Jump to content

FAKMIA

Usuários
  • Content Count

    52
  • Joined

  • Last visited

About FAKMIA

Previous Fields

  • Cidade/UF/País
    miami
  • Data de Nascimento
    28/07/1992

Profile Information

  • Location
    Miami

Recent Profile Visitors

85 profile views
  1. Falar definitivo quando não é o caso também não faz sentido pra mim 😛
  2. Então é condicional, não definitivo. Existe enquanto atender à condição.
  3. Chegava a me dar arrepios cada vez que tinha que falar experiência azul no PÁ. Graças a Deus isso ficou no passado. A empresa te leva de A a B, com variado nível de conforto e perks, aí vem a empresa de marketing que tem aviões e gourmetiza isso como sendo uma experiencia. Nenhuma saudade e hoje em dia só uma lembrança de um passado distante! Dos sorrisos falsos só levei as linhas de expressão na minha testa!
  4. E existe sim. Arm doors and crosscheck. Eu me referia a automático
  5. Acho que vou morrer e não conseguir superar essa fraseologia da TAM! A título de curiosidade, na AA para fechar a porta da aeronave basta que todos os overhead bins estejam fechados, mesmo que haja pessoas em pé ou nos toaletes. Em seguida sim se fecha a porta do flightdeck, esta somente quando todos estiverem sentados nos assentos.
  6. Errado, já tivemos 17 este ano, a última foi em 26 de junho.
  7. Se te consola, em março voei 150 horas, 3 folgas e além destas 3 folgas, tive apenas um dia do mês que fiquei da meia noite até à meia noite em casa. Claro que isso foi opção minha e a média não é está... a média fica em torno de 80 horas dadas pelo sistema de escala, mas não conheço ninguém que não pegue um voo aqui e outro lá para ficar com no mínimo 110. 8 horas de repouso mínimo entre as viagens, e não é difícil a jornada chegar a 15 horas em dias em que há weather... aqui não raro passamos 2hrs+ dentro do avião esperando portão quando chove. Para mim que vivo está realidade e que já vivi a de cmro no Brasil por 4 anos, parece um passado muito distante todas as bebesses da regulamentação brasileira! Concluindo, prefiro mil vezes voar aqui... o estresse e pressão psicológicos de ser cmro no Brasil (onde as empresas e passageiros tratam os comissários como servos) cansa mil vezes mais do que passar mais tempo dentro do avião ganhando infinitamente mais. My 2 cents
  8. A questão é que o management inteiro ficou da US AIR... então por aqui a impressão que se tem e que somos a USAIR com o nome da AA.... na verdade tudo de bom que a AA tinha está indo ou já desapareceu.
  9. Voo 9 tipos de aviões na AA, com portas totalmente diferentes e aqui não existe essa de ser um problema cmros voarem mais de um número x de aviões. História para terneiro cochilar. 737 757 767 777 787 a320 a330 md80 e e190
  10. Na AA os comissários odeiam o max pois o padrão das galleys sempre foi armários e nunca foram usadas as caixas transportadoras (famosas caixas-atlas). Quando o max chegou, a AA já havia sido comprada pela US AIR e esta sempre teve o padrão das caixas... então todos por aqui odeiam todos os airbuses (com exceção do T, 3 classes, que voa TRANSCON, este também tem armários os invés de caixas) e os 737 MAX. Também odeiam o 787 pois este possui caixas.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade