Jump to content

A320PRMHZ

Usuários
  • Content Count

    1,613
  • Joined

  • Last visited

About A320PRMHZ

  • Birthday 01/02/1980

Previous Fields

  • Cidade/UF/País
    Sao Paulo/SP/Brasil
  • Data de Nascimento
    03/02/1978

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Sao Paulo

Contact Methods

  • Website URL
    http://
  1. Linha 13 - Opinião - Blog MetrôCPTM Baldeações da Linha 13 são problema maior que distância do aeroporto Sem uma ligação mais direta com linhas mais importantes, novo ramal da CPTM deve ser mais usado por moradores e trabalhadores da região 31 de Março de 2018 https://www.metrocptm.com.br/baldeacoes-da-linha-13-sao-problema-maior-que-distancia-do-aeroporto/ A Linha 13-Jade causou boa impressão na sua primeira viagem. Em que pesem as críticas à demora em transformá-la em realidade, é fato que esse projeto teve uma evolução adequada para uma obra de mais R$ 2,3 bilhões e com 12 km de extensão. Após ter o contrato assinado em agosto de 2013, as obras da linha começaram em dezembro daquele ano, portanto, há quatro anos e três meses, prazo que poderia ser menor não fossem alguns problemas em liberar alguns trechos da via e também no reprojeto do viaduto que transpôs a Hélio Smidt e a Ayrton Senna. A má fama da linha foi herdada de promessas anteriores como a da Linha 14 que foi descartada, mas também do governo de Alckmin. O ex-secretário Jurandir Fernandes, por exemplo, chegou a afirmar que a obra levaria apenas 18 meses porque não existiam entraves para começá-la. Tudo isso para aproveitar os holofotes da Copa de 2014. Agora Alckmin paga pelo que sua equipe divulgou anos atrás. Outro aspecto muito criticado neste sábado foi a distância da estação dos principais terminais do aeroporto, problema causado exclusivamente pela concessionária GRU Airport. Mas em vez de se desculpar pela promessa de inaugurar um “people mover” um dia antes da Linha 13 (como disse um ex-presidente da empresa), a concessionária resolveu dividir a culpa com o governo do estado dizendo em nota que a mudança de local foi feita de comum acordo com a gestão Alckmin. Algo desmentido pelo secretário Clodoaldo Pelissioni em entrevista, que sugeriu inclusive aos jornalistas que cobrassem a GRU Airport e o governo federal pela não existência do “people mover” nem do shopping center que seria construído no local onde ficaria a estação do aeroporto e que não existe. O “puxadinho” construído pela GRU Airport é patético para uma empresa que administra o maior aeroporto da América do Sul. Infelizmente, seus planos para o síto aeroportuário só ficaram no papel e hoje a concessionária mal consegue pagar a outorga por ter assumido Guarulhos que dirá construir um monotrilho para complementar o serviço da CPTM. Mas, apesar de ser uma dificuldade para os usuários da linha em ter de se deslocar por ônibus até os terminais, esse não é o maior ponto fraco da Linha 13. Na verdade, sua ligação ao restante da rede metroferroviária feita pela Linha 12-Safira é que tira parte da atratividade em usá-la. Exceto pelos trens que seguirão para Brás e também para Luz (com tarifa de R$ 8 anunciada hoje), os demais pararão na distante estação Engenheiro Goulart onde seguirão viagem pela Linha 12, uma das mais precárias da CPTM. Embora tenha recebido trens mais recentes, parte deles está num estado muito ruim. Eles se deslocam até Tatuapé e Brás em velocidade lenta por restrições de vias além de terem um intervalo alto. Ou seja, o tempo gasto para chegar à região central é alto demais além de cansativo. Para ser mais efetiva, a Linha 13 precisaria ter nascido conectada a alguma linha mais estruturada, mas esse cenário, graças a adiamentos na Linha 2-Verde que deverá um dia encontrá-la na região da avenida Gabriel Mistral, está hoje sem horizonte algum. Mesmo o projeto de expandir a Linha 13 até a região da Mooca deve demorar bastante e depender da construção de outras linhas como a 16-Violeta, ainda em estudo, para se mostrar mais atraente. Apesar de tudo isso, é um alento saber que Guarulhos agora pode ser acessado por trilhos mesmo que de forma tortuosa. Mas mais importante ainda é ver o segundo maior município do estado passar a entrar no mapa metroferroviário. Agora só falta Alckmin resolver o entrave da Linha 18 para que São Bernardo do Campo também um dia tenha trilhos mesmo que em forma de ‘monotrilho’. [fotos] Puxadinho da GRU Airport: Trem da Linha 13, em Engenheiro Goulart Outras fotos, postadas na matéria do site: Veja como foi a inauguração da Linha 13-Jade Linha que liga a rede metroferroviária ao aeroporto de Guarulhos teve primeiro dia de operação com multidão e até ambulantes https://www.metrocptm.com.br/veja-como-foi-a-inauguracao-da-linha-13-jade/ Estação Aeroporto-Guarulhos: plataforma lateral bem ampla Estação Guarulhos-Cecap: Plataforma central Minha observação (MHZ): Isso é ruim porque, quando a linha estiver operando integralmente (horário comercial das 4h40 as 00h), muitos usuários farão a famosa "viagem negativa" até a Estação Aeroporto, apenas para poderem viajar sentados rumo à Eng.Goulart ou Brás. Com isso, quem embarcar no Aeroporto tem grandes chances de viajar em pé. Passarela da Estação Aeroporto-Guarulhos, lado aeroporto. No outro lado, fica a passarela para o Terminal ônibus EMTU Taboão. No fundo, à esquerda temos o Hotel Pullman, no centro a Estação Guarulhos-Cecap e o Hospital Geral de Guarulhos. Estação Engenheiro Goulart - plataformas Linha 13. Sobre a Rodovia Presidente Dutra, BR-116. À esquerda, a Penitenciária “Desembargador Adriano Marrey” Guarulhos II Bônus: Perpectiva artīstica de como serão os futuros trens chineses - sêrie 3500 da Linha 13-Jade. Mapa da Linha, sobre as portas dos trens série 9500:
  2. Confirmado: Operação Assistida, gratuita, aos Sabados e Domingos, das 10h as 15h. E em Eng.Goulart, deve-se sair pela linha de bloqueios, dar meia volta para entrar novamente, agora como pagante R$ 4,00. Videozinho do cockpit do trem. Saindo do Aeroporto, passando pela Estacao Guarulhos-Cecap (1m15) e a Ponte Estaiada Dupla sobre a Ayrton Senna (aos 5m10).
  3. Após atrasos, Alckmin promete entregar linha que liga SP ao aeroporto de Cumbica até o início de abril Governador chegou a prometer entrega da linha 13 para 2005. Passageiros poderão fazer check-in em totens na estação Luz da CPTM. https://g1.globo.com/sp/sao-paulo/noticia/apos-atrasos-alckmin-promete-entregar-linha-que-liga-sp-ao-aeroporto-de-cumbica-ate-o-inicio-de-abril.ghtml Por Tatiana Santiago, G1 SP 02/02/2018 14h26 Atualizado 02/02/2018 14h33 Após adiar diversas vezes a data de entrega da linha do trem que ligará São Paulo ao aeroporto Internacional de Cumbica, em Guarulhos, o governador Geraldo Alckmin (PSDB) disse na manhã desta sexta-feira (3) que a inauguração da linha 13 Jade da CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos) ocorre até o começo de abril. A primeira data anunciada para entrega da linha era 2005 (veja adiamentos abaixo). “Até o fim do mês de março, primeira semana de abril, o trem vai estar circulando”, afirmou ele. Alckmin deixou claro que os operários terão que trabalhar duro para concluir a obra no tempo “Nós entregaremos as duas estações, entregaremos a ferrovia, são 12 km de ferrovia e vai ter que trabalhar bastante, até no carnaval, porque agora que completou o viaduto. Ainda tem que colocar em cima do viaduto os trilhos e a rede aérea porque o trem é elétrico, mas está tudo programado para esses 60 dias”, disse. Na manhã desta sexta-feira, o governador visitou as obras da Linha 13 da CPTM e vistoriou a ligação do viaduto estaiado que unifica o trajeto por onde o trem irá passar. O viaduto passa sobre as rodovias Ayrton Senna e Hélio Smidt. Segundo o secretário dos Transportes Metropolitanos, Clodoaldo Pelissioni, a linha irá funcionar inicialmente em esquema de operação assistida para minimizar os riscos. “Quando inaugurada, a linha 13 vai ter operação assistida aos finais de semana 6 horas por dia sem cobrança de tarifa. Um mês depois, operação assistida todos os dias durante as 6 horas e tarifa grátis. A operação comercial da linha deve começar dois meses após os trens terem começado a circular e em até 4 meses o Expresso da Luz entrará em operação”, afirmou. Linha 13 Segundo a CPTM, os passageiros poderão embarcar nos trens expressos, que custarão entre R$ 5 e R$ 10, ou optar pelo serviço convencional, de R$ 4. O trajeto expresso durará cerca de 35 minutos e partirá das estações em horários pré-definidos: Aeroporto-Estação da Luz (8h, 10h, 12h e 22h) e Estação da Luz-Aeroporto (9h, 11h, 13h e 21h). Já o serviço convencional, que ligará a Estação João Goulart, na Zona Leste, ao Aeroporto, estará disponível no mesmo horário comercial das outras linhas, das 4h à meia-noite. Porém, o trajeto durará 52 minutos já que, para conexão com outras linhas da CPTM e do Metrô, será necessário realizar baldeação com a Linha-12-Safira. Para chegar ao terminal de passageiros ainda será necessário atravessar uma passarela e pegar um ônibus gratuito da GRU Airport, concessionário que administra Cumbica. Inicialmente projetada para ser próxima ao terminal 3 da CPTM, conhecido como terminal internacional, a estação Aeroporto Guarulhos foi construída próxima ao terminal 1, o que deixará os passageiros distantes da área de embarque. A mudança ocorreu após o aeroporto que era administrado pela Infraero ser concedido à iniciativa privada. A CPTM anunciou ainda que, nos horários de pico (das 5h às 9h e das 16h às 20h), estarão disponíveis trens que seguirão da Estação Aeroporto até a Estação Brás, sem necessidade de trocar de composição na Estação Engenheiro Goulart, inaugurada em agosto de 2017. O trajeto durará cerca de 35 minutos. Check in Os passageiros que usarem o sistema de transporte sobre os trilhos para chegar ao aeroporto de Cumbica, em Guarulhos, na Grande São Paulo, poderão fazer o procedimento de embarque na estação Luz da CPTM, no Centro de São Paulo, a partir de julho. “A gente pretende instalar na Luz, já está aprovado, totens para fazer check in, leitura de passaporte, colocar etiqueta na bagagem”, afirmou o secretário Clodoaldo Pelissioni. “Os totens são iguais aos existentes no aeroporto de Cumbica. Adiamentos A promessa de um trem que liga o Centro da capital ao Aeroporto de Guarulhos é antiga. Em sua primeira gestão, no começo dos anos 2000, Alckmin tinha prometido entregar a Linha 13 até 2005. A data foi adiada. Em 2007, na gestão de José Serra (PSDB), a entrega do foi anunciada para 2010. Porém, em 2009, a promessa mudou para a Copa de 2014. Por falta de interesse privado, a obra não saiu do papel. Em 2015, o governo voltou a cogitar o projeto e prometeu entregá-lo até o fim de 2017. Em setembro do ano passado, o governo alterou a data para março de 2018. E agora já cogita entregar apenas em abril. A Linha 13-Jade terá 12,2 km de extensão e três estações: Engenheiro Goulart (na Zona Leste de São Paulo), Cecap e Aeroporto de Guarulhos (em Cumbica). Dos 12,2 km da linha, 8 km serão elevados e passarão em cima da rodovia Ayrton Senna, do Parque Ecológico Tietê e rodovia Presidente Dutra Bônus site CPTM: Fotos do Viaduto Estaiado Duplo sobre Rodovia Ayrton Senna.
  4. Enquanto isso… no Diário Oficial do Estado de São Paulo … https://www.imprensaoficial.com.br/DO/BuscaDO2001Documento_11_4.aspx?link=/2017/executivo%2520secao%2520i/outubro/21/pag_0003_BBILVGOARF3JUeBSLDV65KNRNAA.pdf&pagina=3&data=21/10/2017&caderno=Executivo%20I&paginaordenacao=100003 People Mover – Aeroporto Internacional de Guarulhos Diário Oficial do Estado de São Paulo - 21 de outubro de 2017 Poder Executivo - Seção I São Paulo, Despachos do Governador 127/ (198) – 3 e 4 Ata Programa Estadual de Desestatização Ata da 228ª Reunião Ordinária do Conselho Diretor do Programa Estadual de Desestatização, instituído por força da Lei Est. 9.361-96 Data: 20-9-2017, 15h00, Local: Salão dos Conselhos, Palácio dos Bandeirantes. ...Na sequência, o Presidente do CDPED, referindo-se à Manifestação de Interesse da Iniciativa Privada-MIP “People Mover – Aeroporto Internacional de Guarulhos”, passou a palavra ao Representante da Secretaria de Governo para a exposição do projeto. A apresentação tratou brevemente sobre a Proposta nº 00009-2017, submetida na Plataforma Digital de Parcerias , detalhando (i) o objeto da proposta de concessão para implantação e operação de sistema automático de transporte de passageiros; (ii) a questão relacionada à necessidade de conferir a devida interligação da estação Aeroporto, da futura Linha 13 – Jade da CPTM, aos terminais de passageiros e de carga do Aeroporto Internacional de Guarulhos; (iii) a competência da União Federal sobre matéria; e (iv) os dados econômico-financeiros e de demanda apresentados na proposta. Após, discutidas as questões destacadas, com especial ênfase nas considerações relacionadas à competência federal para solucionar questões atinentes à infraestrutura aeroportuária e serviços correlacionados, os Conselheiros decidiram pelo arquivamento da proposta. Recomendou-se, entretanto, a realização de aprofundamento dos estudos, com vistas a delinear, em linhas gerais, a demanda e a capacidade do sistema de transporte de passageiros proposto, para posterior comunicação ao ente responsável em âmbito Federal... https://www.imprensaoficial.com.br/DO/BuscaDO2001Documento_11_4.aspx?link=/2017/executivo%2520secao%2520i/outubro/21/pag_0003_BBILVGOARF3JUeBSLDV65KNRNAA.pdf&pagina=3&data=21/10/2017&caderno=Executivo%20I&paginaordenacao=100003 ———————— Busão wins !!
  5. Atualizando o tópico: 1) Em Engenheiro Goulart, a L12-Safira (Brás-Calmon Viana) já foi transferida para sua plataforma final (vias lado sul / lado Assis Ribeiro) e com isso, a CPTM iniciou a troca das placas da plataforma norte (lado Parque Ecológico) para receber a futura L13-Jade. (a placa "destino Engenheiro Goulart" será corrigida. Devem colocar um adesivo por cima para ambas as plataformas ficarem "destino Aeroporto GRU"). Crédito: lipe_andreense/skyscrapercity http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?p=142121722#post142121722 —————————————————————————————————————————————————————————————— 2) Os chineses venceram a licitação e Alckmin assina o cheque https://www.cptm.sp.gov.br/noticias/Pages/Governo-autoriza-assinatura-de-contrato-para-fabricação-de-8-trens-para-Linha-13-da-CPTM-.aspx Governo autoriza contratação de trens para a Linha 13 As composições terão bagageiros e serão equipadas com tecnologia de ponta Nesta sexta-feira (01/09/17), o governador Geraldo Alckmin autorizou a assinatura do contrato para fabricação de oito novos trens para a CPTM. As novas composições terão bagageiro e atenderão a Linha 13-Jade, que entrará em operação a partir de março de 2018, ligando o aeroporto internacional de Guarulhos à estação Engenheiro Goulart, na capital paulista. Com 12,2 quilômetros de extensão, o tempo de viagem está estimado em 15 minutos, com intervalos de 8 minutos. Os trens serão fabricados pelo consórcio Temoinsa-Sifang, que venceu a licitação internacional com a apresentação da melhor proposta no valor de R$ 316,720.807,00 ante o orçamento limite que era R$ 319.251.011,08, gerando economia de R$ 2.530.204,08 aos cofres públicos. A aquisição dessa frota está sendo financiada com recursos do Banco Europeu de Investimento (BEI), que disponibilizou € 85 milhões para o Governo do Estado de S. Paulo. As oito composições serão entregues em até 23 meses. Até a chegada dessas unidades, a operação da Linha 13 será realizada com novos trens do lote de 65, que estão sendo recebidos pela Companhia. Características dos novos trens A exemplo das frotas das outras seis linhas da CPTM, os trens terão oito carros cada, totalizando 170 metros de comprimento. A parte externa terá design arrojado e a interna oferecerá layout moderno e funcional, com salão contínuo de passageiros (passagem livre entre os carros), como nos últimos trens já adquiridos pela CPTM. As composições terão também monitoramento com câmeras no interior e parte externa frontal. Equipadas com tecnologia de ponta, as composições terão sinalização de bordo (CBTC, ATC e ATO), bagageiros, ar condicionado, iluminação interna com tecnologia de led’s, sinalização de abertura e fechamento de portas. Sistemas de detecção e extinção de incêndio, monitores multimídia e mapa de linha eletrônico completam esta nova série. Os trens atendem as exigências das Normas Brasileiras de acessibilidade e contam com todos os dispositivos para orientar usuários com deficiências auditiva (mapa dinâmico) e visual (áudio), tais como: sinalização visual para identificação de assentos preferenciais, painel eletrônico para orientar o lado de desembarque e local das estações concomitante com áudio, espaço para cadeirantes e assentos preferenciais para pessoas com mobilidade reduzida ou deficiência física. Imagem computadorizada de como deverá ser o design externo desse trem chinês: —————————————————————————————————————————————————————————————— 3) No mesmo Fórum skyscrapercity, foi postado que a EMTU cancelará 3 linhas de acesso ao Aeroporto Guarulhos. Duas executivas em dia 04/set: - 437TRO “GUARULHOS (Aeroporto Internacional) - SÃO PAULO (Brooklin Novo / edifício WTC)” - 830TRO “GUARULHOS (Aeroporto Internacional) - SÃO PAULO (Vila Mariana) via S. PAULO (Corredor Norte-Sul)” e em 11/set é a vez da linha suburbana 299TRO “GUARULHOS (Aeroporto Internacional) – SÃO PAULO (Metrô Tatuapé via Assis Ribeiro)”. https://www.facebook.com/emtusp.oficial/photos/a.341493999229419.86421.181238425254978/1638769672835172/?type=3&theater Especula-se que a linha 257 Aerop.Guarulhos-Metrô Tatuapé (direto, via Ayrton Senna) também será cancelada assim que a Linha 13-Jade chegar ao aeroporto em 2018.
  6. O embrionário projeto da CPTM nos tempos da Infraero previa fazer a estação nessa área, sobre o estacionamento T2. Mas com a concessão, reza a lenda que a GRU Airport não concordou com o local da estação alegando que faria +2 edifícios garagem (menores/mais baixos, mas nos moldes do que foi construído no T3) sobre os estacionamentos existentes. Com isso, o projeto teve que ser repensado e optou-se pelo trajeto "contornando" o aeroporto, atendendo à Rodoviária de Guarulhos e ao Terminal EMTU Taboão. E o atual desenho possibilita a expansão rumo ao bairro Haroldo Veloso/Jardim São João e posteriormente Bonsucesso (eu ousaria e levaria a L13 até Arujá). ----- Uma info meio-off: Na outra ponta, após Eng.Goulart, há estudos para se levar a L13 até a Chácara Klabin (L2-verde e L5-Lilás) com conexão na futura-estação Parque da Mooca (L10-Turquesa CPTM), uma super estação que seria construída entre Mooca e Ipiranga, na altura do Viaduto São Carlos. Esta "Super Estação" seria semelhante à Barra Funda em tamanho e número de linhas/plataformas. Caso o projeto dessa estação se concretize, existe a possibilidade do Monotrilho L15-prata (Sao Mateus-Vila Prudente) ser extendido em +2 estações, da Vila Prudente até essa super-futura-estaçāo. Mas, existe uma outra corrente dentro da CPTM / STM (Secretaria dos Transportes Metropolitanos) que, após alguns estudos preliminares, quer que a L13-Jade após Parque da Mooca não vá até Chácara Klabin... E sim que ela vá até ......... CONGONHAS !!!! Então, quem sabe, num futuro hiper distante poderemos ter, finalmente, uma ligação metroferroviária entre CGH-GRU. É torcer e sonhar.
  7. Apenas para registro, em especial aos amigos foristas de fora de SP. http://www.metrocptm.com.br/apos-tres-anos-de-obras-estacao-engenheiro-goulart-e-reaberta/ Após três anos de obras, estação Engenheiro Goulart é reaberta Estação foi reconstruída para abrigar plataforma da futura Linha 13-Jade, mas atenderá apenas a Linha 12-Safira até 2018 Estação Engenheiro Goulart Após uma espera de pouco mais de três anos, a estação Engenheiro Goulart da CPTM foi reaberta nesta sexta-feira (04/08). Reconstruída por completo e muito maior do que a precária parada ainda dos tempos CBTU, a nova estação atenderá a futura Linha 13-Jade, que deve ser inaugurada em 2018 conectando Guarulhos e o aeroporto internacional à rede metroferroviária. Por enquanto, a estação voltará a ser servida apenas pela Linha 12-Safira que durante esse período fechada foi atendida pelo sistema PAESE. Curiosamente, os passageiros utilizarão a plataforma da Linha 13 (do lado do Parque Ecológico do Tietê) já que as vias ainda estão em obras na região. A previsão é que já em setembro os trens passem a utilizar a via definitiva da Linha 12. Apesar da inauguração ocorrer nesta sexta-feira (o governador a entregou às 10 horas, mas apenas às 14 horas os passageiros puderam utilizá-la), ainda restará trabalho pela frente. A passarela que existirá sobre a avenida Assis Ribeiro ainda não começou a ser construída por conta do atraso na desapropriação de um posto de gasolina. Portanto, o acesso do outro lado da avenida só será entregue nos próximos meses. Mas os frequentadores do Parque Ecológico já poderão contar com outra passarela, que dá acesso ao local e que passará a oferecer serviço de bicicletário. Com movimento pequeno antes das obras, espera-se que agora a nova estação atraia um público maior que também se beneficiará da maior quantidade de trens modernos que passaram a circular na linha. Espera-se que o intervalo também caia de forma a melhorar o serviço. Além da própria estação, a CPTM está executando um trabalho de elevação da via para permitira novas passagens subterrâneas com mais espaço e segurança. Em meados de 2018 será a vez da abertura da Linha 13-Jade quando a segunda plataforma passará a ser utilizada em definitivo. Veja abaixo o vídeo de divulgação da CPTM. Outros Vídeos: https://www.youtube.com/watch?v=L6cVaNgqiJ8
  8. Julho / 2017 Dando uma reavivada no tópico… atualizando inclusive aos foristas que não moram em SP/GRU e não estão acompanhando o andamento das obras da L13-Jade CPTM. A discussão mais técnica da obra ocorre no Skyscrapercity: CPTM | Linha 13-Jade http://www.skyscrapercity.com/showthread.php?t=1631623&page=288 A Estação Aeroporto GRU terá plataformas “laterais” (como na Rodoviária do Tietê) e 2 passarelas, uma passando sobre a Rod.Helio Smidt (para acesso ao Aeroporto / foto abaixo) e outra sobre o Rio Baquirivu (acessando o Terminal Ônibus Metropolitano EMTU Taboão). Ja Guarulhos-Cecap terá terá plataforma central (como em Ana Rosa) e uma passarela sobre o Rio Baquirivu para acesso à Rodoviária de Guarulhos. A L13 irá operar com “mão inglesa” (ida pela esquerda e volta pela direita), assim como as Linhas 11-Coral e 12-Safira também operam. Estação Aeroporto: credito: forista Murillo B/skyscrapercity A linha deve começar a operar com a frota atual de trens (especula-se que será a “série 9000” fabricada pela Alstom). O Governo SP já anunciou que estuda conceder a operação da Linha à iniciativa privada, assim como ja acontece na L4-Amarela (CCR Viaquatro). https://diariodotransporte.com.br/2017/06/07/governo-alckmin-estuda-conceder-operacao-da-linha-13-da-cptm-para-iniciativa-privada-e-promete-conclusao-da-obra-para-marco-de-2018/ Os trilhos ja começaram a ser preparados para instalação entre as estações Aeroporto e Cecap. Posteriormente será finalizada a passarela de emergencia e rede aérea (eletrificação). credito: Instagram @adaoimpjunior A travessia da Rodovia Presidente Dutra ja foi concluída, faltando apenas a travessia da Ayrton Senna. Será uma bela “Obra de Arte” pois a solução encontrada foi realizar uma “ponte estaiada dupla”. Alckmin quer entregar a Estação Engenheiro Goulart (L12 x L13) ainda em Julho/17. Para a reconstrução da estação, fizeram um desvio para os trens L12-Safira passarem direto (foto abaixo). Recentemente, liberaram o trafego de trens por dentro da estação, na plataforma que será utilizada pela L13-Jade (plataforma p/ GRU), enquanto estão finalizando a plataforma destinada à L12. As duas vias utilizadas no desvio provisório devem ser aproveitadas como estacionamento da L13. CPTM acelera obra de estação que faz conexão com Aeroporto de Guarulhos [Governo do Estado de São Paulo - 21 de jun de 2017]
  9. Matéria - Aviation International News Exibição
  10. Aos amigos foristas do CR que estão fora do Brasil, alguns canais/perfis do YouTube estão fazendo o Live Streaming. Este link está retransmitindo o sinal da Globo. https://www.youtube.com/watch?v=Y61P8KwsTEQ&list=PL8fVUTBmJhHJwP8ASlbpdc-7qLiFDbqlG&index=3
  11. Estava aguardando o JG para acompanhar a análise do Waack. https://www.youtube.com/watch?v=OCxr18tNXBU
  12. Complementando o que o A345 disse, relembro que a atual L13-Jade é um “Frankenstein” pois o tal trem “expresso” prometido em campanha eleitoral saindo diretamente da região da Luz para GRU fora “atropelado” pelo Trem Bala da Dilma. Com o fim do TAV, o Alckmim teve que adaptar (*). Na pratica, a L13-Jade é a parte inexistente de trilhos entre a Luz e o Aeroporto. O usuário deverá utilizar a atual L12-Safira (saindo do Bras ou Tatuapé) ate Engenheiro Goulart e de la, fazer a baldeação para a nova linha (intervalo médio de 15 minutos entre cada trem, pois essa linha recebe trens de carga da MRS que rodam em velocidade reduzida, fora dos horários de pico). Existe a possibilidade real da atual linha de ônibus EMTU 257 Tatuapé-Aeroporto GRU ser cancelada com a implantação deste trem. E como ja acontece na operação da L11-Expresso Leste (Luz-Guaianazes), em alguns horários os trens seguem DIRETO ate a estação final Estudantes (em Mogi das Cruzes), sem baldear em Guaianazes. E a mesma coisa deverá acontecer com essa linha do Aeroporto. O trem sai do Brás, passa em Tatuapé e o mesmo trem muda de via e segue para Cecap e Aerop. GRU. Resumo desse Samba: quem pousa em GRU com muitas malas (cansado da viagem) vai continuar optando pelo Taxi, ônibus executivo Airport Service (que vai continuar existindo) ou mesmo carro particular e pelo Über. Somos um País rodoviário [3] !!! ============================ (*) A adaptação que citei refere-se à localização das estações: A futura estação CECAP não fica exatamente no Cecap. Fica “mais pra frente”, mais proximo do Hotel Marriott e do Hospital Geral Guarulhos. A estação Aeroporto estará localizada entre o atual T4 do Aeroporto e o ja existente Terminal EMTU Taboão. Apos passar pela linha de bloqueios (catracas) da estação, saindo à esquerda (sentido Norte), acessa-se o Terminal EMTU. Virando-se à direita (sentido Sul), o usuário caminha sobre a Rodovia Helio Smidt para se chegar no outro lado da via. Engana-se quem acha que o acesso será "direto no T4" -futuro T1-. Tem aquela pequena caminhada (subida / morro acima) ate se chegar no T4. O que deve ocorrer é que o mesmo ônibus que ja circula internamente por GRU passe a fazer "ponto inicial" la em baixo, no acesso da Estação da CPTM. A outra adaptação (a tal Fase II) é a expansão da Linha até o Haroldo Velloso / Sao Joao e posteriormente Bonsucesso (+2 estações) . Com isso, daria “volume” (de usuários, moradores da periferia de Guarulhos) a essa linha. É sabido que o Gov. SP e a Infraero queriam a Estação "na porta" do aeroporto mas com a privatização, tiveram que ceder. Com isso, se a GRU Airport não realizar o tal "monotrilho VLT interno", existe a possibilidade de se criar uma terceira estação "desmembrando" a Haroldo Velloso / Sao Joao em duas. Quem conhece a região, sabe que os bairros Haroldo Velloso / Cidade Seródio ficam "na altura" da Torre de Controle do Aeroporto GRU. Por ali seria costruída a "nova" Estação Aeroporto (a outra estação seria renomeada "Taboão" em alusão ao Terminal EMTU) e uma imensa (e longa) passarela ligaria esta nova estação até o edificio garagem e o T3. Muito mais inteligente (e uma forma de "se vingar" da GRU Airport). A estação Sao Joao seria "empurrada" para frente (mais para o meio do bairro) e nada mudaria na parada final (Bonsucesso). Mas tudo isso faz parte "dos estudos" da tal Fase II que pode nem acontecer. Por outro lado, existem movimentos indicando que o Gov. SP poderá conceder à iniciativa privada a operação e/ou operação + construção de algumas linhas (L5-Lilás e o Monotrilho L15-Prata) e talvez essa Fase II da L13-Jade poderia entrar no "pacote". É aguardar para ver o que acontece.
  13. 2018 é ano de re-re-re-re-re-eleição ao governo do Estado. Afinal, muitas das obras metroferroviárias do Alckmin serão levadas em banho-maria para inauguração em 2016-2017. Aí segura mais um pouquinho e inaugura ao longo em 2018, às vésperas de Outubro. Conhecemos bem esse ritmo de governar.
  14. Acho que a história do VLT Tram Bonde monotrilho (chamem do que quiser) foi a maior lorota pegadinha já contada... Acredito que a integração do T3-T2-T1-T4 x CPTM Aeroporto se dará por busão articulado mesmo. Basta fazer um contrato com alguma empresa (tipo Pássaro Marron), pega uns veículos seminovos do sistema de SP, tira alguns bancos para deixar espaço para as tralhas malas e... pronto! "Integração gratuita". [mãe dinah mode on] (depois basta colocar o gift )
  15. http://www.cptm.sp.gov.br/E_NOTICIAS/WebNoticias/one_news.asp?IDNews=9788 CPTM INICIA OBRAS DE RECONSTRUÇÃO DA ESTAÇÃO ENGENHEIRO GOULART A CPTM [Companhia Paulista de Trens Metropolitanos] informa que, a partir desta segunda-feira [23/06], começam os trabalhos para construção da nova estação Engenheiro Goulart, na Linha 12-Safira, que atenderá também a futura Linha 13-Jade, em implantação. Durante a obra, com previsão de conclusão em 18 meses, essa estação ficará fechada e os usuários deverão utilizar a estação USP Leste. A CPTM disponibilizará, gratuitamente, ônibus exclusivos para o trajeto entre as estações Eng. Goulart e Usp Leste, durante o horário de operação dos trens, entre 4h e meia-noite. A interdição é necessária para a realização das obras de implantação da Linha 13-Jade, que ligará o Aeroporto Internacional de Guarulhos à capital paulista. A Estação Engenheiro Goulart será totalmente reconstruída e fará a conexão entre as linhas 12-Safira [brás - Calmon Viana] e 13-Jade [Aeroporto de Guarulhos - São Paulo]. A nova estação terá arquitetura moderna, banheiros públicos e para pessoas com deficiência ou mobilidade reduzida, além de escadas rolantes e todos os itens de acessibilidade, como elevador, rampa, corrimão, piso tátil e comunicação em braile entre outros. Nos dias úteis a Linha 12-Safira transporta cerca de 220 mil passageiros. Já a média de usuários que embarcam pela estação Engenheiro Goulart é de cerca de quatro mil. Os usuários estão sendo informados da interdição por meio de folhetos e cartazes, nas estações, via SMS, redes sociais e anúncios em veículos de comunicação, como jornais e rádios. Linha 13-Jade A Linha 13-Jade terá 12,2 km de extensão com três estações: Engenheiro Goulart e as novas Guarulhos-Cecap e Aeroporto Guarulhos. O investimento é de RS 1,8 bilhão e a estimativa e que sejam transportados cerca de 120 mil passageiros por/dia. [foto: grupo do Facebook]
×
×
  • Create New...