Jump to content

boulosandre

Usuários
  • Content Count

    8,496
  • Joined

  • Last visited

Everything posted by boulosandre

  1. Aqui entra a extensa malha da Gol em GRU, principalmente, inclusive com a adição de ASU.
  2. Pelo que está mencionado acima, o segundo MIA GIG só nos meses de pico do verão Brasileiro. Dependendo do resultado, a AA pode vir a manter depois, assim como deve fazer com o terceiro MIA GRU.
  3. Será que a AA se anima em tornar o GIG JFK "year-round" e a voltar com o segundo MIA GIG?
  4. FOR parece cada vez mais se consolidar como o hub do Nordeste para a Europa, o que faz sentido pela sua localização estratégica. Já são 4 os destinos na Europa, ou faltou algum?
  5. Verdade. É a GRU Airport atenta em otimizar todos os processos no aeroporto. Bonito de se ver no minuto 6:00 o 773 da UA e o Dreamliner da AC, além do 380 em suas visitas diárias ao aeroporto.
  6. E hoje nosso principal aeroporto comemora 35 anos. Vida longa a ele!
  7. Que são basicamente os horários de pico. O desafio da GRU Airport é atrair novos voos para horários de menor movimento. Fazer algo como Dubai com voos saindo entre 12AM e 5 AM, quando atualmente há poucos voos. A faixa de 10hs às 16hs também é bastante tranquila em GRU.
  8. Somente a Latam opera NB no T3 e é muito raro durante as horas de pico (05-10hs e 17-23hs) pois se não inutiliza uma posição para WB. Até 2022, se inaugurarem metade do segundo Píer, é suficiente, mas até 2025 devem inaugurar o restante, possibilitando que 23 WBs acoplem aos Piers simultaneamente. É bastante coisa.
  9. Lipe, entendo vivido tanto tempo nos EUA, entendo sua defesa de uma “cabine Executiva de fato”, como existe por lá, mas não acho que valeria o investimento,. Vejo as principais cias Europeias com classe executiva, exatamente igual à que a Latam pretende acertadamente implementar e têm tanto sucesso. Talvez modificar algumas aeronaves 320, 321 para rotas específicas na Am do Sul, ok, mas dentro do Brasil, não vejo muito sentido. Tanto é que nenhuma cia implementou isto até hoje e ainda assim a Gol e Azul vêm obtendo bons resultados na sua classe mais premium. O que falta muito a Latam é ter uma
  10. Analisando estes números, percebe-se que a Espanha (MAD) se torna um hub cada vez mais relevante entre a Europa como um todo e o Brasil. Interessante ver que as 3 grandes cias têm participações relativamente semelhantes, sendo que a IB aumentou seu equipamento em GRU pro 346, a Latam serve as 2 principais cidades Espanholas de seu maior hub (com 77W/350 na alta) e a UX vem fortalecendo sua operação no NE u tb aumentou sua oferta em GRU com os 789.
  11. No minuto 5:21 se vê que há banheiros sendo reformados e ampliados, ainda na GRU Avenue. Nunca houve quiosques no meio deste grande corredor e duvido que colocarão agora. Todos os espaços comerciais estão ocupados pela primeira vez desde que unificaram as operações no T2 e criaram a GRU Avenue. No minuto 8:17 vê-se que os banheiros foram unificados (feminino de um lado e masculino do outro) ao chegar na ponta do Píer Oeste, e também reformados. Como já disse, havia funcionários da limpeza em todos os banheiros do T2 doméstico. A GRU Airport está trabalhando bem e é gratificante ver que o maior
  12. Falando nisto, o T1 depois da quebra da AVB, tem sido utilizado por alguma das 3 cias domésticas ou não?
  13. Amigo meu está no T2 neste momento embarcando para AJU e disse que está bem lotado mas que há uma "força tarefa" nos raios X para agilizar o procedimento. Acho ótimo que a GRU Airport esteja atenta neste período para tornar os processos de embarque e desembarque mais eficientes.
  14. E você sabe que isto é possível. Minha mãe embarcou para Europa pela Latam pelo T3 e desembarcou também pela Latam pelo T2 em Outubro.
  15. Pelo que foi comentado acima, eles estão cientes da situação dos banheiros e daí as ampliações e melhorias dos mesmos. Vamos aguardar e cobrar caso não estejam à altura dos do T3.
  16. Que bom. Alguém tem fotos? Vai abrir espaço nos outros pátios. Agora que o segundo Píer fique pronto até 2022 (e que finalizem este pátio permitindo mais 6 Wides).
  17. O retrofit do T2 recomeçou. Deve melhorar o aspecto e conforto daquele terminal para os passageiros em 2020.
  18. E o mundo caminha para o fim do 380 e 747. Espero que, ao menos, na Am do Sul, o 748 da LH e o 380 da EK tenham vida longa em GRU. PS: EZE tb recebe o 748 da LH diariamente.
  19. Ficará então só com BSB-MIA pela Gol? E MCO, a Gol está voando para lá ou não mais? Já FOR deve manter os 5 763 da Latam para MIA e até aumentar para diário.
  20. A O6 tem culpa sim. Há um ano tinha GRU-JFK, GRU-MIA e GRU-SCL, se não me engano.
  21. Verdade. Tenho passado lá todas as semanas e só vejo melhoras. Claro que ha horas de pico com filas no raio-X doméstico mas eles têm aberto mais estações para amenizar a demora que, aliás ocorre em vários aeroportos Europeus e Americanos. MIA, por exemplo, é quase sempre um caos e BOG não fica atrás. Algo positivo que me surpreendeu em UIO foi o VIP Lounge. Merece o reconhecimento que tem ganhado nos últimos 2 anos. Espetacular!!!
  22. https://www.aeroin.net/melhora-da-economia-traz-5-novos-voos-internacionais-para-o-gru-airport-em-sp/ Após anos de queda ou crescimento lento, o GRU Airport voltou a mostrar números animadores. Mais de 42 milhões de passageiros utilizaram, em 2018, o Aeroporto Internacional de São Paulo, o que representa um recorde histórico de movimentações, superando a marca alcançada em 2014, quando o aeroporto promoveu 39,5 milhões de passageiros. À época, a Copa do Mundo de futebol foi um dos fatores contribuintes para o número. 5 novas rotas internacionais Em 2018, foram lançados 13 novos voos
  23. Passei sábado à noite por GRU pousando de BOG e o pátio 7 está pronto e até iluminado. Só falta começar a ser utilizado mesmo. Interessante que BOG se gaba de ser “o melhor aeroporto Sul-americano em 2018”(anúncio espalhado por todo o terminal), por onde passei 4 vezes nas últimas duas semanas e, além do terminal estar com uma sensação de super lotação, tanto qdo se faz cnx INT -> DOM quanto vice-versa, tem que se passar pelo desembarque (esteiras e aduana) e voltar a embarcar enfrentando todas as filas de raios-X e emigração, bem diferente de GRU, por exemplo, onde quem chega DOM no T
×
×
  • Create New...

Important Information

Saiba os termos, regras e políticas de privacidade