Jump to content

LipeGIG

Acionistas
  • Content Count

    22,976
  • Joined

  • Last visited

About LipeGIG

  • Rank
    Staff Contato Radar
  • Birthday 06/30/1972

Previous Fields

  • Cidade/UF/País
    Rio de Janeiro
  • Data de Nascimento
    30/06/1972

Profile Information

  • Gender
    Male
  • Location
    Nova York

Recent Profile Visitors

4,083 profile views
  1. Fora das cidades principais como você bem observou.
  2. Tudo depende de quem pedir e pra onde POA, FLN, VCP e outros sem duvida teriam prioridade frente a GIG e GRU Não duvido que a Latam venha com 1 GIG-EZE
  3. IAG não acessa mercado secundário na Latam, mas tem opções pra fazer isso. creio que a Latam vai perder muito mas é o preço de ter a Delta como sócio
  4. Não vou me surpreender se o projeto do DOH-GIG-SCL voltar. Rumores fortes de que a Qatar pode ser patrocinadora oficial do Flamengo e teria no time peça importante E projeção na promocao da Copa Turismo esportivo abrindo uma demanda inesperada!
  5. Sério que tinha que tirar a carga do aeroporto para fazer a nacionalização para o reembarque ? Sem noção tamanha ineficiência !!!
  6. Super válido ! Foz tem espaço pra ser mais importante como destino turístico no Brasil
  7. Me impressionou ver o Vietnã no terceiro lugar
  8. Nem de Guarulhos ! Singapore - New York já foi e veio , e é um mercado que mostra como pode ser “atravessado” pelas rotas intermediárias como nyc-lax-sin ou nyc-Europa-sin ou via Oriente Médio sei que muita gente aqui sonha com voo direto pra Austrália mas se ele acontecer não vai durar muito
  9. A tendência vai ser fretamento mesmo. Pra essa época do ano acomodar 1.000 pessoas para o Qatar, impensável nos voos regulares.
  10. O governo ama essa coisa de ir pedir pra China comprar porcos, fazer missão com objetivo de vender frango, vender soja, vender petróleo... Nunca vi um governo preocupado com a balança de pagamentos, com a conta de capital. O Brasil era pra já há bastante tempo ser a bolsa de valores pelo menos da América do Sul - mas a B3 passa mais tempo tentando evitar que alguém concorra com ela no Brasil do que pensando em concorrer pelo mundo. A mesma coisa acontece ainda com muito segmento de atividade. Manutenção de avião é só mais um ponto que não tem bancada e nem congressista algum no congresso apoiando. E vamos para manutenção de navios... e o mais incrível, quando uma multinacional quer, como a GE, ela faz acontecer e o país vira base de manutenção de turbinas. Mas onde o setor privado não age... esqueçam esperar pelo poder público. https://blog.geaviation.com/product/roaring-to-life-ge-opens-one-of-the-largest-engine-test-cells-in-the-world/
  11. Tokyo acho que acaba tendo divisão entre HND e NRT, a mesma coisa acontece com Londres. Na Asia é bem mais usual um unico aeroporto (salvo Tokyo) enquanto Europa e Américas tem usualmente mais do que 1 aeroporto cobrindo regiões metropolitanas (as vezes 5 como em Londres)
  12. Pois é MRN, não é um momento bom para empregado. E infelizmente, o Brasil não nasceu e não cresceu pensando no mundo. Tudo que eu acho que poderia ser feito para melhorar, nos últimos 5 anos, seria mirar o mundo: desonerar prestação de serviços, simplificar tributação nesses casos. Com o dólar a 4,15/4,20 como tem andado, seria muito interessante fazer manutenção de cias estrangeiras no Brasil. Como ? Tem que desonerar os serviços locais adquiridos voltados para exportação de serviços, tem que investir em ensino de idiomas, tem que facilitar a forma das empresas fazerem câmbio... há 10 anos eu digo no meu mundo que o Brasil já deveria ter câmbio livre. Se talvez isso acontecesse, a TAP de Porto Alegre poderia estar aberta trabalhando para o mundo, a TAP do Rio lotada de serviços, outras empresas buscando se estabelecer no Brasil e contratando gente... daí talvez hoje o salario oferecido fosse não de R$ 2 mil, mas quem sabe R$ 5 mil, ou mais.
  13. Não sei se a conta é ida e volta (me parece que é só ida), mas GRU-EZE tem muito voo de Narrow. Imagino que sejam no máximo 4.000 assentos diários. A dimensão do transporte aéreo na Asia é simplesmente inacreditável. Veja que só tem na lista 1 rota "ocidental" JFK-LHR na lista. E ali temos 9 a 12 voos da British Airways com 77W/B744 , mais AA, mais DL, mais VS, tudo de Wide "Grande"
  14. Momento é complicado para praticamente todas as profissões no Brasil. Muita gente disponível e aceitando receber salário menor, mas é mais pelo país. Se a Latam consegue pagar menos, é a mesma coisa que ocorre em outras profissões sem salário determinado por sindicato. Só quando o país voltar a crescer e a oferta de profissionais ficar mais restrita que veremos o oposto. Lembre-se que em 2010 mestre de obras conseguia ganhar R$ 15 mil. Hoje certamente aceitam receber bem menos que isso.
×
×
  • Create New...