atenções e resolver TODOS os problemas no Max. Se não, os Neo vão nadar de braçada nessa onda pós-COVID. Abs,
  2. O DN pode ter apenas 5,8% de participação econômica, mas dois fatos destacam sua importância na empresa: 1) Maior investidor individual 2) 67% das ações ON, ou seja, que possuem direito a voto
  3. Acompanhar a saúde financeira cabe aos acionistas da atual Embraer e que serão remunerados por tal operação. Não tem motivos para o Estado Brasileiro interferir em algo do tipo. Como detalhe: grande parte desses acionistas são norte-americanos, ou seja, está tudo em casa e em ordem, creio eu.
  4. Por mais que o PAX leigo procure saber a acft para então descobrir se é ou não um MAX, pouquíssimos serão aqueles que não embarcarão. Na hora em que estiver no portão de embarque, só vai. Depois que estiver dentro e olhar a asa pra confirmar a matrícula então... Como disse o amigo acima: se a G3 tiver alguma resistência/mobilização dos menos de 1% a se recusarem a voar, coloca passagem promocional que lota! Além disso, a maioria das passagens vendidas não oferecem reembolso, ou seja, quase ninguém vai querer perder grana.
  5. Também acho que estejam fazendo essas contas, ainda mais considerando a força de trabalho que ficará paralisada a partir de janeiro. A questão é quase todos que compraram o MAX não vão querer o NG, já que q eficiência não virá por tabela...
  6. Um balão caiu sobre um avião da Latam no Aeroporto Internacional de Guarulhos, na Grande São Paulo, na manhã deste domingo (8). Um vídeo com o flagrante da queda está circulando em grupos de pilotos em um aplicativo de rede social. Em nota, a GRU Airport, concessionária que administra o Aeroporto Internacional de Guarulhos, disse que a queda ocorreu às 7h30 deste domingo. A aeronave atingida pelo balão é da empresa Latam. Ainda de acordo com a nota, o balão "não provocou qualquer interferência ou atraso nas operações. Tão logo ele adentrou a região do sítio aeroportuário, foi identificado e, imediatamente recolhido e apagado por equipes da concessionária após a queda." A concessionária informou ainda que "foram registradas 45 quedas de balões" no aeroporto em 2019. Fonte: G1 - https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/2019/12/09/balao-cai-em-aviao-no-aeroporto-internacional-de-cumbica-em-guarulhos.ghtml
  7. Talvez a própria Boeing assuma essa planta Triumph Aerostructures. Lá existem recursos humanos e tecnológicos para dar continuidade nesses 18. Depois, com um certo nível de investimento ela poderia colocar outras linhas no local. A questão é que a empresa está em momento muito sensível para se dedicar a mais uma frente além das atuais: concluir a criação da Boeing Brasil-Commercial e resolver os problemas do MAX...
  8. Graças a Deus que havia esse campo aberto para o pouso de emergência. Se fosse uma região com mais povoamento e/ou construções, seria uma tragédia gigante.
  9. A Boeing poderia rebatizar os MAX padrões para 737-7, 737-8, 737-9 e 737-10. No caso dessa versão especial, colocaria como 737-82 ou 737-8e. Acho que ficaria mais comercial... hehehehe
  10. Com toda essa encomenda de A350 chegando haverá saída de WBs da frota? Posso estar errado, mas há uma aparência de muito avião pra pouca rota e sem perspectiva de crescimento do mercado BR-EUA ou BR-Europa.
  11. Não acredito que a G3 se arrependa da Boeing, não... Por ser uma cliente fiel há tantos anos, certeza que ela tem condições comerciais bem diferenciadas. Quanto aos problemas do MAX, assim que forem resolvidos, a Boeing pode oferecer várias vantagens no projeto do NMA e fazer dela um dos pioneiros na acft.
  12. Agora, de fato, a Airbus se consolida alguns passos à frente da Boeing no que tange ao nicho de acfts para mais de 200 passageiros e narrow... Creio que esse nicho seja justamente o que vai dar muita grana na próxima década, pois será aquele em que as empresas mais investirão: como exemplo da TAP! Apenas como comparação: 737 Max7 - 3850 nm - 153 PAX 737 Max8 - 3550 nm - 178 PAX 737 Max9 - 3550 nm - 193 PAX 737 Max10 - 3300 nm - 210 PAX A319neo - 3700 nm - 160 PAX A320neo - 3400 nm - 194 PAX A321LR - 4000 nm - 244 PAX A321XLR - 4700 nm - 220 PAX
  13. Idem! É uma chance de atrair a atenção das pessoas saindo daquele método robótico em que ninguém presta atenção, além de representar vários estilos musicais do Brasil.
  14. Falou tudo! Lembrando que a Embraer terá poder de decisão sobre ações estratégicas como a transferência da linha de produção. Teoricamente, temos como fazer desse fato uma revolução na própria indústria aeronáutica brasileira.
  15. Falando em MUG, qual foi a conclusão do incidente? De fato foi erro humano ou só aquelas trágicas coincidências?
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade