Jump to content

TR763

Usuários
  • Content Count

    1,030
  • Joined

  • Last visited

About TR763

  • Birthday 12/28/1985

Previous Fields

  • Cidade/UF/País
    São Paulo SP Brasil
  • Data de Nascimento
    28/12/1985

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    São Paulo

Contact Methods

  • Website URL
    https://www.facebook.com/400collector/
  • MSN
    hoanes@hotmail.com
  1. Aguardando ansiosamente pelo Dart Herald da Sadia! kkkkkk
  2. Mas me parece que a TAM jamais deixou de usar o K. Tivemos MZK, MAK, MYK e MVK antes da fusão, sendo que o MYK veio depois do 3054. Voltando ao A350, alguém sabe se este já receberá a nova configuração de interiores? Abraços.
  3. Oi!!! Sou eu mesmo!! kkkk Me mande um direct pra eu saber quem é você lá!! Pô, só pq recentemente comecei a postar stories da coleção!? Mas prometo que não passa de 6-7 stories por postagem! kkkk Eu tenho usado bastante o instagram, mas só para postar o que tenho em minha coleção. Sigo muitos colecionadores brasileiros e, se existir um movimento significante no insta, seria legal criarmos um grupo de colecionadores brasileiros. O que acham? Recebo quase que diariamente msg de gente querendo comprar modelos. Não sei se é só gente curiosa ou se é gente que realmente compraria modelos, mas que o interesse existe, sim, existe. Mandem direct pra mim pessoal, quem eu ainda não sigo, vou seguir e assim podemos fazer essa comunidade virtual. Abraços
  4. Espetacular FR!! Achei curioso os assentos serem 1, 2, 3... e nao 1A, 1B, 2A, 2B.... Nem sabia que essa empresa existia, muito menos que há operação comercial com B1900 na Am. do Sul. A cabine parece até espaçosa! Realmente um experiência e tanto. Obrigado por compartilhar!! Abraços
  5. Será que se referem ao barulho que a aeronave faz ao iniciar a decolagem? Em dezembro do ano passado voei no A220-300, escutem só o som dos motores aos 5:36 no vídeo abaixo: Abraços!
  6. Deve ser o XMA. Infelizmente achei bem ruim o MAX da aeroclassics. E o NEO também, talvez até pior. Gostaria muito de ver um 733 no último esquema da TBA, além do 722 da VP tb.
  7. Uau, que baita FR!! Esses "apartments" da Etihad são realmente um sonho, teria vontade ZERO de dormir, eles têm razão! kkk Acho muito chique servirem o champanhe, mas AMÉM, Trevisan, nada como uma boa cerveja. Aliás, que botecão você arrumou hein, simplesmente sensacional. kkkk Tudo pareceu excelente, obrigado por compartilhar essa experiência tão única conosco. Abraço.
  8. Excelente FR, o serviço pareceu bastante bom!! Acho ótimo ver um serviço diferenciado como esse ter sucesso e se manter por tanto tempo! A foto do céu estrelado logo após a partida ficou espetacular, qual câmera você usa? Ótimas fotos da cabine após o desembarque também!! Obrigado por compartilhar. Abraço.
  9. Obrigado pelos comentários pessoal!! Até à época da viagem eu acompanhava pelo FR24 esses voos e era sempre uma mistura de aeronaves, não tinha um modelo fixo para a rota, aparentemente. TXL é, sem dúvida, o aeroporto mais apertado em que já estive, muito ruim. No meu regresso ao Brasil, o primeiro voo foi um TXL-FRA da Lufthansa, operado por um A321 que estava lotadíssimo. Não cabia todo mundo naquela sala de embarque, foi um caos. Gostei bastante do conforto dessa aeronave, infelizmente nunca voei num Embraer pra comparar, mas sem dúvida foi uma viagem mais confortável que num A32S da Latam ou 737 da Gol. Muito obrigado, fico feliz que tenha gostado dos FRs!!! Muito obrigado!! Eu li seu FR sobre esse voo com a LX, aliás os seus FRs são sempre show de bola!! Uma pena que minha passagem por ZRH foi tão rápida, não deu tempo de apreciar quase nada, mas só de pegar esse trem entre os terminais já valeu a visita!! kkkk Obrigado pessoal!! Abraços!
  10. Antes de começar, vale notar que quando escrevi esse FR o C-Series da Bombardier ainda não se chamava Airbus A220, portanto, me referi ao avião com sua designação original durante todo o FR, afinal, à época da viagem, sequer se falava em A220. Feita a breve introdução, vamos ao reporte! Voar pela primeira vez num modelo é uma experiência e tanto para nós entusiastas, não é mesmo? Fazia algum tempo que eu não vivia um momento desses tendo em vista a miríade de 737s e A32S que voam mundo afora. Talvez até em razão disso, eu já vinha querendo experimentar algo novo pelos ares, especialmente pela viagem que eu faria para a fábrica da Boeing, como vocês podem ver no FR que postei sobre o voo com a Alaska Airlines (que ocorreu pouco mais de um mês antes deste aqui relatado). A oportunidade surgiu assim: três amigos meus marcaram uma espécie de mochilão pela Europa, passando pela Holanda, Bélgica e finalizando em Berlim. Fiquei empolgadíssimo com a ideia, mas eu não poderia ficar tanto tempo quanto eles, então resolvi encontra-los na última etapa da aventura, em Berlim, cidade inédita no meu log. Meus amigos voaram somente de KLM, mas eu queria algo novo e diferente, algo que eu nunca tinha feito. Analisando as possibilidades de chegar e sair de Berlim, tendo em vista que uma conexão seria necessária nos dois sentidos, fechei o seguinte itinerário: 21/12/2017 GRU-ZRH Swiss A340-300 HB-JMH 22/12/2017- ZRH-TXL Swiss CS300/A220-300 HB-JCB 29/12 TXL-FRA Lufthansa A321 D-AISF 29/12 FRA-GRU Lufthansa 747-8 D-ABYJ O voo até Zurique foi tranquilo, com excelente serviço e conforto extremo, vou colocar algumas fotos desse voo e um pouco de GRU também, só pra ilustrar, e depois vamos dar um fast forward até o desembarque e como foi a conexão em Kloten. O tempo total de conexão era de 50 minutos e desde o início isso já me angustiava um pouco. Desembarquei em ZRH na manhã de 22 de dezembro e rapidamente passei pela imigração que, amém, estava vazia. Por sinal, foi a imigração mais fácil e cordial que já passei, inclusive com o agente da imigração falando um ótimo português lusitano comigo. O caminho dos portões internacionais para o terminal A, de onde partiria meu voo para Berlim, é um pouco longo, mas o aeroporto é muito bem sinalizado, tendo sido realmente muito fácil encontrar o portão do meu voo. Bônus para o trem subterrâneo que tem umas telas com imagens meio que em 3D (talvez não seja 3D, mas tive a impressão de ser diferente de um 2D normal) de paisagens típicas suíças, bem como um mugido ao final da viagem. Sim, um mugido de vaca. Bem engraçado. Quando cheguei no portão, uma grata surpresa: embarcaríamos em uma remota e minha ansiedade, que já estava à mil, foi a um milhão. Eu queria muito voar no C-Series e nos dias anteriores esse voo tinha sido operado por Fokker 100 e Embraer 190 da Helvetic, e CS100, CS300, A319/20/21 da Swiss. Tudo ótimo e maravilhoso a bordo do busão da remota, enquanto passávamos por todos esses modelos que citei acima. A cada um que passava eu pensava UFA!!. kkk Quando finalmente paramos ao lado de um avião foi que a empolgação tomou conta. Nem o frio e nem o vento seriam capazes de ofuscar o brilhantismo do meu primeiro encontro face to face com o belíssimo C-Series da Swiss, matrícula HB-JCB. Como cheguei de uma conexão apertada, creio que fui um dos últimos a embarcar. Fui saudado por um comissário extremamente simpático, que me chamou pelo meu sobrenome, e disse We were waiting for you, sir. How was your flight from São Paulo? estávamos esperando por você, senhor. Como foi o seu voo de São Paulo?. Uau, ótima recepção! O comissário então me levou ao meu assento, perguntando se eu aceitaria o café da manhã que seria oferecido logo após a decolagem. O prato servido, conforme a explicação do comissário, seria um salmão defumado a uma maneira tipicamente suíça, preparado nos vapores de algum geyser ou coisa do tipo, sei lá eu, além de queijos e uma sobremesa. Não sei vocês, mas eu não dispenso esse tipo de oferta, então prontamente disse que OF COURSE que eu quero esse café da manhã!! Fiquei bem surpreso com a atitude do tripulante, nem no voo internacional, que já foi um show de mimos, recebi tanta atenção. Mas ainda ia melhorar. Aboletado em meu assento, prendi minha GoPro na janela para captar a decolagem, que segue abaixo: https://youtu.be/x07S8OqIKck Mesmo estando na primeira fileira do CS300, achei o espaço muito bom, bins extremamente largos e, estando em executiva, o assento ao meu lado era bloqueado. Como a configuração dessa aeronave é 2-3, tive bastante espaço para tirar minhas fotos, fazer os vídeos e ser um avgeek feliz, sem nenhum olhar desconfiado por perto. Pouco tempo depois da decolagem, chegou a hora do serviço de bordo, com o tão exaltado salmão. Nessas de ficar tirando foto de tudo, o comissário me perguntou se eu era algum aficionado por aviação, então contei pra ele que sim, amo aviação, e estava muito animado por estar voando pela primeira vez num C-Series. And how do you like it so far? I love it!! eu realmente estava gostando muito de toda a experiência. Foi nesse momento que ele foi até a galley e voltou com um pacote de cartões postais, provavelmente colecionáveis, do C-Series da Swiss. Acho que nem num jato particular o atendimento seria tão VIP! Kkkk Alguns meses depois dessa viagem, a Herpa lançou justamente o HB-JCB em escala 1:400, a que coleciono, não pude deixar de comprá-lo!! Depois da ótima refeição, resolvi dar uma caminhada pela aeronave e ver como era a coisa lá pra trás. As poltronas são exatamente iguais no avião todo, então creio que seja uma viagem confortável para todos os passageiros, estando no serviço o verdadeiro diferencial entre as cabines. De volta ao meu assento, passei a observar a beleza dos céus naquela fria manhã, bem como o movimento aéreo nas redondezas: Assim, passadas pouco menos de 2 horas em voo, chegamos ao aeroporto Tegel, em Berlim e é um contraste absurdo descer nesse aeroporto arcaico depois de voar numa aeronave tão moderna, mas isso é outra história. Vídeo do pouso: https://youtu.be/N_BaVOqEwO8 BÔNUS: Algumas fotos do voo de volta, a bordo do 747-8 da Lufthansa, no upper deck: Esse voo no C-Series 300, agora Airbus A220-300 (ainda vou me acostumar com o novo nome, mas não soa tão bem quanto o original), da Swiss foi espetacular e creio tenha sido o melhor short-haul da minha vida. Fiquei muito impressionado com absolutamente tudo, com um destaque para o comissário que fez de tudo para o voo se tornar agradável e especial. Acho que nunca na vida fui tão bem servido. Fiquei, e ainda estou, impressionadíssimo com o nível do pessoal da Swiss. No final, o serviço de bordo ofuscou o ineditismo da aeronave, mas o conjunto todo leva uma nota 1000. É isso pessoal, espero que tenham gostado desse reporte e, se tiverem qualquer dúvida ou comentário a fazer, fiquem à vontade, inclusive para mandar mp. Muito obrigado pela atenção!! Até o nosso próximo voo!!
  11. Quando voei essa política de bagagens não existia mais, ou não me foi informada, mas ainda assim minha bagagem apareceu muito rápido. Nessa viagem também voei com a Delta (737-800 e -900ER) e American (757). Apesar do aspecto mais moderno dos aviões da Delta, que inclusive eram os únicos com PTV, de forma geral, a experiência com a AS foi superior. O voo com a AA foi num 757 internacional com flatbed, mas numa perna muito curta, um MCO-MIA, por isso não dá pra comparar. Ainda pensando se farei FR desses outros. Abraços!!
  12. Sim, Beto, fizemos o curso juntos, inclusive conversamos sobre sermos membros do CR um dia no lobby do hotel. Me lembro bem de você falando de LAX e o entusiasmo com a diversidade de cias aéreas. Sou o Hoanes, não sei se vc se recorda. Abraços!
  13. Prezado rofalcao, o tour na fábrica e a visita ao museu são por ingressos separados, até porque são em locais diferentes e relativamente distantes. Eu comprei tudo com antecedência para não correr o risco de chegar lá e não conseguir ingresso, mas na hora da compra online você escolhe o dia e horário que irá fazer a visita. Sobre os valores, vale dar uma conferida nos seguintes links: Para o museu: https://www.museumofflight.org/ Para o tour na fábrica: https://www.futureofflight.org/ No local do museu tem diversas atrações que você pode incluir no ingresso, inclusive um tour pelo aeródromo Boeing Field (http://museumofflight.org/Plan-Your-Visit/Tours-and-Experiences/Boeing-Field-Tours) que eu amaria ter feito, mas não estava disponível no dia fui, acho que porque era domingo. Abraços!
×
×
  • Create New...