Jump to content

CabinCrew

Usuários
  • Content Count

    2,058
  • Joined

  • Last visited

About CabinCrew

Previous Fields

  • Cidade/UF/País
    SP Capital
  • Data de Nascimento
    20/09/1984

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Brasil

Recent Profile Visitors

933 profile views
  1. Eu penso que eles tinham que pegar mesmo esse range de mercado. O único problema é se esse avião vai mesmo trazer muita vantagem em relação ao Max quando for lançado pois a tecnologia de motores não terá avançado muito até lá.
  2. https://economia.uol.com.br/todos-a-bordo/2020/01/15/latam-nova-classe-premium-economy.htm Segundo essa matéria alguns dos preços muito altos que estavam disponíveis no começo da venda eram um erro de sistema.
  3. A intenção da companhia é um dia operar todos os voos com A320ceo LIP ou Neo Sharp. Mas isso ainda não vai acontecer. Ainda teremos os A319 um bom tempo na ponte.
  4. A frota de A320 está sendo retrofitada a todo vapor. Ela estará mais bem preparada para esse novo serviço. Mas os 319 e 321 eu não quero nem ver o xabu que vai dar fazendo o serviço da PE até a terceira fileira sem uma divisão clara das classes por meio de cortinas, vai ter pax xingando até a terceira geração dos comissários por não servir o caviar a partir da quarta fileira. Na época do Mercado Latam tinha passageiro dizendo que os comissários deveriam ter vergonha de cobrarem aqueles preços absurdos. Não, os comissários não estavam presentes na reunião que definiu os preços.
  5. Pra quem disse que esses movimentos não davam em nada... Ta aí... A mobilização foi grande e a empresa vai ao menos começar a dialogar.
  6. Tem que ser muito ingênuo mesmo para acreditar que um 737NG uma aeronave com sua segurança mais do que comprovada sofreu uma falha catastrófica desse jeito. É óbvio que foi abatido.
  7. Hahahahahaha eu ri bastante. Mas no caso do Piauí o correto acho que seria little coast ou short coast.
  8. Um pouco difícil ficar feliz dando um P* ROLE sabendo que existe um caminho direto que foi limado de forma burra por conta 'do lojinha'.
  9. Eu entendo toda a parte capitalista do negócio. Ok, mas, para mim isso em parte é um desvio de função. Esses espaços, tem como objetivo primeiro qual? A circulação de pessoas. Deveriam ser projetados com isso em mente e depois acomodarem as lojas, que em grande parte são até responsáveis pelo bem estar do passageiro, alimentação e outras necessidades durante a viagem devem ser atendidas. Mas tornar a circulação de pessoas por um aeroporto uma via crucis não me entra na cabeça.
  10. Toda vez que eu passo em GIG, POA e SSA eu juro que tenho vontade de pegar o projetista que fez aquilo e fazer o desgraçado usar de fato a ##### que projetou. No GIG se desembarcar no pier internacional, tem que caminhar que nem um condenado. Se embarcar idem, e se embarcar no nacional tem que descer um nível depois subir um nível novamente só pra obrigar o cidadão a passar 'no lujinha'. Fizeram exatamente a mesma imbecilidade em SSA que tinha espaço de sobra em um espaço que ficou livre sem nada, e que dava para a loja ser ali ao invés de fazer o caboclo subir e depois descer apenas para passar 'no lujinha'. Em POA idem. Em GYN a infrazero desativou o corredor de desembarque também para obrigar o cidadão a dar uma volta para passar na loja de novo. Sei que é o capitalismo e tá tudo certo, mas isso tinha que ser mais bem projetado. O usuário de aeroporto se sente um idiota tendo que caminhar mais para passar numa loja. As lojas tinham que ser um caminho natural entre o embarque e os aviões e não um desvio absurdo.
  11. https://exame.abril.com.br/negocios/enquanto-boeing-sofre-com-737-max-airbus-vai-bem-com-modelo-economico/
  12. Muito lúcido seu post. Uma hora a revolta se instala e o movimento vai crescendo. Vide Comandante Anônimo TAM, quem se lembra?
  13. Tem padrão. 1 pacote para voos curtos, 2 para voos longos. Em alguns voos curtos por liberalidade da tripulação ao analisar a quantidade disponível a bordo oferecemos um pacote a mais como cortesia. Porque por mais que os comissários sejam terríveis, péssimos etc etc, em geral a gente pensa nos passageiros. E se pedir mais um e tiver pode apostar que a gente dá. Pode apostar que se fosse pelos comissários haveria novamente o mercado Latam ou algo melhor para servir. Eu acredito que o Mercado Latam vai retornar em algumas rotas e num modelo diferente do que era antes. Sobre o avião surrado no referido voo, nunca o mesmo avião faz a mesma rota, aos poucos a Latam está retrofitando os aviões e as 5 primeiras fileiras o espaço está excelente. E olha que sou alto. Então você é mesmo muito azarado de sempre pegar um avião 'surrado'.
×
×
  • Create New...