Jump to content

MCAS MAX

Usuários
  • Posts

    45
  • Joined

  • Last visited

Posts posted by MCAS MAX

  1. On 20/04/2022 at 11:21, TheJoker said:

    Em outros sites, saiu que os aviões serão pintados nas cores da ML e serão operados exclusivamente para ela, e que a conversão seria feita pela própria G3 (Aerotech).

     

    Acredito que esses 6  aviões devem ser Preighters, não dá pra converter 3 aviões em menos de 2 meses. Outro indício, a G3 só reforçou a economia de redelivery (depósitos em garantia vs checks pesados de devolução), e não mencionou os custos de conversão, acima dos USD 4 milhões por avião

     

     

    spacer.png

    E quem disse q vai ser convertido agora?

    Aeronaves em conversao faz muito tempo, nao demora muito p chegarem prontas. 

    • Like 2
    • Thanks 1
  2. On 01/05/2021 at 05:17, kings said:

    Os mais céticos,vão dizer que é fake esse COA.ITA,parabéns agora é decolar...

    O COA procede, porém é importante destacar que a portaria ainda nao foi publicada... Possivelmente sai no DOU de amanhã.

    E para quem gosta de dizer que os funcionarios da ANAC nao trabalham, vale o destaque no print publicado pelo Senna no seu linkedin. COA assinado dia 30/04 (sexta-feira) 21h30 local... 

  3. 5 minutes ago, MRN said:

    Então só uma dúvida. Só o XMM está afetado por esse problema no sistema elétrico? Os outros MAX não foram afetados? Porque na AAL, por exemplo, 24 aeronaves não foram afetadas, porque foram entregues antes de março de 2019. As aeronaves onde foram encontradas essa mudança de produção, feita no processo de instalação, ocorreu depois de março de 2019. Algum MAX da GOL foi entregue depois de março de 2019? Obrigado. 

    Sim. O XMM rsrs

    • Haha 2
  4. 2 hours ago, MRN said:

    AAL retirou de operação 17 aeronaves

    "Team,

    Last night, Boeing notified us of a potential production issue with a component in the electrical power system on 17 of our most recently delivered Boeing 737 MAX aircraft. At Boeing’s direction, we have temporarily removed these 17 aircraft from service in order to complete necessary inspections and make any changes recommended or required by Boeing or the Federal Aviation Administration (FAA)."

    Alguém sabe se a GOL foi impactada?

     

    PR-XMM, AOG em GRU.

    Unico afetado

  5. 22 hours ago, B737-8HX said:

    Comumente a temperatura dos freios vai bem além dos 300 graus, especialmente na maioria das condições operacionais no Brasil, ainda mais nos “bons tempos” onde a temporada de verão abarrota os aviões de passageiros, carga e bagagens.

    No caso do Boeing 737NG, especialmente o 800 SFP (e suas variações), o próprio nível 2 do Autobrake já é capaz de oferecer uma desaceleração bastante “robusta”, por assim dizer. Em seu nível máximo (posição MAX), como utilizado em Congonhas e Santos Dumont em condições normais, a eficiência da frenagem é assombrosa e capaz de parar o próprio -800, bastante pesado, entre cerca de 700 a 800 metros entre o toque na pista e a parada total da aeronave. Quando o avião está leve, essa distância diminui ainda mais. Porém, em contrapartida, o conjunto de frios aquece bastante — acima dos 300 graus. 

    Se a aeronave possuir conjunto de freios de carbono, a temperatura após a frenagem tende a ser ainda maior — o que acaba por criar um desafio tremendo com os turn arounds cada vez mais apertados em aeroportos mais críticos. 


    interessantes estas informações... Onde vc viu que passa dos 300°?

  6. 5 hours ago, flightFernando said:

    Complicado.

    Tanta ciade média(+200.000 habitantes) com tráfego ocioso apartir de GRU e eles perdendo tempo em roer osso. Petrolina-PE, Pres. Prudente-SP, Caruarú-PE, Mossoró-RN, Campina Grande-PB, Juazeiro-CE, Maringá-PR, Caxias do Sul-RS...e tantas outras com pouca concorrência e agente só vendo a Azul nadando de braçada. 

     

     

    Eu concordo com você, mas infelizmente destas cidades ai, o Airbus da ITA nao pode voar para: CAU, MVS, CXJ....

    e nao estou falando de performance. Me refiro a homologacao. 
     

    Para regional, no Brasil, o aviao está errado....

    3 hours ago, Roadster said:

    Então já começaram errado com o equipamento....

    Exatamente

    • Like 1
  7. On 25/01/2021 at 23:57, jansenwinter said:

    Pra mim, Pra mim, ITA dançou e não vai ter mais. 

    Eu não boto fé NENHUMA nesse negócio.

    Triste de quem está sendo iludido por ela.

     

    On 02/07/2020 at 09:59, Antonio (CENI) said:

    Depois do Coronga, acreditar nesse papo da Itapemirim é difícil!

     

    On 02/07/2020 at 12:23, giuli said:

    Essa empresa é mais uma Cleanair, Laguna Air da vida. Mandem para o papo de hangar esse tópico.

     

    On 02/07/2020 at 13:20, A350XWB said:

    Só quem conheceu a Itapemirim sabe o quanto esses planos de abrir uma empresa aérea soam como piada. 

     

    On 02/07/2020 at 14:41, Mister.Eslátes said:

    Serviço Premium;

    Tarifas Premium;

    Em um Terceiro mundo falido?

     

    Algo de errado não está certo.

     

    On 02/07/2020 at 21:19, vfman said:

    É só pra gente não perder o habito de rir e zombar dessas non-senses. Pq Clean Air, Laguna, Itapemirim à la Varig, só pra isso servem mesmo.

     

    On 05/08/2020 at 11:26, Thiago said:

    Com todo o respeito - e já postei sobre o tema em ocasiões pretéritas - dar o mínimo de seriedade nesta hipótese , e suas possibilidades (configurações de aeronave, rotas, aeronaves, etc, etc ) é um tanto quanto demais, não acham?

    Torceria muito para que tudo isto acontecesse , ainda mais porque haverá bastante gente desempregada no período, mas o bom senso, e a racionalidade me impedem de viajar na maionese sobre o tema.

    Sério... apenas uma opinião sobre o que é desdobrado quando o assunto em voga envolve os termos " itapemirim " e " aviação".

     

    On 19/08/2020 at 17:32, Dr. Zoidberg said:

    Estudo de viabilidade numa empresa que os planos são à la Airline Tycoon, num mercado onde o cliente é extremamente sensível ao preço, oferecendo serviço Premium? 

    Está mais do que óbvio que isso é uma Avianca enhanced 2.0. Mas voltemos ao conto de fadas... 

     

    On 25/01/2021 at 23:57, jansenwinter said:

    Pra mim, Pra mim, ITA dançou e não vai ter mais. 

    Eu não boto fé NENHUMA nesse negócio.

    Triste de quem está sendo iludido por ela.


    parece que a ilusão ta se tornando realidade, nao é mesmo?

    • Like 6
    • Thanks 1
  8. On 09/12/2020 at 14:28, B737-8HX said:

    Pro SDU será NG mesmo. MAX no SDU só em 2021... E olhe lá!

     

    On 09/12/2020 at 15:09, Hudson Eduardo said:

    Qual o motivo -8HX? Nao tem a msm performance do SFP?? Obrigado

     

    On 09/12/2020 at 21:02, B737-8HX said:

    Será necessária a homologação junto à ANAC, processo semelhante ao que ocorreu na homologação do SFP anos atrás. A

    Quanto à performance, o MAX voa bem sim, mas infelizmente fica um pouco aquém dos SFP. 


    gostaria de saber de onde veio esta informação de homologação posterior junto à ANAC. 
     

    A aeronave está liberada para operação no SDU desde 2018!

    • Like 2
  9. 5 hours ago, TheJoker said:

    http://https.co://paraibaonlinem.br/2021/02/secretaria-confirma-2a-edicao-de-rally-e-reuniao-sobre-melhorias-de-aeroporto-em-cg/

    4 de fevereiro de 2021

    Rosália revelou também que, na próxima semana, ela e o prefeito Bruno Cunha Lima (PSD) terão uma reunião com o diretor-presidente da Aena-Brasil, que gere seis aeroportos no Nordeste, inclusive o João Suassuna, para tratar sobre melhorias.

    – Já está agendado esse encontro com o diretor Santiago Yus, para discutirmos algumas melhorias para o nosso aeroporto, incluindo a possibilidade da tão falada ampliação da pista – destacou.

     

    Aeroporto de Campina Grande

    6.10. Durante a Fase I-B do Contrato, com prazo máximo de duração de 36 (trinta e seis) meses a partir da Data de Eficácia, a Concessionária deverá realizar os investimentos necessários para adequação da infraestrutura e recomposição do nível de serviço, a fim de disponibilizar os sistemas permanentes que possibilitem a prestação de serviço adequado aos Usuários, conforme abaixo:

    6.10.1. Ampliar a capacidade de processamento de passageiros e bagagens no aeroporto, incluindo área de movimento de aeronaves, terminal de passageiros, estacionamento de veículos, vias terrestres associadas, e outras infraestruturas de apoio, de modo a prover área e equipamentos adequados para processar no aeroporto, pelo menos, a demanda em embarque e em desembarque equivalente a 1,3 vezes a quantidade de assentos oferecidos pela aeronave representativa de maior capacidade de passageiros a ter operado voos comerciais regulares no aeroporto, no período de 12 (doze) meses compreendidos entre o 23º (vigésimo terceiro) e o 34º (trigésimo quarto) mês da concessão, em embarque e em desembarque, ou 1,3 (uma e três décimos) vezes a quantidade total de assentos oferecidos em simultaneidade.

    6.10.1.1. Entende-se por simultaneidade quando duas ou mais operações exclusivamente de partida, ou exclusivamente de chegada, ou operações de chegada e de partida, nesta ordem, ocorrem em tempo menor ou igual a 45 (quarenta e cinco) minutos.

    6.10.1.2. Caso o aeroporto não tenha operado voos regulares será considerada, para o cálculo da demanda, a quantidade de 70 (setenta) assentos, para fins de adimplemento do item 6.10.1.

    6.10.2. Os investimentos mencionados no 6.10.1 devem ser executados observando o atendimento aos Parâmetros Mínimos de Dimensionamento, os Indicadores de Qualidade de Serviço e as demais regras previstas no Contrato e seus Anexos, devendo estar plenamente operacionais ao final da Fase I-B.

    6.11. Além dos investimentos descritos anteriormente, a Concessionária deverá realizar os seguintes investimentos em infraestrutura, atendendo as demais regras previstas no Contrato e seu Anexos, devendo estar plenamente operacionais nos prazos estabelecidos nos itens de que tratam as obrigações:

    6.11.1. Deve ser provido sistema visual indicador de rampa de aproximação nas cabeceiras de pistas de pousos e decolagens, para manutenção das operações com aeronaves a jato, quando houver, em até 36 (trinta e seis) meses após a data de eficácia do contrato;

    6.11.2. Realizar adequações de infraestrutura necessárias para que o aeroporto esteja habilitado a operar, no mínimo, em Regras de Voo por Instrumento (IFR) não-precisão, sem restrição, noturno e diurno, aeronaves código 3C, em até 36 (trinta e seis) meses após a data de eficácia do contrato.

    6.11.2.1. Será considerada operação sem restrição, nos termos do item anterior, aquela em que operações com aeronaves código 3C e inferiores, simultâneas ou não, ocorram sem a necessidade de estabelecimento de procedimentos operacionais especiais que impactem negativamente a capacidade e a segurança operacionais do aeroporto, motivados por inadequação da infraestrutura.

    6.11.3. Implantar áreas de segurança de fim de pista (RESA), nas cabeceiras da pista de pouso e decolagem, com comprimento igual ou superior a 90m (noventa metros) e largura igual ou superior a 90m (noventa metros), em até 36 (trinta e seis) meses após a data de eficácia do contrato; 6.12. A Concessionária deverá disponibilizar os recursos físicos para realização da inspeção de segurança em até 100% (cem por cento) da bagagem despachada, da carga e da mala postal embarcadas em aeronaves partindo do aeroporto.

    6.12.1. A disponibilização dos recursos e equipamentos ao longo do período da concessão deverá ocorrer conforme exigências regulamentares da ANAC, não sendo passível o reequilíbrio econômico financeiro. 6.12.2. A exigência do item anterior pode ser atendida considerando a disponibilidade dos recursos do operador aeroportuário e eventuais recursos disponibilizados pelas empresas aéreas no aeroporto.

     

    Não tem ampliação de pista.

    Nao tem ampliação de pista no contrato. O que nao significa que nao sera feito. 
     

    ou voce agora faz parte do conselho de administração da Aena Brasil?

    • Like 1
    • Confused 3
  10. 4 hours ago, TheJoker said:

    É bom trocar a foto do CEO...

    https://revistadoonibus.com/2020/12/25/grupo-itapemirim-ceo-rodrigo-vilaca-renuncia-ao-cargo-neste-natal-diz-jornal/

    Nota Itapemirim

    A saída do executivo Rodrigo Vilaça do cargo de CEO do Grupo Itapemirim foi tomada com base em pilares de governança e gestão, e faz parte da reestruturação que a empresa vem promovendo nos últimos anos.

    Em termos do organograma da companhia, altera-se apenas o comando da Viação Itapemirim (empresa rodoviária do grupo). A companhia reforça, ainda, as boas-vindas ao novo CEO Eliandro Bueno. Bueno é advogado, com MBA em Administração de Empresas pela FGV e especialização em Comunicação Empresarial pela Greystone College. No Grupo Itapemirim, atua há 2 anos e meio, com alta performance nas áreas em que atuou.

     

  11. On 20/12/2020 at 14:20, Boeing_Rules said:

    E como ficou a historia do CHETA ?!!? Ou eles estão contando com a aprovação do mesmo em menos de 1 mês para poder iniciar a venda das passagens ?!?!?!
    Acho tudo muito estranho , pelos relatos da galera que esta em treinamento parece que a empresa ainda sabe muito pouco de realmente CONCRETO , manuais genéricos e contendo todo tipo de equipamento de emergencia possível pois ainda não sabem qual irão usar e por ai vai . Ok isso realmente é possível de acontecer quando você ainda NÃO TEM AERONAVE, mas no momento que você já tem os leasings você tem todo tipo de informação então soa meio estranho você garganteara que tem X aeronaves sendo preparadas para serem entregues a cia e não saber qual tipo del configuração ela tera . Sera que tem aeronave mesmo ? Uma hora vinha da India , outra hora vinha da Turquia e agora me parece que vem da Espanha... Dizem que inclusive tentaram alugar uma aeronave da LA para fazer visita a aeronave porém a mesma negou o pedido fazendo com que a ITA fosse procurar a G3 ... realmente faz todo sentido um operador de A320 fazer a familiarização de seus tripulantes em um 737 ... parece que de concreto mesmo só os pedidos de slots, que podem ser modificados a qualquer momento , ou seja ....

     

    Quem sabe onde está, acompanha a movimentação e já viu que estão quase lá...

     

    Tem que saber encontrar...

    • Like 1
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade