Jump to content

123456

Usuários
  • Content Count

    38
  • Joined

  • Last visited

About 123456

Previous Fields

  • Cidade/UF/País
    SP
  • Data de Nascimento
    22/06/1989

Profile Information

  • Location
    SP

Recent Profile Visitors

The recent visitors block is disabled and is not being shown to other users.

  1. Se realmente quisessem demitir de cara todo excedente, nao aceitariam nem mediação com o TST. Poderiam abandonar a mediação no meio dela e demitir logo. Só um palpite, mas acredito que vao fazer o mesmo que estao fazendo no Chile. La, demitiram 147 pilotos ( dos 400 ameacados) e estao na segunda rodada de negociações.
  2. Nao houve negociação, apenas uma proposta absurda por parte da empresa, e nem responderam ao sindicato.
  3. Estariam sem caixa para as demissões? Esperando apenas o BNDES para mandar o pessoal embora? Pq nao negociam reducao de salario e jornada como nas outras?
  4. Sera que a empresa quer realmente negociar com os tripulantes? Qual motivo de não responderem a proposta feita pelo sindicato? Outra duvida que nao quer calar, pq nao abriram PDV e entraram julho pagando salario integral para todos sendo que tem muita gente que gostaria de pedir o PDV? Silencio muito estranho por parte da empresa.
  5. No final de 2021 estao prevendo voar 70% do nivel pre-covid entre domestico e inter. Nao vai ser tudo isso de devolução.
  6. To achando a IATA otimista demais. Pelo gráfico a retomada total a níveis pre-Covid voltará em 2,5 anos. No fim de 2022.
  7. Ha possibilidade da Delta pegar alguns voos da Latam?
  8. Ja era previsto, inclusive as empresas anunciaram a malha mínima ate fim de maio, e retomada gradual a partir de junho. Nao teremos boas noticias nesses 2 meses. Acredito q retomada real na aviação so a partir de Julho e de forma gradual e lenta.
  9. Demitir custa muito caro, recontratar e treinar custa muito tbm. Acredito que devam negociar reduções salariais ao invés de demitir, principalmente pilotos que precisam de treinamentos caríssimos. a demanda deve voltar de 1 a 2 anos. Acho mais provável mudar a forma de negociar com tripulantes e sindicato, reduzir os salários, manter licenças nao remuneradas abertas etc... talvez pessoal de solo seja mais afetado. Se demitirem nao deve ser na mesma proporção da queda de demanda pois existe previsão de retomada.
  10. Só vai decolar quando cairem as restrições de circulação. Ai Sim a demanda deve aumentar bastante. Quem vai comprar uma passagem sem saber ate quando vão as prorrogações de quarentena? Sem chance... a demanda vai voltar, previsão é que dezembro de 2020 seja 30% menor que dezembro de 2019. A internacional pode ser pior. E mesmo com demanda 30% menor em 2020, o trend para 2021 é positivo. Aumento gradual ate normalizar em 2022 pra 2023. Se sair uma vacina ou remedio eficaz, deve voltar mais rapido ainda. Hoteis estarao baratos, passagens aéreas baratas etc....
  11. Como estão as aéreas que operam no Brasil em relação a reserva financeira para enfrentar a crise? Irão sobreviver? Haverá demissões? Ate agora tudo quieto.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade