Jump to content

fleury

Usuários
  • Content Count

    707
  • Joined

  • Last visited

About fleury

Previous Fields

  • Cidade/UF/País
    Campinas, SP
  • Data de Nascimento
    02/06/1983

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    San Francisco, CA

Recent Profile Visitors

513 profile views
  1. Fiz dois trechos com eles em Novembro, como passageiro tive uma boa impressão da empresa, mas agora fiquei com um pé atrás.
  2. Qual outro foi perdido? Sei que teve um overran em Janeiro, mas acho que o avião já está voando de novo.
  3. Sim, pra quem mora ou trabalha na South Bay SJC é uma mão na roda. Menos trânsito, menos tumultuado. Tem ainda OAK que é uma opção pra East Bay e pro mercado mais sensível à preço.
  4. Voei com eles de SSA pra Morro de São Paulo ida e volta. À época até perguntei aqui no fórum sobre o quão séria era a operação deles pois não queria entrar em pedalada... As vendas eram feitas assento por assento, através de operadoras de turismo que fretavam o avião inteiro. Acho que querem simplificar este processo né. https://photos.app.goo.gl/FfN81bdrz72OqVz62
  5. Ir da California pro Brasil é cansativo, é uma viagem longa. E San Francisco é uma cidade cara... Quem paga 50 dólares de Uber pra ir pro Aeroporto, 50 dólares por cabeça no jantar, 250 dólares por noite em hotel facilmente paga algumas centenas de dólares a mais por uma passagem non-stop. Dentro do nosso grupo de expats em SFO: 1) A maioria ia de UA ou AA. Fazer conexão em LAX, IAH, DFW meio que tanto faz. 2) Conexão em ATL, NY, ORD, MIA só em último caso. 3) Copa só era usada por: quem queria chegar em outros aeroportos do Brasil com só uma conexão (por exemplo, Confins). quem queria comprar uma executiva mais em conta, mas brigava com Premium Economy da AA A única coisa que realmente faria diferença, e reduziria o tempo de viagem de 16h pra 13h seria um non-stop.
  6. Lendo o a.net fiquei surpreso em saber que alguns (?) aviões da El Al carregam um sistema anti-mísseis! http://www.b737.org.uk/4x-ekb.htm https://elbitsystems.com/product/directed-ir-countermeasures-2/
  7. Pessoal, soube-se algo a mais sobre as circunstâncias do acidente? Algum relatório preliminar?
  8. Curva pra esquerda ao invés de curva pra direita me lembra o caso do PT-LSD :-(
  9. Dia desses estava me perguntando o porquê da operação cargueira usar aviões mais antigos do que a operação de passageiros. Quais seriam os fatores que desquilibrariam a balança em favor dos aviões mais novos no caso da operação de passageiros? Fui dar uma pesquisada e encontrei alguns fatores, que claro, são levados em conta pelo planejamento de cada empresa aérea: Utilização: Pelo o que eu li, as aeronaves de passageiros têm mais utilização e malha mais apertada do que as aeronaves cargueiras. Isso significa que a Azul está muito mais preocupada com consumo de combustível (porque a aeronave voa o dia inteiro) do que a Sideral (que teoricamente deixa o avião mais parado). Custo de manutenção não programada: Em uma malha super apertada um cancelamento não só afeta o dia inteiro, como requer re-acomodação de muitos passageiros, e traz um custo negativo à imagem da companhia (passageiros reclamando, postando na internet, etc). Ou seja, vale mais a pena comprar um avião novo com maior chance de poder ser despachado. Imagem da empresa: Uma empresa de passageiros pode atribuir parte do custo de aquisição de uma aeronave nova ao "marketing". Quantos passageiros não se sentem mais seguros em uma empresa que fala "a frota mais nova do Brasil", ou algo do tipo? Carga não liga pra isso. Esses e outros fatores podem desquilibrar a balança em favor de um A320 Neo ou em favor de um 735, depende da missão e malha de cada empresa.
  10. Exato, essas perguntas ainda não foram respondidas publicamente até onde sabemos. Um outro ponto é, assumindo que tenham errado, qual foi a razão por trás deste erro? a. Desrespeito aos procedimentos? b. Displicência? c. Excesso de carga de trabalho? d. Um erro honesto de alguém que estava comprometido com o trabalho mas deixou algo passar despercebido? Pode-se punir a displicência ou o desrespeito às regras, mas não deve-se punir o erro honesto, sob pena de gerar insegurança psicológica. É importante haver um ambiente onde erros honestos possam ser discutidos sem medo, para que procedimentos possam ser melhorados.
  11. O avião deve ser espetacular, mas achei a viagem em si algo nada a ver... 9 países em 25 dias? Pra que, pra dizer que conheceu? Pro meu perfil, mais vale ir para um ou dois países e conhecê-los mais a fundo. Experimentar restaurantes, conhecer cidades diferentes, conversar com pessoas! Isso sim é viajar. Claro, se a pessoa tem $$ pode ir de primeira classe, pode conhecer restaurantes com 3 estrelas Michelin. Se não tiver, tudo bem também, pode conhecer outras experiências menos caras. Agora, ficar 25 dias dentro de uma bolha, com seu próprio avião, com seu próprio chefe, com o próprio grupo de pessoas frescas, vendo o mundo do lado de fora da janela? Não conte comigo :-)
  12. Tem muito turista americano que quando resolve "se aventurar" planeja uma viagem pra um país tropical. Nessas horas o Brasil concorre com Colômbia, Costa Rica, Peru, etc. Só que perdia por causa do visto em alguns casos.
  13. Parece que esse pedaço encontrado na Tailândia não tinha nada a ver. Era de um foguete.
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade