Jump to content

Mister.Eslátes

Usuários
  • Content Count

    192
  • Joined

  • Last visited

Posts posted by Mister.Eslátes

  1. Prezados;

     

    ESTRESSE FINANCEIRO ENTRE SEUS EMPREGADOS = ESTRESSE PARA A EMPRESA.

     

    Como esta Itapemirim pretende crescer, sabendo-se que a das 3 Majors, é a que menos paga o profissional? 

     

    Vai ser grande a rotatividade e a perda de caixa com recisões trabalhistas futuras se ela não passar por ajustes a médio prazo, não? Enquanto perdurar a crise, vá lá...  ela pode "espremer todo o sumo" de seus empregados. Mas tenha certeza que eles farão o mesmo com a empresa na primeira oportunidade.

    • Like 1
  2. O Site ainda apresenta muitos erros...No link "sobre" a empresa, o usuário somente vai encontrar neste momento "ERRO 502 - BAD GATEWAY"

    Fatalmente, para todo o público, parece algo bem amador! No inicio da Gol, me lembro que o site "state of art" foi referência no setor.

     

    Pegou muito mal para a ITA, com um site capenga, imaginem a operação! MEDO.

    • Haha 2
    • Confused 4
  3. A companhia aérea Gol registrou um prejuízo líquido de R$ 2,53 bilhões no primeiro trimestre de 2021, o que representa alta de 10,5% na comparação com o prejuízo de R$ 2,3 bilhões em igual período de 2020. Os números foram divulgados nesta quinta-feira pela empresa e ainda refletem o momento difícil para o setor durante a pandemia.

  4. 4 hours ago, jambock said:

    Meus prezados

    Bloqueio do assento do meio reduz exposição ao coronavírus em até 57%

    Estudo conduzido pela Universidade do Kansas explica como prevenir contágio a bordo

                O bloqueio de assentos intermediários (do meio) pode reduzir a exposição ao coronavírus de 23% a 57%, de acordo com um estudo sobre distanciamento social publicado pelo Centro de Controle e Prevenção de Doenças dos EUA, em parceria com a Universidade do Kansas.

    Os pesquisadores basearam suas descobertas na modelagem laboratorial da exposição ao Sars-Cov-2, o vírus causador da covid-19, em aeronaves de corredores duplo e único. A simulação ocorreu em novembro do ano passado, com os resultados sendo divulgados agora, após quase seis meses de estudos.

    A pesquisa foi apoiada uma análise separada sobre a transmissão do coronavírus em um voo internacional de dez horas, onde dezesseis pessoas foram contaminadas. Concluiu-se então, que 75% dos passageiros infectados estavam sentados a duas fileiras de um passageiro contaminado.

    Nos Estados Unidos as principais companhias aéreas bloquearam os assentos intermediários depois do início da pandemia, mas agora estão retomando gradativamente. O argumento é que outro estudo mostra que caso todos os passageiros estejam utilizando máscaras existe um risco muito baixo de contaminação, mesmo sentando lado a lado. A Delta Air Lines será a última a implementar o desbloqueio, a partir de 1.º de maio, enquanto as demais já estão vendendo todos os lugares do avião.

    Fonte:  Marcel Cardoso – Aero Magazine 19 abr 2021

    O que fazer com os Embraer e Atrs da vida, que possuem configuração 2+2?

     

    Não vejo eficiência em bloqueios de assento. Quem não quiser se infectar, fique em casa. Vai se infectar com pessoas na poltrona do meio ou não.

    • Like 2
    • Thanks 2
  5. A GOL Linhas Aéreas e a American Airlines anunciaram a decisão do Conselho Administrativo de Defesa Econômica – CADE que aprovou, sem restrições, os termos e condições da parceria comercial entre as empresas aéreas, decisão confirmada definitivamente por este órgão em 5 de março de 2021. O acordo contém as melhores condições de viagem para os Clientes e otimização de serviços entre os Times de Águias – como são conhecidos os Colaboradores – das empresas.

     

    Este acordo se reflete em benefícios imediatos para quem viajar em voos entre o Brasil e os Estados Unidos, considerando que o Cliente passará a ter acesso a toda ampla malha de destinos nos dois países, também facilitado a países da América Latina, aumentando as opções do codeshare (anunciado em 2019), especialmente via FFP (Frequent-Flyer Program, em inglês) nos programas de relacionamento Smiles ou AA Advantage.

     

    Para as Companhias, o acordo permite ações de incentivo com agências de viagens parceiras, a fim de maximizar o atendimento aos Clientes corporativos, e participação conjunta em eventos para promoções em turismo, com o propósito de aprimorar e tornar ainda mais eficazes os serviços e a governança das empresas de forma imediata.

     

    “A GOL considera esta aprovação um importante passo para a recuperação internacional, trazendo mais produtos, serviços e inovação para o corredor EUA-Brasil e a melhor conectividade e experiência do cliente em nossos principais hubs”, afirma Randall Saenz Aguero, Diretor de Alianças, Expansão Internacional e Distribuição da GOL.

     

    “A evolução do acordo trará ainda mais sinergias para ambas as empresas, que têm serviços e malhas aéreas complementares, além de criar mais oportunidades para iniciativas conjuntas que buscam estimular as viagens aéreas entre os dois países”, diz Alexandre Cavalcanti, Diretor Regional de Vendas da American Airlines para o Brasil.

  6. Classifiquem me como Amargurado, como Pessimista, como Azedo... 

     

    Assim como colegas da Varig são rotulados como "Viúvas" pela garotada, por não terem recebido o Aerus que pagaram por 20, 30 anos...

     

    Isto não mudará os fatos.

     

    Permanece o convite de por aqui retornarem em 6 meses. Se a ITA tiver decolado e não estiver oferecendo os piores salários do mercado, podem me solicitar qualquer coisa em troca.

    Saudações amistosas!

  7. Prezados,

    Lembro que o mesmo ocorreu na chegada da Gol e Azul no mercado. Porém façamos assim: Retornem aqui em 6 meses.

    A) Caso a ITA decolar oferecendo salários na média do mercado, realmente era um factóide.

    B) Caso negativo, se não decolar ou ainda cobrar (mesmo que de maneira "indireta") pagando o menor salário do mercado, não era um factóide.

    Façam vossas "apostas"!

    • Like 1
  8. 7 hours ago, A350XWB said:

    Bom, tá vindo a ITA aí com salário menor ainda e a azul vai virar o estado da arte de salário, porque até a ajuda de custo dela vai virar paradigma pro mercado. 

    Ótimo pra empresa, altas selfies e clima motivante pros ‘tripulantes’! O mercado de trabalho? Que se lasque. 

    Não quero soar sindicalistão, não, mas o que recompensa o trabalhador pelo trabalho É SALÁRIO. Todo esse mover espetaculoso e emocional que vemos por aí EM TODAS AS AÉREAS HOJE (embora institucionalizado por uma) é só fetichização da marca pra compensar salário rebaixado, na hora que a maionese desanda? Todo mundo é demitido igual, não se iludam. 
     

    Se seguirmos nessa onda de rebaixar salário bovinamente a cada novo entrante, já já a vida não se sustenta e alguns vão descobrir na dor que não se paga salário com tchutchu, por mais descolado e motivador que isso seja. 
     

    E podem alegar que o mercado regulará os salários. É bonito na prancheta, mas a vida na aviação vai deixando a gente vacinado pra algumas lendas liberais. 

    Faço das suas as minhas palavras.

    A grande maioria que possui filho para educar, pão para colocar na mesa de casa, certamente estará preocupado com a redução de seus rendimentos que vem sendo praticado pelas Cias aéreas no decorrer dos anos. O Clima ou fetiche de seus chefetes não é problema.

     

    Agora, o meninão que 'mora na casa dos pais' , troca metade do eu salário por um chefe que dá tapinha nas costas, canta tchutchu nas redes sociais, e chama o seu RH com um nome descolado tal como "Gente e Cultura"... Afinal, se ele não aceitar, seu ex coleguinha de aeroclube aceita.

     

    Que venham os MiMiMi's.

     

     

  9. 4 hours ago, PT-KTR said:

    Muito se fala do salário da Azul, e aí? São derrotados ou vencedores? Olha o tanto de gente em rede sociais usando o selinho do tripadvisor, gente que nao faz isso com o time pelo qual é fanático, mas faz com a empresa. Aí eu te deixo uma pilula do praticado na aviação brasileña:

    A) Chamar seu grupo de empregados de TRIPULANTES, fazer lavagem cerebral pesada e ver todos AZUIS

    B) Chamar seu grupo de empregados de JABUTICABAS e ver a chefia medindo a importância pelo tamanho do equipamento voado.

    Quem estará na liderança do mercado ao final do Corona?

    Está para nascer coisa mais BIZONHA que tripulantes, ratos de smartphone postando tais Selinhos em Instagram, ou juras de amor pela sua empresa no LinkDln,  comandantes Youtubers armados com suas GO-PRO 4k repletos de réchetégues críu-laife, finalizando com famosos TCHU-TCHUs.

    E não, coleguinhas, não é exclusividade dos Azulinos. Assim como, não são dezenas que adotam tais posturas, e sim centenas.

    Em breve reflexão, nada mais justo que renunerar cada vez mais PORCAMENTE os Aeronautas desta nação, quem sabe em alguns anos, Cias aéreas não terão Comandantes de Jato comercial custando menos de $1000 Dólares mensais cada na folha de pagamentos?

    Nossos Brunos Senas, Jeromes, Neelmans e Caquinófes sabem desta realidade. Ofereçam a eles um salário de Uber, e um bonito uniforme, que grande maioria estará satisfeita, pois "se ele não aceitar, há milhares que aceitariam".

     

    (Sim, amiguinhos, estamos muitíssimo perto disto)

    • Haha 2
  10. Aproveitando, ofereço uma pequena pílula do praticado mundialmente em Gestão de pessoas:

     

    A) A Rotatividade não faz diferença em seu modelo de negócio? Remunere Mal desde o começo.

    B) A Rotatividade faz diferença, há necessidade de prestigiar a experiência de sua mão de obra e intenção de mantê-la a médio e longo prazo? Remunere corretamente.

     

    Deixo em aberto, para os Srs enquadrar a Itapemirim em A ou B.

  11. Prezados;

    Saibam que pagar salários acima da média do mercado pode ser benéfico para um negócio. É natural que empresários vejam essa ideia com desconfiança, pois sabem que a pressão sobre o caixa aumentará. A grande questão é que os ganhos em termos de gestão de equipes tendem a compensar essa “sobrecarga” nas finanças da empresa. Além do que, não espere que uma pessoa “dê o sangue” pela empresa se o seu salário estiver muito defasado. Isto vc vai só encontrar nas dinâmicas de grupo,  em fóruns da Internê, nas resenhas com os "chefetes" e no Linkedln.

     

    Remunerar o trabalhador na média do mercado, ou levemente acima dela, causará uma redução do turnover de funcionários (não é a preocupação AGORA mas certamente ocorrerá com o passar do tempo), atrai grandes talentos (muito interessante na parte corporativa) , maior respeito pela empresa em seu mercado, dentre muitos outros. 

     

    Agora, a baixa remuneração, pode ARRUINAR planos de crescimento (e sobrevivência) de qualquer empresa, seja em uma grande Holding ou em uma Padaria. Temos exemplos de sobra.

     

    Por isto, remunerar com o "Mínimo que a Lei permite", independente do momento econômico, é digno de uma gestão de GARAGEM DE ONIBUS (Urbanos).

     

  12. 50 minutes ago, Roadster said:

    Discordo, 

    quem deu o Start para baixos salários e condições de emprego que vemos hoje foi o gringo que acha que “brasileiro ser bobinho”....

    tanto que a Latam quer pagar salário de Azul

    Mas não se esqueça que aquele ser o melhor trabalho de seu vida.

     

    Quepe para postar no Instagram e duas jujubas como pagamento está de bom tamanho.

  13. 7 minutes ago, A350XWB said:

    Aeroclube de jato. Pra muito pouco, pessoal pega a carteira e vai embora. 

    Azul foi assim nos primeiros anos. 

    Bom, um dos pré-requisitos a ITA já vai preencher, que são os salários baixos.

    Mas pegar a carteira e ir embora o momento não permite, mas assim que o mercado oferecer condições, qual profissional qualificado que aceitaria ser sub-remunerado?

    • Haha 1
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade